Benelli BN 251 abs / 302 abs

É pá!

Officer pá....

Eu não compro motas pelo seu preço.
Eu compro motos para usar com frequência.

Entendo que, para ti, que assumes uma utilização de "deixar assentar o pó na pintura", que o preço de uma mota deva ser contido e que não tem porque oferecer grandes qualidade dinámicas porque o teu estilo é "lento, muito lento ou quase parado".
Até aqui só tenho que respeitar.
Claro está e parece-me evidente que falas desde essa perspectiva, na qual eu já tentei e tento meter-me para chegar sempre à mesma conclusão.
Aburrecimento total!

Agora tenta fazer o mesmo exercício que eu faço.

Fazer 15000km ao ano, gastar 2 pares de pneus, usar a mota como escape, sentir o sangue encostado a nuca, gritar dentro de capacete enquanto entras num gancho pendurado nos travões e viajar, conhecer mundo, usar a mota como extensão do teu corpo (que deves, suponho, usar de forma intensiva).

Achas que uma chinesa, com tudo o que se sabe, com os serviços que conhecemos, com as histórias que se lêem por aí (onde há fumo há fogo), se adapta ao que fazemos?
Teríamos essa confiança de chegar a casa sãos e salvos sem ter uma avaria pelo caminho e dar-nos conta que essa avaria foi provocada por uma falta de qualidade de construção gritante?

I just don't run with the crowd!

www.loneriderendlessroad.com
Responder

O qualidade das ditas chinesas está a aumentar, independente do que pensem.

Se eu utilizasse moto para ir trabalhar todos os dias e dar umas voltas para tomar café, comprava a TRK sem problema.

Agora a maior parte do pessoal inscrito neste fórum, de uma forma ou outra quer mais da moto, faz mais quilómetros do que a maioria. Entendo esta discussão, mas nem toda a gente pensa como nós.

O meu carro de trabalho de 2014 está actualmente com 252789, em 2017 fiz quase 80.000km com ele. Tenho de ter um carro em que me sinta seguro, se o meu cliente quiser ir para Paris agora, eu vou.
Não posso estar a pensar se o carro chega lá, o mesmo se passa com as motos que utilizamos.
Não é para ir tomar café ali, é para ir buscar vinho a França ou Itália.

Enviado do meu Aquaris X5 através do Tapatalk
Responder

(09-02-2018 às 11:25)Snap Escreveu:  O qualidade das ditas chinesas está a aumentar, independente do que pensem.

Ninguém mete em causa isso. Os chineses não são parvos, sabem aquilo que fazem e também aprendem. É certo que gradualmente essa qualidade até pode ter vindo a evoluír positivamente... mas a questão é que ainda está muito aquém que se fabrica nos "vizinhos" japoneses e no velho continente.

Eu não compro uma mota hoje, a pensar no que poderão vir a ser as suas sucessoras do futuro, mas sim naquilo que ela é e como se comporta actualmente.

[Imagem: zX4Kq81.png]

Responder

(09-02-2018 às 11:04)OFFICER Escreveu:  Achas que é isso tudo Vindaloo? É que os representantes da Benelli são os mesmos que representam a marca da tua mota. Se achas que há mau atendimento na Kawa, então não posso refutar, eu acho que há bom atendimento, pelo menos a nivel comercial sei que há que foi o atendimento que já pude experimentar.

A+B=E, pressupondo C e aldrabando D (de Diogo) é boa conversa para ser acompanhada pelo amigo Carlos KB com bué de quotes.

Não estou interessado em desenvolver.


(09-02-2018 às 11:04)OFFICER Escreveu:  Quanto mais concorrência desta houver, melhor, pois fará com que a quota de venda das motas sobrevalorizadas caia e por essa ordem tentem fazer campanhas e preços mais competitivos.


Claro é essa a expectativa razoável, e a história assim o demonstra... certo?

Não passa por... reduzir ao denominador comum passando a tesoura nos custos pois não?

Olha... para mim a guerra do preço é visão curta e uma guerra perdida a longo prazo!

Seja em que mercado for. Eu pessoalmente e profissionalmente opto por estabelecer objectivos que se demarquem desta política. Como é evidente nem sempre consigo, mas proponho-me à melhoria e nunca à pioria!


Responder

Lone, não só para mim mas para muita gente. Querem um veiculo de transporte apenas, que seja barato e barato de manter. Querem lá saber se é chinês ou se é coreano.

Querem uma mota que seja barata que os leva de A a B. E isso acaba por acontecer na grande maioria das 125cc que foram vendidas por cá ao abrigo da categoria B.
Responder

Para isso há PCX.

Fácil, barato e dá milhões.

[Imagem: images?q=tbn%3AANd9GcT4XLIkYtQDw11iDiKFM...g&usqp=CAU]


Responder

Nas 125cc há PCX, de qualquer forma eu comprando uma 125cc não compraria uma PCX.
Responder

Eu 125 apesar de achar piada à benelli tnt 125 iria mais para uma Hero Bullit 125...

[Imagem: cache_64632942.jpg]
Responder

Gosto thumbsup . Bem bonita
Responder

Olha... uma Hiro Bullshit 125... g'anda pinta.
Responder




Utilizadores a ver este tópico: 2 Visitante(s)