Aprilia Shiver 900
#1

Esta mota está qualquer coisa... e pelo preço creio ser um excelente negócio.
Dentro das naked´s media/alta cilindrada, eu teria este modelo em conta, aliás muito em conta.
Mas eu sou suspeito, gosto da muito da APRILIA blink

[Imagem: WPZajxt.jpg]

[Imagem: h1rO7Px.jpg]

[Imagem: ouQtkhD.jpg]

[Imagem: XG6wUJp.png]

[Imagem: R45G2h3.jpg]

A naked de Noale viu a cilindrada crescer para um novo bicilindrico Euro 4 com 95 CV e 90 Nm de binário. Uma nova performance que se une a um quadro de excelência para uma moto potente, confortável e tecnologicamente avançada.

A nova Shiver 900 nasce da vontade de construir uma naked com a mais refinada mecânica e excelência ciclística. Com efeito, são várias as soluções inovadoras presentes neste modelo, que resultam numa moto polivalente e com caraterísticas únicas.

A título exemplificativo, refira-se o novo controlo de tração e o novo display da moto, um moderno TFT a cores, com 4.3 polegadas, que assegura uma visibilidade perfeita em quaisquer condições de todas as informações veiculadas pelo completo computador de bordo.

A conetividade com smartphone fica assegurada com o kit AMP, opcional, que também fornece diversas informações sobre a moto e a viagem.

O novo propulsor Euro 4, com a nova centralina Marelli 7SM, tem agora 900 cc, com 95 CV e um binário máximo de 90 Nm às 6.500 rpm. A Aprilia propõe, assim, uma moto capaz de satisfazer os condutores mais exigentes, mas também aqueles que se inicial nas duas rodas, já que também está disponível em versão de 35 kw.

Da experiência em competição da Aprilia, transitam diversos elementos para a Shiver 900, designadamente a nível tecnológico, destinados a garantir um conforto superior, ótima manobrabilidade e a melhor sensação de condução.

As performances da nova motorização da Shiver 900 combinam na perfeição com a sus excelente ciclística.

O quadro é construído em aço e alumínio, com reforços em pontos específicos, estudados para proporcionar uma superior rigidez torsional e elevada manobrabilidade.

A suspensão frontal conta com uma Kayaba, regulável em pré-carga da mola e extensão, com 41 mm e 120 mm de curso, enquanto que a traseira, igualmente regulável, tem um curso de 130 mm.

Novas são as jantes de três raios, que permitem uma poupança superior a 2 kg, reduzem o efeito de giroscópio e melhoram o comportamento das suspensões.

Quanto ao sistema de travagem, está dotado de um ABS de duplo canal, pinças radiais e discos de 320 mm à frente e um disco de 240 mm atrás.

A gestão eletrónica da nova Shiver 900 está agora entregue à centralina Marelli 7SM, que trabalha em conjunto com o novo sistema de acelerador eletrónico Ride-by-Wire. Este último permite uma gestão ainda mais precisa da mistura ar/gasolina que, com base em numerosos parâmetros, alcança importantes benefícios na fluidez de condução, , consumo e emissões poluentes. Em relação ao sistema anterior, verifica-se uma poupança de 550 gramas.

A comunicação da moto encontra-se no novo painel digital TFT, a cores e com 4,3 polegadas, sendo possível a instalação, como extra, do AMP, a plataforma multimédia Aprilia, que fornece todos os dados necessários sobre a moto e a viagem.

O projeto da Aprilia Shiver 900 centra-se na polivalência e conforto.
Desta forma, os elementos técnicos fundem-se num design italiano muito caraterístico, de postura elegante e descontraída.

9.366,00 €

Em caso de dúvida, acelere...
Responder
#2

Por acaso falam bastante bem da mota. O problema é que em termos de números perde muito em relação à concorrência... E a imagem da marca no geral não é a melhor. Mas é uma mota engraçada sim senhor.

As minhas máquinas (e ex):
Kawasaki Versys 1000 / KTM 1290 Super Duke GT
Yamaha FZS 600 Fazer

[Imagem: censorship2.jpg]

Responder
#3

Perde sim senhor, mas 95cv já dá muito pano para mangas, e o que importa é se estes estão disponíveis cedo no regime de rotações e como é V2 assim deve ser, não mota para andar em AE a fundo, é mota para enrolar o punho há saída das curvas devil

Em caso de dúvida, acelere...
Responder
#4

Já tinha lido umas reviews desta mota, e é um bicho que eu compraria. Gosto muito.

[Imagem: f800r_long.jpg?raw=1]
Suzuki GSX1300R * BMW F800R * ex-Kawasaki ZZR 1100 * ex-Honda Hornet 600 * ex-Honda CBF 125 * ex-Yamaha DT 50 LC (x2)
Responder
#5

Sim pelo que tenho lido a critica a este modelo é muito positiva.

Em caso de dúvida, acelere...
Responder
#6

Isto é um espécie de uma SV650.... mas já um pouco mais "à séria" (até porque não entendo o porquê de a Suzuki manter o L-Twin de litro, com todas as potencialidades que o mesmo já demonstrou, em apenas um modelo... a Strom).

Esta Shiver está engraçada... e acaba a ser uma versão "light" e despretensiosa da Tuono.
Mas é um facto que em termos de números fica algo abaixo de uma Z900, de uma MT-09 ou mesmo de uma GSXS750. No entanto, acho que é mais entre a concorrência europeia aonde esta Shiver se "sente bem"... tipo uma Monster 821 ou mesmo uma F800R (ainda que com o novo motor crossplane de 850cc, acredito que no mais breve prazo esteja aí uma nova F850R, com números mais entusiasmantes).

No entanto ao ler a descrição, algo me deixou logo de pé atrás... Centralina Marelli!!!???  confused

[Imagem: zX4Kq81.png]

Responder
#7

Qual é o problema da "centralina Marelli"?

Em caso de dúvida, acelere...
Responder
#8

Antes do "piano" ainda fui ver uma destas na versão 750cc.

Estava um pouco "abandalhada". Fora isso tem mto bom aspecto.

[Imagem: yamaha_ydp-163_-_pianino_cyfrowe.jpg]


Responder
#9

Tenho que Concordar com o Michel...

Estes valores para um 2 cilindros
puxadote 

Quando tens tris e tetras na mesma base de valores e com tão reconhecida fama e qualidade...

Velasquez87
Responder
#10

Uma hornet 600 de 2002... tem 96cv. +1 cavalo com menos 300cc, há mais de decada e meia atrás...

[Imagem: 1434434941Honda-CB-600F-Hornet-2002-2004.jpg]


Responder




Utilizadores a ver este tópico: 1 Visitante(s)