KTM 390 Duke e RC
#21

(10-01-2019 às 20:13)Liquid_Fire Escreveu:  Manteigas começo a achar que és gaijo para nos aconselhar a apanhar nas nalgas antes de criticar.
Epá ha coisas que sabemos intuitivamente que não vamos gostar apesar de nunca termos experimentado algo semelhante, é o chamado conhecimento tácito por contra prova, ou seja eu por exemplo sei que não devo gostar de apanhar no rabo porque gosto muito de pito, como as duas coisas são uma antítese, se gosto muito de uma não vou gostar certamente da outra.

concluindo, acho que metade da malta deste forum sabe perfeitamente bem que não vai gostar de andar numa Niken, se gostarem provavelmente também gostam de apanhar no befe bigsmile

Mas olha lá...

Já conheceste alguém que tenha levado nas nalgas e depois tenha “regressado”? Por acaso não deixa de ser uma boa analogia para a Niken  devil

Mas é óbvio que tu podes à priori dizer que não gostas de A, B ou C. Há muitas motas que eu à partida acho que não vou gostar (como os mais variados barcos) a diferença é que não entro pela crítica gratuita. Como havia motas que achei que ia adorar e foram uma desilusao (a super tenere por exemplo)

Ditadura dos Flocos de Neve
Responder
#22

(10-01-2019 às 10:49)dmanteigas Escreveu:  A sério? Por acaso esteticamente não desgosto da mota. Aliás, tem o look normal de qualquer super naked mais agressiva.

E olhando para o preço de 4000€ e aquilo que a mota trás... diria que é provavelmente no binómio custo beneficio provavelmente a melhor mota do mercado neste momento, custando menos que uma CB125R, uma SuperDuke 125, uma MT-125... Em relação à fiabilidade, já tive a oportunidade de falar com um colega indiano que tem uma Pulsar 200 e que no geral só me fala maravilhas da mota... diz que provavelmente existem centenas ou milhares delas com mais de 100/200 mil kms e sempre a circular por lá. Aliás, pelo que eu percebi lá a Bajaj lá em termos de fiabilidade tem a mesma "fama" que a Honda em Portugal. E tendo em conta que provavelmente num mês vendem mais motas lá que num ano na Europa toda, até nem é de estranhar.

Epá esteticamente não gostei nada... achei toda a zona do depósito (até ao pormenor do lettering do modelo) disparatada, e aqueles ferrinhos laterais a proteger o motor fazem-me lembrar o mês que passei na Índia e uma Hero 150 onde tive a infelicidade de andar... É daquelas que nas fotos até disfarça, mas ao vivo... blhac.

Quanto ao resto não me manifesto. Preço, é barata no segmento... fiabilidade, quem tiver uma que se manifeste, não serei eu certamente smile.
Responder
#23

(10-01-2019 às 22:56)dmanteigas Escreveu:  
(10-01-2019 às 20:13)Liquid_Fire Escreveu:  Manteigas começo a achar que és gaijo para nos aconselhar a apanhar nas nalgas antes de criticar.
Epá ha coisas que sabemos intuitivamente que não vamos gostar apesar de nunca termos experimentado algo semelhante, é o chamado conhecimento tácito por contra prova, ou seja eu por exemplo sei que não devo gostar de apanhar no rabo porque gosto muito de pito, como as duas coisas são uma antítese, se gosto muito de uma não vou gostar certamente da outra.

concluindo, acho que metade da malta deste forum sabe perfeitamente bem que não vai gostar de andar numa Niken, se gostarem provavelmente também gostam de apanhar no befe bigsmile

Mas olha lá...

Já conheceste alguém que tenha levado nas nalgas e depois tenha “regressado”? Por acaso não deixa de ser uma boa analogia para a Niken  devil

Mas é óbvio que tu podes à priori dizer que não gostas de A, B ou C. Há muitas motas que eu à partida acho que não vou gostar (como os mais variados barcos) a diferença é que não entro pela crítica gratuita. Como havia motas que achei que ia adorar e foram uma desilusao (a super tenere por exemplo)


Alguém que foi e regressou? Outra vez a pores-te a jeito??

Bem esse discurso polidinho e politicamente correcto parece um manifesto para a provedoria de um fórum do outro lado pah!

Entendo que estejas com saudades dessa filosofia de comunicação, mas para o bem e para o mal, aqui pode-se dar opinião e se para mim estas chinesices não valem nada e são uma merda, não vejo porque não se há de falar português.


Responder
#24

Dmanteigas a super tenere foi uma desilusao para toda a gente, acho que até para os donos he he he
Responder
#25

(11-01-2019 às 00:10)Liquid_Fire Escreveu:  Dmanteigas a super tenere foi uma desilusao para toda a gente, acho que até para os donos he he he

Talvez quando a lançaram seria interessante, o problema é que já se devem ter passado uns 10 anos... E isso é muito tempo...

As minhas máquinas (e ex):
Kawasaki Versys 1000 / KTM 1290 Super Duke GT
Yamaha FZS 600 Fazer

[Imagem: censorship2.jpg]

Responder
#26

(10-01-2019 às 23:32)marco.clara Escreveu:  
(10-01-2019 às 10:49)dmanteigas Escreveu:  A sério? Por acaso esteticamente não desgosto da mota. Aliás, tem o look normal de qualquer super naked mais agressiva.

E olhando para o preço de 4000€ e aquilo que a mota trás... diria que é provavelmente no binómio custo beneficio provavelmente a melhor mota do mercado neste momento, custando menos que uma CB125R, uma SuperDuke 125, uma MT-125... Em relação à fiabilidade, já tive a oportunidade de falar com um colega indiano que tem uma Pulsar 200 e que no geral só me fala maravilhas da mota... diz que provavelmente existem centenas ou milhares delas com mais de 100/200 mil kms e sempre a circular por lá. Aliás, pelo que eu percebi lá a Bajaj lá em termos de fiabilidade tem a mesma "fama" que a Honda em Portugal. E tendo em conta que provavelmente num mês vendem mais motas lá que num ano na Europa toda, até nem é de estranhar.

Epá esteticamente não gostei nada... achei toda a zona do depósito (até ao pormenor do lettering do modelo) disparatada, e aqueles ferrinhos laterais a proteger o motor fazem-me lembrar o mês que passei na Índia e uma Hero 150 onde tive a infelicidade de andar... É daquelas que nas fotos até disfarça, mas ao vivo... blhac.

Quanto ao resto não me manifesto. Preço, é barata no segmento... fiabilidade, quem tiver uma que se manifeste, não serei eu certamente smile.

Realmente os ferrinhos é um toque de mau gosto horroso... confesso que não sou particularmente apreciador de ferros de proteção, mas aqueles discretos ainda vão. Agora pior que estes acho que só mesmo as "orelhas" da TRK lol Mas no resto confesso que tive a sensação oposta: gostei mais de ver a mota ao vivo que nas fotos! O Fiuza Motos da Venda do Pinheiro que fica mesmo ao pé do meu ginásio é revendedor da Bajaj então praticamente todas as semanas me tenho cruzado com este modelo lá nas mais variadas cores. Ainda sou menino para ir lá "cravar" um TD a esta chamuça.


Citar:Alguém que foi e regressou? Outra vez a pores-te a jeito??

Bem esse discurso polidinho e politicamente correcto parece um manifesto para a provedoria de um fórum do outro lado pah!

Entendo que estejas com saudades dessa filosofia de comunicação, mas para o bem e para o mal, aqui pode-se dar opinião e se para mim estas chinesices não valem nada e são uma m****, não vejo porque não se há de falar português.

Mas que discurso polidinho e correto?  think Alguma vez eu disse que tu não podes dizer que as chinesas ou as indianas ou as europeias ou o caralho não valem uma merda? Aliás, se há alguém defensor que se deve usar todos os adjetivos qualificativos com que a lingua portuguesa nos prendou sou eu. 

Agora o que eu não consigo compreender é essas opiniões todas fundamentadas sem conhecimento de base. Repara, eu olha para a mota que tu, o Rui e o Carlos têm e é uma mota que não me diz nadinha. Acho que é feiota (em preto ainda escapa, agora em branco... desculpa carlos  devil ), parece-me a ser pesada e dificil de conduzir, pouco ágil, com uma posição de condução demasiado desportiva. Agora nunca sentei a peida em nenhuma, não vou dizer que é um aborto de mota, que tem umas suspensões de merda, que não trava um caralho, que o motor é uma bosta, que a conduzir não tem ponta por onde se lhe pegue, que é mota de velhos com tendências abixanadas... ou melhor, até o posso fazer. Não vou é dizer que isso é uma opinião. Pode ser uma brincadeira, pode ser um simples destilar ódio, mas uma opinião não é nem nunca será. No limite, é uma impressão.

Quanto a ser provedor... tendo em conta o meu histórico de suspensões acho que o único local onde poderia ser um bom provedor era no Desrespeito Motard! 

Citar:michelfpinto
Liquid_Fire Escreveu:Dmanteigas a super tenere foi uma desilusao para toda a gente, acho que até para os donos he he he

Talvez quando a lançaram seria interessante, o problema é que já se devem ter passado uns 10 anos... E isso é muito tempo...

Por acaso também me parece que faltam uns upgrades valentes na mota para a tornar mais atrativa... a começar por um motor diferente ou então um mapa diferente no atual e uma modernização global da mota. Olhando para a 1250GS a Super Tenere por comparação parece uma mota do séc. XX - e na hora de comprar isso pesa, porque quem paga 17000€ certamente que não lhe fará diferença pagar mais 3 ou 4 mil e trazer uma GS completamente equipada. Apesar de eu achar que do tipo de motas "tibetanas" a Super Tenere é de longe a mais bonita!

Ditadura dos Flocos de Neve
Responder
#27

(11-01-2019 às 10:17)dmanteigas Escreveu:  Repara, eu olha para a mota que tu, o Rui e o Carlos têm e é uma mota que não me diz nadinha. Acho que é feiota (em preto ainda escapa, agora em branco... desculpa carlos  devil )

Não tenho de te desculpar de nada. A falta de bom gosto e requinte fica apenas e só para ti. E nem toda a gente tem que ter esse bom gosto e requinte. proud

(11-01-2019 às 10:17)dmanteigas Escreveu:  parece-me  a ser pesada e dificil de conduzir, pouco ágil, com uma posição de condução demasiado desportiva.

Parece-te. Está tudo dito!  pervert
Mas já que gostas tanto de reviews e do que os outros dizem, para tomar como "palavra de ordem", pesquisa sobre ela e vê uns vídeos. Depois falamos.

(11-01-2019 às 10:17)dmanteigas Escreveu:  pode ser um simples destilar ódio

Que tenho ideia que é exactamente esse o sentimento que estás a evidenciar à grande, em relação a certas motos e a certos membros. devil

(11-01-2019 às 10:17)dmanteigas Escreveu:  histórico de suspensões acho que o único local onde poderia ser um bom provedor era no Desrespeito Motard! 

"Histórico de suspensões"... agora é que falaste bem.
Será que isso tem algo que ver com o teu passado recente de "mais click... menos click"? troll

[Imagem: zX4Kq81.png]

Responder
#28

Carlos, não percebeste aquilo que quis dizer  blink

O meu ponto precisamente era que não tendo eu qualquer conhecimento acerca da tua mota, qualquer comentário que não seja relativo ao quão feia ela é (desculpa mas se gostar disso é bom gosto e requinte... fazes parte de um grupo muito pequeno da sociedade no que toca a isto tong) é completamente despropositado. Não preciso de ver videos nem ler reviews para depois vir para aqui destilar ódio com mais conhecimento, porque continuava a ser uma opinião desinformada (até porque grande parte dos reviews são "patrocinados" pelas marcas... com todo o viés daí associado, já para não falar do gosto pessoal do "reviewer").  

E eu não tenho qualquer ódio de estimação com nenhuma mota. Para mim, qualquer mota será sempre melhor que um carro (seja uma chinesa de merda ou uma Honda de luxo).

Ditadura dos Flocos de Neve
Responder
#29

(11-01-2019 às 11:57)dmanteigas Escreveu:  Não preciso de ver videos nem ler reviews para depois vir para aqui destilar ódio com mais conhecimento, porque continuava a ser uma opinião desinformada (até porque grande parte dos reviews são "patrocinados" pelas marcas... com todo o viés daí associado, já para não falar do gosto pessoal do "reviewer").  

Como diz??

Retirado do tópico ao lado:


(09-01-2019 às 16:18)dmanteigas Escreveu:  Tendo em conta que custam todos mais ou menos o mesmo e sabendo que nenhum pneu é excelente em tudo, acho que é mesmo uma questão de ir lendo os reviews (...)

rolleyes


(11-01-2019 às 11:57)dmanteigas Escreveu:  Carlos, não percebeste aquilo que quis dizer  blink

Nem ele nem eu...

lol 


(11-01-2019 às 11:39)carlos-kb Escreveu:  
(11-01-2019 às 10:17)dmanteigas Escreveu:  histórico de suspensões acho que o único local onde poderia ser um bom provedor era no Desrespeito Motard! 

"Histórico de suspensões"... agora é que falaste bem.
Será que isso tem algo que ver com o teu passado recente de "mais click... menos click"? troll

Escangalhei-me a rir... lol


Responder
#30

(11-01-2019 às 11:57)dmanteigas Escreveu:  Carlos, não percebeste aquilo que quis dizer  blink

O recurso ao termo «parece-me a ser» foi teu... não meu. blink

(11-01-2019 às 11:57)dmanteigas Escreveu:  O meu ponto precisamente era que não tendo eu qualquer conhecimento acerca da tua mota, qualquer comentário que não seja relativo ao quão feia ela é

A questão estética é como sabemos dotada de uma enorme subjectividade e relatividade, não obstante de haver coisas que unanimemente são feias. Ponto.
Ainda percebia esse teu comentário, e teria de enfiar a viola no saco, caso tu fosses dono de uma MV Agusta ou uma Ducati, por exemplo. Mas não... tens uma Tracer e uma Chinelli na garagem... e tiveste antes disso uma CBF125. Por isso ouvir-te falar de concepções de estética em relação a motos de outrém, suscita enormes dúvidas no ar. tass

(11-01-2019 às 11:57)dmanteigas Escreveu:  (desculpa mas se gostar disso é bom gosto e requinte... fazes parte de um grupo muito pequeno da sociedade no que toca a isto tong)

Felizmente sim... tenho uma das motas que queria mesmo comprar (escolhida a dedo de entre mais 2 modelos), que é rara (possivelmente 1/10 das existentes estão neste forúm... troll)... e essa relativa "exclusividade" é interessante.
Pela experiência que tenho, em 1 ano e 3 meses a andar com ela (desde que a comprei), é que a mota, goste-se ou não, desperta curiosidade e interesse, seja no mero transeunte que passa que apenas detém olhar nela, como em alguém que procura saber mais sobre "que mota é essa?".

(11-01-2019 às 11:57)dmanteigas Escreveu:  Não preciso de ver videos nem ler reviews para depois vir para aqui destilar ódio com mais conhecimento, porque continuava a ser uma opinião desinformada (até porque grande parte dos reviews são "patrocinados" pelas marcas... com todo o viés daí associado, já para não falar do gosto pessoal do "reviewer").  

Já li aqui convicções tuas com base apenas em reviews, opiniões e artigos de terceiros, acerca de tantas e tantas coisas, por isso é que disse o que disse.
Como em tudo, há sempre essa subjectividade em relação ao que de gosta ou ao que se tem mais afinidade. Terás apenas de aprender a discernir em toda essa informação, o que realmente é tendencioso ou não.

(11-01-2019 às 11:57)dmanteigas Escreveu:  ou uma Honda de luxo.

Achei curiosa esta tua catalogação.... de "Honda de luxo". O facto é que a VFR1200F apareceu com um propósito. Aliás, foi apresentada como a Honda para fazer Beemers mudarem (e no meu caso foi um facto). Seguiu as pisadas das K12/13S e é a mota que mais se aproxima delas, carregada de tecnologia, com uma qualidade de construção de topo, apresentando soluções incomuns (foi a 1ª DCT, das primeiras com embraiagem deslizante ou ride by wire, etc.). Apenas saiu tardiamente e num timing errado, quando o segmento já estava em agonia e acabou a ser morta de vez pelas restrições ambientais da Euro 4 (o mesmo aconteceu com a sua rival alemã)...
Não era uma mota, fosse pelo seu preço na altura (17 mil euros redondos / +1200 euros pela DCT), como pela sua concepção, destinada a massas. E isso ditou as vendas residuais que teve (novamente não muito diferente também da sua rival alemã). Ainda assim, foi (e é) uma mota para quem sabe o que quer e o que procura, que não se cinge às opções corriqueiras e comuns que o mercado oferece.
Claro que (naturalmente) os haters gonna hate! proud

[Imagem: zX4Kq81.png]

Responder




Utilizadores a ver este tópico: 1 Visitante(s)