SUZUKI KATANA

(27-06-2019 às 12:19)Liquid_Fire Escreveu:  
(27-06-2019 às 11:49)pareias Escreveu:  
(27-06-2019 às 11:37)Liquid_Fire Escreveu:  20 motas?! E tens ácido suficiente para decapar isso tudo?

É um orçamento robusto de um stand e há decapante químico e abrasivos em quantidade suficiente.

Nunca pinto "por cima" do que lá está pelos motivos óbvios. É tudo sobre o metal e sobre o plástico.

No metal é:
Decapagem->Fibra se necessário->Epoxy->Poliéster pistolável->Aparelho de 2 componentes->Base->Verniz e passadas 2 semanas polimento.

No plástico uso Raderal se necessário e um primário próprio para plásticos antes de pintar.

todos os profissionais de pintura que alguma vez fizeram serviços para a oficina onde o meu pai trabalha sempre disseram "o primário de origem é o melhor, e só se deve retirar se for mesmo necessário" tu optas por o remover, porque?

Conheço muitos Profissionais de pintura. Os melhores, quando o cliente tem orçamento, usam primário epoxy.
E os infravermelhos de onda curta. Quantos usam e durante quanto tempo? A explicação está aí.

Garanto-te que bate o que vem de fábrica em durabilidade. Uma noite de infravermelhos e dias a curar ao ar. Imbatível. Nem com uma picareta sai da superfície.

Para cúmulo, em motos com 30 anos repintadas não sabes o que lá está. Solventes presos, delaminagens...

Não vou agora alargar-me sobre isso, mas vê lá a brutalidade de um bom primário epoxy: https://www.youtube.com/watch?v=-yA8q4K-_Bo

Verniz agora uso exclusivamente Spies-Hecker 8800.

Mas manda-me uma peça para pintar e tiras as tuas conclusões, pode ser? Tens o meu email ou telefone?
Responder

Não preciso de enviar uma peça, já vi um trabalho teu ao vivo e a cores na mota do Pedrosa, gosto especialmente do sub quadro, se aquele serviço bate o que vem de fabrica, certamente não andamos a ver motos dos mesmos fabricantes.
Responder

(27-06-2019 às 14:30)Liquid_Fire Escreveu:  Não preciso de enviar uma peça, já vi um trabalho teu ao vivo e a cores na mota do Pedrosa, gosto especialmente do sub quadro, se aquele serviço bate o que vem de fabrica, certamente não andamos a ver motos dos mesmos fabricantes.


O subquadro não foi pintado, seria necessário muito trabalho. Levou alcatrão para evitar a ferrugem. Eu disse ao Pedrosa no dia anterior. Ele certamente se recorda disso.

Depósito e carenagens foram pintadas.
Responder

Então mas um trabalho melhor que o de fábrica seria fazer uma pintura eletrostática decente, e quem sabe outeo tratamento previo anti corrosao (que o powder coating só por si já faz) ou não?
Responder

[Imagem: zgCEFQR.gif]
Responder

(27-06-2019 às 14:41)Liquid_Fire Escreveu:  Então mas um trabalho melhor que o de fábrica seria fazer uma pintura eletrostática decente, e quem sabe outeo tratamento previo anti corrosao (que o powder coating só por si já faz) ou não?

Sim, é uma óptima ideia para o subquadro. Há primários em pó bastante bons. Tenho um familiar a fazer lacagem electroestática na empresa dele, é pedir e ele faz-nos isso.
Responder

É que se isso nao for feito, está a dar-se muita importância ao aspecto de peças estéticas não funcionais (deposito carenagens, etc) e a descurar peças funcionais e fundamentais da mota como um subquadro, não me chateia nada uma carenagem ter um escorrido ou até um mosquito na pintura, mas ficaria extremamente aborrecido, se o subquadro partisse devido a ferrugem, e o meu pendura ficasse pelo caminho, a meu ver isso não é um acabamento melhor que fabrica, para qualquer mota. Mas isso sou eu que dou prioridade ao funcional em vez do estético.
Responder

De origem enferrujou seriamente. Levou ácido clorídrico e alcatrão.

No fórum do modelo há casos de ferrugem galopante.
Responder

Coitado do Pedrosa...
Responder

É, está sólido. A ferrugem também já começou a atacar a Tracer.

Parafusos do disco frontal. Nesse caso vou apenas limpá-los.
Responder




Utilizadores a ver este tópico: 1 Visitante(s)