MOTOGP 2019

Os entendidos dizem que a moto que curva mais é precisamente a Suzuki... as suzettes são do camandro... gostava de as ver mais vezes no pódio...
Responder

foi bom final da corrida, ver rims passar pelo marquez mesmo na ultima curva, marquez ficou sem fuel mais um pouco!
irmao marquez voltou ao passado, caindo na frente
Responder

O piloto francês Johann Zarco foi afastado, com efeitos imediatos, da equipa oficial da KTM em MotoGP, anunciou hoje a marca austríaca.

Fonte - JN
Responder

Em bom rigor, ele já não estava efectivamente lá.

[Imagem: muhz7is.jpg]
Responder

Ele ja à um tempo que sentenciou a sua ''estadia'' na KTM
Responder

(09-07-2019 às 11:41)dmanteigas Escreveu:  Se ele conseguir fazer aquilo que o PedroMT07 falhou miseravelmente a fazer... está pronto para no próximo GP papar tudo o que lhe aparecer pela frente!

think

Live After Death...

Os Ferros...

In life, nothing happens by chance...
Responder

(17-09-2019 às 16:05)el_Bosco Escreveu:  Em bom rigor, ele já não estava efectivamente lá.

X2

Honda CX 400 '83 Eurosport
Responder

Tudo aponta que para a próxima época o lugar será ocupado pelo Bradley Smith.
think

Muito provavelmente o que escrevi foi gerado automágicamente através do Moto Lero
Responder

Pronto. 'Tá feito. P'ó ano há mais.

Citar:Marc Marquez wins the 2019 MotoGP World Championship in stunning style after prevailing in a huge race-long tussle with Fabio Quartararo on the final corner

[Imagem: 814960.jpg?itok=15rLkzkg]

Marc Marquez has been crowned MotoGP World Champion for a sixth time after powering to his eighth victory of the 2019 season in the Thailand MotoGP at Buriram with a dramatic last lap triumph.

The Spaniard came into the race needing to merely out-score his sole remaining title rival Andrea Dovizioso by two points in order to put the 2019 crown out of reach, Marquez easily completing his target after prevailing in a titanic tussle with Fabio Quartararo that was decided on the final corner

A tougher weekend than most for Marquez after a crash in Friday practice left him briefly hospitalised and another in qualifying saw him beaten to pole position by Quartararo, the Repsol Honda man was nonetheless inch-perfect come race day to quickly join the Frenchman in sprinting clear of the pack and leaving Dovizioso behind.

After stalking Quartararo for almost the entirety of the race, Marquez pushed on in the closing stages to slice past the Yamaha at Turn 2, before resisting a determined final corner effort by his rivals to slice back up the inside and clinch victory.

[Imagem: 817524.jpg?itok=bfCIaQZt]

Though few doubted Marquez would be beaten to the 2019 MotoGP title, even by his high standards it has been an extraordinary season for the 26-year-old.

In 15 races, Marquez has won eight times and finished second on five occasions, often just thousands of a second behind the winner. The only blot on his copybook this year was his DNF in Austin when he crashed out of the lead.

It means Marquez has won all-but-one MotoGP championship he has started since he made history by winning in his rookie season in 2013, putting him just a single title shy of Valentino Rossi’s seven premier class championships. In all, he has now won eighth World Championships in ten seasons.

What perhaps makes Marquez’s championship win so comprehensive is the way he has capitalised on the strengths of the Honda package, a machine that has proven a handful for Cal Crutchlow and especially Jorge Lorenzo.

Fonte: Visordown
Responder

E ainda...

Citar:[Imagem: img_1280x720%242019_10_06_11_16_45_1611328.jpg]

A lesão no ombro direito sofrida em 25 de agosto impediu Miguel Oliveira (KTM) de pontuar no Grande Prémio da Tailândia de MotoGP, que consagrou o espanhol Marc Márquez (Honda) como hexacampeão.

O piloto português, que arrancou da 17.ª posição, chegou a passar pelo 13.º lugar logo à segunda volta, mas as últimas voltas foram penosas devido às dores sentidas, descaindo até ao 16.º lugar final, o primeiro sem pontos atribuídos.

Miguel Oliveira acabaria por terminar esta 15.ª prova da temporada a 40,136 segundos do vencedor, Marc Márquez, que conquistou, assim, o sexto título de MotoGP, oitavo do campeonato do mundo de velocidade.

O piloto português fez um bom arranque no GP Tailândia e rapidamente chegou a 13.º à segunda volta. Viria, nessa altura, a ser ultrapassado pelo espanhol Pol Espargaró (KTM), com quem manteve uma intensa luta até que o ombro deu de si.

"Foi uma boa corrida. O meu ritmo foi muito forte mas a partir do meio da prova comecei a debater-me com o ombro. Faltava-me força e não conseguia travar tão tarde como gostaria para ser rápido", explicou o piloto da Tech3.

"Foi uma pena porque o ritmo estava lá. Fiz um bom arranque. Agora tenho de continuar com a recuperação o mais depressa possível. É desapontante que este detalhe traga uma limitação tão grande, mas vou preparar-me da melhor forma para Motegi [palco da próxima corrida, o GP do Japão]", vincou.

Com o 16.º posto, Miguel Oliveira manteve os 29 pontos e os 17.º lugar do Mundial, agora a quatro do italiano Andrea Iannone (Aprilia), que o precede na tabela.

Já Marc Márquez, com os 25 pontos da vitória de hoje, chegou aos 325, mais 110 do que Dovizioso, quando estão apenas mais 100 em disputa nas quatro provas que faltam disputar para o final do campeonato.

A próxima prova, o GP do Japão, decorre de 18 a 20 de outubro.

Fonte: Record
Responder




Utilizadores a ver este tópico: 1 Visitante(s)