[Primeira mota] Triumph Street triple
#1

Maltinha, precisava duma ajudinha, se não se importarem.

Ando a ponderar a compra duma Triumph Street Triple A A2 (motor 660cc com 95cv)

Alguém sabe de algo em específico sobre esta menina? O preço é consideravelmente mais baixo que a 765 e o IUC é metade... O problema é que não encontro quase nada na Internet sobre esta mota. Mas a verdade é que também não encontro muito sobre a 765, o que pode ser bom (afinal, as primeiras coisas que se encontram são as más, não é?), mas a verdade é que gostava de ter dados em concreto.

O facto é que me apaixonei pela mota, mas não quero estar a comprar um poço de problemas...

O que têm a dizer?

Obrigado
Responder
#2

Compra a 765! V
Responder
#3

(24-09-2019 às 07:24)LoneRider Escreveu:  Compra a 765! V

ui, obrigado por de dares mais uma volta à mioleira...  confused

eu estava a equacionar a 660 pelo que disse acima (mais barata e menos IUC). embora o IUC me seja algo irrelevante (é uma vez por ano, não é isso que me vai impedir), o preço já comece a pesar. porque, pensando na 765, se calhar tentaria optar pela R, mas essa ja passa os 10K...  mesmo a S já anda perigosamente perto disso. mas isto é um problema que eu depois resolvo.

No entando, as questões mantêm-se.... sabes (sabem) de algo a nivel de manutenção ou custos que me deva preocupar seriamente?
Responder
#4

Alguma razão especial para quereres algo limitado para a carta A2?
Pelo que li no teu perfil, tens 27 e portanto não estás sujeito a nenhuma restrição.

Essa Street é uma versão descafeínada da antecessora para dar resposta a este mercado específico da A2.
A 765 é o "real deal".
E são motos relativamente honestas no que diz respeito a qualidade de construção e acabamentos.
A compra mais racional que fiz até hoje foi a moto que mais problemas me deu. Tal como a compra mais irracional foi a que me deu menos chatices. Portanto, esta coisa de darem problemas é acima de tudo sorte.

Muito provavelmente o que escrevi foi gerado automágicamente através do Moto Lero
Responder
#5

A Triumph Street R, de perto está muito, muito bem feita.

Estive quase... lá em casa era a favorita.

Vê lá se valerá a pena aguardar pela versão Euro 5.
Responder
#6

(24-09-2019 às 12:08)dfelix Escreveu:  Alguma razão especial para quereres algo limitado para a carta A2?
Pelo que li no teu perfil, tens 27 e portanto não estás sujeito a nenhuma restrição.

Essa Street é uma versão descafeínada da antecessora para dar resposta a este mercado específico da A2.
A 765 é o "real deal".
E são motos relativamente honestas no que diz respeito a qualidade de construção e acabamentos.
A compra mais racional que fiz até hoje foi a moto que mais problemas me deu. Tal como a compra mais irracional foi a que me deu menos chatices. Portanto, esta coisa de darem problemas é acima de tudo sorte.

Não ha razão nenhuma para tal, até porque a comprar seria deslimitada. é mesmo uma questão de preço e porque é suficiente. esta ultima é sempre aquela coisa que não gosto de me basear, mas quando mete o preço à mistura já me deixa a pensar.

mas pronto, acho que tenho de ir novamente à triumph ver o que fazem para a 765... o problema é que se olho para a 765, começo a olhar para a R...

enfim... first world problems...
Responder
#7

(24-09-2019 às 12:15)pareias Escreveu:  A Triumph Street R, de perto está muito, muito bem feita.

Estive quase... lá em casa era a favorita.

Vê lá se valerá a pena aguardar pela versão Euro 5.

Pois, depois de ter visto o video de anunciarem a unveil dia 7 se calhar vou esperar até oficializar a compra. em principio não espero, até porque gosto muito da actual e sinceramente não gostei das DRL que aparecem no video.... até gosto da actual por ter aquele focinho de bicharoco, mas os olhos de bicharoco zangado não me fascinaram.

Tambem já andei a varrer "as internets" à procura de rumores, do que encontrei falam que vai ser um facelift com mais alterações a nivel de escape que leva mais um catalizador... enfim, vale o que vale
Responder
#8

(24-09-2019 às 12:22)speedyssj3 Escreveu:  
(24-09-2019 às 12:08)dfelix Escreveu:  Alguma razão especial para quereres algo limitado para a carta A2?
Pelo que li no teu perfil, tens 27 e portanto não estás sujeito a nenhuma restrição.

Essa Street é uma versão descafeínada da antecessora para dar resposta a este mercado específico da A2.
A 765 é o "real deal".
E são motos relativamente honestas no que diz respeito a qualidade de construção e acabamentos.
A compra mais racional que fiz até hoje foi a moto que mais problemas me deu. Tal como a compra mais irracional foi a que me deu menos chatices. Portanto, esta coisa de darem problemas é acima de tudo sorte.

Não ha razão nenhuma para tal, até porque a comprar seria deslimitada. é mesmo uma questão de preço e porque é suficiente. esta ultima é sempre aquela coisa que não gosto de me basear, mas quando mete o preço à mistura já me deixa a pensar.

mas pronto, acho que tenho de ir novamente à triumph ver o que fazem para a 765... o problema é que se olho para a 765, começo a olhar para a R...

enfim... first world problems...

Mas se mete preço à misura...talvez uma Triumph não seja a mota...

Ou um gajo atira-se...ou não se atira de todo.

Essa 660 com 95 cvs não me entra, 95 cvs nessa mota para mim não é carne, nem peixe...é uma cena a marinar...
Merece os 120/125 com que sai...

Velasquez87
Responder
#9

(24-09-2019 às 12:44)Velasquez87 Escreveu:  
(24-09-2019 às 12:22)speedyssj3 Escreveu:  
(24-09-2019 às 12:08)dfelix Escreveu:  Alguma razão especial para quereres algo limitado para a carta A2?
Pelo que li no teu perfil, tens 27 e portanto não estás sujeito a nenhuma restrição.

Essa Street é uma versão descafeínada da antecessora para dar resposta a este mercado específico da A2.
A 765 é o "real deal".
E são motos relativamente honestas no que diz respeito a qualidade de construção e acabamentos.
A compra mais racional que fiz até hoje foi a moto que mais problemas me deu. Tal como a compra mais irracional foi a que me deu menos chatices. Portanto, esta coisa de darem problemas é acima de tudo sorte.

Não ha razão nenhuma para tal, até porque a comprar seria deslimitada. é mesmo uma questão de preço e porque é suficiente. esta ultima é sempre aquela coisa que não gosto de me basear, mas quando mete o preço à mistura já me deixa a pensar.

mas pronto, acho que tenho de ir novamente à triumph ver o que fazem para a 765... o problema é que se olho para a 765, começo a olhar para a R...

enfim... first world problems...

Mas se mete preço à misura...talvez uma Triumph não seja a mota...

Ou um gajo atira-se...ou não se atira de todo.

Essa 660 com 95 cvs não me entra, 95 cvs nessa mota para mim não é carne, nem peixe...é uma cena a marinar...
Merece os 120/125 com que sai...


+/-.... quando comecei a olhar para as motas (ainda quando estava a tirar a carta) andava a ver as 300/400 desta vida (yamaha MT-03, Duke 390, kawasaki z400) e rapidamente cheguei À conclusão que por não muito mais vinha uma 600~700 (mt-07, z650) até que a vi e fiquei apaixonado... Ora, começando nos 5K que custavam as primeiras, passando para os 7K que custavam as segundas, a S A2 não estava muito longe, não me chateava dar os €€ a mais... escalando para o dobro, já dá que pensar! é só isto, não é uma questão de passar fome para comprar uma mota, isso está fora de questão! até porque tenho perfeita noção que andar com mota ou andar com carro, não vou poupar €€ nenhuns como muito apregoam, o que não se gasta em estacionamento ou combustivel acaba por se ir em manutenção, seguros, etc. 

tenho que fazer bem as contas... e pensar se perco mesmo a cabeça e vai ja tudo!

a minha principal preocupação acaba por ser a fiabilidade. Quero uma mota que possa usar sem me preocupar em ter de a deixar na garagem na semana seguinte, ao mesmo tempo que me põe um sorisso na cara
Responder
#10

(24-09-2019 às 12:22)speedyssj3 Escreveu:  Não ha razão nenhuma para tal, até porque a comprar seria deslimitada. é mesmo uma questão de preço e porque é suficiente. esta ultima é sempre aquela coisa que não gosto de me basear, mas quando mete o preço à mistura já me deixa a pensar.

Uma moto de 35kw rapidamente deixa de ser suficiente.
É algo que apenas faz sentido para quem tem de obedecer a essa regra devido à idade a que tirou a carta.
Além de que a Street Triple para a A2 não é sequer uma versão "limitada" do modelo como acontece com alguns construtores. É uma moto com o mesmo look, mas mecanicamente distinta.
Tem um motor diferente, que embora seja possível de deslimitar (o que envolve gastar dinheiro) será muito mais parecido ao antecessor 675 que o actual 765.

(não que o 675 fosse mau, porque não era. Mas estar a gastar dinheiro numa moto para depois a gastar dinheiro a converter... não faz muito sentido)

(24-09-2019 às 12:27)speedyssj3 Escreveu:  Tambem já andei a varrer "as internets" à procura de rumores, do que encontrei falam que vai ser um facelift com mais alterações a nivel de escape que leva mais um catalizador... enfim, vale o que vale

O mais provável será um facelift, algumas funcionalidades extra nas electrónicas e ser euro 5 (algo que não torna propriamente o motor "melhor" a não ser duma perspectiva ambiental).

(24-09-2019 às 14:13)speedyssj3 Escreveu:  tenho que fazer bem as contas... e pensar se perco mesmo a cabeça e vai ja tudo!

A vantagem do "vai já tudo" é que evita que gastes dinheiro duas vezes.
Pois tudo o que enumeraste como possibilidades dentro do orçamento inicial será motos para daqui a um ano estares já a pensar em trocar.

Muito provavelmente o que escrevi foi gerado automágicamente através do Moto Lero
Responder




Utilizadores a ver este tópico: 1 Visitante(s)