O que dizem desta Suzuki SV650?

(28-03-2018 às 01:13)JoaoPaco Escreveu:  É mesmo isso, uma PCX. Obrigado por tudo malta. Vemo-nos no maxiscooters...

Se está a ser exigente opinar breve e honestamente sobre os modelos que vou colocando aqui a escolha é simples, muito mais simples do que fazer chacota e queimar neurónios a tentar ter piada.

O que procuro não é nada de outro mundo, pode não ser o ideal, mas está longe de ser impossível. É uma questão de tempo como dizem, mas parece que estão com mais pressa do que eu.

Enviado do meu A0001 através do Tapatalk

Honestamente!?

Tótó pá!
És um tótó pá!

Mas tem calma, para começares a evoluir, só tens que admitir que foste de mais a menos.
Ou seja, numa de procurar uma mota inteira, a necessitar de cuidados, mas inteira, a procurar zombies motociclisticos cuja garantia de teres uma mota que ande minimamente legal é irrisória.

Não tótó! Não é nesse sentido pá!
Ou melhor....
Até é! Se quiseres continuar a ser um tótó!

Mas tem calma, não apagues já a conta, anda cá que eu ainda te quero bater mais um bocadinho.

Um gajo já te disse quais são os tópicos para encontrares uma mota completa, num estado aceitável dentro do preço que procuras.
Começa por motas que estejam em condições de poder circular sem que a polícia te chame à atenção. Que mesmo que precisem de alguma revisão estetica, trabalhem certinho e tudo funcione dentro da normalidade. Tenta procurar sinais de acidentes ou quedas, desgastes anormais em elementos como os discos ou os pneus, contra pesos, estribos, etc.

Só depois disso, só mesmo depois disso é que, na dúvida, me parece normal expor a questão aqui para nosso parecer.

É que, com os quase 5 biliões de links que partilhaste neste tópico, parece dar a entender que queres que sejamos nós a escolher a mota para que, no caso de dar raia, nos responsabilizar pelo sucedido.

Se não tens pressa em comprar faz primeiro uma triagem, vai ver as motas eleitas e depois expõe a debate as eleitas.
Talvez te ajudemos de forma mais eficiente.

Não te preocupes, mandar-te pro carvalho já sabes que é garantido, mas no meio de tudo isto pode ser que aprendas alguma coisa e deixes, de uma vez por todas, de ser um tótó do tamanho de uma casa.

I just don't run with the crowd!

www.loneriderendlessroad.com
Responder

Acho que é o João não está a querer ler o que nós e o mercado lhe diz: se está barato demais...provavelmente é por alguma razão!.

Na verdade por 1000€ hoje nem uma Vespa 150cc tu arranjas em bom estado completa logo esperar coisas a 100% em >500cc não é para mim mto real.

Mas os euros são teus e quem vai andar com a mota és tu logo és tu que tens de decidir e gostar e perceber o que vai ser preciso gastar. Porque motas com 20 anos vai ser sempre preciso gastar algo blink

Mas tb tenho amigos que adoram as pechinchas pois depois é fácil resolver é SÓ aquilo e aqueloutro...o meu tempo é valioso para resolver as merdas que os outros criaram. evito isso ao máximo e no fundo acho que não me tenho dado mto mal.

Mas vale o que vale João, vai é começar a ver as motas ao vivo que as fotos escondem mta coisa.

Um abraco e mto boas curvas!!
[Imagem: assinaturaSD.jpg]
Responder

Detesto admitir mas o lone tem razão!  devil lol

Mais a sério, ja deu para entender ha muitas paginas atras que nao sabes o que queres. Tenta organizar as tuas ideias e perceber o que realmente queres e precisas. 
Estabelece um orçamento, pensa no estilo de mota e no uso que realmente lhe vais dar. Até eu próprio ja disse e é verdade que por exemplo que entre 1500/2000 já podes comprar um boa maquina já com 100cvs mas será que realmente precisas? ou melhor ainda, terás maos para ela? e dinheiro para as manutençoes futuras de uma mota de pista? Se vens de uma 125 utlitaria é um salto grande. E nao te esqueças que ergonomia de uma mota de pista nao é a mesma que para uma naked. Se queres mota para principalmente circular na cidade, nunca seria para uma cbr600 que olharia, ainda que de para fazer o mesmo que uma naked mas em termos práticos tem propósitos diferentes. 

Um gajo com o tesao do mijo ate pode fazer um bom negocio em termos de valores mas para no futuro teres que revender porque realmente nao era aquilo querias e precisavas, é mandar euros fora. Porque quando chega a altura de vender é sempre para perder, raramente para ganhar.
Responder

Depois de tanto ram ram e sem andar a restringir a chaços ias era buscar uma hornet 600...
Responder

Tem sido um discurso sem grande coerência.

Não há €€ para uma mota em condições....então vamos gastar o pouco que temos numa mota com 20 anos, sabe-se lá em que estado, para depois perceber que vamos ter de enterrar mais uns quantos €€ para a por em condições de circular.

Não é melhor esperar algum tempo, juntar  e comprar uma coisinha em condições?

[Imagem: images?q=tbn%3AANd9GcT4XLIkYtQDw11iDiKFM...g&usqp=CAU]


Responder

acho que nao vale a pena exagerar, se o rapaz ao inicio tinha um orçamento bem reduzido, ele foi aumentando esse orçamento. E nao venham para ai dizer que 2 mil paus que é orçamento que só dá para charutos. Há por ai motas muito mais recentes e com o dobro do valor e ainda que tenham grande aspecto podem esconder problemas de maior e que nem sao detectáveis ao dar uma volta na rua.

Motas usadas sao um risco e quando o orçamento é muito reduzido o risco aumenta consideravelmente mas 2 mil euros dá para comprar algo bastante satisfatório que dure muitos anos, ainda conhecendo e sabendo um pouco de motas e mecânica e preciso também sorte, disso nao a duvidas. Comprei a minha thundercat p 2 mil e passados 2 anos com 22 mil kms a mais que já tem ainda so precisei de mudar a bateria, fora pneus e oleo que é normal.
Responder

(28-03-2018 às 01:13)JoaoPaco Escreveu:  É mesmo isso, uma PCX. Obrigado por tudo malta. Vemo-nos no maxiscooters...

Se está a ser exigente opinar breve e honestamente sobre os modelos que vou colocando aqui a escolha é simples, muito mais simples do que fazer chacota e queimar neurónios a tentar ter piada.

O que procuro não é nada de outro mundo, pode não ser o ideal, mas está longe de ser impossível. É uma questão de tempo como dizem, mas parece que estão com mais pressa do que eu.

Depois de 18 páginas de opiniões válidas e construtivas... depois de 18 páginas de malta a tratar-te da forma mais politicamente correta possível apesar de todas as tuas incoerências e incongruências, à primeira piada mandas uma resposta destas, por mim, e se não quiseres ir para o maxiscooters ou para o cpmoto, podes ir para o caralho.
Responder

(28-03-2018 às 10:01)Nfilipe Escreveu:  acho que nao vale a pena exagerar, se o rapaz ao inicio tinha um orçamento bem reduzido, ele foi aumentando esse orçamento. E nao venham para ai dizer que 2 mil paus que é orçamento que só dá para charutos. Há por ai motas muito mais recentes e com o dobro do valor e ainda que tenham grande aspecto podem esconder problemas de maior e que nem sao detectáveis ao dar uma volta na rua.

Motas usadas sao um risco e quando o orçamento é muito reduzido o risco aumenta consideravelmente mas 2 mil euros dá para comprar algo bastante satisfatório que dure muitos anos, ainda conhecendo e sabendo um pouco de motas e mecânica e preciso também sorte, disso nao a duvidas. Comprei a minha thundercat p 2 mil e passados 2 anos com 22 mil kms a mais que já tem ainda so precisei de mudar a bateria, fora pneus e oleo que é normal.

Pelo que li ao passar de 1500 para 2000€ a diferença das opções foi de uma SV pintada à trincha para uma cbr f4 acidentada sem autocolantes. há melhores opções como lhe foram mostradas...mas que não lhe agradam mas é ele que tem de gostar. por mim está explicado o que tinha a explicar/ajudar

Uma bateria...100€? Pneus...200€? Revisão...200€? Como dizes em motas recentes podes ter as mesmas despesas ou piores mas convém contar que assim do nada são 500€ e para quem está a fazer contas à diferença do prémio de seguro deve ser significativo esse valor.

Na realidade cumprindo o orçamento o melhor era mesmo manter por algo simples como isto: https://www.olx.pt/anuncio/honda-cb500-I...4f3871fc10

em cheio no orçamento inicial e siga.

Um abraco e mto boas curvas!!
[Imagem: assinaturaSD.jpg]
Responder

(28-03-2018 às 10:44)mr_trecolareco Escreveu:  
(28-03-2018 às 10:01)Nfilipe Escreveu:  acho que nao vale a pena exagerar, se o rapaz ao inicio tinha um orçamento bem reduzido, ele foi aumentando esse orçamento. E nao venham para ai dizer que 2 mil paus que é orçamento que só dá para charutos. Há por ai motas muito mais recentes e com o dobro do valor e ainda que tenham grande aspecto podem esconder problemas de maior e que nem sao detectáveis ao dar uma volta na rua.

Motas usadas sao um risco e quando o orçamento é muito reduzido o risco aumenta consideravelmente mas 2 mil euros dá para comprar algo bastante satisfatório que dure muitos anos, ainda conhecendo e sabendo um pouco de motas e mecânica e preciso também sorte, disso nao a duvidas. Comprei a minha thundercat p 2 mil e passados 2 anos com 22 mil kms a mais que já tem ainda so precisei de mudar a bateria, fora pneus e oleo que é normal.

Pelo que li ao passar de 1500 para 2000€ a diferença das opções foi de uma SV pintada à trincha para uma cbr f4 acidentada sem autocolantes. há melhores opções como lhe foram mostradas...mas que não lhe agradam mas é ele que tem de gostar. por mim está explicado o que tinha a explicar/ajudar

Uma bateria...100€? Pneus...200€? Revisão...200€? Como dizes em motas recentes podes ter as mesmas despesas ou piores mas convém contar que assim do nada são 500€ e para quem está a fazer contas à diferença do prémio de seguro deve ser significativo esse valor.

Na realidade cumprindo o orçamento o melhor era mesmo manter por algo simples como isto: https://www.olx.pt/anuncio/honda-cb500-I...4f3871fc10

em cheio no orçamento inicial e siga.
Estou à espera da resposta deste
https://www.custojusto.pt/25674709

Enviado do meu A0001 através do Tapatalk
Responder

thumbsup

Um abraco e mto boas curvas!!
[Imagem: assinaturaSD.jpg]
Responder




Utilizadores a ver este tópico: 1 Visitante(s)