Revisões Yamaha Tracer 900 GT

(26-02-2019 às 17:23)pareias Escreveu:  Vindaloo, se tens uma RR recente ou com poucos anos, estamos a falar de um SUV médio a ser comparado com um desportivo.
Em termos de componentes obviamente que são diferentes.

De carros percebo muito pouco, pelo que por desconhecimento meu, não poderei alimentar argumentação sustentada em comparações directas de carros com motas, embora possa aceitar à partida que estás correcto.

(26-02-2019 às 17:23)pareias Escreveu:  Eu ainda não sei andar na Tracer, mas tento usar o meu peso na roda da frente nas saídas das curvas lentas para evitar o abanar da frente.

Peso na frente na saída de uma curva?

Com certeza confias muito no teu pneu de trás, e o no controlo de tracção. Só pode ser essa a explicação para uma deslocalização voluntário do centro de massa em cima da mota.

Sem presunção, e com toda a boa intenção do mundo: Andares-te a chegar à frente nas curvas... só destabiliza a mota já de si pouco estável! ´

Se o conseguires fazer sem destabilizar, o peso é para baixo. Não para a frente. Se não conseguires, mais vale estares quieto em cima da mota na curva, olhares para a frente e aproveitares a largura da estrada.


Responder

Ah, OK.

Estava na dúvida. Ontem ao telefone recomendaram-me isso (sem exageros) depois de eu ter dito que o fazia.

Mas então uma pessoa que percebe do assunto (das curvas) compra uma VFR1200?

O equipamento standard da VFR1200 é de boa qualidade para as curvas? Suspensões, travões, etc são de boa qualidade?

O peso é suficientemente baixo para ser ágil nas curvas lentas?

A VFR1200 era uma belíssima moto, mas não costuma surgir como ágil para as curvas.

Talvez para curvas rápidas sim, mas nesse caso é diferente.
Responder

(26-02-2019 às 18:26)pareias Escreveu:  Mas então uma pessoa que percebe do assunto (das curvas) compra uma VFR1200?

Uma pessoa que percebe das curvas, compra qualquer mota e curva bem com qualquer uma.

(26-02-2019 às 18:26)pareias Escreveu:  O peso é suficientemente baixo para ser ágil nas curvas lentas?

A VFR1200 era uma belíssima moto, mas não costuma surgir como ágil para as curvas.

Talvez para curvas rápidas sim, mas nesse caso é diferente.

Não, mas uma guitarra acústica também não é ágil para solos. Quando as unhas sabem tocar...


(26-02-2019 às 18:26)pareias Escreveu:  Ah, OK.

Estava na dúvida. Ontem ao telefone recomendaram-me isso (sem exageros) depois de eu ter dito que o fazia.

Mas então uma pessoa que percebe do assunto (das curvas) compra uma VFR1200?

O equipamento standard da VFR1200 é de boa qualidade para as curvas? Suspensões, travões, etc são de boa qualidade?

O peso é suficientemente baixo para ser ágil nas curvas lentas?

A VFR1200 era uma belíssima moto, mas não costuma surgir como ágil para as curvas.

Talvez para curvas rápidas sim, mas nesse caso é diferente.

Bem vindo ao quem quer ser motociclista! O concorrente PAreias já gastou a ajuda do telefone, dos 50-50 com a Z1000SX agora está a utilizar a ajuda do publico! lol

(perdoa a brincadeira)


Responder

Sim, é verdade, quando não sei, telefono.

Telefono a quem sabe.
Responder

(26-02-2019 às 18:46)pareias Escreveu:  Sim, é verdade, quando não sei, telefono.

Telefono a quem sabe.

Não é preciso ficar mal disposto.

Foi só um comentário em espírito bem humorado.


Responder

(26-02-2019 às 15:39)LoneRider Escreveu:  Areias pá.
Para mim a VFR até pode ser uma embarcação, é o que tenho e foi o que quis

Deixa-me adivinhar... e se quisesses até poderias ter comprado uma de 20 mil euros??? Mas preferiste uma de 17 mil porque não viste na de 20 mil, mais 3 mil euros de moto?! devil lol



Responder

Estou super bem disposto! Mas é verdade, tentei contactar uma pessoa que sabe.

Aqui sei que o Félix tem conhecimentos genuínos, mas pelos motivos óbvios não me vai responder à pergunta. É uma questão de deontologia médica. Na medicina mental a ordem é especialmente rigorosa nas relações médico-paciente.

Depois a ti ainda não conheço. Ou seja não vou fazer uma pergunta sem saber se a resposta é correcta.

Já me aconteceu fazer uma pergunta, o interlocutor responder e eu aperceber-me de que estava a ouvir o Pato Donald a falar.

O som a hélio na garganta não se esquece. Foi uma experiência traumática.
Responder

(26-02-2019 às 18:09)vindaloo Escreveu:  
(26-02-2019 às 17:23)pareias Escreveu:  Vindaloo, se tens uma RR recente ou com poucos anos, estamos a falar de um SUV médio a ser comparado com um desportivo.
Em termos de componentes obviamente que são diferentes.

De carros percebo muito pouco, pelo que por desconhecimento meu, não poderei alimentar argumentação sustentada em comparações directas de carros com motas, embora possa aceitar à partida que estás correcto.

(26-02-2019 às 17:23)pareias Escreveu:  Eu ainda não sei andar na Tracer, mas tento usar o meu peso na roda da frente nas saídas das curvas lentas para evitar o abanar da frente.

Peso na frente na saída de uma curva?

Com certeza confias muito no teu pneu de trás, e o no controlo de tracção. Só pode ser essa a explicação para uma deslocalização voluntário do centro de massa em cima da mota.

Sem presunção, e com toda a boa intenção do mundo: Andares-te a chegar à frente nas curvas... só destabiliza a mota já de si pouco estável! ´

Se o conseguires fazer sem destabilizar, o peso é para baixo. Não para a frente. Se não conseguires, mais vale estares quieto em cima da mota na curva, olhares para a frente e aproveitares a largura da estrada.
Esse é um dos problemas...
Sítios como este que deviam servir para entreajuda e malta que sabe, acrescentar valor com a sua presença, mas a maioria prefere só gozar e tornar isto um espaço mais pobre.

O que acabaste de fazer/explicar foi um caso raro no fórum pelo que tenho visto.

Eu, da mesma maneira que já saí da cama às duas da manhã para levar anticongelante e safar uma burra mijona andando a trocar tubos, sei que mais gente aqui o faz na vida real.... Não entendo porque aqui, só se ajavarda uns com os outros, mas devo ser o único a pensar isso...

Sent from my Mi A1 using Tapatalk
Responder

(26-02-2019 às 18:55)carlos-kb Escreveu:  
(26-02-2019 às 15:39)LoneRider Escreveu:  Areias pá.
Para mim a VFR até pode ser uma embarcação, é o que tenho e foi o que quis

Deixa-me adivinhar... e se quisesses até poderias ter comprado uma de 20 mil euros??? Mas preferiste uma de 17 mil porque não viste na de 20 mil, mais 3 mil euros de moto?! devil lol

E só nao comprou uma tracer na altura porque nao havia! Porque caso nao saibas e com apenas 13k, nao compras mota melhor, apesar de ser um budget bike! ok
Responder

(26-02-2019 às 19:08)JPedrosa Escreveu:  
(26-02-2019 às 18:09)vindaloo Escreveu:  
(26-02-2019 às 17:23)pareias Escreveu:  Vindaloo, se tens uma RR recente ou com poucos anos, estamos a falar de um SUV médio a ser comparado com um desportivo.
Em termos de componentes obviamente que são diferentes.

De carros percebo muito pouco, pelo que por desconhecimento meu, não poderei alimentar argumentação sustentada em comparações directas de carros com motas, embora possa aceitar à partida que estás correcto.
(26-02-2019 às 17:23)pareias Escreveu:  Eu ainda não sei andar na Tracer, mas tento usar o meu peso na roda da frente nas saídas das curvas lentas para evitar o abanar da frente.

Peso na frente na saída de uma curva?

Com certeza confias muito no teu pneu de trás, e o no controlo de tracção. Só pode ser essa a explicação para uma deslocalização voluntário do centro de massa em cima da mota.

Sem presunção, e com toda a boa intenção do mundo: Andares-te a chegar à frente nas curvas... só destabiliza a mota já de si pouco estável! ´

Se o conseguires fazer sem destabilizar, o peso é para baixo. Não para a frente. Se não conseguires, mais vale estares quieto em cima da mota na curva, olhares para a frente e aproveitares a largura da estrada. 
Esse é um dos problemas...
Sítios como este que deviam servir para entreajuda e malta que sabe, acrescentar valor com a sua presença, mas a maioria prefere só gozar e tornar isto um espaço mais pobre.

O que acabaste de fazer/explicar foi um caso raro no fórum pelo que tenho visto.

Eu, da mesma maneira que já saí da cama às duas da manhã para levar anticongelante e safar uma burra mijona andando a trocar tubos, sei que mais gente aqui o faz na vida real.... Não entendo porque aqui, só se ajavarda uns com os outros, mas devo ser o único a pensar isso...

Sent from my Mi A1 using Tapatalk 

Concordo com o JPedrosa!

Também tentei ser 100% sincero, aliás seria ridículo que não fosse.
Responder




Utilizadores a ver este tópico: 1 Visitante(s)