Inspecções de motociclos de cilindrada superior a 250cc avançam em 2016?

Sim, mas o som do escape e projectado para tras, enquanto o da buzina e para a frente.


Responder

(09-06-2017 às 23:30)Fz1000 Escreveu:  
(09-06-2017 às 16:38)Serzedo Escreveu:  A propósito da conversa dos escapes barulhentos, um rapaz que trabalha comigo ainda hoje comentou:
- Ontem ia na VCI no trânsito e ouvi uns apitos, mas olhei e não vi nada, de repente passa entre o carro e os rails uma mota a fazer um basqueiral que até saltei.

Moral da história, ele não ouviu o barulho do escape, apenas ouviu o escape quando a mota já estava ao lado dele e passou, mas a buzina isso ele ouviu... só não viu foi nada quando olhou.

"V"

Moral da história, se não ouviu o escape até estar em cima dele e ouviu buzina, então não fazia basqueiro.

A velocidade do som é bastante superior a qualquer velocidade que atinjamos com as nossas motas.

Mas o som de escape está a ser projectado para trás e a buzina para a frente, juntamente com outros barulhos bem que pode ficar difuso e não sou só eu que o digo (https://www.revzilla.com/common-tread/st...save-lives).

50/80 no meio do trânsito? E eu que nas filas vou no máximo a 50 pela berma e por entre carros a 30 no máximo. ?

"V"

Mototurismo a Dois | | Andar de mota é uma arte e cair... faz parte!! | | Motos & Destinos
Responder

(09-06-2017 às 23:43)Serzedo Escreveu:  
(09-06-2017 às 23:30)Fz1000 Escreveu:  
(09-06-2017 às 16:38)Serzedo Escreveu:  A propósito da conversa dos escapes barulhentos, um rapaz que trabalha comigo ainda hoje comentou:
- Ontem ia na VCI no trânsito e ouvi uns apitos, mas olhei e não vi nada, de repente passa entre o carro e os rails uma mota a fazer um basqueiral que até saltei.

Moral da história, ele não ouviu o barulho do escape, apenas ouviu o escape quando a mota já estava ao lado dele e passou, mas a buzina isso ele ouviu... só não viu foi nada quando olhou.

"V"

Moral da história, se não ouviu o escape até estar em cima dele e ouviu buzina, então não fazia basqueiro.

A velocidade do som é bastante superior a qualquer velocidade que atinjamos com as nossas motas.

Mas o som de escape está a ser projectado para trás e a buzina para a frente, juntamente com outros barulhos bem que pode ficar difuso e não sou só eu que o digo (https://www.revzilla.com/common-tread/st...save-lives).

50/80 no meio do trânsito? E eu que nas filas vou no máximo a 50 pela berma e por entre carros a 30 no máximo. ?

"V"

Já tou farto de discutir a temática do loud pipes save lifes.

Continuo a achar muito estranho um escape fazer basqueiro e o teu amigo só notar quando está em cima dele.

O meu nota-se bem antes disso, e nem faz assim tanto basqueiro.
Responder

Eu reparo primeiro nas luzes ao longe, o barulho só mesmo quando estão em cima de mim, por isso acho perfeitamente normal quem não anda de mota não ter tanta atenção e por isso nem ter dado por ela ao ir na carrinha a ouvir música (muito provavelmente).

"V"
Responder

Epa ficamos pelo meio termo?

Loud pipes save some lifes?  smile

Depende do vento, da velocidade, se o gajo do carro vai com o vidro aberto ou fechado...


Responder

A minha sei que já salvou, várias vezes.

Mas quem cumpre bem a lei, é normal que não sinta a necessidade de "presença" extra.
Responder

FZ pá, já sei que tu tens uma postura muito agressiva na estrada, por isso necessitas da bufadeira.

Mas eu acho que, depois de tanta cena, podias dar a cara de vez em quando e aparecer num evento aqui do vespeiro.

E não te preocupes, quando vieres ainda a 60km de distancia um gajo vai abrindo a las para tu teres espaço para parar.

Sobre os escapes, já te disse várias vezes que isso é mito urbano.
Curiosamente, ainda hoje, ia passando a ferro um gajo com uma HD simplesmente porque se pôs num ponto morto no flanco direito da Havalina, eu ouvia a betoneira a amassar massa, mas vê-la tá quieto...
Ou seja, se não és ou te fazes visível, o barulho pouco te pode ajudar.
Também já te disse que o ruído do escape é projectado para trás o que não facilita que quem vai à tua frente te oiça.
Mas tu continua a crer que fazes bem, que eu nunca tive uma mota com escape barulhento e, apesar dos acidentes que já tive, felizmente tratei sempre de fazer ver e de interagir com os demais condutores mantendo a minha integridade física.

I just don't run with the crowd!

www.loneriderendlessroad.com
Responder

(10-06-2017 às 01:50)LoneRider Escreveu:  FZ pá, já sei que tu tens uma postura muito agressiva na estrada, por isso necessitas da bufadeira.

Mas eu acho que, depois de tanta cena, podias dar a cara de vez em quando e aparecer num evento aqui do vespeiro.

E não te preocupes, quando vieres ainda a 60km de distancia um gajo vai abrindo a las para tu teres espaço para parar.

Sobre os escapes, já te disse várias vezes que isso é mito urbano.
Curiosamente, ainda hoje, ia passando a ferro um gajo com uma HD simplesmente porque se pôs num ponto morto no flanco direito da Havalina, eu ouvia a betoneira a amassar massa, mas vê-la tá quieto...
Ou seja, se não és ou te fazes visível, o barulho pouco te pode ajudar.
Também já te disse que o ruído do escape é projectado para trás o que não facilita que quem vai à tua frente te oiça.
Mas tu continua a crer que fazes bem, que eu nunca tive uma mota com escape barulhento e, apesar dos acidentes que já tive, felizmente tratei sempre de fazer ver e de interagir com os demais condutores mantendo a minha integridade física.


Aparecerei quando um passeio deste forúm não pedir que falte ao trabalho ou faça 1000km num dia.

Percebeu?

Citar:Sobre os escapes, já te disse várias vezes que isso é mito urbano.

Eu também já te disse várias vezes que o que tu escreves não é lei.

Como referi, tenho as minhas bases, sei o sacrificio que foi andar com o stock, e ninguém, muito menos num fórum de internet, me vai fazer mudar de opinião.
Responder

(10-06-2017 às 02:18)Fz1000 Escreveu:  
(10-06-2017 às 01:50)LoneRider Escreveu:  FZ pá, já sei que tu tens uma postura muito agressiva na estrada, por isso necessitas da bufadeira.

Mas eu acho que, depois de tanta cena, podias dar a cara de vez em quando e aparecer num evento aqui do vespeiro.

E não te preocupes, quando vieres ainda a 60km de distancia um gajo vai abrindo a las para tu teres espaço para parar.

Sobre os escapes, já te disse várias vezes que isso é mito urbano.
Curiosamente, ainda hoje, ia passando a ferro um gajo com uma HD simplesmente porque se pôs num ponto morto no flanco direito da Havalina, eu ouvia a betoneira a amassar massa, mas vê-la tá quieto...
Ou seja, se não és ou te fazes visível, o barulho pouco te pode ajudar.
Também já te disse que o ruído do escape é projectado para trás o que não facilita que quem vai à tua frente te oiça.
Mas tu continua a crer que fazes bem, que eu nunca tive uma mota com escape barulhento e, apesar dos acidentes que já tive, felizmente tratei sempre de fazer ver e de interagir com os demais condutores mantendo a minha integridade física.


Aparecerei quando um passeio deste forúm não pedir que falte ao trabalho ou faça 1000km num dia.

Percebeu?

Entendo que devas ser responsável e não queiras faltar ao trabalho.
Quando ao fazer 1000km num dia....

Tenrinho! lol

I just don't run with the crowd!

www.loneriderendlessroad.com
Responder

(10-06-2017 às 00:49)Fz1000 Escreveu:  A minha sei que já salvou, várias vezes.

Mas quem cumpre bem a lei, é normal que não sinta a necessidade de "presença" extra.

A nossa mota não é bom exemplo. O akra bem como o leo vince que tenho, enviam o som para o lado e não para trás. Eu noto diferença, até com o mivv notava, mas agora com o leo vince quase que se atiram para fora de estrada lol
Responder




Utilizadores a ver este tópico: 2 Visitante(s)