Amaciar do Motor
#11

Além dos motivos já indicados para essa "dureza" na caixa e dificuldade em encontrar o neutro, há um que convém também mencionar: o hábito.

Não é de minorar a importância de te habituares à mota, às suas caraterísticas e "manias".

Colocar em neutro antes de parar é uma boa técnica que podes adotar.
Responder
#12

Motul 7100 na próxima muda de óleo.

Rodagem na faixa adequada de rotação do motor, com trocas de caixa, travagens e acelerações com fartura, numa qualquer estrada nacional com curvas de várias tipologias.

Depois logo vês se é de ser chinelli ou se melhora.
Responder
#13

(29-06-2021 às 11:03)LoneRider Escreveu:  Pensa que uma mota nunca se deve por em ponto morto quando parada.

Nao sei se entendo esta afirmação. Então quando paras num semáforo, em vez de meteres ponto morto, ficas a apertar a embraiagem? think

Se a mota é novinha e a caixa é assim dura, nao me parece de todo algo muito normal. Mas também pode ser algo como a afinação na manete de embraiagem. Pelo que me lembro se tiveres um folga bem grande na manete de embraiagem, digo grande mesmo, tens muita mais dificuldade em meter em neutro, acho que até chega ao ponto de ser impossivel de mete-lo.

E também pode ser uma questão de habito como já disseram. Ha caixas com mais manias que outras. Mas se calhar a questão ate passa por nao saberes ir de segunda para neutro, certas caixas, é ao mais pequeno toque, mais que isso mete primeira.
Responder
#14

(29-06-2021 às 11:26)FerroH Escreveu:  
(29-06-2021 às 11:03)LoneRider Escreveu:  É uma caixa dura, não esta para te facilitar a vida....

Sim e quando assim é, fodido...
Mas as caixas duras as vezes com uma questão de jeitinho, ou seja de lhe apanhar as manhas... bigsmile

Quando digo que a caixa é dura refiro-me que sáo de engrenagem directa, náo tem sincronizadores que alinham os dentes.

(29-06-2021 às 12:29)Cristovão Santos Escreveu:  
(29-06-2021 às 11:58)FerroH Escreveu:  
(29-06-2021 às 11:23)FerroH Escreveu:  Amaciar do Motor?? bigsmile

Ok se a moto é nova, faz primeiro a rodagem... depois, pode ser que melhore um pouco mas:

Pergunta aos gajos... assim como quem não quer a coisa... que óleo está no motor?
 
(29-06-2021 às 11:33)pareias Escreveu:  Reparei no seguinte:
Óleo Yamaha: caixa parece uma lata cheia de parafusos soltos.
Óleo Repsol 100% sintético: esqueço-me que a caixa existe.

Faz grande diferença.

Por exemplo!
Era aí que eu queria chegar...
Repsol eu nunca usei mas há óleos que fazem a diferença na caixa sim senhor!

Tenho fé que com uma rodagem cuidada e dentro dos limites e com bastantes passagens de caixa isto até ao final da rodagem irá ficar muito melhor, Vamos aguardar para ver. Na primeira revisão vou ter atenção a essa questão do óleo, mas já sei que vou ter de o pagar pois se o stand oferecer vai ser "Fula" .... kkkkkk

A rodagem nada de novo vai trazer a caixa, o seu uso, com o tempo tende a agravar os problemas que ela já pode ter. Ou seja, se é dura tende a continuar a ser dura e a ganhar imprecisões, ruidos estranhos e outras coisas porque a tendencia é sempre a ganhar folgas (refiro-me a longo prazo e num uso normal).
A rodagem não serve para a transmissão da mota, esta mais orientada para o "grupo termico" da mota que para outro elemento da mesma.
Como muito, o tempo e a neste caso a rodagem, pode servir para que ganhes tacto suficiente para que a caixa pareça mais macia e menos dura. Mas aí a melhoria é tua e não da caixa de velocidades!

(29-06-2021 às 19:17)Nfilipe Escreveu:  
(29-06-2021 às 11:03)LoneRider Escreveu:  Pensa que uma mota nunca se deve por em ponto morto quando parada.

Nao sei se entendo esta afirmação. Então quando paras num semáforo, em vez de meteres ponto morto, ficas a apertar a embraiagem? think

Noventa e nove por cento das vezes que necessito de parar a mota, antes de por o pé ao chão já a mota esta em ponto morto.
Por a mota em ponto morto em andamento, imediatamente antes de parar e por o pé ao chão evita quase sempre esse problema tipico das caixas duras, cujo accionamento necessita de uma determinada força do pé, principalmente em parado. Ora se o fizeres momentos antes de parar a mota a propria inercia dos carretos te ajudam a encontrar esse ponto morto que se resiste em aparecer quando estas parado.
Já agora, aviso a tenrinhos, é mais facil fazer segunda neutro que primeira neutro....

I just don't run with the crowd!

www.loneriderendlessroad.com
Responder
#15

(29-06-2021 às 19:52)LoneRider Escreveu:  Noventa e nove por cento das vezes que necessito de parar a mota, antes de por o pé ao chão já a mota esta em ponto morto.
Por a mota em ponto morto em andamento, imediatamente antes de parar e por o pé ao chão evita quase sempre esse problema tipico das caixas duras, cujo accionamento necessita de uma determinada força do pé, principalmente em parado. Ora se o fizeres momentos antes de parar a mota a propria inercia dos carretos te ajudam a encontrar esse ponto morto que se resiste em aparecer quando estas parado.
Já agora, aviso a tenrinhos, é mais facil fazer segunda neutro que primeira neutro....
Yep, confere. Faço o mesmo.
Julgo que 99% das pessoas também o faça, por ser intuitivo e mais rápido/prático.

V
Responder
#16

(29-06-2021 às 12:29)Cristovão Santos Escreveu:  Tenho fé que com uma rodagem cuidada e dentro dos limites e com bastantes passagens de caixa isto até ao final da rodagem irá ficar muito melhor, Vamos aguardar para ver. Na primeira revisão vou ter atenção a essa questão do óleo, mas já sei que vou ter de o pagar pois se o stand oferecer vai ser "Fula" .... kkkkkk

Sim... Não te preocupes muito com isso, é bem possível que vá melhorar, eu não sei como está a tua caixa mas acredito que sim.
Mesmo em caixas ditas "duras" há sempre algumas formas de as melhorar um pouco.
E por agora, fico me por aqui, pois quem sou eu!
No entanto, quando for a primeira revisão fala com eles, é que são profissionais, concessionários da marca, fala sobre isso, queixa te... Depois diz algo. V

Live After Death...

Os Ferros...

In life, nothing happens by chance...
Responder
#17

Sempre tive motas usadas, a sdr foi a primeira mota nova que tive na vida, cheguei a pensar que tinha um problema na caixa, passados 5000km nitidamente era necessidade de uso por a mota estar nova, anda com isso e faz duas mudas de oleo, vais certamente notar a diferença, a melhoria é progressiva e nao da noite para o dia, mas nota-se

[Imagem: 3a28d74fcda810d6526bb56e69702394.jpg]
Responder
#18

Ó Cristovão... isso parece-me mais defeito teu, que da mota!

Tens pouca ou nenhuma prática e acabaste de comprar a primeira mota. É normal que te depares com pequenos obstáculos iniciais e deles, tenhas um universo de lições para ires retirando da tua máquina.
Vai andando, ganhando experiência, aumentando o calo, apurando sensibilidades, mecanizando acções e conhecendo a máquina e suas "manhas"... verás então que essas dificuldades gradualmente irão desaparecendo!
Responder
#19

Eu as vezes procuro o neutro antes de um semaforo mas outras vezes nao. Porque nem todas as situacoes que é preciso meter o neutro é devido ao vermelho do semaforo. E uma caixa que com a mota parada é mto dificil meter o neutro, é valente merda.
Mas se vires que realmente tens esse problema e te esqueceres de meter o neutro em andamento. Com a mota parada, com a embraiagem apertada, sobe lhe a rotacao que e procura o neutro, assim é bem mais facil mudar de mudança desta maneira.

Sei disto porque a xt que tive com o motor quente, por muito que tentasse nao havia neutro. As vezes nem da maneira que acabei de dizer. Mas o cesto da embraiagem, de certo ja tinha danos interiores.
Responder
#20

Um gajo vem habituado a caixas das Suzettes, depois compra uma Ducati, e nem te passa pela cabeça... Ao ponto de no dia que fui levantar a mota, ter saído da Luca Power, dei a volta ao edifício e voltei ao stand... A queixar-me de barulhos estranhos... E a resposta foi... Isso vai melhorando com o uso... Vai-se habituando... Depois nem nota... Lol...

Isso é mesmo assim... Aliás... Nem pode ser doutra forma... Sem sincronizadores...

[Imagem: SM4eYt9.png]
Responder




Utilizadores a ver este tópico: 1 Visitante(s)