Kymco Pulsar 125...
#11

Acredita que a CBF também vem com uma qualidade de certos materiais um tanto duvidosas, e vendo pela do meu cunhado que têm uma de 2009, se tiver que oxidar, descascar tintas ou partir espelhos e como qualquer uma da concorrência... E os pneus são uma bela duma bosta, de uma marca indiana manhosa e esses sim são bem piores que os da keeway, com 30.000km têm rasto para mais 30.000 em segurança e zero mas isso são outros 500...


Agora, comparar seja a strike seja a CBF com a minha DT de 2005 e o que torna a coisa mais interessante, a DT tem pneus de 100 a frente e 130 atrás, uns pirelli sport demon que são muito porreiros e suaves, bons amortecedores com bom curso e sem as convencionais molas a vista atras, e discos de 260mm a frente e 240mm atrás com umas boas bombas da AJP já com cabos em malha de aço.
Ou seja as 125 estão em desvantagem em todos os campos de ciclística ficando em vantagem apenas na potência e economia.

[Imagem: W3o7D43.jpg]
Responder
#12

O que se passa com a kymco e com a sym (ambas coreanas) e estarem viradas para as scooter's mas quererem preencher o catálogo com outros estilos de mota o que faz com que não as fabriquem mas comprem a terceiros para revender, acabando por dar má imagem a marca.
A primeira mota que conduzi foi uma kymco dink 50 que já na altura tinha uns anos e que ainda hoje o colega do meu pai a leva para o trabalho. Não sei quantos km têm mas quando foi vendida tinha perto dos 40.000km...
Responder
#13

É possivel comparar um Dacia Sendero com um Toyota Yaris?
É possivel comparar uma Stralis com uma R500 (v8)?

Porque é que se quer comparar alhos com bugalhos?

Um produto cujo consumidor procura algo basico nao pode logo comparar a coisa com um produto premium!

I just don't run with the crowd!

www.loneriderendlessroad.com
Responder
#14

Cá está o vídeo do cager sobre esta Kymco.

Responder
#15

(14-06-2015 às 00:00)dt_50r_sm Escreveu:  O que se passa com a kymco e com a sym (ambas coreanas) e estarem viradas para as scooter's mas quererem preencher o catálogo com outros estilos de mota o que faz com que não as fabriquem mas comprem a terceiros para revender, acabando por dar má imagem a marca.

A Kymco e a Sym são taiwanesas e não coreanas. Coreanas são as Daelim e Hyosung, por exemplo blink
Responder
#16

(12-06-2015 às 22:48)Johnny_1056 Escreveu:  Boas;
Não sou propriamente o gajo mais habilitado para falar desta nova vaga de 125 com motores de 4 tempos e construção budget, mas não consigo ser muito crítico em relação às mesmas...
São geralmente motos em que se obtém o que se paga e não vejo grandes diferenças para as marcas mais conceituadas no mercado como as japonesas que também acabam por ser feitas noutros países da Ásia.

O maior construtor do mundo muito deve à construção de veículos baratos que permitiram a muita gente ter o seu próprio meio de transporte. A moto da Honda mais produzida desde sempre foi a Honda Cub.

Motos como essa Kymco são apenas motos baratas em que obviamente a qualidade de construção não é a mesma de produtos mais caros.

+1

[Imagem: Qfzl0I1.png]
Responder




Utilizadores a ver este tópico: 1 Visitante(s)