Fato de chuva
#61
A verdade é que a conta do senhor intermitente também é enganosa, pois isso é a força do conjunto! blink E cada um iria dissipar parte da força equivalente à sua massa!
Responder
#62
(06-01-2017 às 18:42)dfelix Escreveu: Fora isso o que é que o calçado especifico pode acrescentar?
Impermeabilidade, menor peso, maior conforto que uma bota convencional...
E uma estética enquadrada com o contexto de ser conduzir um motociclo.

Não tão pertinente como o resto do teu post, mas:

Reforço no peito do pé, que facilita a troca de caixa;
Solas normalmente mais aderentes que calçado convencional;
Sistema de trancar os atacadores para não andarem à solta ou se desapertarem com o vento;

Responder
#63
(09-01-2017 às 23:57)vindaloo Escreveu: Reforço no peito do pé, que facilita a troca de caixa;

Pessoalmente não sinto qualquer diferença na caixa quando uso botas de motociclismo.  disapointed

A única vantagem que vejo no "reforço" é evitar que a superfície da bota fique cagada ou desgastada pelo selector.
Como aliás, está praticamente todo o meu restante calçado!   dead
Curiosamente, as botas de motociclismo são aquelas que menos me aborrece se estiverem sujas ou desgastadas no peito do pé.

(09-01-2017 às 23:57)vindaloo Escreveu: Solas normalmente mais aderentes que calçado convencional;

Só deves ter usar sapatos de "sapatinho de ir ao figo", não?  lol

[Imagem: sapato-social-masculino-de-couro-gofer-e...f-8983.jpg]

Qualquer calçado de outdoor dá 15-0 em termos de aderência à maioria das botas de motociclismo.
Tenho uns quantos pares de botas, mas as que uso mais regularmente são umas Oxtar Matrix GTX e umas Alpinestars Roam (ambas a precisar de reforma) e andar com aquilo em calçada à chuva parece que estou a andar de patins.

Péssima aderência. E no caso das Oxtar como não tem um calcanhar evidenciado escorrega em peseiras metálicas.

(09-01-2017 às 23:57)vindaloo Escreveu: Sistema de trancar os atacadores para não andarem à solta ou se desapertarem com o vento;

Incluo isso na impermeabilidade.
Nenhum calçado de atacador é impermeável se não tiver os atacadores protegidos.
E no caso das botas de motociclismo, o normal é ter um fecho lateral.

A não ser que consideres como botas de motociclismo aquelas sapatilhas mais "normais" que na realidade valem tanto quanto a maioria do calçado convencional...

[Imagem: Dainese%20Vera%20Cruz%20D1%20vs%20Merida%20D1(2).jpg]

Giros de se usar. Inúteis como equipamento de protecção.
Responder
#64
(10-01-2017 às 01:14)dfelix Escreveu: Pessoalmente não sinto qualquer diferença na caixa quando uso botas de motociclismo.  disapointed

A única vantagem que vejo no "reforço" é evitar que a superfície da bota fique cagada ou desgastada pelo selector.
Como aliás, está praticamente todo o meu restante calçado!   dead
Curiosamente, as botas de motociclismo são aquelas que menos me aborrece se estiverem sujas ou desgastadas no peito do pé.

Ou tu tens pé de hobbit:
[Imagem: hobbit_feet_rect.jpg]

Ou eu tenho pé de cinderela...

O reforço poupa o peito do pé, e é mais preciso a pôr uma mudança acima.

(10-01-2017 às 01:14)dfelix Escreveu: Só deves ter usar sapatos de "sapatinho de ir ao figo", não?  lol

Qualquer calçado de outdoor dá 15-0 em termos de aderência à maioria das botas de motociclismo.

Não é verdade blink

É uma preocupação dos fabricantes a aderência:

[Imagem: TCX-X-SQUARE-PLUS_photos_gallery.jpg]

[Imagem: TCX-Adventure-Infinity_photos_gallery.jpg]

(10-01-2017 às 01:14)dfelix Escreveu: Incluo isso na impermeabilidade.
Nenhum calçado de atacador é impermeável se não tiver os atacadores protegidos.

Também não concordo.

[Imagem: timberland-mens-timberland-boots-mens-ch...-47000.jpg]

Quando me refiro a proteger os atacadores, é... tipo ver 2 fotos acima! thumbsup 

Mesmo que se desapertem ficam dentro do velcro.

Responder
#65
(10-01-2017 às 02:26)vindaloo Escreveu: Não é verdade blink

É uma preocupação dos fabricantes a aderência:

Pelos vistos estão a descobrir que para andar de moto é preciso caminhar até ela.
E voltar a caminhar depois de parar!
bigsmile

A a realidade é que todas as que tive e que ainda tenho são uma valente merda.
E exceptuando umas Oxtar TCS Evo RX que comprei quando fiz o CNV e que depois passei a usar praticamente só para trackdays (e portanto é um modelo bastante azeitolas) todas as outras foram escolhas que pudesse usar no dia-a-dia.

Só não botas uso com mais regularidade porque... cheguei à conclusão que botas de motociclismo estão feitas pra andar de moto. Não pra andar a pé.

As minhas Alpinestars devem ir muito em breve para o lixo...
Estão a estalar na zona em que o pé dobra a caminhar e ocasionalmente entra água.
Ando a namorar umas Rev'It que por acaso até tem sola da vibram... e ainda assim a minha expectativa quanto ao serem praticas é zero.

(10-01-2017 às 02:26)vindaloo Escreveu: Também não concordo.

Essas Timberland são muito loucas e tal como as Merrell equivalentes que tenho calçado neste momento protegem-te da chuva... enquanto caminhas a pé.
Ou se inevitavelmente enfiares a pata na poça.
Já de moto com a velocidade e a levar com spray que os carros levantam... ao fim de uns quilómetros os pés já estão húmidos.

Curiosamente, tive umas Quechua que foram fantásticas...
Tinham uma capa em neoprene que tapava integralmente os atacadores e funcionava muito bem.
Mas perdi a do lado direito... e acabei por mandar a outra fora.

(10-01-2017 às 02:26)vindaloo Escreveu: Quando me refiro a proteger os atacadores, é... tipo ver 2 fotos acima! thumbsup 

Mesmo que se desapertem ficam dentro do velcro.

Sim, mas aquilo enquanto calçado de motociclismo é inútil.
Protege tanto quanto as Timberland que colocaste.
Responder
#66
E porque me sinto inspirado depois de uma viagem à chuva....

[Imagem: ibVN1KS.jpg]
Responder
  




Utilizadores a ver este tópico:
1 Visitante(s)