Benelli BN 251 abs / 302 abs

(19-06-2017 às 17:39)Velasquez87 Escreveu:  
(19-06-2017 às 16:36)LoneRider Escreveu:  Não há nada que chegue aos 12kg, acelarar e ir-se embora!
Quais cavacas abaixo, qual carapuça!
É muito mais rápido a rodar punho que a metê-las abaixo!

A Z do Diogo é daquelas motos "vazias", uma Kawasaki pura, onde só perto dos 5 dígitos é que mostra a alma que tem.
Para isso basta uma NC!
Um camião a 80km/h, uma aberta, a NC em sexta, rodas o punho e enquanto o Diogo manda abaixo duas ou três cavacas, a NC já lá vai, bem ao fundo!
Claro que a Z em quarta vai buscá-la e até a deixa para trás, mas naquele momento ficaste nas covas ó Diogo.

Mas não te preocupes, tu com uma Z-SX tinhas esse problema resolvido, porque esse motor é, acima de tudo, bastante linear desde as 4000rpm com aquela injecção de raiva acima das 8000rpm!

Falas da X ou da F (igual à tua)?

angel

é que a X...

É só no papel... devil

A X com que tu andas não é a que só tem modo Scooter!?
Também só te metes com Lelos!
Anda para cá, anda para beira da gente!
Vais ver que mudas de opinião! blink

I just don't run with the crowd!

www.loneriderendlessroad.com
Responder

(19-06-2017 às 18:14)LoneRider Escreveu:  
(19-06-2017 às 17:39)Velasquez87 Escreveu:  
(19-06-2017 às 16:36)LoneRider Escreveu:  Não há nada que chegue aos 12kg, acelarar e ir-se embora!
Quais cavacas abaixo, qual carapuça!
É muito mais rápido a rodar punho que a metê-las abaixo!

A Z do Diogo é daquelas motos "vazias", uma Kawasaki pura, onde só perto dos 5 dígitos é que mostra a alma que tem.
Para isso basta uma NC!
Um camião a 80km/h, uma aberta, a NC em sexta, rodas o punho e enquanto o Diogo manda abaixo duas ou três cavacas, a NC já lá vai, bem ao fundo!
Claro que a Z em quarta vai buscá-la e até a deixa para trás, mas naquele momento ficaste nas covas ó Diogo.

Mas não te preocupes, tu com uma Z-SX tinhas esse problema resolvido, porque esse motor é, acima de tudo, bastante linear desde as 4000rpm com aquela injecção de raiva acima das 8000rpm!

Falas da X ou da F (igual à tua)?

angel

é que a X...

É só no papel... devil

A X com que tu andas não é a que só tem modo Scooter!?
Também só te metes com Lelos!
Anda para cá, anda para beira da gente!
Vais ver que mudas de opinião! blink

ahahaha

Já sabia que ias ficar assim  troll 

Mas tenho-te a dizer que em 500mts a 1200X desiludiu-me...
e não fui eu que provoquei nada...a tesão do bacano era tanta mas no fim, via-o bem (mal) pelos espelhos  lol

Mas com a F sou capaz de piar fininho..170 cvs e um burro já é outra história devil nice

Velasquez87
Responder

(19-06-2017 às 14:35)Velasquez87 Escreveu:  Mas uma NC é mota?  devil 

Como tenho os dois mundos percebo as duas vertentes, mas quem não tem é dificil não só perceber como eu explicar....

Nada contra consumos...mas potência nunca é demais. 

E explicar isto? 

Deixo-vos a batata quente blink
Isto roça o limiar do ofensivo, mas não vou dar importância.

Insistes em comparar as 125cc (ou as 300cc, como se verá mais tarde) com as NCs.
Achas mesmo que é comparável?
Não há dois mundos: o das MTs e o das 125cc/300cc e NCs...


(19-06-2017 às 14:46)Velasquez87 Escreveu:  Até para saires de situações complicadas ou mais sensiveis...

Uma 300 a ultrapassar a 120/140kms/h deve ser um estoiro, então se aparece alguem de frente numa nacional ou ic qualquer...

Ainda no sabado vim de vila velha de rodão, nacionais com fartura, em subidas e a quereres ultrapassar so para apanhares o ar um pouco mais fresco, num reboliço de curvas, com pendura e top case cheia, se já assim tem que ser +- calculado, mete la uma 300/400 ou uma nc.....

É o que eu digo, por muito que um gajo explique...nhurros pá...
Lá está a comparação das 300cc com as NCs...

Na minha em particular, devido ao DCT, começo a sair da situação complicada muito antes de ti, partindo do princípio que reagimos em tempos iguais.
Aí, sim, é incomparável. Claro que pouco depois a MT recupera mas isso não significa que a NC me meta em situações complicadas.
Nunca tal aconteceu e ando todos os dias fazendo 90% do percurso na EN10 (Margem Sul).

(19-06-2017 às 15:27)Velasquez87 Escreveu:  Boss, eu tenho uma 125cc...percebo perfeitamente o teu ponto de vista, acredita que sim e respeito a forma de andar de cada um, mas é inegável que uma Nc a partir de 110 ou uma 300 não tem pica necessaria para sair de uma situação mais complicada...entao com malas e pendura (ou mesmo só pendura)...porque nem tudo é branco ou preto...

Fico por aqui, por muito que vá direito ao assunto há sempre a pescadinha de rabo na boca...

A 110 a NC não tem pica para sair de uma situação complicada?

Depois disto tudo, apenas faço uma pergunta para eu ver as coisas de uma maneira melhor: já conduziste alguma NC?
Responder

Amigos, podem dar as voltas que quiserem...

Comparar uma mota de 115cv com uma de 55cv, invariavelmente a de 115 vai ser mais rapida.

A menos que o que for na mota de 115cv adormeça de ir a acompanhar uma de 55cv... e perca capacidade de reaccao.

Se me disserem que a nc face a outra mota de 55cv, devido a configuracao do motor, e um pouco mais rapida na resposta ja me calo... mas 2 motas a andar de potencias significativamente diferentes nunca tem comparacao.


Responder

Citar:Isto roça o limiar do ofensivo, mas não vou dar importância.

Insistes em comparar as 125cc (ou as 300cc, como se verá mais tarde) com as NCs.
Achas mesmo que é comparável?
Não há dois mundos: o das MTs e o das 125cc/300cc e NCs...

Nuno, em relação à NC ser uma mota não percebo porque raio enfiaste a carapuça. Percebo pelo facto de teres uma NC, mas o meu post estava CARREGADO de ironia. Relaxa pá blink

PS: Mas olha que uma duke 390 já pode ser comparável...(não estou a ironizar neste comentário)


Citar:Lá está a comparação das 300cc com as NCs...

Na minha em particular, devido ao DCT, começo a sair da situação complicada muito antes de ti, partindo do princípio que reagimos em tempos iguais.
Aí, sim, é incomparável. Claro que pouco depois a MT recupera mas isso não significa que a NC me meta em situações complicadas.
Nunca tal aconteceu e ando todos os dias fazendo 90% do percurso na EN10 (Margem Sul).

Não compares o incomparável. 
Basta dar um cheiro em 2ª ou 3ª e já nem te vejo nos espelhos. 
E não, não foges porque a Tri cilindrica tem sempre potencia disponivel. Acredita no que te digo.
(Da mesma forma que por exemplo o lone com a ^VFR dele faz o mesmo com a minha...não tenho qq dúvida)


Citar:A 110 a NC não tem pica para sair de uma situação complicada?

Depois disto tudo, apenas faço uma pergunta para eu ver as coisas de uma maneira melhor: já conduziste alguma NC?

Com malas carregadas + pendura duvido.

Sim já, por 3 vezes e uma delas foi meio dia (Antes de comprar a Tracer era uma mota que tinha em mente).
Até aos 110 sim sr, a partir daí parece que atingi uma parede. Desculpa se te incomoda mas é a minha opinião pessoal do que experimentei.

Velasquez87
Responder

(19-06-2017 às 19:12)Velasquez87 Escreveu:  
Citar:Isto roça o limiar do ofensivo, mas não vou dar importância.

Insistes em comparar as 125cc (ou as 300cc, como se verá mais tarde) com as NCs.
Achas mesmo que é comparável?
Não há dois mundos: o das MTs e o das 125cc/300cc e NCs...

Nuno, em relação à NC ser uma mota não percebo porque raio enfiaste a carapuça. Percebo pelo facto de teres uma NC, mas o meu post estava CARREGADO de ironia. Relaxa pá blink

PS: Mas olha que uma duke 390 já pode ser comparável...(não estou a ironizar neste comentário)


Citar:Lá está a comparação das 300cc com as NCs...

Na minha em particular, devido ao DCT, começo a sair da situação complicada muito antes de ti, partindo do princípio que reagimos em tempos iguais.
Aí, sim, é incomparável. Claro que pouco depois a MT recupera mas isso não significa que a NC me meta em situações complicadas.
Nunca tal aconteceu e ando todos os dias fazendo 90% do percurso na EN10 (Margem Sul).

Não compares o incomparável. 
Basta dar um cheiro em 2ª ou 3ª e já nem te vejo nos espelhos. 
E não, não foges porque a Tri cilindrica tem sempre potencia disponivel. Acredita no que te digo.


Citar:A 110 a NC não tem pica para sair de uma situação complicada?

Depois disto tudo, apenas faço uma pergunta para eu ver as coisas de uma maneira melhor: já conduziste alguma NC?

Com malas carregadas + pendura duvido.

Sim já, por 3 vezes e uma delas foi meio dia (Antes de comprar a Tracer era uma mota que tinha em mente).
Até aos 110 sim sr, a partir daí parece que atingi uma parede. Desculpa se te incomoda mas é a minha opinião pessoal do que experimentei.

Estas à jogar sujo!

A 80km/h ambas as motas na última relação.
Estamos a falar de recuperações, não de prestações puras.
Já sabemos que podemos comparar 55cv com 115cv más podemos comparar o binário que tem disponível à mesma velocidade na última relação da caixa.

I just don't run with the crowd!

www.loneriderendlessroad.com
Responder

(19-06-2017 às 19:22)LoneRider Escreveu:  
(19-06-2017 às 19:12)Velasquez87 Escreveu:  
Citar:Isto roça o limiar do ofensivo, mas não vou dar importância.

Insistes em comparar as 125cc (ou as 300cc, como se verá mais tarde) com as NCs.
Achas mesmo que é comparável?
Não há dois mundos: o das MTs e o das 125cc/300cc e NCs...

Nuno, em relação à NC ser uma mota não percebo porque raio enfiaste a carapuça. Percebo pelo facto de teres uma NC, mas o meu post estava CARREGADO de ironia. Relaxa pá blink

PS: Mas olha que uma duke 390 já pode ser comparável...(não estou a ironizar neste comentário)


Citar:Lá está a comparação das 300cc com as NCs...

Na minha em particular, devido ao DCT, começo a sair da situação complicada muito antes de ti, partindo do princípio que reagimos em tempos iguais.
Aí, sim, é incomparável. Claro que pouco depois a MT recupera mas isso não significa que a NC me meta em situações complicadas.
Nunca tal aconteceu e ando todos os dias fazendo 90% do percurso na EN10 (Margem Sul).

Não compares o incomparável. 
Basta dar um cheiro em 2ª ou 3ª e já nem te vejo nos espelhos. 
E não, não foges porque a Tri cilindrica tem sempre potencia disponivel. Acredita no que te digo.


Citar:A 110 a NC não tem pica para sair de uma situação complicada?

Depois disto tudo, apenas faço uma pergunta para eu ver as coisas de uma maneira melhor: já conduziste alguma NC?

Com malas carregadas + pendura duvido.

Sim já, por 3 vezes e uma delas foi meio dia (Antes de comprar a Tracer era uma mota que tinha em mente).
Até aos 110 sim sr, a partir daí parece que atingi uma parede. Desculpa se te incomoda mas é a minha opinião pessoal do que experimentei.

Estas à jogar sujo!

A 80km/h ambas as motas na última relação.
Estamos a falar de recuperações, não de prestações puras.
Já sabemos que podemos comparar 55cv com 115cv más podemos comparar o binário que tem disponível à mesma velocidade na última relação da caixa.

Não estou Lone. (acredito veememente que não estou.)

Mas aproveito para colocar a minha à experiência nesse sentido, não é questão de medir pxótas, mas pelo menos tira-se as dúvidas de uma vez...

Velasquez87
Responder

Essas medições fazem-se nos testes e comparativos, normalmente entre motos do mesmo sector.

As recuperações, normalmente são coisas de motos com muito músculo como a X11, a ZX12, a GSX1400, e a XJR.

Motos que, no caso da ZX12 tinha 120cv as 4000rpm desponiveis para o que desse e viesse.
Depois temos as rainhas do binário, onde a Ticket III tem (falo de memoria) mais de 10kg as 2500rpm e a V-Max com os seus estonteantes 18kg e 200cv.

A NC é um gatinho manso ao pé de qualquer dessas motas, inclusive ao pé da MT, mas com porta-estandarte como um scooter e em recuperações é realmente muito efectiva.

I just don't run with the crowd!

www.loneriderendlessroad.com
Responder

Esta semana muito provavelmente vou à Motorway levantar uma NC750 'novinha em folha' de um amigo meu que a tem lá para trazer para casa porque .... este fim-de-semana o gajo partiu o pé ! 
O 'pessoal' critica a mota porque não tem 'disparo' , não 'desperta adrenalina' , etc e tal , mas ... acham quem quem as compra se sente 'enganado' ? Nada disso ! A mota 'é o que é ' e é isso precisamente que eles querem (por muitos e variados motivos diferentes que acabam por se alinhar nessa escolha comum).

Uma coisa é certa ... se a NCoisa fosse uma 'bosta' já teriam vindo à baila muitos comentários negativos e detectados muitos problemas , tantas são as que andam por aí a rolar ( e muitas a sair 'fora de portas' para 'tours' aos Pirinéus, etc, ) . 
É uma mota com a 'alma' que eu gosto que tenha uma mota ? Não ! Mas isso não invalida que tenha sido um modelo bem conseguido pela  Honda . 
Daqui a uns anos acho que ainda vão falar das NCoisas com a nostalgia que agora falam das velhinhas CB500 (que ainda andam aí a fazer muita gente feliz e a deitar fumo pelo escape ) .
Responder

É engraçado como um simples post (acerca de potência nunca ser demais para segurança de quem conduz) dá azo a interpretações (muitas delas pessoais) mal interpretativas e completamente fora de contexto.

Alguém disse que a NC é má mota? Não. Nem por sombras.
Que pode ser curta na potência para situações mais sensíveis ou susceptíveis de requerer mais potência? Sim, pode. 
Assim como outros modelos cuja cavalagem é similar. 

Luís, tu que tiveste uma cb500x sabes do que falo...uma Crossrunner é outro "fumo pelo escape"
Responder




Utilizadores a ver este tópico: 1 Visitante(s)