O que dizem desta Suzuki SV650?

Relativamente há CBR...

Relativamente há vertente mecânica, verifica os parafusos do motor, cabeça, tampas, etc... conforme o seu desgaste e homogeneidade(se são iguais), dá para ter uma ideia se já andaram para aí a mexer, e de que forma mexeram... isto aplica-se também há vertente dinâmica, amortecedores, quadro, travões, etc...

Nas fotos que mostras já dá para perceber que as carenagens e os respectivos para parafusos não estão muito católicos...

A mota tem manual? tem livro/registo/comprovativo de manutenção?

A meu ver a CBR vai implicar custos após aquisição, assim de repente, pneus, oleo dos amortecedores, fluido de travões e calços, kit de transmissão, revisão mecânica(óleo filtros, afinações...), isto se não tiver alguma mazela/avaria que implique troca de peças.

Como tem sido dito e aconselhado por aqui, vai com calma não te precipites.
Se € não abundam, e a experiência não é grande (não é que a CBR600 seja um bicho de 7 cabeças), mais vale procuram algo de uma "gama inferior" mas que esteja no "geral" mais direitinha, com menos "afazeres".

E em jeito de conclusão, quando tiveres a certeza de o tecto máximo que podes gastar e mais importante QUE TIPO DE MOTA QUERES(citadina, sportourer, naked,choper,enduro,trail,sport,etc...), aí a tua busca será mais precisa e rigorosa.

E já sabes que se precisares de alguma coisa avisa.

Em caso de dúvida, acelere...
Responder

(29-03-2018 às 11:17)LoneRider Escreveu:  
(29-03-2018 às 10:27)Nfilipe Escreveu:  120 para a cb 250? Nao existe o kit de reparação para o carburador? para meteres parufusos, agulha, boia, tudo novo?

Não confundas os carburadores 2T com um 4T, pois estes últimos são mais complexos e precisos.
Os kits que encontras são apenas as juntas da cuba e pouco mais.
Diafragma, bóia e parafusos não se encontra.
Tive que ir à Honda porque não conseguia encontrar os o-rings dos colectores e os parafusos da tampa do diafragma.
Acabei por ir juntando juntas, parafusos dali e parafusos de acola e a factura chegou aos 105 €. Se precisasse de uma bóia era 84€ e o diafragma (com o êmbolo e agulha) era tão barato que aconselhava logo a comprar um carburador usado e tentar ter a sorte de dois fazer um.
Não contente com a brincadeira, comprei um líquido para limpeza de carburadores que foi tão barato (1L=35€) que andei toda a semana a chorar de contente.
Agora sim, o gajo parece novo....

Nao entendo muito mas sim, sei que a 4T é bem mais complexo, pior se torna se a mota tiver mais que um carburador porque precisam de ser bem configurados/afinados para trabalhar em sincronia.
E tens razão, que o kit reparação nao traz boia, tras o rings, agulhas, molas! 
Mas ha uns basicos so com o rings e pco mais e outros bem mais completos. A boia e diafragma nao facil encontrares mas encontra-se, nao sao é baratos.

Agora um kit de reparação de carburador assim mais completo anda pelos 20 paus, 30 talvez, marca branca. Lógico que ir buscar peças de origem a marca nunca fica barato mas tipo, praticamente nada. A yamaha tb tem fusíveis de "origem" que custam 6 euros, o mesmo que encontras em qualquer loja de material eléctrico a 50 centimos!  what E um fusível e apenas isso, um fusível.

E a verdade é, nem sequer considero peças de origem quando aparece algo. E nao vou aqui duvidar da qualidade das peças lá mas por vezes o valor nao anda so pelo dobro, vai muito para alem disso.
Responder

(29-03-2018 às 11:21)carlos-kb Escreveu:  
(29-03-2018 às 10:53)JoaoPaco Escreveu:  Dá para tirar alguma ilação da corrente e da cremalheira pelas fotografias?

Leste aquele tópico que coloquei o link lá mais atrás?

No que concerne à transmissão secundária podes encontrar por lá isto...

«- Analisa o estado da transmissão. Se a mota tiver descanso central (ou cavalete), mete-a no mesmo. Analisa as marcas dos afinadores de ambos os lados e vê quanto falta até "esgotarem". Roda à mão a roda traseira e verifica se a tensão é sempre igual no vão entre o pinhão e a cremalheira, estado dos dentes destes (do pinhão é mais dificil pois está escondidas por uma tampa, se não existem estalos ou ressaltos da corrente ao rodar (elos gripados). »

«A cremalheira deverá ter os dentes direitos e andando com a moto à mão corrente deverá manter a sua forma. Desconfiar de corrente demasiado lubrificadas ou demasiado secas.»


Ainda assim, uma transmissão secundária em fim de vida é um dos mal menores... pois com 100 a 150 euros resolves a questão. deverás preocupar-te em averiguar questões mais sérias.

P.S. - Pode também ser do efeito perspéctico da 3ª foto, mas dá ideia que a traseira da moto está de "esguelha" (eventual pancada lateral e sub-quadro empenado?).

A mota não tinha descanso central, não consegui ver bem isso. Mas ao conduzir não senti que fugisse à trajectória, acelerava e tirava as mãos do guiador e mantinha-se em linha, mesmo accionando o travão de pé.
Responder

(29-03-2018 às 11:56)Furras Escreveu:  Relativamente há CBR...

Relativamente há vertente mecânica, verifica os parafusos do motor, cabeça, tampas, etc... conforme o seu desgaste e homogeneidade(se são iguais), dá para ter uma ideia se já andaram para aí a mexer, e de que forma mexeram... isto aplica-se também há vertente dinâmica, amortecedores, quadro, travões, etc...

Nas fotos que mostras já dá para perceber que as carenagens e os respectivos para parafusos não estão muito católicos...

A mota tem manual? tem livro/registo/comprovativo de manutenção?

A meu ver a CBR vai implicar custos após aquisição, assim de repente, pneus, oleo dos amortecedores, fluido de travões e calços, kit de transmissão, revisão mecânica(óleo filtros, afinações...), isto se não tiver alguma mazela/avaria que implique troca de peças.

Como tem sido dito e aconselhado por aqui, vai com calma não te precipites.
Se € não abundam, e a experiência não é grande (não é que a CBR600 seja um bicho de 7 cabeças), mais vale procuram algo de uma "gama inferior" mas que esteja no "geral" mais direitinha, com menos "afazeres".

E em jeito de conclusão, quando tiveres a certeza de o tecto máximo que podes gastar e mais importante QUE TIPO DE MOTA QUERES(citadina, sportourer, naked,choper,enduro,trail,sport,etc...), aí a tua busca será mais precisa e rigorosa.

E já sabes que se precisares de alguma coisa avisa.

Obrigado pela disponibilidade Furras.
A mota não tem manual nem livro de revisões. Segundo o proprietário, vendeu uma carrinha e a mota foi uma retoma, têm-na desde Janeiro. Pedi para me enviar fotografias do motor, já que as que tenho não dá para ver.

O tecto é 1500€ mas que pode subir até aos 2000€ se o modelo o justificar.
Inicialmente procurava Nakeds para uso citadino, mas depois desta experiência com a CBR vou ter em consideração este modelo também.
Responder

Pá não me pareceu nos trincos a CBR...

Desculpa lá voltar a carga, mas selecciona os modelos que vão ser aqueles em que vais direccionar  a tua preferência é mesmo que haja uma no Algarve e que possa estar num estado irrepriensivel, mais vale.

A minha SV veio de Viseu.
Ligeiramente mais cara do que o que considerava dar, com 500/700€ de extras em cima, pneus novos, kit transmissão novo, bateria nova...

Pus-lhe já 6000kms já em cima e não tive que lhe gastar um tostão. Fiz a revisão e acredito que Ainda faz mais uns 6/12 sem lhe trocar pastilhas nem afinar válvulas. E foi apenas" 250€ mais cara que encontravam os anúncios de outras SV (em estado parecido, para pior, mas sem extras)...

só tive que a ir buscar uns 50kms acima de Viseu.

Se valeu a pena? Fodace se não valeu! blink

E não estava anunciada...melhor Ainda smile

Por isso a mota que estiver impecável e seja nos parâmetros e se estiver a 300/400kms, compensa comprar (segundo o meu ponto de vista)

Velasquez87
Responder

(29-03-2018 às 12:44)Velasquez87 Escreveu:  Se valeu a pena? Fodace se não valeu! blink

E não estava anunciada...melhor Ainda smile

Portugal é um país pequeno. Numa meia dúzia de horas um gajo mete-se literalmente de Norte a Sul.

Curiosamente e caso não tivesse aparecido a Pégasus na Linhaway, já tinha combinado para num mesmo dia ir ver outra VFR1200F também a Viseu e de caminho para lá, parar em Coimbra para ver ainda mais outra. E antes disso já tinha ido também a um stand em Leiria ver uma K1300S.

Relembro ainda o Rod... que o levei à pendura de Lisboa, para ir buscar a Ducati 848 ao Porto. Ou o Inc, que veio de Braga até Setúbal para comprar o piano "albino" (FZ8).

Haja apenas disponibilidade, vontade e uns litros de combustível. É difícil que se consiga encontrar apenas no "nosso quintal" aquilo que especificamente nos dispomos a ter (e a procurar).

[Imagem: zX4Kq81.png]

Responder

Não tenho essa facilidade para me deslocar 300/400Km para ver uma mota e poder vir de mãos a abanar. Daqui para a frente vou ter mesmo de arranjar um mecânico que venha comigo ver as motas, assim sempre às cegas não dá com nada.

Neste momento o meu quintal tem 100km de raio.
Responder

(29-03-2018 às 12:24)JoaoPaco Escreveu:  Inicialmente procurava Nakeds para uso citadino, mas depois desta experiência com a CBR vou ter em consideração este modelo também.

Mas se for uma cbr ja deixa de ser para uso citadino? Sinceramente nao entendo já nada. Disparas para todo o lado mas nao acertas em nada!  lol

Pelo andar daqui a pouco estás a experimentar uma goldwing e também a considerar la. Mota de pista para cidade é muita má ideia, ainda para mais quem tem pca experiência, a possibilidade de te esbradalhares dentro da cidade aumenta consideravelmente, partes as carenagens e comes sopa o resto do mes para paga las. Andas curvado dentro da cidade a circular devagarinho a utilizar a primeira e segunda mudança devido ao transito e dar uns calores no motor porque não é para a cidade o seu uso adequado. A nao ser que mores numa cidade com pouco transito, ainda assim nunca seria uma mota de pista o que eu alguma vez considerava.

Dito isto tudo nao me leves a mal mas nao parece teres qualquer ideia concreta, nem da mota, nem ao orçamento nem do uso a dar. Sendo assim o pessoal vai se cansar de escrever os mesmo conselhos repetidamente.  blink
Responder

És mesmo bué tenrinho.

O meu quintal tem sensivelmente mais....

Mas eu acho que, para além de tenrinho pecas por ingénuo.

Tu achas que não tens experiência, o que até é humilde da tua parte, mas achas que tudo o que te dizem, dito por um gajo que teoricamente tem medís experiência é 100% certo!?

O que andas à procura não existe pá!

I just don't run with the crowd!

www.loneriderendlessroad.com
Responder

(29-03-2018 às 13:13)Nfilipe Escreveu:  
(29-03-2018 às 12:24)JoaoPaco Escreveu:  Inicialmente procurava Nakeds para uso citadino, mas depois desta experiência com a CBR vou ter em consideração este modelo também.

Mas se for uma cbr ja deixa de ser para uso citadino? Sinceramente nao entendo já nada. Disparas para todo o lado mas nao acertas em nada!  lol

Pelo andar daqui a pouco estás a experimentar uma goldwing e também a considerar la. Mota de pista para cidade é muita má ideia, ainda para mais quem tem pca experiência, a possibilidade de te esbradalhares dentro da cidade aumenta consideravelmente, partes as carenagens e comes sopa o resto do mes para paga las. Andas curvado dentro da cidade a circular devagarinho a utilizar a primeira e segunda mudança devido ao transito e dar uns calores no motor porque não é para a cidade o seu uso adequado. A nao ser que mores numa cidade com pouco transito, ainda assim nunca seria uma mota de pista o que eu alguma vez considerava.

Dito isto tudo nao me leves a mal mas nao parece teres qualquer ideia concreta, nem da mota, nem ao orçamento nem do uso a dar. Sendo assim o pessoal vai se cansar de escrever os mesmo conselhos repetidamente.  blink

Vila do Conde é pouco movimentado. Os percursos que mais devo fazer são Póvoa de Varzim <-> Vila do Conde e Vila do Conde <-> Porto (Nacional à partida). Uma sport tourer é assim tão descabido para este contexto? 
A CBR apela mais ao lado emotivo que racional admito, mas de certo ficaria satisfeito com este modelo. A XJ é a que fica a meio termo, mas à beira da CBR parece que pesa uma tonelada, não sei porque seria mais fácil usar em cidade do que a CBR.

E quando o pessoal se fartar vou ter de me conformar, já muito me ajudaram  smile
Responder




Utilizadores a ver este tópico: 1 Visitante(s)