JN - Duplicam as mortes em acidentes de mota
#1

[Imagem: 123.jpg]

Estava aqui a tomar a "bica" e deparo-me com esta capa.

Sensasionalismo? 

Ou uma relação causa efeito derivada do aumento do nr de motociclos a circular?

[Imagem: images?q=tbn%3AANd9GcT4XLIkYtQDw11iDiKFM...g&usqp=CAU]


Responder
#2

Talvez algo relacionado com o bom tempo que se fez sentir e o maior número a circular.
Responder
#3

Por acaso já tinha visto essa notícia hoje.

https://www.jn.pt/nacional/interior/dupl...72947.html

Quer-me parecer pelo teor da mesma que se busca mais o sensacionalismo jornalístico que propriamente a função informativa.

Não li a notícia toda, porque só no formato impresso ou com a assinatura digital, isso é permitido.

Mas acima de tudo é relevante discernir as estatísticas e confrontá-las com a realidade actual e evolução do parque motociclístico e de motociclistas, nesse espaço de tempo.
Para todos os efeitos, a sinistralidade automóvel no seu geral, também segue a tendência de se agravar em relação aos últimos anos.
Responder
#4

(26-10-2017 às 11:11)carlos-kb Escreveu:  Por acaso já tinha visto essa notícia hoje.

https://www.jn.pt/nacional/interior/dupl...72947.html

Quer-me parecer pelo teor da mesma que se busca mais o sensacionalismo jornalístico que propriamente a função informativa.

Não li a notícia toda, porque só no formato impresso ou com a assinatura digital, isso é permitido.

Mas acima de tudo é relevante discernir as estatísticas e confrontá-las com a realidade actual e evolução do parque motociclístico e de motociclistas, nesse espaço de tempo.
Para todos os efeitos, a sinistralidade automóvel no seu geral, também segue a tendência de se agravar em relação aos últimos anos.

O que é que disseste? É que estava aqui a olhar para o telemóvel e não percebi bem. blink
Responder
#5

(26-10-2017 às 11:24)quatropiscas Escreveu:  O que é que disseste? É que estava aqui a olhar para o telemóvel e não percebi bem. blink

Eu não disse nada.... os media é que o têm apregoado (basta ouvir telejornais)!

Ainda assim fui esmiuçar a coisa... e deparei-me com isto:

No ano passado (2016) a tendência era de o nº de mortos ter diminuído, mas a sinistralidade (nº de acidentes) ter aumentado.

«No ano passado, o número de acidentes de viação registados pelas autoridades em Portugal aumentou 3,6%, mas em termos de vítimas mortais houve uma redução de 5,5%.»

Fonte

A mesma tendência se tem verificado em determinados períodos específicos referentes às tão usais operações de controlo e fiscalização (exemplo Verão de 2017).

http://www.circulaseguro.pt/estatisticas...more-11741

O ano 2017 pelos vistos inverteu também a tendência do nº de mortos reduzir-se... aqui os resultados estatísticos do 1º semestre (ainda só estamos em Outubro):

[Imagem: semestre.jpg]

«Este ano (2017) está com um nível de mortalidade rodoviário mais elevado do que no ano anterior. Comparando o primeiro semestre de 2017 com o de 2016, morreram nas estradas nacionais mais pessoas, embora tenham havido menos acidentes.»

fonte
Responder
#6

Diria à partida que está relacionado com o aumento de pessoas a andar de mota. No entanto pelos dados que o Carlos colocou dá para perceber que existem mais variáveis ao barulho.
Responder
#7

(26-10-2017 às 12:48)michelfpinto Escreveu:  Diria à partida que está relacionado com o aumento de pessoas a andar de mota. No entanto pelos dados que o Carlos colocou dá para perceber que existem mais variáveis ao barulho.

Tem a ver essencialmente com a recuperação económica.
Mais dinheiro mais veículos, mais deslocações, mais riscos....

Alguns analistas encaram isto como um sinal positivo da conjuntura económica.
Claro que isso nunca é algo positivo, mas este tipo de dados acompanham sempre os ciclos económicos.

I just don't run with the crowd!

www.loneriderendlessroad.com
Responder
#8

Muitos dias de Sol em comparação com anos anteriores.
Responder
#9

Sim, sem dúvida. E o ser mais fácil ter acesso às coisas e a sua "banalização" também aumenta os riscos..
Responder
#10

Isto está bom é para o negócio das funerárias.....

Supply/demand sempre estável.
Responder




Utilizadores a ver este tópico: 1 Visitante(s)