Corrente e transmissão
#1

Boas malta.

Vou estrear-me no tópico das ajudas.
Estive ontem a esticar a corrente à bandida, e dei com alguns problemas, e quero a vossa opinião:
- a corrente tem folga, mas só nalguns pontos. Isso fez-me desconfiar. Fui à procura do problema, e como a cremalheira parece ok, sem dentes tortos ou desgaste aparente, marquei a corrente riscando um elo ligeiramente, e a corrente estica sempre nesse ponto. Para além disso, há um barulho, como um arranhar, cada vez que ela ali passa.
-entretanto o meu pai juntou-se a mim, e ele que tem mais olho que eu para estas coisas, conclui que tenho a roda e a cremalheira empenadas. Vou lá ver, e olhando atentamente, elas de facto dançam um milímetro.

Ora, perguntas:
- terei o veio da roda torto/empenado?
- que é que posso fazer?
- as porcas de aperto do veio, devem apertar-se até me saltarem as veias na testa, ou tem alguma força de aperto específica?
- a corrente, no ponto de maior folga roça no braço oscilante. Mas ele tem lá um furo com rosca, que me faz pensar que falta ali uma borracha de protecçao. Alguém alguma vez viu tal coisa numa mota?

Obrigado desde já a todos os peritos!
Responder
#2

Pode ser só a cremalheira empenada, como é que testaste se a cremalheira tem desgaste? Um bom teste é puxares a corrente e caso apareça mais de meio dente, então está na hora de trocar.

As porcas têm sempre aperto especifico em binário, mas para apertares com a especificação terias que ter uma chave de binário.

O roçar pode ser normal, porque quando afinas a mota deves afinar deixando sempre foga (conforme o especificado no manual), pois com o peso do condutor e pendura a corrente estica mais e provavelmente ai já não roça.

Deixo-te aqui um blog onde consta um tópico interessante sobre a corrente de transmissão.
Responder
#3

Boas;
Não sei qual é a tua moto, mas a maioria tem a cremalheira assente em cepos de borracha e pode dar azo a alguma folga.
O que me quer parecer é que tens a corrente com um elo gripado e provoca um tensionamento pontual nesse elo, obrigando a cremalheira a mexer.
Responder
#4

É uma bandit 400 que cheira a queijo lol
Responder
#5

Boas;
Se é uma Bandit 400, quase de certeza que aquilo que te apercebes é a folga entre a cremalheira e a jante por causa dos tais cepos. Isso é perfeitamente normal.
Limpa a corrente, lubrifica-a bem, estica-a um pouco e pode ser que ainda consigas rolar mais uns tempos com esse kit de transmissão.

Ah, e já agora compra a protecção que te deve faltar no braço oscilante.
Responder
#6

Saphyr, como o Johny disse e bem, a roda dentada que tens no eixo traseiro, é suposto mexer e oscilar...dentro de um determinado valor... que quando os calços de borracha que tens entre a roda dentada e a jante estão gastos faz com que esta oscile em demasia.

O que podes fazer, tiras a roda e viras esses calços para que quando aceleres, as alhetas que encaixam nesses calços fiquem a tocar na outra parte que eventualmente deve estar melhor... e verifica se o conjunto se mexe menos... este é um ponto onde grande parte do pessoal descura.... nunca ligam a estes calços, que são muito importantes para que a condução seja suave e isenta de vibrações, esticões, etc.

A outra peça que te falta é o deslizador de corrente, ou guia da corrente, serve para quando em desaceleração, e devido à folga que a corrente tem de ter, esta deslize em cima deste plastico, para não danificar o braço oscilante.

para estas coisas... o Ebay é o ideal... ou então vais a um concessionário e compras isso por uns 30€.

[Imagem: SM4eYt9.png]
Responder
#7

Obrigado a todos, amanhã volto para a oficina, e depois disso venho aqui com os updates.

Cheers!
Responder
#8

(26-01-2015 às 16:51)OFFICER Escreveu:  Pode ser só a cremalheira empenada, como é que testaste se a cremalheira tem desgaste? Um bom teste é puxares a corrente e caso apareça mais de meio dente, então está na hora de trocar.

As porcas têm sempre aperto especifico em binário, mas para apertares com a especificação terias que ter uma chave de binário.

O roçar pode ser normal, porque quando afinas a mota deves afinar deixando sempre foga (conforme o especificado no manual), pois com o peso do condutor e pendura a corrente estica mais e provavelmente ai já não roça.

Deixo-te aqui um blog onde consta um tópico interessante sobre a corrente de transmissão.

Muito interessante esse blog! Obrigado pela partilha. thumbsup
Responder
#9

O blog ensina muitas coisas na manutenção que se aplica a variadas motos.

Quanto à dos calços eu também desconhecia e provavelmente a minha xj também precisa de uns, tenho que espreitar o catálogo de peças.
Responder
#10

(27-01-2015 às 10:51)OFFICER Escreveu:  O blog ensina muitas coisas na manutenção que se aplica a variadas motos.

Quanto à dos calços eu também desconhecia e provavelmente a minha xj também precisa de uns, tenho que espreitar o catálogo de peças.

Experimenta "abanar" com as mãos, a cremalheira da transmissão e ver a folga que tem.

Esses "calços" chamam-se tecnicamente sinoblocos.



Responder




Utilizadores a ver este tópico: 1 Visitante(s)