Moto Turismo Geriatrico
#31

(05-04-2018 às 15:42)LWillow Escreveu:  Isto do 'mototurismo geriátrico' é tema controverso e quanto a mim a questão pode dividir-se  em 2 aspectos determinantes :
1-andar sózinho vs. andar em grupo,
2- distâncias curtas vs. distâncias longas  .
Quando ando em grupo acompanho o andamento do grupo /'road leader' , mas quando ando sózinho ... é consoante a disposição do momento .

Ainda há umas horas atrás fiz o mesmo trajecto (ida e volta ) em 2 'moods' completamente diferentes . Peguei na mota para ir tomar o café da manhã a Santa Cruz . Na viagem de ida fui sempre ' a dar-lhe' , ultrapassei quem me aparecia pela frente e ia a rolar tipo 'contra-relógio' .
No regresso fiz a viagem quase sempre a 70-80 kms/h (com um 'pico' aqui ou ali)  . muitas das vezes só com uma mão no guiador (ás vezes 'sem mãos' ) numa de relax e a olhar para tudo à volta, a absorver os cheiros . Claro que era um trajecto de 50 kms , porque se fosse mais extenso não iria ter pachorra para tanto 'pastelanço' , mas dentro destas premissas ..'soube-me bem' .

Neste aspecto ressaltam as vantagens e desvantagens de  'andar em grupo'  . Se por um lado possui a mais-valia da sensação de 'tribo' , sentimento de estar a pertencer a uma 'matilha' e do companheirismo/convívio que daí advém, por outro lado 'castra-te' e restringe a tua vontade própria pois por norma o andamento  é sempre 'nivelado por cima' ( medição de pilinhas etc, e tal ) e pode (ou não) estar a ser uma viagem de 'bullying psicológico' . Em casos destes, importante seria saber se o  'road-leader' do momento também estaria a imprimir um andamento mais ' à homem' por vontade própria ou também condicionado por ideias pré-concebidas  do que se esperava dele naquela posição .
Uma coisa é certa , para viagens 'grandes' e em grupo, não há que 'inventar' e há que 'papar kms ' , não há lugar para 'estados de espírito individuais' .

Luís.... até era gajo para acreditar nisso tudo.
O problema é que já fiz uma RIM contigo e com mais alguns... incluindo um certo troço do IC5  devil !!!

(05-04-2018 às 15:43)dmanteigas Escreveu:  E depois a questão da velocidade é muito relativa, ainda num tópico ao lado tivemos a má experiência de um colega a apenas 90kmh que mandou a mota para a sucata.

Não julgues apenas pelo que lês aqui.
Quando isto aconteceu, tive o malogrado privilégio de ser daqueles a quem o Luís (quatropiscas) comunicou em primeira mão e partilhou (por outras vias) mais alguns detalhes.
E cair, tanto acontece a baixas velocidades como a altas... ainda mais naquelas circunstâncias em que aquilo lhe aconteceu.
Nem é imperativo que andar rápido resulte em queda.

(05-04-2018 às 15:43)dmanteigas Escreveu:  facilidade de manobrar uma 125 que não se tem numa VFR.

Tens mesmo que experimentar mais motas, rapaz. Pois tens uma ideia completamente errada.

[Imagem: zX4Kq81.png]

Responder
#32

(05-04-2018 às 15:42)LWillow Escreveu:  Isto do 'mototurismo geriátrico' é tema controverso e quanto a mim a questão pode dividir-se  em 2 aspectos determinantes : 
1-andar sózinho vs. andar em grupo, 
2- distâncias curtas vs. distâncias longas  . 
Quando ando em grupo acompanho o andamento do grupo /'road leader' , mas quando ando sózinho ... é consoante a disposição do momento . 

Ainda há umas horas atrás fiz o mesmo trajecto (ida e volta ) em 2 'moods' completamente diferentes . Peguei na mota para ir tomar o café da manhã a Santa Cruz . Na viagem de ida fui sempre ' a dar-lhe' , ultrapassei quem me aparecia pela frente e ia a rolar tipo 'contra-relógio' .
No regresso fiz a viagem quase sempre a 70-80 kms/h (com um 'pico' aqui ou ali)  . muitas das vezes só com uma mão no guiador (ás vezes 'sem mãos' ) numa de relax e a olhar para tudo à volta, a absorver os cheiros . Claro que era um trajecto de 50 kms , porque se fosse mais extenso não iria ter pachorra para tanto 'pastelanço' , mas dentro destas premissas ..'soube-me bem' . 

Neste aspecto ressaltam as vantagens e desvantagens de  'andar em grupo'  . Se por um lado possui a mais-valia da sensação de 'tribo' , sentimento de estar a pertencer a uma 'matilha' e do companheirismo/convívio que daí advém, por outro lado 'castra-te' e restringe a tua vontade própria pois por norma o andamento  é sempre 'nivelado por cima' ( medição de pilinhas etc, e tal ) e pode (ou não) estar a ser uma viagem de 'bullying psicológico' . Em casos destes, importante seria saber se o  'road-leader' do momento também estaria a imprimir um andamento mais ' à homem' por vontade própria ou também condicionado por ideias pré-concebidas  do que se esperava dele naquela posição . 
Uma coisa é certa , para viagens 'grandes' e em grupo, não há que 'inventar' e há que 'papar kms ' , não há lugar para 'estados de espírito individuais' .

Luís, todos mais ou menos andam mais rápido ou mais lento em alguns momentos.

Andar em grupo não é imperativo de se andar sempre rápido... O importante é que exista conhecimento do grupo e que tanto se ande rápido quando se quer, como se pode rolar mais calmamente sem ser stress para ninguém. Mas para isso acontecer é necessário entrosamento e o grupo se conheça.

Mas como referiste e bem, por vezes é necessário papar kms por um motivo ou por outro, e ai convém o grupo ter noção disso.

As minhas máquinas (e ex):
Kawasaki Versys 1000 / KTM 1290 Super Duke GT
Yamaha FZS 600 Fazer

[Imagem: censorship2.jpg]

Responder
#33

(05-04-2018 às 12:34)vindaloo Escreveu:  
(05-04-2018 às 12:18)LoneRider Escreveu:  
(05-04-2018 às 12:13)tom_dee Escreveu:  É o moto2cool pá...


Agora percebi!!!
O gajo gravou em fast-forward!!!

Penso que não Rui...

Senão vejamos a evidência:

[Imagem: BkY5TKu.jpg]

Anda mesmo devagar!!

Como é possível? dead

Suzuki SV1000S '04  cool
Responder
#34

Já não pode cumprir os limites de velocidade? Olha lá, que vocês tambem so sabem meter defeito.

Eu sou, mais ou menos, como o LWillow... tanto ando depressa, como ando devagar, depende da disposição. Quando se vai em grupo e se é "obrigado" a acompanhar o andamento, ando quase sempre um pouco mais rapido. Mas faço, sem o minimo problema, viagens de 60 ou 70Km a velocidades moderadas ( quase sempre acima do limite legal, mas moderada ).
Responder
#35

(05-04-2018 às 21:43)YontikoBT Escreveu:  Já não pode cumprir os limites de velocidade? Olha lá, que vocês tambem so sabem meter defeito.

Eu sou, mais ou menos, como o LWillow... tanto ando depressa, como ando devagar, depende da disposição. Quando se vai em grupo e se é "obrigado" a acompanhar o andamento, ando quase sempre um pouco mais rapido. Mas faço, sem o minimo problema, viagens de 60 ou 70Km a velocidades moderadas ( quase sempre acima do limite legal, mas moderada ).

Boa velocidade media para off road, assim num percurso ja a puxar mais para o tecnico! ... ou estas a falar de estrada alcatroada? what


Responder
#36

(05-04-2018 às 21:59)vindaloo Escreveu:  
(05-04-2018 às 21:43)YontikoBT Escreveu:  Já não pode cumprir os limites de velocidade? Olha lá, que vocês tambem so sabem meter defeito.

Eu sou, mais ou menos, como o LWillow... tanto ando depressa, como ando devagar, depende da disposição. Quando se vai em grupo e se é "obrigado" a acompanhar o andamento, ando quase sempre um pouco mais rapido. Mas faço, sem o minimo problema, viagens de 60 ou 70Km a velocidades moderadas ( quase sempre acima do limite legal, mas moderada ).

Boa velocidade media para off road, assim num percurso ja a puxar mais para o tecnico! ... ou estas a falar de estrada alcatroada? what

smiletroll

Suzuki SV1000S '04  cool
Responder
#37

Para andar devagar tenho o carro!  lol

Ha momentos que venho a pastelar também, quando sei que ha um radar por perto! devil lol agora mais a serio, tds temos esses momentos mas se nao é p dar pau para que serve a mota? Pela sensação da liberdade nao?  devil
Responder
#38

(05-04-2018 às 15:43)dmanteigas Escreveu:  
(05-04-2018 às 15:04)carlos-kb Escreveu:  
(05-04-2018 às 14:57)dmanteigas Escreveu:  Eu não chego a esse nível, mas quando estou a andar de mota só por andar também gosto de fazer alguns percursos a pastelar. Ainda este verão quando fui dar a volta pela serra da estrela houve certas partes do percurso que ia em modo geriátrico para poder apreciar as belas paisagens da serra. Para andar com a faca nos dentes só em AEs, em viagens do dia a dia ou quando tenho obrigatoriamente que palmar muitos kms. No meu entender, parte do prazer de fazer mototurismo é precisamente conseguir apreciar não só as estradas mas também as paisagens que vamos encontrando no caminho que às vezes até me "distraem" do punho.


Mas isso tudo de CBF?  what
É que há aí expressões que não são compatíveis com o uso de uma 125.... como «andar com a faca nos dentes só em AEs»...

Quando comprares realmente uma mota, passado uns tempos, a gente depois quer ouvir novamente a tua opinião!  devil


Mas só é possivel andar de faca nos dentes com + de 1000cc? Para mim, andar de faca nos dentes até numa 50cc é possível, desde que andes "nos limites" da mota. E olha que em AEs com muito vento andar a 120kmh naquilo já é andar de facas nos dentes numa "motona" daquelas  devil

E depois a questão da velocidade é muito relativa, ainda num tópico ao lado tivemos a má experiência de um colega a apenas 90kmh que mandou a mota para a sucata. 

Agora mais a sério, não me parece que a atitude em relação ao Mototurismo mude consoante o tipo de mota que se tem. Não é por ter uma mota com mais potência que tenha obrigatoriamente de passar a andar sempre depressa em todas as voltas que se dá. Vou continuar a fazer mototurismo geriátrico e, na maior parte das estradas que já visitei em turismo, e até duvido que consiga fazer prestações incrivelmente superiores com 100cv a mais de potência dada a caracteristica dos percursos e a facilidade de manobrar uma 125 que não se tem numa VFR. A diferença é que quando chegar a hora de voltar a casa, vou deixar de levar com a frigideira na tola da Maria por me atrasar meia hora por estar muito vento na IP3  devil

va la... a serio...

que as unhas e uma coisa dissociada da mota que se tem, tudo muito certo..

que da para arriscar a andar depressa demais em todas as motas... tambem certo...

mas porra? uma 125cc faca nos dentes AE? e a serio que viajas mais rapido que uma vfr? a serio que nem por um segundo sentes a limitacao de uma 125cc numa viagem?

normal que haja paisagens que nos prendem os olhos e abrandamos um bocado... mas... e a excepcao e nao a regra da viagem. Ate porque muitas das vezes... mesmo em viagem de lazer e para se ir de A a Z passando por B,C D....

ao contrario do registo habitual... esse post e uma baboseira tremenda, mas que acredito que quando tiveres uma mota maior te vais rir dele mesmo blink


Responder
#39

Esse post do manteigas faz me lembrar quando passei da 50cc para a 600cc, virei me p meu colega que tinha mota e disse lhe, epa agora tenho que andar devagar e sempre atras dos carros para me ir habituando ao peso, largura e.t.c antes de ultrapassar, nem uma semana tinha passado ja n tinha paciência e ja andava no meio da faixa de rodagem a ultrapassar tudo e todos!  lol
Responder
#40

(05-04-2018 às 22:27)Nfilipe Escreveu:  Esse post do manteigas faz me lembrar quando passei da 50cc para a 600cc, virei me p meu colega que tinha mota e disse lhe, epa agora tenho que andar devagar e sempre atras dos carros para me ir habituando ao peso, largura e.t.c antes de ultrapassar, nem uma semana tinha passado ja n tinha paciência e ja andava no meio da faixa de rodagem a ultrapassar tudo e todos!  lol

olha e ires ao passeio Pre RIMista?

convocatoria no topico da RIM thumbsup


Responder




Utilizadores a ver este tópico: 1 Visitante(s)