Momento que te inclinas para uma moto que por aqui poucos falam...

(10-03-2020 às 09:06)Fz1000 Escreveu:  
(10-03-2020 às 07:31)LoneRider Escreveu:  
(09-03-2020 às 20:58)Fz1000 Escreveu:  Tal como...


..tu?

noface

Sim!
Eu até sou uma fraude, não seria de esperar outra coisa.
Mas olha que, ao contrário de ti, não tive qualquer problema em sair da minha horta para me juntar aos Flocos de Neve e rodar com o pessoal!
Vê lá se para a próxima te juntas ao pessoal pá, que é para veres quem é que anda de mota e quem é que não anda!


Se os flocos andam mais que tu serão flocos?

Ao contrário de mim não tiveste qualquer problema em te juntar a eles? O meu problema chama-se ter que trabalhar toné. Só pela milésima vez.

Um gajo vai sabendo das coisas... lol

I just don't run with the crowd!

www.loneriderendlessroad.com
Responder

Acho engraçado que tudo neste forúm serve para "medir pilinhas"... até a quantidade do que cada um "anda" de mota, como se isso fosse demonstrativo de uma afirmação qualquer de superioridade ou hierarquização (bacoca) enquanto motociclista.

Tempos houve em que o meu único veículo era a moto, e que tinha de me cingir a ela para qualquer deslocação. Actualmente não ando de mota todos os dias, por dois motivos:
1. porque existem outros imperativos de carácter profissional e/ou familiar que me condicionam o recurso à mota diariamente.
2. porque simplesmente posso escolher

Não tendo problemas no dia a dia de trânsito e estacionamento, só recorro à moto quando efectivamente quero. Até porque não acho particularmente aliciante o "andar de moto" no dia-a-dia, nas deslocações casa-trabalho-casa. E como gosto (e vejo) a moto actualmente como um hobbie e um instrumento de lazer, prefiro 1000x uma bela passeata de fim de semana de forma descontraída, do que andar todos os dias em contra-relógio a acumular km na confusão das cidades, achando que isso me dá o estatuto de "supra-sumo da batata frita" porque ando todos os dias e faço 20 mil km por ano, esteja sol, esteja chuva.

Cada um anda o que quer, quanto quer e como quer! E se como o André, pode juntar à moto, o hobbie da fotografia, tanto melhor.

[Imagem: zX4Kq81.png]

Responder

(10-03-2020 às 10:45)carlos-kb Escreveu:  Acho engraçado que tudo neste forúm serve para "medir pilinhas"... até a quantidade do que cada um "anda" de mota, como se isso fosse demonstrativo de uma afirmação qualquer de superioridade ou hierarquização (bacoca) enquanto motociclista.

Tempos houve em que o meu único veículo era a moto, e que tinha de me cingir a ela para qualquer deslocação. Actualmente não ando de mota todos os dias, por dois motivos:
1. porque existem outros imperativos de carácter profissional e/ou familiar que me condicionam o recurso à mota diariamente.
2. porque simplesmente posso escolher

Não tendo problemas no dia a dia de trânsito e estacionamento, só recorro à moto quando efectivamente quero. Até porque não acho particularmente aliciante o "andar de moto" no dia-a-dia, nas deslocações casa-trabalho-casa. E como gosto (e vejo) a moto actualmente como um hobbie e um instrumento de lazer, prefiro 1000x uma bela passeata de fim de semana de forma descontraída, do que andar todos os dias em contra-relógio a acumular km na confusão das cidades, achando que isso me dá o estatuto de "supra-sumo da batata frita" porque ando todos os dias e faço 20 mil km por ano, esteja sol, esteja chuva.

Cada um anda o que quer, quanto quer e como quer! E se como o André, pode juntar à moto, o hobbie da fotografia, tanto melhor.

Não podias estar mais correto! O que cada um anda de mota depende de muitos fatores a começar desde logo pela vontade de cada um. Precisamente por isso é que atirar à cara de alguém que só anda isto ou aquilo ou que devia andar mais de mota é completamente ridiculo. Ou alguém se gabar que fez 10, 20 ou 30 mil kms num ano porque como dizes isso pode ser altamente influenciado por fatores da própria vida pessoal.

No caso do Andre que partilha o gosto pelas motas com o gosto pela foto, é normal que não ande tanto como um berdadeiro motard pois o que ele aprecia é andar, encontrar um spot porreiro, tirar umas chapas e voltar a casa. Eu pessoalmente prefiro sair de manhã, meter 400 ou 500kms de curvas preferencialmente no bucho e chegar satisfeito a casa. São formas diferentes de viver o motociclismo e nenhuma é melhor ou pior que a outra.

Ditadura dos Flocos de Neve
Responder

(10-03-2020 às 11:09)dmanteigas Escreveu:  
(10-03-2020 às 10:45)carlos-kb Escreveu:  Acho engraçado que tudo neste forúm serve para "medir pilinhas"... até a quantidade do que cada um "anda" de mota, como se isso fosse demonstrativo de uma afirmação qualquer de superioridade ou hierarquização (bacoca) enquanto motociclista.

Tempos houve em que o meu único veículo era a moto, e que tinha de me cingir a ela para qualquer deslocação. Actualmente não ando de mota todos os dias, por dois motivos:
1. porque existem outros imperativos de carácter profissional e/ou familiar que me condicionam o recurso à mota diariamente.
2. porque simplesmente posso escolher

Não tendo problemas no dia a dia de trânsito e estacionamento, só recorro à moto quando efectivamente quero. Até porque não acho particularmente aliciante o "andar de moto" no dia-a-dia, nas deslocações casa-trabalho-casa. E como gosto (e vejo) a moto actualmente como um hobbie e um instrumento de lazer, prefiro 1000x uma bela passeata de fim de semana de forma descontraída, do que andar todos os dias em contra-relógio a acumular km na confusão das cidades, achando que isso me dá o estatuto de "supra-sumo da batata frita" porque ando todos os dias e faço 20 mil km por ano, esteja sol, esteja chuva.

Cada um anda o que quer, quanto quer e como quer! E se como o André, pode juntar à moto, o hobbie da fotografia, tanto melhor.

Não podias estar mais correto! O que cada um anda de mota depende de muitos fatores a começar desde logo pela vontade de cada um. Precisamente por isso é que atirar à cara de alguém que só anda isto ou aquilo ou que devia andar mais de mota é completamente ridiculo. Ou alguém se gabar que fez 10, 20 ou 30 mil kms num ano porque como dizes isso pode ser altamente influenciado por fatores da própria vida pessoal.

No caso do Andre que partilha o gosto pelas motas com o gosto pela foto, é normal que não ande tanto como um berdadeiro motard pois o que ele aprecia é andar, encontrar um spot porreiro, tirar umas chapas e voltar a casa. Eu pessoalmente prefiro sair de manhã, meter 400 ou 500kms de curvas preferencialmente no bucho e chegar satisfeito a casa. São formas diferentes de viver o motociclismo e nenhuma é melhor ou pior que a outra.

O que acontece pá é que é perfeitamente conciliavel.

Meter 500kms de curvas numa manhã se calhar não, por se calhar nem tens tempo para isso, mas eu entendi o que pretendes dizer.

A questão é que fazer fotos nos sítios do costume, sem explorar (e para isso andar de mota) acaba por ser mais do mesmo.

No fundo, o que faço é picar o André para abrir os horizontes, sair da Horta, lançar-se à aventura e descobrir sítios onde as fotos sejam "originais", diferentes e com outros enquadramentos.

Não acho que haja mal nenhum nisso.
E ele só me faz caso se quiser, o que também não me impede de continuar a puxar por ele.

Continuo e ele sabe disso, a achar que as fotos dele muito de postura e que podia, ao abrir os horizontes, tratar de evitar que sejam só faz de conta, porque existem tantas paisagens reais e altamente onde se podem enquadrar uma moto que compensam tanto andar de mota!

E ele sabe disso! blink

I just don't run with the crowd!

www.loneriderendlessroad.com
Responder

(10-03-2020 às 11:43)LoneRider Escreveu:  Meter 500kms de curvas numa manhã se calhar não, por se calhar nem tens tempo para isso, mas eu entendi o que pretendes dizer.

À tua velocidade... certamente que não, nem em 5 manhãs...  devil
Responder

(10-03-2020 às 13:10)txairuzo Escreveu:  
(10-03-2020 às 11:43)LoneRider Escreveu:  Meter 500kms de curvas numa manhã se calhar não, por se calhar nem tens tempo para isso, mas eu entendi o que pretendes dizer.

À tua velocidade... certamente que não, nem em 5 manhãs...  devil

Se eu não ando de mota pá!
Recorda eu sou um fraude! lol

I just don't run with the crowd!

www.loneriderendlessroad.com
Responder

A propósito, eu ando tão devagar que hoje uma entregadora Glovo, numa PCX, bateu na traseira da minha motorizada.

Parafraseando o RAP, "Fico chateado, com certeza que fico chateado"
Responder

(10-03-2020 às 13:54)pareias Escreveu:  A propósito, eu ando tão devagar que hoje uma entregadora Glovo, numa PCX, bateu na traseira da minha motorizada.

Parafraseando o RAP, "Fico chateado, com certeza que fico chateado"

Foda-se... por isso é que ainda estou à espera do almoço e nada! wtf mad

[Imagem: zX4Kq81.png]

Responder

(10-03-2020 às 13:58)carlos-kb Escreveu:  
(10-03-2020 às 13:54)pareias Escreveu:  A propósito, eu ando tão devagar que hoje uma entregadora Glovo, numa PCX, bateu na traseira da minha motorizada.

Parafraseando o RAP, "Fico chateado, com certeza que fico chateado"

Foda-se... por isso é que ainda estou à espera do almoço e nada! wtf mad

Sim, era fresquinha. Paciência, mandaram-te o Carlão.
Responder

O Carlão é só em Monte Gordo!
Responder




Utilizadores a ver este tópico: 1 Visitante(s)