Ciclistas "a par"
#21

Eu percebo que há muitos ciclistas que fazem o que querem e bem lhes apetece, semáforos é para o batalha, ora andam na estrada e depois no passeio, ora ultrapassam outro ciclista sem ver se podem... enfim há de tudo. Alguns nem consigo perceber como banalizam tanto a vida, ao ponto de tomarem as coisas por garantidas.
Mas o lado mau salta sempre mais à vista que o lado bom... o mesmo se passou e ainda passa, com os motociclistas, por uns, mancham a imagem de todos.

Agora, o que eu concordava, é que os ciclistas fossem multados como nós somos quando fazemos uma borrada. Porque se há leis para uma coisa, há leis para outras... e não sei se já aconteceu, mas eu nunca vi um ciclista a ser multado por passar um vermelho com peões a atravessar, e já vi a fazerem em frente a um carro da polícia. Agora também não sei as dificuldades burocráticas que um polícia passa para passar tal multa.

Mas é como disse, falta de respeito vem da pessoa, não do veículo.

Um abraço.
Responder
#22

(21-03-2017 às 19:41)RJVieira Escreveu:  Mas o lado mau salta sempre mais à vista que o lado bom... o mesmo se passou e ainda passa, com os motociclistas, por uns, mancham a imagem de todos.

Sou da opinião que tanto entre motociclistas como ciclistas os selvagens estão em maioria.
Responder
#23

Ontem à noite vinha de carro, e vi um destes colegas em plena estrada ( onde anda tudo a mais de 100 ), sem luzes, e com a via destinada a bicicletas ao lado completamente vazia.

Isto numa zona sem iluminação nenhuma, era só algum mal intencionado ou bebâdo/distraído dar-lhe um toque para a vida dele acabar ali.
Responder
#24

(22-03-2017 às 00:55)Fz1000 Escreveu:  Ontem à noite vinha de carro, e vi um destes colegas em plena estrada ( onde anda tudo a mais de 100 ), sem luzes, e com a via destinada a bicicletas ao lado completamente vazia.

Se não fosses do Algarve diria que tinhas feito o percurso entre Ericeira e Mafra...
Onde construíram vários quilómetros ciclovia com a largura duma faixa de rodagem, mas depois apanhas imensa gente que sentido de Mafra não a utiliza... por ser do outro lado da estrada!

[Imagem: ften116_02.jpg]
Responder
#25

(22-03-2017 às 02:36)dfelix Escreveu:  Se não fosses do Algarve diria que tinhas feito o percurso entre Ericeira e Mafra...
Onde construíram vários quilómetros ciclovia com a largura duma faixa de rodagem, mas depois apanhas imensa gente que sentido de Mafra não a utiliza... por ser do outro lado da estrada!

[Imagem: ften116_02.jpg]

Ei pá... isto é um luxo :smile se para os meus lados houvesse disso ia sempre de bicla para o trabalho smile
Responder
#26

Existem utilizadores conscienciosos ou não em todos os tipos de veículos, mas não vamos crucificar ninguém. Os motociclistas geralmente não são exemplo de respeito integral do código da estrada. Como utilizador da via de carro, mota e bicicleta concordo que todos têm que cumprir as regras seja qual for o veículo, eu paro nos semáforos mesmo de bicicleta. Compreendo e agradeço as vantagens dadas à bicicleta e receio que os abusadores as possam desvirtuar, mas não vamos ser fundamentalistas com os outros se não o somos connosco. No fundo as bicicletas têm para os carros o problema das motas, agravado pela baixa velocidade, pela fraca estabilidade e exiguidade de meios de segurança. Não são inimigos, são mais colegas que os outros veículos da estrada e também porque a maioria dos motociclistas também anda de bicicleta. Por isso mesmo também deviam ter alguns deveres quando andam na via pública, como obrigatoriedade de luzes ou de uso de capacete adequado.

"Viver a vida não é esperar que a tempestade passe, é aprender a andar à chuva"
Responder
#27

(22-03-2017 às 00:47)dfelix Escreveu:  
(21-03-2017 às 19:41)RJVieira Escreveu:  Mas o lado mau salta sempre mais à vista que o lado bom... o mesmo se passou e ainda passa, com os motociclistas, por uns, mancham a imagem de todos.

Sou da opinião que tanto entre motociclistas como ciclistas os selvagens estão em maioria.

Isto. Não é por ser ciclista, motociclista, enlatado ou pedestre. Uma besta será sempre uma besta, independentemente de como se faça deslocar.
Responder
#28

(20-03-2017 às 13:35)RJVieira Escreveu:  Eu desisti de andar de bicicleta, porque não há respeito nenhum nas estradas... se é perigoso andar de mota... de bicicleta é bastante mais.
A lei de andar a par, foi também para obrigar os veículos a mudarem de faixa para fazer uma ultrapassagem, que por norma não mudam, houve alturas que se esticasse a mão consegui bater no vidro do carro que me ultrapassava. Está no código da mota, o porque é perigoso andar junto à berma... eu sei que dá para ultrapassar uma bicicleta em dois segundos... mas eu já tive um acidente por causa de dois segundos. Se um dia tiverem a oportunidade de ir à Austria e Alemanha, países onde me senti mais seguro a andar de mota, vão ver que todos mudam de faixa para ultrapassar uma bicicleta... como se de um carro se tratasse... e não se vê o povo passado com isso, faz parte do bom senso de não colocar uma vida em perigo por uma questão de estar com pressa para não ir fazer nada. E lá há muitas bicicletas... mais que aqui.

Em relação aos seguros, não se esqueçam que se essa lei for implementada, quero ver como vão lidar com isso quando os vossos filhos quiserem andar de bicicleta... o melhor é deixar estarem as coisas como estão... senão até um peão devia ter seguro... já causaram acidentes.

Respeito... é o que falta muito nas nossas estradas... mas de todos os veículos.

Um abraço.
Exacto... tudo se resume ao respeito. Muitos se esquecem quem também há quem sinta ódio por motociclistas. A estrada não é uma arena de combate para ver quem é mais macho. É uma via de comunicação. Portugal é um sítio magnífico, com muitas coisas boas. Mas para viajar de moto, não! E muito menos de bicicleta. Depende dos sítios claro, mas na minha zona, no norte, as motas ainda é muito conotado com lazer e fim de semana, devido ao clima, e as pessoas não estão muito habituadas a conviver com as duas rodas na estrada. Essa é a verdade.

Enviado do meu P022 através de Tapatalk
Responder
#29

(28-03-2017 às 14:47)devil_lips63 Escreveu:  Depende dos sítios claro, mas na minha zona, no norte, as motas ainda é muito conotado com lazer e fim de semana,...

As motos estão muito conotadas com lazer e fim de semana em todo o lado.
Porque a maioria dos motociclistas utilizam-nas como veículo de lazer e fim de semana.
Claro quem segue os forums de motociclismo fica com outra ideia... lol
Responder
#30

O cúmulo do abuso dos novos direitos conferidos aos Zés Esmaltinas.... Com uma ciclovia ao lado, é fixe é andar na estrada e se possível a par, obrigando todos os condutores a pisarem um contínuo, se não quiserem gramar a 20 Km/h atrás deles!!!

Só falta mesmo estarem a passar um sinal vermelho para o ramalhete das alarvidades ciclísticas ser completo. bigsmile

[Imagem: giOTFgK.jpg]

[Imagem: zX4Kq81.png]

Responder




Utilizadores a ver este tópico: 1 Visitante(s)