Tópico das perguntas básicas
#11

(22-07-2015 às 12:58)OFFICER Escreveu:  Quem sou eu?

és o patrão

[Imagem: SM4eYt9.png]
Responder
#12

e eu?

Load ""
Responder
#13

(22-07-2015 às 12:36)Karlytus Escreveu:  he he ora vou fazer então uma pergunta: calculo que os pneus n sejam todos iguais (uns parecem-me ser mais redondos..) tinha uma GSX-650f com R17-160 e apesar de me deitar (pensava eu.. lol pelo menos não tinha "chicken-strips".. lol) pra caraças e de ir ao limite do pneu (traseiro.. lol) nunca consegui raspar com as peseiras.. nesta, na "X" já raspei dos dois lados e ainda n cheguei ao limite dos pneus.. uns R17-180.. não deveriam ser todas como esta? ou seja, 1º avisar..?? E como saber até onde posso ir? Sem cair obviamente..!!! tong
Dois pneus com as mesmas medidas podem permitir inclinações diferente devido à sua geometria? Bom.. acabaram por ser 2 perguntas..
2 pneus 180 podem curvar de forma diferente e de diferente inclinações acho eu, depende da sua geometria ou assim, uns podem ser mais ovais e outro mais circular. just guessing confused
já agora faço uma pergunta, vocês quando vão para parar e vão por exemplo em 4º, como fazem? apertam a embraiagem, e reduzem tudo enquanto travam sem nunca largar a embraiagem, ou reduzem para 3º largam a embraiagem, voltam a apertar, reduzem para 2º, e por ai fora? isto numa situação de travagem normal, nada de situação de emergência. sempre fiz da segunda maneira porque me parecia que a mota está mais agarrada ao chão, e porque gosto do sentimento do motor a travar, mas o que vocês acham smile
Responder
#14

Boa iniciativa de tópico, acho que pode ser um bom tópico a seguir (quer para ajudar quer para aprender) e um bom tópico a ler para principiantes. Por isso não comecem a aparvalhar e a encher isto de palha (eu sei que estão só a brincar blink )

Quanto aos pneus por acaso também tenho um bocado essa duvida. Acho que em parte o Pedro já respondeu. Eu com os meus antigos acho que curvava menos e tinha os pneus quase limpos (entenda-se sem goma) de ponta a ponta. Com estes acho que curvo mais (dão mais confiança) e mantém as "chicken-strips" nos lados (maiores que nos outros).
Eu acho que deve ser pela forma, parece-me que com estes a mota tem de ficar bem mais deitada para tocar com essa parte do pneu no chão. Ou seja o limite sou eu e a minha azelhice (limite do pneu, não de aderência entenda-se).

Blog com fotos de passeios de mota em: http://naosougajodefazerblogs.blogspot.pt/
Cumprimentos "V"!
--Cláudio A. B. Silva--
Responder
#15

(22-07-2015 às 13:11)Rod Escreveu:  
(22-07-2015 às 12:58)OFFICER Escreveu:  Quem sou eu?

Patrão a encher isto de of topic? Levas já com um aviso...

Tive por breves momentos o sindrome de 7pirite lol
Responder
#16

(22-07-2015 às 13:50)pedromt07 Escreveu:  
(22-07-2015 às 12:36)Karlytus Escreveu:  he he ora vou fazer então uma pergunta: calculo que os pneus n sejam todos iguais (uns parecem-me ser mais redondos..) tinha uma GSX-650f com R17-160 e apesar de me deitar (pensava eu.. lol pelo menos não tinha "chicken-strips".. lol) pra caraças e de ir ao limite do pneu (traseiro.. lol) nunca consegui raspar com as peseiras.. nesta, na "X" já raspei dos dois lados e ainda n cheguei ao limite dos pneus.. uns R17-180.. não deveriam ser todas como esta? ou seja, 1º avisar..?? E como saber até onde posso ir? Sem cair obviamente..!!! tong
Dois pneus com as mesmas medidas podem permitir inclinações diferente devido à sua geometria? Bom.. acabaram por ser 2 perguntas..
2 pneus 180 podem curvar de forma diferente e de diferente inclinações acho eu, depende da sua geometria ou assim, uns podem ser mais ovais e outro mais circular. just guessing   confused
já agora faço uma pergunta, vocês quando vão para parar e vão por exemplo em 4º, como fazem? apertam a embraiagem, e reduzem tudo enquanto travam sem nunca largar a embraiagem, ou reduzem para 3º largam a embraiagem, voltam a apertar, reduzem para 2º, e por ai fora? isto numa situação de travagem normal, nada de situação de emergência. sempre fiz da segunda maneira porque me parecia que a mota está mais agarrada ao chão, e porque gosto do sentimento do motor a travar, mas o que vocês acham  smile

Faço da 2º maneira que referes e com um toque de acelarador a ajudar entre passagens smile
Responder
#17

Utilizar a pesquisa consegue responder a uma série de questões básicas. bigsmile
Responder
#18

Este tópico parece-me que vai acabar mais abandalhado, cheio de boa informação, mas à toa e espalhada. Pessoalmente prefiro ter 20 gavetas com uma coisa específica em cada, do que 1 gaveta com tudo ao monte, mas por mim tudo bem.

Falando para o pedro, eu depende. Mesmo sendo uma travagem normal, há pisos que não convém simplesmente ir reduzindo. Em paralelo, por exemplo, prefiro usar apenas os travões, já que ao reduzir corro sempre o risco de fazer uma redução muito cedo e a roda de trás patinar. No entanto, pelo menos até à 3ª costumo ir reduzindo, depois depende, se tiver que passar entre carros prefiro simplesmente passar logo para a primeira e quando tiver a velocidade lenta o suficiente vou largando a embraiagem para ter algum controlo enquanto passo no meio deles. Se for o único na estrada, aí reduzo velocidade a velocidade até à segunda, meto o neutro e acabo a fazer os últimos 3 metros em neutro. Este vício apanhei do carro, não sei até que ponto faz mal ou não, mas não estou a ver no que possa interferir.
Responder
#19

(22-07-2015 às 13:50)pedromt07 Escreveu:  2 pneus 180 podem curvar de forma diferente e de diferente inclinações acho eu, depende da sua geometria ou assim, uns podem ser mais ovais e outro mais circular. just guessing   confused
já agora faço uma pergunta, vocês quando vão para parar e vão por exemplo em 4º, como fazem? apertam a embraiagem, e reduzem tudo enquanto travam sem nunca largar a embraiagem, ou reduzem para 3º largam a embraiagem, voltam a apertar, reduzem para 2º, e por ai fora? isto numa situação de travagem normal, nada de situação de emergência. sempre fiz da segunda maneira porque me parecia que a mota está mais agarrada ao chão, e porque gosto do sentimento do motor a travar, mas o que vocês acham  smile
Por exemplo...

Quando vou em 4ª a baixas rotações, reduzo para 3ª e para 2ª sem largar a embraiagem, e só aí largo a embraiagem e ao mesmo tempo grito "Ill dottore!".

Quanto vou em 4ª com as rotações um pouco mais acima, reduzo para 3ª e largo a embraiagem, e só depois novamente para a 2ª.

Da segunda maneira é mais correcto, mas acho que da primeira maneira, desde que tenhamos a certeza que não vamos mandar as rotações para o redline ou bloquear a roda de trás, não há stress.


Quem diz de 4ª para 2º, diz de 6ª para 4ª, ou de 5ª para 3ª.
Para 1ª é que nunca faço. Só meto a mesma quando a moto já está praticamente parada.


Trotle Blipping não sei fazer, mas gostava de saber.
Responder
#20

pesquisas são boas, desde que não sejam feitas .com.br bigsmile

just kidding
ainda dizem que sou contra os mesmos

Load ""
Responder




Utilizadores a ver este tópico: 1 Visitante(s)