Nova CBR 250 RR
#21

(26-07-2016 às 23:10)vindaloo Escreveu:  Mais uma mota cujo objectivo se me escapa...

É mota para custar quanto? menos 300€ que a mt07? devil evil

Palavra de honra que continuo sem compreender nem o investimento, nem o interesse neste segmento, em que se compra caríssimo uma espécie de veículo travestido de mota, em prol de serem mais ou menos económicas.

Mais, se a Honda decide trazer a nova linha das 1000rr a público nesta re-encarnação do jogo das diferenças tipo o do 'metro', não lhes perdoo pelo menos durante 1 ano. proud proud

São motos de poupança e como as regras da carta de condução alteraram, existe muita procura, principalmente para quem tira a A2. Não esquecer que a categoria A só pode ser tirada aos 24 anos!

Claro que pode sempre comprar limitadas a 35kw, mas depois terá mais custos para deslimitar fisicamente.

São motas que vendem tanto, que têm vendido muito bem na Europa. Estamos numa altura em que se quer que qualquer veiculo consuma pouco, quanto menos melhor. Dai que até nos carros estejam a aparecer os 1.0 turbo.

Como explicas que no Brasil, estas cilindradas sejam as de eleição?
Responder
#22

(27-07-2016 às 10:18)OFFICER Escreveu:  
(26-07-2016 às 23:10)vindaloo Escreveu:  Mais uma mota cujo objectivo se me escapa...

É mota para custar quanto? menos 300€ que a mt07? devil evil

Palavra de honra que continuo sem compreender nem o investimento, nem o interesse neste segmento, em que se compra caríssimo uma espécie de veículo travestido de mota, em prol de serem mais ou menos económicas.

Mais, se a Honda decide trazer a nova linha das 1000rr a público nesta re-encarnação do jogo das diferenças tipo o do 'metro', não lhes perdoo pelo menos durante 1 ano. proud proud

São motos de poupança e como as regras da carta de condução alteraram, existe muita procura, principalmente para quem tira a A2. Não esquecer que a categoria A só pode ser tirada aos 24 anos!

Claro que pode sempre comprar limitadas a 35kw, mas depois terá mais custos para deslimitar fisicamente.

São motas que vendem tanto, que têm vendido muito bem na Europa. Estamos numa altura em que se quer que qualquer veiculo consuma pouco, quanto menos melhor. Dai que até nos carros estejam a aparecer os 1.0 turbo.

Como explicas que no Brasil, estas cilindradas sejam as de eleição?

isto mesmo, a mim é um segmento que interessa dado que as velocidades que ando não são muito elevados e quer-se com consumos baixos, e manutenção baixa também.

HONDA CBF 125 AKA MEIO TRANSPORTE
Responder
#23

É a diferença entre querer um mero meio de transporte ou uma mota capaz de proporcionar sensações indescritíveis, e não falo só em andar a grandes velocidades.
Responder
#24

Mas isso existe em qualquer coisa, nos carros é igual. Há quem compre superdesportivos também e há quem compre o carro que leve de A a B sem chatear e com baixo consumo.

Pessoalmente interessa-me mais a mota que me leve de A a B e que me permita fazer passeios, com baixo consumo, baixos impostos e baixa manutenção (aqui não entram as achinesadas).
Responder
#25

(26-07-2016 às 14:32)OFFICER Escreveu:  dfelix e até os próprios faróis da mota fazem lembrar a R1  lol

(26-07-2016 às 16:05)Rod Escreveu:  Parece "aDUCATIzada"

[Imagem: semmeleh_zps45pryjsu.jpg]

(26-07-2016 às 22:42)pedromt07 Escreveu:  Façam uma com 4cil. até lá continua a ser como outra 300 qualquer.

Resta saber se mais rotação e meia dúzia de cavalitos justificaria tudo o que de nagativo essa opção iria trazer.
O mercado não se tem revelado condescendente com motos que só funcionam no red line.

(26-07-2016 às 23:10)vindaloo Escreveu:  Mais uma mota cujo objectivo se me escapa...

Realmente...
Porque raio lançam desportivas 125, 300, 600 quando existem as 1000...   lol

(26-07-2016 às 23:10)vindaloo Escreveu:  É mota para custar quanto? menos 300€ que a mt07?

Sou um puto de 18 anos. Tenho carta A2. Quero comprar a minha primeira moto. E quero uma desportiva!
Obrigado por me recomendares a MT07!
É exactamente o procuro!  lol
Responder
#26

(27-07-2016 às 11:23)dfelix Escreveu:  Sou um puto de 18 anos. Tenho carta A2. Quero comprar a minha primeira moto. E quero uma desportiva!
Obrigado por me recomendares a MT07!
É exactamente o procuro!  lol

Esqueceste-te de dizer que também tens dinheiro, porque se não vais acabar numa CB125F ou numa Wolf 125 se fores mais radical. lol
Responder
#27

(27-07-2016 às 11:30)Almareado Escreveu:  Esqueceste-te de dizer que também tens dinheiro, porque se não vais acabar numa CB125F ou numa Wolf 125 se fores mais radical. lol

Tenho 18 anos e entrei agora na faculdade.
Não sou eu que tenho o dinheiro. São os meus pais!
bigsmile
Responder
#28

(27-07-2016 às 10:18)OFFICER Escreveu:  
(26-07-2016 às 23:10)vindaloo Escreveu:  Mais uma mota cujo objectivo se me escapa...

É mota para custar quanto? menos 300€ que a mt07? devil evil

Palavra de honra que continuo sem compreender nem o investimento, nem o interesse neste segmento, em que se compra caríssimo uma espécie de veículo travestido de mota, em prol de serem mais ou menos económicas.

Mais, se a Honda decide trazer a nova linha das 1000rr a público nesta re-encarnação do jogo das diferenças tipo o do 'metro', não lhes perdoo pelo menos durante 1 ano. proud proud

São motos de poupança e como as regras da carta de condução alteraram, existe muita procura, principalmente para quem tira a A2. Não esquecer que a categoria A só pode ser tirada aos 24 anos!

Claro que pode sempre comprar limitadas a 35kw, mas depois terá mais custos para deslimitar fisicamente.

São motas que vendem tanto, que têm vendido muito bem na Europa. Estamos numa altura em que se quer que qualquer veiculo consuma pouco, quanto menos melhor. Dai que até nos carros estejam a aparecer os 1.0 turbo.

Como explicas que no Brasil, estas cilindradas sejam as de eleição?

Não concordo que sejam motas de poupança. É um problema generalizado que vejo em meios profissionais e pessoais que é as pessoas no fundo não fazerem muito bem as contas e procurarem uma justificação para cederem a um capricho.

Essa é uma justificação perfeitamente aceitável, mas uma mota caríssima, que faz um consumo baixo - comigo não pega muito bem o argumento.

Para dizer a verdade, até considero que o custo do combustível é apenas uma fracção inferior a 50% das despesas de aquisição, manutenção e estima de uma mota. Então para quem anda pouco ainda mais irrelevante se torna.

Deslimitar uma mota qualquer concessionário o faz de borla para vender. E se fossem 50 ou 100 ou 200€ continuava sem expressão face a um custo aquisição que anda acima dos 5000€.

O donwsizing de motores auto é um assunto completamente diferente. Estamos a falar de redução de emissões poluentes e incremento de potência com recurso a componentes de sobre alimentação. Esta história dos consumos é uma treta enorme, repara que um opel corsa b tinha o mesmo consumo dum equivalente hoje em dia. A indústria apenas reagiu no sentido de optimizar consumos, penalizados pelo excesso de peso, medidas segurança etc... em que o resultado final é idêntico.

Não me compreendam mal, não me oponho à evolução. Ninguém tem duvidas que um opel corsa hoje é genericamente um carro muito melhor do que há 20 anos atrás.

Mas isto não tem nada a ver com motas de 250cc. Nem com este conceito de mota em particular.

No Brasil não encontras estas motas. Encontras 'N' motas de baixa cilindrada, por razões económicas. Mas são motas simples e robustas, igualmente económicas e sem travestismos.

Encontras motas 'despretensiosas' e práticas, o que no fundo é que esta cbr não é.

E paga-se esta 'pretensão' daí que caiem por terra quaisquer argumentos lógicos sobre economia.


Responder
#29

(27-07-2016 às 12:28)dfelix Escreveu:  
(27-07-2016 às 11:30)Almareado Escreveu:  Esqueceste-te de dizer que também tens dinheiro, porque se não vais acabar numa CB125F ou numa Wolf 125 se fores mais radical. lol

Tenho 18 anos e entrei agora na faculdade.
Não sou eu que tenho o dinheiro. São os meus pais!
bigsmile

Vocês sabem fazer quotes tão bonitos, e com vários autores... um dia também hei de aprender.  shy shy shy

Concluo então que está é uma mota vocacionada e orientada para os indivíduos que vivem com as 'calças dos pais', é isso?

Temos então os fabricantes a desenvolverem soluções em 1ª mão para os 'filhos do papá' e posers deste mundo.

Desculpem-me a ligeira infecção no nervo shy


Responder
#30

Responder que este tipo de moto não dá para poupar não é verdade.

Para quem precisa de um meio de transporte com estilo que já ande bem, e dê para fazer passeios dentro das velocidades legais (e acima delas) esta moto é perfeita.

Vejamos custos.

Exemplo:
Hornet 2ª mão (+/- 4000€)
CBR 300 nova ou semi-nova (um pouco superior a 4000€)

Consumos hornet 6 l/100 VS CBR 300 4 l/100 (exemplo de 1.40€ litro)
Em 10.000kms anuais gastamos 840€ na Hornet e 560€ na CBR 300 e sendo assim ficamos com 280€ no bolso...

Selo 55€ VS 18€ mais 37€ no bolso.

Vejamos apenas uma manutenção por ano. Com certeza que feito num stand Honda, pagarás no mínimo uns 50€ a menos por CBR... (menos oleo, menos velas, menos pastilhas...)
CBR gasta menos pneus e terás pneus mais baratos...
CBR gasta menos transmissão...

Seguros nem faço ideia se são mais baratos ou não dependendo da cilindrada (comparo com um condutor da mesma idade e com a mesma experiência)

Para quem faça 10.000kms anuais , e se tens poucos €s, na CBR ficarás com ~uns 400€ no bolso no final do ano....


Agora se não te preocupas com isso, ou porque fazes poucos kms por ano, ou podes despender destes €s para teres mais prazer, caga em tudo o que disse em cima!!! lol

Ricardo - Honda CB500X
[Imagem: latest?cb=20150510093035]
Responder




Utilizadores a ver este tópico: 1 Visitante(s)