A portuguesa maior.... PR7 660
#31

bota caro nessa merda e o farol da frente é terrivel, feio p crl, numa mota com esse estilo, era dificil vir com algo com pior que isso! censored
Responder
#32

É um fairing, não sei bem como se diz em português. Repara nesta pesquisa básica: Aqui!!

A ideia está bem conseguida.

Eu acredito que é um marketing oportuno. O conceito rally / raid é um conceito interessante porque remete para longas distâncias, fiabilidade, aventura etc.

Ou seja, o público alvo já não é o gajo que aos domingos de manhã antes da missa vai dar uma voltinha pela zona, mas sim para o gajo que já faz uma corrida aqui e ali.

Parece-me que o próximo passo seria por a mota a ganhar corridas. thumbsup


Responder
#33

Boas;
10500€ já é uma quantidade considerável de pasta, mas olhando ao panorama geral, será assim um valor tão disparatado em relação à concorrência. Uma 450 de enduro custa facilmente 9000€...
Ou será que não os vale apenas porque é portuguesa???
Responder
#34

Boas.... tenho acompanhado mais ou menos a evolução desta PR7, desde a fase inicial, com motor Minarelli de 660cc, até à versão que já tinham em exposição na passada EICMA, com o motor TE610.

Já a vi ao vivo por 3 vezes (seja cá no burgo, como em Milão) e moto tem tido uma evolução notável desde os primeiros prototipos, até esta que está agora exposta em Rho. E o refinamento de certos componentes tem sido mais que visível. Um bom exemplo é o tal frontal acrílico a envolver as ópticas, que está com um desenho mais estilizado e interessante.
Ao que vejo no video, continuam é com o vaso expansor do circuito de refrigeração, naquela localização exposta, que aparentemente não me parece a mais indicada, para uma moto pensada para andar em meios inóspitos.

No geral, acreditem que a moto ao vivo torna-se imensamente mais interessante do que em foto / video.

O preço referido dos 10,5k € (apesar de ser o indicado para Itália), não me parece nada de obsceno, tendo em conta o tipo de moto que é e os componentes ciclísticos "premium" aos quais recorre.

Como o Vindaloo diz, era interessante agora haver quem dela fizesse porta-estandarte em competição real, para poder mostrar aquilo que concretamente vale.



Responder
#35

Esta moto nao esta pensada para correr, nem, pelas suas caracteristicas, se insere em algum tipo de campeonato.
O que se pretende, sem duvida é abrir um caminho proprio e criar militancia, como foi o caso da KTM nos 80/90.
Resta saber se é uma boa aposta!
Teria uma PR7 na garagem!?
Sem duvida.

I just don't run with the crowd!

www.loneriderendlessroad.com
Responder
#36

https://www.youtube.com/watch?v=d4F6xmbWVDo
Responder
#37

Ganda vídeo! smile

"V"
Responder
#38

Está mota... Primeiro estranha-se, depois entranha-se.
Responder
#39

Sim!!!

Esquisita!
Daquelas que nos deixa o olhar preso....

I just don't run with the crowd!

www.loneriderendlessroad.com
Responder
#40

Baja Aragón com a PR7 em primeiro na classe Open >450cc a 43min do segundo numa KTM (grande bigode)
O que é nacional é bom  V V

AJP Baja Aragón 2017
Responder




Utilizadores a ver este tópico: 1 Visitante(s)