Airbags no MotoGP
#1

Os fatos dos pilotos das três classes do campeonato do mundo de MotoGP terão obrigatoriamente de estar equipados com sistemas de airbag já a partir da época de 2018, anunciou hoje a organização.

"[Os sistemas] têm de ser usados em todas as sessões por todos os pilotos permanentes e têm de estar ativos em pista. Pilotos convidados são as exceções, e pilotos suplentes ficam isentos durante das duas primeiras provas em que participarem. A partir daí, os seus fatos devem cumprir as mesmas especificações", lê-se no comunicado.

A nova regulamentação determina que os airbags dever cobrir e proteger pelo menos os ombros e as clavículas, enquanto a proteção total ou da zona central das costas é opcional. Caso um fabricante opte pela proteção dorsal, esta deve abranger integralmente a coluna vertebral, sendo autorizadas pequenas variações em função de especificidades de cada sistema e da morfologia de cada piloto.

"Cada sistema de airbag tem de passar uma série de testes para demonstrar que cumpre integralmente o regulamento. Os testes vão deste a bateria à eletrónica, passando pelo tempo que demoram a ser acionados e insuflados. O acionamento acidental, parâmetro a ter em conta, não deve em caso algum impedir o piloto de controlar a mota ou causar um acidente", acrescenta o comunicado.

A organização sublinha que "esta regulamentação é um novo passo em termos de segurança, com a FIM (Federação Internacional de Motociclismo), a Associação Internacional de Equipas (IRTA) e a Dorna (detentora dos direitos comerciais do MotoGP) totalmente empenhados em tornar o MotoGP o mais seguro possível".

Com o português Miguel Oliveira a cumprir o terceiro ano em Moto2, a classe intermédia, a época arranca no Grande Prémio do Qatar, em 18 de março, e termina no Grande Prémio da Comunidade Valenciana, em 18 de novembro.

Fonte: jn.pt
Airbags no MotoGP

Isto poderá significar, a médio prazo, que poderemos vir a ter estas tecnologias melhoradas e mais acessíveis ao comum utilizador, uma vez que o que existe no mercado é bastante caro.
Responder
#2

Já agora por curiosidade fui ao site da Motocard ver a disparidade actual do airbag para um casaco de dia-a-dia:


Sem airbag - DAINESE D-CYCLONE GORE-TEX BLACK / WHITE JACKET - 720€

Com airbag - DAINESE CYCLONE D-AIR GORE-TEX BLACK / WHITE JACKET - 1800€


Mais do dobro...
Responder
#3

Pode ser um bom passo quer na segurança dos pilotos quer na evolução como referes e consequente generalização no mercado. A ver como corre.

As minhas máquinas (e ex):
Kawasaki Versys 1000 / KTM 1290 Super Duke GT
Yamaha FZS 600 Fazer

[Imagem: censorship2.jpg]

Responder
#4

(12-01-2018 às 12:09)mr_trecolareco Escreveu:  Já agora por curiosidade fui ao site da Motocard ver a disparidade actual do airbag para um casaco de dia-a-dia:


Sem airbag - DAINESE D-CYCLONE GORE-TEX BLACK / WHITE JACKET - 720€

Com airbag - DAINESE CYCLONE D-AIR GORE-TEX BLACK / WHITE JACKET - 1800€


Mais do dobro...

À medida que se for massificando vai-se tornando mais barato, presumo eu.
Há uns anos o ACP vendia capacetes, casacos e coletes com airbag, mas nunca vi ninguém a mostrar interesse neles.
Responder
#5

Basta aparecer uns qtos no bmw motorrad club com isso e BOOOOOOMMMMM vendem-se tão bem como os shubert amarelos devil
Responder
#6

(12-01-2018 às 12:52)mr_trecolareco Escreveu:  Basta aparecer uns qtos no bmw motorrad club com isso e BOOOOOOMMMMM vendem-se tão bem como os shubert amarelos  devil

Mas aí ficaria estigmatizado que só os Motorraders é que iriam utilizar.
A Ducati também tem uma ligação com uma marca de equipamento, em que existe uma conexão com o sistema airbag. Penso que o modelo é a Multistrada.

Após pesquisa dei com isto: D-air
Responder
#7

(12-01-2018 às 12:11)michelfpinto Escreveu:  Pode ser um bom passo quer na segurança dos pilotos quer na evolução como referes e consequente generalização no mercado.

Desde que não sejam Takata. proud

Era chato um gajo ter de levar o fato para fazer um recall! lol

[Imagem: zX4Kq81.png]

Responder
#8

(12-01-2018 às 12:59)carlos-kb Escreveu:  
(12-01-2018 às 12:11)michelfpinto Escreveu:  Pode ser um bom passo quer na segurança dos pilotos quer na evolução como referes e consequente generalização no mercado.

Desde que não sejam Takata.  proud  

Era chato um gajo ter de levar o fato para fazer um recall! lol

Até porque, se não estou em erro, a Takata abriu inadvertidamente (tal como os seus airbags) falência.
Responder
#9

(12-01-2018 às 12:56)Rod Escreveu:  
(12-01-2018 às 12:52)mr_trecolareco Escreveu:  Basta aparecer uns qtos no bmw motorrad club com isso e BOOOOOOMMMMM vendem-se tão bem como os shubert amarelos  devil

Mas aí ficaria estigmatizado que só os Motorraders é que iriam utilizar.
A Ducati também tem uma ligação com uma marca de equipamento, em que existe uma conexão com o sistema airbag. Penso que o modelo é a Multistrada.

Após pesquisa dei com isto: D-air

O material bom vende-se sempre, por exemplo a Arai continua a despachar capacetes a 600€ sem grandes problemas, mas claro que não é para todos.

Mas no mercado capitalista nem tudo tem de ser para as massas e este equipamento vai sempre exigir uma fabricação complexa extra que enquanto puderem não vão desvalorizar.

Para já fica para a competição e depois logo vamos ver...quando na realidade ainda nem todos andam de luvas e botas e muitos casacos nem protecção de coluna têm ainda há um longo caminho a percorrer.
Responder
#10

Uma boa marca para liderar este mercado no "seio" motociclistico era a Triumph...

... pelo menos já está habituados a lidar com "airbags"!

lol
Responder




Utilizadores a ver este tópico: 1 Visitante(s)