[Mota seguinte] 2ª moto do Bosco (final 2019)

Bosco, pá... é isso mesmo que tens de fazer. Dentro do segmento que procuras, testares tudo o que tiveres (e puderes) testar, sentires as diferenças, vantagens e handicaps de cada uma face às demais... e a par de outros factores, como a estética, preço, equipamento, gosto pessoal, etc... decidires por ti.

Não quer dizer que não colhas algumas impressões do pessoal a título meramente sugestivo, mas acima de tudo escolhe aquilo que te satisfaz, mediante aquilo que sentiste. As opiniões de terceiros por norma tendem a ser facciosas para justificar o que cada um tem lá por casa.

Nunca esqueças que a mota é para ti!
Faz-te ao piso...
Responder

(18-07-2019 às 10:27)carlos-kb Escreveu:  Bosco, pá... é isso mesmo que tens de fazer. Dentro do segmento que procuras, testares tudo o que tiveres (e puderes) testar, sentires as diferenças, vantagens e handicaps de cada uma face às demais... e a par de outros factores, como a estética, preço, equipamento, gosto pessoal, etc... decidires por ti.

Não quer dizer que não colhas algumas impressões do pessoal a título meramente sugestivo, mas acima de tudo escolhe aquilo que te satisfaz, mediante aquilo que sentiste. As opiniões de terceiros por norma tendem a ser facciosas para justificar o que cada um tem lá por casa.

Nunca esqueças que a mota é para ti!
Faz-te ao piso...

Deixaste essa salvaguarda ao Moto2Fixe quando lhe sugeriste a tua anterior amante? devil

As opiniões não são facciosas porque cada um tenta justificar o que tem em casa. São facciosas porque não gostamos todos de azul. Há quem prefira motores V2, V4, 4 em linha, 2 linha... há quem goste de nakeds, trails, superdesportivas...

como tal, há que saber olhar para as opiniões das pessoas que são mais semelhantes ao que nós procuramos. Quem diz motas, diz pneus, travões, etc... Eu não vou dar grande importância à opinião sobre um pneu de um gajo que tem 2 cms de galinhas e se gaba de fazer 20 mil kms com um pneu traseiro, mesmo que ele tenha milhares e milhares de kms de experiência, porque claramente o uso que damos ao pneu é completamente diferente.

Da mesma forma que não vou levar em consideração a opinião de um gajo que compra gosta de FJR's, Goldwings e afins porque claramente valorizamos coisas distintas no que procuramos numa mota.

Ditadura dos Flocos de Neve
Responder

Nem tudo é assim tão linear...

Eu tenho galinhas nos meus pneus e não faço 20000kms no pneu traseiro.
Conheço que faz 20000kms com os T30 e tenhas que suar a gota gorda para o seguir e também tenho outro conhecido que, montado numa FJR é bem capaz de mostrar-te que nem sempre o que parece é!

É certo que tendemos a não ser isentos, não só para justificar o que temos na garagem, mas sim é tambem, tendo como base as nossas experiências pessoais.
Felizmente, com o acumular de experiências, a tendência é a fazer proponderar a sensatez e levar em conta as experiências que nos demonstram que não devemos sacar determinadas conclusões precepitadas sobre os outros.
Responder

(18-07-2019 às 10:56)LoneRider Escreveu:  Nem tudo é assim tão linear...

Eu tenho galinhas nos meus pneus e não faço 20000kms no pneu traseiro.

Se reparares bem, eu até falei num caso extremo... 2cm de galinhas e 20 mil kms. Ter galinhas no pneu não é automaticamente motivo de exclusao até porque dependendo do pneu e das estradas em que se anda assim se tem mais ou menos galinhas

(18-07-2019 às 10:56)LoneRider Escreveu:  Conheço que faz 20000kms com os T30 e tenhas que suar a gota gorda para o seguir


Já isto custa-me a acreditar, porque pneu que é puxado como deve ser tem que se gastar. Quem faz 20 mil kms num pneu, é porque não lhe mete carga como deve ser. Se não mete carga... não anda rápido.

(18-07-2019 às 10:56)LoneRider Escreveu:  e também tenho outro conhecido que, montado numa FJR é bem capaz de mostrar-te que nem sempre o que parece é!

E até pode ser um gajo já de certa idade que já passou a crise dos 40, largou a R1 e agora gosta de dar umas voltas numa mota confortável e com um motor agradável para dar umas voltas pela europa fora! Mas não estamos a falar do caso individual mas sim da generalidade que abrange a maior parte dos casos.

(18-07-2019 às 10:56)LoneRider Escreveu:  É certo que tendemos a não ser isentos, não só para justificar o que temos na garagem, mas sim é tambem, tendo como base as nossas experiências pessoais.
Felizmente, com o acumular de experiências, a tendência é a fazer proponderar a sensatez e levar em conta as experiências que nos demonstram que não devemos sacar determinadas conclusões precepitadas sobre os outros.

Ora aí está um ponto muito importante que me esqueci de referir. Por isso é que na maioria das vezes as opiniões em foruns valem o que valem, pouco. Porque não conhecemos suficientemente a experiência de quem está do lado de lá do ecra. No caso do Bosco nem se aplica tanto porque conhece a malta, as motas que temos, o andamento ou falta dele que cada um tem, e pode fazer um julgamento informado do que cada um lhe diz. Já muitos dos paraquedistas que aqui vêm, o primeiro tópico que fazem é sobre se devem comprar uma Mash ou uma Ducati Scrambler, ouvem as opiniões do LoneRider, Dmanteigas, Marco.clara ou carlos-kb sem saber se eles andam de mota há 1 mês, se gostam de nakeds, se usam PR4 para fazerem 40 mil kms com o pneu e praticam hipermilling é que precisavam de ler cuidadosamente esta ultima parte.

Ditadura dos Flocos de Neve
Responder

(18-07-2019 às 10:44)dmanteigas Escreveu:  Deixaste essa salvaguarda ao Moto2Fixe quando lhe sugeriste a tua anterior amante? devil

As opiniões não são facciosas porque cada um tenta justificar o que tem em casa. São facciosas porque não gostamos todos de azul. Há quem prefira motores V2, V4, 4 em linha, 2 linha... há quem goste de nakeds, trails, superdesportivas...

como tal, há que saber olhar para as opiniões das pessoas que são mais semelhantes ao que nós procuramos. Quem diz motas, diz pneus, travões, etc... Eu não vou dar grande importância à opinião sobre um pneu de um gajo que tem 2 cms de galinhas e se gaba de fazer 20 mil kms com um pneu traseiro, mesmo que ele tenha milhares e milhares de kms de experiência, porque claramente o uso que damos ao pneu é completamente diferente.

Da mesma forma que não vou levar em consideração a opinião de um gajo que compra gosta de FJR's, Goldwings e afins porque claramente valorizamos coisas distintas no que procuramos numa mota.

Bem Manteigas... tu consegues mesmo ser o mais ávido "enfiador" de carapuças deste forúm. A ânsia de as enfiar é tão grande que até enfias aquelas que te servem.... como as que não te servem de todo... e de uma forma tão entusiástica, que por vezes é mesmo enfiá-las até aos queixos. lol

O que disse está bem explicito... para o Bosco testar tudo o que pudesse dentro daquilo que procura... e apenas ter a opinião de terceiros como sugestiva (aquilo que fiz para o Moto2 fixe, uma mera sugestão, que embora não seja assunto chamado para este fórum, se baseou no tipo de utilização que ele disse ter... e justifiquei-a como tal naquele mesmo tópico). Não apontei dedos a ninguém e foi apenas uma ressalva. Se quiseste mesmo enfiar a carapuça por iniciativa própria, é problema exclusivamente teu.

Precisamente por cada qual ter gostos, afinidades e utilizações diferentes a dar a uma moto, que a decisão deve assentar sobretudo naquilo que ele sentiu quando testou, experimentou e comparou.
Tanto é que ate me abstive de sugerir o que quer que fosse, neste tópico, pois há muito este tipo de moto deixou de ser "a minha praia"!

Simples, não?

[Imagem: zX4Kq81.png]

Responder

Não meti carapuça nenhuma carlos, só fiz uma ressalva aquilo que escreveste porque já é um post repetitivo e com um exemplo tão porreiro na outra casa não quis perder a oportunidade de meter veneno devil
Responder

ahhh... tão melhor que agora estamos, com uma boa discussão. bigsmile

Como já tenho andado a dizer, faz todo o sentido que eu vá experimentar mais motas neste segmento. Equiparáveis em preço e características, só a sv650 e a MT07/XSR700. A SV tá excluída à partida por não lhe gostar do aspecto, por isso restam as yama - test drive que farei para a semana.

No entanto, faço-o só mesmo por descargo de consciência. Mesmo que goste mais do aspecto da XSR, o que dizem do bicilindrico não me faz ter grande vontade de o testar. Quem dele gosta, e com todo o direito, procura na mota coisas diferentes do que eu procuro, pelo menos para já. É uma questão de gosto pessoal.

Não se esqueçam que ando nisto há pouco mais de meio ano e que sou um coninhas. Não quero ter de lutar contra a mota, como aconteceu sempre que nas aulas peguei na sv650. Quero andar à vontade, sem sobressaltos, sem rodas no ar, com as chicken strips mas com capacidade de aprender e de me esticar quando tiver para aí virado. A CB correspondeu a tudo isto.

Depois do TD à 07 logo direi se o meu preconceito (e as opiniões generalizadas da malta sobre o seu bicilindrico) se confirma ou não.

[Imagem: muhz7is.jpg]
Responder

Sim!
Inevitavelmente vai sempre parecer mais rude que a suavidade do tetra.
Mas isso não é um defeito, é próprio do seu feitio.
Coisa que com querer, aprendes a dominar com calma.
Assim como aprendes a explorar as altas do Tetra!

Mas claro, dito isto desde o ponto de vista de quem por lá passou parece fácil.
É no fundo até é, mas a ti talvez te falte essa confiança em ti mesmo.

Embora, segundo alguns, num fórum as opiniões valem pouco, o único que eu te aconselharia nesta fase do campeonato, e depois de experimentares os motores que pretendes experimentar, era de ler, com calma e isenção, cada um dos posts deste tópico é tentar perceber detalhes que te possam ter escapado, que possam ajudar a decidir-te.
Responder

Sinceramente Lone, por mais que isso possa parecer lógico e útil, já tou um bcd farto deste filme. Eu sou muito obcecado quando entro num assunto e ando há vários meses nisto. Vai, não vai, usada, nova, CB650r, XSR, CB500, não comprar sequer, comprar e manter a lambreta... Todos os dias. Como só agora pude fazer o test drive, em função de não ter ainda a carta definitiva, a indecisão arrastou-se demasiado tempo e tou cansado.

Vou fazer o TD à 07 terça ou quarta e depois sinalizo logo a CB, se for por esse caminho. E espero até ela chegar, lá para outubro. lol

[Imagem: muhz7is.jpg]
Responder

(18-07-2019 às 12:25)el_Bosco Escreveu:  o que dizem do bicilindrico não me faz ter grande vontade de o testar.

Oh que crl! tao por isso mesmo é que precisas testar, o que os outros dizem e aquilo que nos pensamos e achamos, por vezes vai grande distancia.

Tive uma TDM que era 2 cilindros, ainda que muito pouco tempo e vinha de uma de 4 cilindros que usei 2 anos e sim, as diferenças sao bastante evidentes, certo que nao tem a linearidade e suavidade dos 4 cilindros ainda assim é tudo uma questão de habito, seja 2 ou 4 cilindros mas cada uma delas tem vantagens e desvantagens. Agora convém é testar, precisamente para entender onde estão essas vantagens e desvantagens e qual se adequa melhor ao tipo de utilização que se irá dar a mota que se quer comprar. O que os outros dizem, serve para ter umas ideias mas nunca para ter certezas.
Responder




Utilizadores a ver este tópico: 2 Visitante(s)