Passar entre os carros/Lane Splitting/Filtering ou como lhe queiram chamar

(08-01-2018 às 11:27)Neumon Escreveu:  Boas malta,

(Cavando um pouco).
Embora tenha um secador e carta há 2 anos a experiência é zero. Em fins de ferreiro vou começar a fazer IC-19 e 2a circular a horas de ponta.

O IC 19 não me provoca grande preocupação, o mal é a 2a circular que é bastante mais estreita.
Há algum exercício que se possa fazer para treinar o Lane spliting?

Obrigado

Como já disseram, também eu cavando um pouco, com a pratica tudo se consegue. Deixo apenas um conselho:

Existem países em que é permitido o "filtering" ou "lane spliting" e existem muitos vídeos no youtube sobre isso. É comum ver nestes vídeos os "malucos" das motas a apitarem, a fazerem "revs" altíssimas ou a partir espelhos aos condutores que não os deixam passar entre filas. Pois bem, em Portugal, isto é proibido ( não as buzinadelas, as revs ou o partir espelhos, estou a referir-me ao filtro do transito ). Sendo assim, quando tiveres espaço para passar, passa. Quando não tiveres, não buzines, não aceleres, nem partas espelhos. Respeita os condutores, por muito bestas que alguns possam ser. Nos sabemos que não o podemos fazer, eles também sabem que nós não o podemos fazer, apenas deixam espaço para passar-mos, se quiserem. Sendo assim, não vale a pena ajavardar, mais vale respeitar quando não deixam espaço ( ou então fazer como eu, dar desprezo ). Com o tempo, talvez mudem de opinião, o que nunca irá acontecer se levarem com buzinadelas, revs ou murros nos espelhos numa base diária.
Responder

(13-01-2018 às 14:45)YontikoBT Escreveu:  
(08-01-2018 às 11:27)Neumon Escreveu:  Boas malta,

(Cavando um pouco).
Embora tenha um secador e carta há 2 anos a experiência é zero. Em fins de ferreiro vou começar a fazer IC-19 e 2a circular a horas de ponta.

O IC 19 não me provoca grande preocupação, o mal é a 2a circular que é bastante mais estreita.
Há algum exercício que se possa fazer para treinar o Lane spliting?

Obrigado

Como já disseram, também eu cavando um pouco, com a pratica tudo se consegue. Deixo apenas um conselho:

Existem países em que é permitido o "filtering" ou "lane spliting" e existem muitos vídeos no youtube sobre isso. É comum ver nestes vídeos os "malucos" das motas a apitarem, a fazerem "revs" altíssimas ou a partir espelhos aos condutores que não os deixam passar entre filas. Pois bem, em Portugal, isto é proibido ( não as buzinadelas, as revs ou o partir espelhos, estou a referir-me ao filtro do transito ). Sendo assim, quando tiveres espaço para passar, passa. Quando não tiveres, não buzines, não aceleres, nem partas espelhos. Respeita os condutores, por muito bestas que alguns possam ser. Nos sabemos que não o podemos fazer, eles também sabem que nós não o podemos fazer, apenas deixam espaço para passar-mos, se quiserem. Sendo assim, não vale a pena ajavardar, mais vale respeitar quando não deixam espaço ( ou então fazer como eu, dar desprezo ). Com o tempo, talvez mudem de opinião, o que nunca irá acontecer se levarem com buzinadelas, revs ou murros nos espelhos numa base diária.


Sempre com cautela e respeito por todos


Enviado do meu iPhone usando o Tapatalk
Responder

(13-01-2018 às 01:25)micas Escreveu:  
(12-01-2018 às 19:06)Moto2cool Escreveu:  
(12-01-2018 às 18:25)micas Escreveu:  Boas, a minha experiência é pouca também e então a passar a meio dos carros ainda menos, principalmente se vejo que é uma rua estreita e vem veículos no sentido oposto, ás vezes fico com a sensação que as pessoas acham-me doida porque com uma 650 não faço isso e passam as aceleras por mim a zarpar, enfim é a falta de confiança mas também porque se não sinto que é seguro não faço com medo de "esberdalhar-me" termo madeirense para ir ao chão mas esta semana apanhei trânsito e lá fui metendo entre os carros com cuidado até porque tem pessoas que não gostam e dificultam a tua passagem. Acho que acima de tudo temos de estar com mil olhos postos em tudo e ir devagarinho até ser mais fácil



Enviado do meu iPhone usando o Tapatalk

micas, a SV não é mais larga de guiador que as scooters, por onde elas passam passas também smile (cuidado com os espelhos)  só tens que ter mais cuidado no apoio dos pés no chão em caso de parares, porque as scooters são normalmente de assento mais baixo e o pé esquerdo está livre


Já vou começando a passar mas tem estradas que evito pelo menos até sentir que já estou mais á vontade, tenho receio de atrapalhar-me e bater em alguém ou até cair


Enviado do meu iPhone usando o Tapatalk

Boas

Ora acho que aqui o que conta é a experiência na mota. 

Eu antes de ter mota dizia que o pessoal era doido e que era um perigo andar nas filas entre os carros e que nunca faria tal loucura. Agora que tenho mota continuo a achar que o pessoal é doido e que é um perigo, mas também faço o mesmo. Haja espaço para passar ai vou eu, que se era para ficar no transito ia de carro. é claro que nem sempre corre bem e no outro dia, esqueci-me que levava as malas laterais e lá foi um toque no espelho. O que vale é que depois faço aquela cara de "ups, desculpe !", um sorriso, cara de tonta e a coisa passou smile
Responder

(15-01-2018 às 18:40)Sónia Faria Escreveu:  é claro que nem sempre corre bem e no outro dia, esqueci-me que levava as malas laterais e lá foi um toque no espelho. O que vale é que depois faço aquela cara de "ups, desculpe !", um sorriso, cara de tonta e a coisa passou smile

Sónia, és tu?

Responder

(15-01-2018 às 23:45)marco.clara Escreveu:  
(15-01-2018 às 18:40)Sónia Faria Escreveu:  é claro que nem sempre corre bem e no outro dia, esqueci-me que levava as malas laterais e lá foi um toque no espelho. O que vale é que depois faço aquela cara de "ups, desculpe !", um sorriso, cara de tonta e a coisa passou smile

Sónia, és tu?


LOL...
Responder

(15-01-2018 às 18:40)Sónia Faria Escreveu:  
(13-01-2018 às 01:25)micas Escreveu:  
(12-01-2018 às 19:06)Moto2cool Escreveu:  micas, a SV não é mais larga de guiador que as scooters, por onde elas passam passas também smile (cuidado com os espelhos)  só tens que ter mais cuidado no apoio dos pés no chão em caso de parares, porque as scooters são normalmente de assento mais baixo e o pé esquerdo está livre


Já vou começando a passar mas tem estradas que evito pelo menos até sentir que já estou mais á vontade, tenho receio de atrapalhar-me e bater em alguém ou até cair


Enviado do meu iPhone usando o Tapatalk

Boas

Ora acho que aqui o que conta é a experiência na mota. 

Eu antes de ter mota dizia que o pessoal era doido e que era um perigo andar nas filas entre os carros e que nunca faria tal loucura. Agora que tenho mota continuo a achar que o pessoal é doido e que é um perigo, mas também faço o mesmo. Haja espaço para passar ai vou eu, que se era para ficar no transito ia de carro. é claro que nem sempre corre bem e no outro dia, esqueci-me que levava as malas laterais e lá foi um toque no espelho. O que vale é que depois faço aquela cara de "ups, desculpe !", um sorriso, cara de tonta e a coisa passou smile


Pois também achava que eram todos doidos até ter mota,mas é sempre um risco passar


Enviado do meu iPhone usando o Tapatalk
Responder

Sabemos que o filtering em Portugal, apesar de não ser legal, é admitido e as autoridades ate vão fazendo "vista grossa".
Mas parece que em França, a liberdade de circular entre vias foi definitivamente proibida, e tem levado a várias manifestações. À primeira manif, ocorrida há pouco mais de uma semana em Paris que entupiu a célebre Boulevard, no passado fim de semana a coisa repetiu-se distribuída por várias cidades gaulesas, para protestarem contras as penalizações dolorosas que a sua prática pode incorrer. Ainda mais num país, que apesar de ter um parque motociclístico gigantesco e a moto ser veículo privilegiado de deslocação de grande parte da população, também é dos que mais sofre com as imensas restrições aplicadas às motos (recorde-se de até há bem pouco tempo, era o único país cujas motos ainda estavam limitadas a uma potência máxima de 100cv).

Tendo os nossos governantes muito a mania de copiar "legislativamente" o que se vai fazendo pelos países "grandes" dessa Europa fora, e com a avidez por receita que o Estado tuga tem... imagine-se se a coisa pega por cá!? tass
_______________________________________________________________

Proibição de circular entre filas ‘acende’ protestos em Paris
By Ricardo J Ferreira on 22 Fevereiro, 2021

[Imagem: 00HPUJp.jpg]

No último fim de semana centenas de motociclistas juntaram-se ao longo da circular de Paris, causando bloqueios e engarrafamentos. Em causa, a proibição de conduzir entre filas de veículos que está de novo em vigor desde o passado dia 1 de Fevereiro.

[Imagem: zHGp9Zu.jpg]

Centenas de motociclistas aceitaram o apelo da FFMC (traduzível em “Federação Francesa de Motociclistas Furiosos”) para protestar pela legalização definitiva do tráfego de duas rodas. Esta questão, que tem vindo a ser discutida em França há vários anos, transformou-se agora em revolta nas ruas de Paris: uma autêntica procissão de duas rodas reuniu-se em Porte Dauphine e marchou ao longo da “periferia”, a estrada circular da capital francesa, causando bloqueios e engarrafamentos de trânsito por toda a parte.

https://youtu.be/Xs4gdg1Bo60

A nova proibição de circulação de motociclos e scooters entre filas de carros, mesmo que estes últimos estejam parados em fila, está em vigor desde o dia 1 de Fevereiro na região parisiense e noutros departamentos.

Les motards manifestent avenue Foch à Paris pic.twitter.com/SXww9fWjJZ
— A.D (@AD14_26) February 20, 2021

De facto, esta medida já estava em vigor muito antes disso, mas nos últimos cinco anos tinha sido concedido um período provisório, permitindo o movimento dos motociclistas entre filas numa base experimental. Agora este período foi declarado terminado e voltou o antigo estatuto de proibição, com multas de 135 euros para os infratores e a dedução de 3 pontos de licença. Os franceses, no entanto, foram rápidos a mostrar que não estavam de todo de acordo.

UMA REVOLTA PREVISÍVEL

[Imagem: qdZqIyS.jpg]

Desde há algum tempo, foram afixados autocolantes com as palavras “Mais motociclos=tráfego sem trânsito” nas janelas do Ministério do Interior. Os franceses são um povo habituado a fazer ouvir as suas vozes em voz alta sempre que algo não funciona como eles gostariam. Até o Código da Estrada está a ser discutido para além dos Alpes e por esse motivo nasceu um movimento de ‘motards’ e utilizadores de scooters com manifestações por todo o país, para protestar contra a mais recente criação da jurisprudência.


[Imagem: q8yTNWi.jpg]

FONTE
_______________________________________________________________

Milhares de ‘motociclistas em fúria’ contra à proibição dos corredores
01/03/2021

[Imagem: IOmUJhg.jpg]

Em várias cidades francesas, o movimento MotardEnColere (motociclista em fúria) juntou milhares de motos em protestos contra a proibição dos “corredores”, a prática de circular entre os automóveis.

Em França, desde o dia 1 de fevereiro que a prática é proibida e punida com multa no valor de 135 euros e a subtração de três pontos na carta de condução, consequência direta de um estudo realizado durante cinco anos nas principais vias do país, e que permitiu observar um aumento de 12% nos acidentes envolvendo motos no chamado corredor.

Contra a medida estão os condutores de veículos de duas rodas, que citam o órgão que realizou o referido estudo (que não foi divulgado oficialmente), para exigir informações complementares. A própria entidade responsável pela investigação sublinhou que o estudo é inconclusivo, uma vez que a estatística não levou em consideração o aumento do número de carros e motos que circulam nas vias em exame.




FONTE
Responder

Esta nao é uma das coisas que faça sempre forma automática e espontânea como muita gente o faz, faço-o quando o transito está mesmo caótico, de preferência evito faze-lo por tudo e por nada, no entanto nao vejo o porque desta medida. Mas de vez a tempos, já se sabe que eles vão marrar com o pessoal das 2 rodas. E sim, espero que nao alastre essa "moda" até cá.
Responder

É curioso como se omitem detalhes interessantes de forma a passar a mensagem da "perseguição ao motard". lol Chora-se contra as multas (eu tbm), chora-se contra as inspeções, contra o fim do lane splitting, contra as restrições EuroX, contra as homologações... De berdadeiros a chorões, é um passo!

O período experimental acabou e a permissão do lane splitting foi revertida porque se verificou um aumento de 12% no número de acidentes nas áreas em que foi permitido, confirmando o que todos nós já sabemos: lane splitting tem obvias vantagens (para todos), mas é também muito mais perigoso que a circulação em faixa.

Pessoalmente, só o faço em trajetos curtos e quando o trânsito está mesmo mau e já tive alguns sustos.

[Imagem: muhz7is.jpg]
Responder

Mas oh bosco, isso nao é nenhuma novidade, até para se fazer lane splitting é preciso saber faze-lo e mesmo sabendo existe sempre o risco associado, logo também é preciso alguma dose de sorte além de muita atenção. E por isso mesmo só o faço ocasionalmente.
Responder




Utilizadores a ver este tópico: 1 Visitante(s)