MOTOGP 2019
#71

Boas;
Dfelix, se até nas provas piratas quando fazes uma reclamação, tens que chegar com dinheiro à frente, imagina no Mundial.

Contrariamente à opinião generalizada, não acho que a KTM esteja assim tão mal e em breve deve dar um ar da sua graça.
Lembram-se de quando a Ducati só tinha uma moto a andar com o Stoner e enterrou uma data de pilotos?
Calma!! Tudo a seu tempo.
Responder
#72

(27-03-2019 às 01:48)dfelix Escreveu:  Olha que essa foi a geração com que ganhou o campeonato e fez uma excelente época seguinte...

Verdade, verdadinha!

Mas o 'fenomeno stoner' esta para alem do que a ciencia aos dias de hoje consegue explicar.

(27-03-2019 às 01:48)dfelix Escreveu:  e consequentemente as maiores queixas foi quando introduziram a partir da GP9 aquele quadro portante em carbono...


A minha teoria e que o 'fenomeno rossi' e um dos raros exemplos da historia em que nao e o vencedor que escreve a historia.



(27-03-2019 às 12:24)Liquid_Fire Escreveu:  A treliça nunca foi o grande problema nos quadros ducati, foi quando introduziram o quadro monocoque carbono que usava o motor como elemento de suporte que as coisas correram mal, esse "frameless" design não tinha resistência adequada às forças elevadas de torção que uma motogp sofre

Ha escritos de ambas as versões.

Penso que o efeito era precisamente o oposto, o quadro era tao rigido que os pilotos se queixavam da falta de feedback na frente.

Deixo um artigo>

https://www.bikesportnews.com/news/news-...ays-stoner


Responder
#73

(27-03-2019 às 21:26)vindaloo Escreveu:  
(27-03-2019 às 01:48)dfelix Escreveu:  Olha que essa foi a geração com que ganhou o campeonato e fez uma excelente época seguinte...

Verdade, verdadinha!

Mas o 'fenomeno stoner' esta para alem do que a ciencia aos dias de hoje consegue explicar.

O Stoner percebe mais de motos do que muita gente quer admitir. incluindo alguns que ainda anda a rebolar no Mundial

(27-03-2019 às 21:26)vindaloo Escreveu:  
(27-03-2019 às 01:48)dfelix Escreveu:  e consequentemente as maiores queixas foi quando introduziram a partir da GP9 aquele quadro portante em carbono...


A minha teoria e que o 'fenomeno rossi' e um dos raros exemplos da historia em que nao e o vencedor que escreve a historia.

A História também se faz de episódios negros... O "rei das t-shirts" há muito que devia ter saído de cena. Enquanto não o faz, continua a coleccionar records pouco abonatórios como o do ano passado.

(27-03-2019 às 21:26)vindaloo Escreveu:  
(27-03-2019 às 12:24)Liquid_Fire Escreveu:  A treliça nunca foi o grande problema nos quadros ducati, foi quando introduziram o quadro monocoque carbono que usava o motor como elemento de suporte que as coisas correram mal, esse "frameless" design não tinha resistência adequada às forças elevadas de torção que uma motogp sofre

Ha escritos de ambas as versões.

Penso que o efeito era precisamente o oposto, o quadro era tao rigido que os pilotos se queixavam da falta de feedback na frente.

Deixo um artigo>

https://www.bikesportnews.com/news/news-...ays-stoner

De acordo com o que fui lendo na época, passaram duma situação em que não conseguiam o controlo da rigidez como queriam, ao ponto de dizerem que não conseguiam replicar um chassis.
Com o monocoque de carbono, nunca atingiram a flexibilidade que precisavam para evitar o shattering.
à conta da pop-star e do burgesso jeremias acabaram por seguir o tradicional caminho da dupla-trave de alumínio...
Responder
#74

(27-03-2019 às 22:29)Johnny_1056 Escreveu:  De acordo com o que fui lendo na época, passaram duma situação em que não conseguiam o controlo da rigidez como queriam, ao ponto de dizerem que não conseguiam replicar um chassis.
Com o monocoque de carbono, nunca atingiram a flexibilidade que precisavam para evitar o shattering.
à conta da pop-star e do burgesso jeremias acabaram por seguir o tradicional caminho da dupla-trave de alumínio...

Porque a deformação é sempre no sentido transversal ao da orientação das fibras/veios.

smile


Responder
#75

O problema é que as regras são castradoras no que diz respeito a grandes evoluções.
E mesmo a KTM sendo dos construtores que pode usufruir das "concessions", e portanto ser privilegiada no que diz respeito poder continuar a desenvolver a moto, apenas "minor changes" face ao que foi aprovado na pré-época será aceite ao longo deste calendário.
Alterações profundas, e que certamente a necessidade será enorme, muito provavelmente só se vão assistir na próxima época.

Muito provavelmente o que escrevi foi gerado automágicamente através do Moto Lero
Responder
#76

Ora aí está a tourada esperada..

https://www.motorsport.com/motogp/news/h...e/4360325/


Sent from my Mi A1 using Tapatalk
Responder
#77

(29-03-2019 às 18:34)JPedrosa Escreveu:  Ora aí está a tourada esperada..

https://www.motorsport.com/motogp/news/h...e/4360325/


Sent from my Mi A1 using Tapatalk

Não é só aqui no fórum que há novelas... lol
Responder
#78

Boas;
Adivinha-se um ano cheio de peripécias. Prefiro a evolução da aerodinâmica à da electrónica.
Responder
#79

(28-03-2019 às 01:27)dfelix Escreveu:  O problema é que as regras são castradoras no que diz respeito a grandes evoluções.
E mesmo a KTM sendo dos construtores que pode usufruir das "concessions", e portanto ser privilegiada no que diz respeito poder continuar a desenvolver a moto, apenas "minor changes" face ao que foi aprovado na pré-época será aceite ao longo deste calendário.
Alterações profundas, e que certamente a necessidade será enorme, muito provavelmente só se vão assistir na próxima época.
Por acaso,
Sou da opinião que as regras podiam abrir um pouco, para quem fica para trás no pelotão.

Por exemplo, permitir evoluções no motor.

Sent from my Mi A1 using Tapatalk
Responder
#80

(29-03-2019 às 22:27)JPedrosa Escreveu:  
(28-03-2019 às 01:27)dfelix Escreveu:  O problema é que as regras são castradoras no que diz respeito a grandes evoluções.
E mesmo a KTM sendo dos construtores que pode usufruir das "concessions", e portanto ser privilegiada no que diz respeito poder continuar a desenvolver a moto, apenas "minor changes" face ao que foi aprovado na pré-época será aceite ao longo deste calendário.
Alterações profundas, e que certamente a necessidade será enorme, muito provavelmente só se vão assistir na próxima época.
Por acaso,
Sou da opinião que as regras podiam abrir um pouco, para quem fica para trás no pelotão.

Por exemplo, permitir evoluções no motor.

Sent from my Mi A1 using Tapatalk


E permitem.

As concessions que o dfelix referiu atrás permitem um motor novo a cada 3 corridas.

As regras são feitas e impostas para que as corridas não sejam sempre ganhas pela equipa que tem mais dinheiro.

E hoje está mais equilibrado que nunca.

O Miguel Oliveira teve um resultado aquém (minha opinião) na free practice e ficou a menlos de 1 segundo do melhor tempo.


Responder




Utilizadores a ver este tópico: 1 Visitante(s)