Yamaha MWT-9 (WTF?)
#51
(08-04-2018 às 12:12)LoneRider Escreveu: Esta porreiro!
Mas quando isso começar a sofrer a acção do tempo é esses casquilhos todos começarem a ganhar folgas....
La se vai o alinhamento e a precisão.

Terá provavelmente uma manutenção mais cara por ser mais complexo, mas não vejo que seja muito diferente do que existe actualmente, com intervalos mais ou menos maiores de manutenção... Fazendo a manutenção devida continuará a funcionar bem como as motas actuais, e funcionará mas sem a manutenção devida como as motas actuais! blink
Acho que não sou CONINHAS... Mas nunca se sabe...

A minha máquina (e ex):
Kawasaki Versys 1000
Yamaha FZS 600 Fazer

Imagem

Responder
#52
Michel pá, salvo a suspensão pelas questões óbvias, o trem dianteiro tem muito poucas peças móveis.
Os rolamentos de direção é os elementos dos travões (que têm outra função distinta da direção)

Só na suspensão dianteira tens o dobro das peças (retentores, guarda pós, barras, etc), depois na direção é só sumar, porque o sistema até barra estabilizadora tem e cada ligação dessas ou não tem manutenção e tem que se mudar com intervalos de tempo/utilização ou, em caso de manutenção, é sinal que terá peças de desgaste que, podendo não ser caras, obrigam a muitas horas de intervenção.

Além disso, é um daqueles sistemas que se vai degradando muito lentamente pelo que te vais adaptando ao que acontece e prácticamente só te das conta da situação quando está tudo semelhante a um baralho de cartas em desiquilibrio.

Quase todas as motas que têm um braço oscilante dianteiro deram, a longo prazo, esse tipo de problemas.
I just don't run with the crowd!

http://www.loneriderendlessroad.com
Responder
#53
Por isso disse que terá provavelmente mais manutenção, possivelmente com intervalos menores e inevitavelmente cara por ser demorada Não é a minha cena, mas acredito que seja pensado e estudado para não dar o berro em 2 tempos...
Acho que não sou CONINHAS... Mas nunca se sabe...

A minha máquina (e ex):
Kawasaki Versys 1000
Yamaha FZS 600 Fazer

Imagem

Responder
#54
Marco, isto não é inovação nenhuma... Há mais de uma década a Piaggio já tinha coisas destas em scooters...
Responder
#55
Não me parece que a suspensão e toda a componente frontal q suporta este bicho seja exatamente a mesma coisa que se via nas Piaggio... De igual forma, não será a mesma coisa construir este sistema para uma scooter considerando fatores como peso, ciclística, etc., que fazê-lo para esta Niken. Mas honestamente não sendo bichos a que ligue muito, acredito poder estar errado.
Imagem
BMW F800R * ex-Kawasaki ZZR 1100 * ex-Honda Hornet 600 * ex-Honda CBF 125 * ex-Yamaha DT 50 LC (x2)
Responder
#56
O sistema da piagio é hidráulico.
Este é mecánico.
I just don't run with the crowd!

http://www.loneriderendlessroad.com
Responder
#57
Marco, não é preciso ser "exactamente" igual... este conceito não é novidade... foi o que disse... agora desenha-lo de acordo com a moto a que se destina... uma suspensão convencional para uma 125, obviamente que não pode ter os mesmos componente que para uma 1000... não deixando de ser o mesmo conceito... duas jarras, com molas lá dentro... uns orificios para deixar passar o óleo... agarrados a umas mesas de direcção.... e com uma roda no meio....

Sistema da Piaggio




Yamaha LMW


Responder
  




Utilizadores a ver este tópico:
1 Visitante(s)