MOTOGP 2019

(02-07-2019 às 22:12)MagJet Escreveu:  dfelix, tendo em conta que toda a gente tem direito à sua opinião educada, que me limitei a descrever factos, que o desporto em geral é feito de momentos e que sim, que o Miguel esta a fazer o Zarco passar um mal bocado, a única estupidez que se pode verificar é que digas que pretendi rebaixar o Zarco para enaltecer o Miguel.

Não entendo o pretendes afirmar com "opinião educada". Nem quais esses "factos" a que te referes.
Tudo o que escreveste segue a retórica típica dum adepto de futebol!
Só isso explica a necessidade de se criar o "campeonato das KTM" como se fosse uma espécie de "campeonato da segunda circular".
Ou que se encare a participação do Miguel como uma espécie de "selecçãozinha nacional".

Quanto ao afirmares que "o Zarco anda pelas ruas da amargura em comparação com as prestações do Miguel" ou que "o Miguel está a fazer o Zarco passar um mal bocado" parece-me absurdo e sim... uma tremenda estupidez!
É uma comparação directa entre ambos!
Só que...
O Miguel não obteve resultados que se possam considerar humilhantes para o Zarco.
O Miguel nem sequer está melhor classificado que o Zarco.
E isto são factos!

Ambos os pilotos têm obtido resultados medíocres.
Ambos têm dependido sobretudo do azar de terceiros para pontuar.
Ambos estão separados por... um único ponto!

Se o Zarco anda "pelas ruas da amargura" não será pelas prestações do Miguel.
Até porque existe um denominador comum na equação: a RC16.
Uma moto cujo único piloto que parece se adaptar foi quem a desenvolveu. E ainda assim com resultados sofríveis.
Uma moto que adopta soluções técnicas que outros (com tradições idênticas) para se manter competitivos tiveram que abandonar.
Uma moto que por orgulho adopta equipamento "da casa" (o que é louvável), mas certamente terá limitações face ás escolhas mais convencionais que adoptam os restantes construtores.
Uma moto cuja eficiência não pode ser discutida sob o risco de ferir susceptibilidade do Pierer.

Até que ponto as dificuldades do Zarco não serão também as do Miguel?
Até que ponto se a moto fosse mais ambos estariam a disputar outras posições que não as últimas da tabela?
Mas certamente que "não quereres saber disso para nada, está lá o Miguel!!!"

Muito provavelmente o que escrevi foi gerado automágicamente através do Moto Lero
Responder

(03-07-2019 às 10:40)dfelix Escreveu:  
(02-07-2019 às 22:12)MagJet Escreveu:  dfelix, tendo em conta que toda a gente tem direito à sua opinião educada, que me limitei a descrever factos, que o desporto em geral é feito de momentos e que sim, que o Miguel esta a fazer o Zarco passar um mal bocado, a única estupidez que se pode verificar é que digas que pretendi rebaixar o Zarco para enaltecer o Miguel.

Não entendo o pretendes afirmar com "opinião educada". Nem quais esses "factos" a que te referes.
Tudo o que escreveste segue a retórica típica dum adepto de futebol!
Só isso explica a necessidade de se criar o "campeonato das KTM" como se fosse uma espécie de "campeonato da segunda circular".
Ou que se encare a participação do Miguel como uma espécie de "selecçãozinha nacional".

Quanto ao afirmares que "o Zarco anda pelas ruas da amargura em comparação com as prestações do Miguel" ou que "o Miguel está a fazer o Zarco passar um mal bocado" parece-me absurdo e sim... uma tremenda estupidez!
É uma comparação directa entre ambos!
Só que...
O Miguel não obteve resultados que se possam considerar humilhantes para o Zarco.
O Miguel nem sequer está melhor classificado que o Zarco.
E isto são factos!

Ambos os pilotos têm obtido resultados medíocres.
Ambos têm dependido sobretudo do azar de terceiros para pontuar.
Ambos estão separados por... um único ponto!

Se o Zarco anda "pelas ruas da amargura" não será pelas prestações do Miguel.
Até porque existe um denominador comum na equação: a RC16.
Uma moto cujo único piloto que parece se adaptar foi quem a desenvolveu. E ainda assim com resultados sofríveis.
Uma moto que adopta soluções técnicas que outros (com tradições idênticas) para se manter competitivos tiveram que abandonar.
Uma moto que por orgulho adopta equipamento "da casa" (o que é louvável), mas certamente terá limitações face ás escolhas mais convencionais que adoptam os restantes construtores.
Uma moto cuja eficiência não pode ser discutida sob o risco de ferir susceptibilidade do Pierer.

Até que ponto as dificuldades do Zarco não serão também as do Miguel?
Até que ponto se a moto fosse mais ambos estariam a disputar outras posições que não as últimas da tabela?
Mas certamente que "não quereres saber disso para nada, está lá o Miguel!!!"

Não vale a pena argumentar com quem se acha sempre com razão e continua a dar "educadamente" a sua opinião usando palavras como "tremenda estupidez" e outros quejandos.

Deixo-te com o teu ambicionado título de "rei do teclado", esse afamado prémio de quem gosta de se envolver em discussões estéreis, apregoar a sua razão e ir insultando pelo meio.

Podes ficar para aí a falar, mas fica sozinho, que sei que o queres é festa. Nada me poderia interessar menos lol

Honda CX 400 '83 Eurosport
Responder

Eu também era gajo para ficar chateado com o Félix...

Se eu viesse para aqui, com uma verborreia, baseada em "achismos", opiniões mal formadas e levasse um arreio de porrada, unicamente usando como arma, factos.... Tb ficava chateado, de facto ficava.

Sent from my Nokia 3310 using Morse code
Responder

Existe aqui o facto que me inquieta.

Um gajo que foi campeão do mundo duas vezes, que esteve lá no topo, que tem um denominador comum com um piloto que é rookie, nunca foi campeão do mundo e, mesmo assim, só consegue ter um ponto menos na sua renta em relação a toda uma estrela do motociclismo como é o Zarco.
Responder

(03-07-2019 às 12:46)LoneRider Escreveu:  Existe aqui o facto que me inquieta.

Um gajo que foi campeão do mundo duas vezes, que esteve lá no topo, que tem um denominador comum com um piloto que é rookie, nunca foi campeão do mundo e, mesmo assim, só consegue ter um ponto menos na sua renta em relação a toda uma estrela do motociclismo como é o Zarco.
Será que é pelo facto da mota ser uma bosta?

Parecem não haver grandes dúvidas quanto a isso.

E o zarco já disse o que tinha a dizer sobre isso

Sent from my Nokia 3310 using Morse code
Responder

Eu vejo as coisas desta maneira.

Um piloto com tanta experiência deveria trabalhar para ter resultados.
Os resultados possíveis, ser regular, ter consistência e por de sua parte para melhorar a mota.
Se tem que dizer o que disse, que o diga de portas para dentro e com sentido galvanizador.
O Zarco tem qualidade, demonstrou que é bom, mas tem que continuar a demonstrar que é efectivamente muito bom.
A prova de que se calhar não o demonstra esta que desistiu por causa do compartimental (que tem solução clínica) precisamente na mesma corrida em que o companheiro de equipa correu com um edema ósseo na mão direita.

Sobre o Miguel, rookie este ano, visivelmente focado na aprendizagem, em recolher informação, ganhar calo, vai fazendo as suas corridas, com a mota que pode ter e com o material que lhe dão. É o rookie mais regular e isso é um facto que consede mérito.
Não é um gajo que esteja a dar nas vistas, é um facto, mas tendo a permanência assegurada para a próxima temporada talvez na sua estratégia seja mais sensato a aprendizagem e a recolha de informação para depois, no ano seguinte dar o tudo por tudo para dar nas vistas.
Responder

(03-07-2019 às 12:29)JPedrosa Escreveu:  Eu também era gajo para ficar chateado com o Félix...

Se eu viesse para aqui, com uma verborreia, baseada em "achismos", opiniões mal formadas e levasse um arreio de porrada, unicamente usando como arma, factos.... Tb ficava chateado, de facto ficava.

Sent from my Nokia 3310 using Morse code

Vai falar com o chefe da KTM, já que sabes mais do que ele:

"Stefan Pierer, responsável máximo da KTM, arrasou Johann Zarco, o francês que juntamente com o espanhol Pol Espagaró pilota uma moto oficial da equipa austríaca no Mundial de MotoGP. O dirigente considera o rendimento do piloto "inaceitável", elogiando, em contrapartida o português Miguel Oliveira, recém-chegado à categoria rainha e que integra a Red Bull KTM Tech3, a equipa satélite da KTM.

"O Johann é uma grande deceção. Ele separou-se do empresário, vocês conhecem essa história. E se um atleta de alto nível não controla o seu ambiente, então temos um problema", frisou ao site 'Speedweek.com'. "O Johann chegou com o intuito de apoiar o Pol, para que possamos chegar ao topo com dois pilotos de elite. Mas agora o Pol está sozinho e o outro é um problema, que é ultrapassado por um novato."
Link

"Stefan Pierer, CEO da KTM, já afirmou que Zarco terá de mostrar muito mais se quiser permanecer na equipa de fábrica da KTM em MotoGP, ou então há outros pilotos que o fabricante de Mattighofen pretende colocar no seu lugar, principalmente Miguel Oliveira".
Link

Portanto, o que eu disse, numa frase - "Ele está a fazer a gestão mais inteligente possível, e sabe bem qual é o seu campeonato. E o seu campeonato é ser o melhor das KTM, se possível melhor até do que a equipa oficial. Esse é o verdadeiro indicador do seu valor, e é aí que ele brilha e onde aposta para almejar a voos mais altos. Prova disso é o nome de Zarco andar pelas ruas da amargura, em comparação com as prestações do Miguel." - é exatamente a mesma opinião de quem interessa, ou seja, do patrão da KTM.

Ou seja:
- tentar ser o melhor das KTM como objectivo - o patrão da KTM está satisfeito com o Miguel - check.
- o nome de Zarco andar pelas ruas da amargura, em comparação com as prestações do Miguel - "o outro é um problema, que é ultrapassado por um novato" - check.

Concluindo:
- "verborreia", numa única frase? Siga...
- baseada em "achismos"? Os mesmos do patrão da KTM
- opiniões mal formadas? A de que o Oliveira está a fazer um bom campeonato, olhando para a globalidade da KTM e estando num clube satélite? Siga...

Honda CX 400 '83 Eurosport
Responder

(03-07-2019 às 13:17)LoneRider Escreveu:  Eu vejo as coisas desta maneira.

Um piloto com tanta experiência deveria trabalhar para ter resultados.
Os resultados possíveis, ser regular, ter consistência e por de sua parte para melhorar a mota.
Se tem que dizer o que disse, que o diga de portas para dentro e com sentido galvanizador.
O Zarco tem qualidade, demonstrou que é bom, mas tem que continuar a demonstrar que é efectivamente muito bom.
A prova de que se calhar não o demonstra esta que desistiu por causa do compartimental (que tem solução clínica) precisamente na mesma corrida em que o companheiro de equipa correu com um edema ósseo na mão direita.

Sobre o Miguel, rookie este ano, visivelmente focado na aprendizagem, em recolher informação, ganhar calo, vai fazendo as suas corridas, com a mota que pode ter e com o material que lhe dão. É o rookie mais regular e isso é um facto que consede mérito.
Não é um gajo que esteja a dar nas vistas, é um facto, mas tendo a permanência assegurada para a próxima temporada talvez na sua estratégia seja mais sensato a aprendizagem e a recolha de informação para depois, no ano seguinte dar o tudo por tudo para dar nas vistas.

O Quartararo não tem sido muito regular realmente... ficou duas vezes fora do top10

Ditadura dos Flocos de Neve
Responder

Se falarmos en regularidade e não em pontos, o Miguel é o único rookie que acabou todas as corridas.
É um facto, é um índice levado em conta pelas equipas e é algo que, até ao momento só ele detém entre os 4 rookies.
Responder

(03-07-2019 às 14:45)LoneRider Escreveu:  Se falarmos en regularidade e não em pontos, o Miguel é o único rookie que acabou todas as corridas.
É um facto, é um índice levado em conta pelas equipas e é algo que, até ao momento só ele detém entre os 4 rookies.

Pois... ser regularmente dos últimos é algo de fazer orgulhar qualquer piloto. Certamente que quem acompanha MotoGP olha para o Quartararo e para o Miguel e claramente vê onde está o Rookie com mais potencial.

Ditadura dos Flocos de Neve
Responder




Utilizadores a ver este tópico: 1 Visitante(s)