Uma venda é sempre difícil!
#11

Sempre vendi para ficar com outra...e foi sempre para melhor...mas também houve muita dedicação àquelas motas...

Ex Suzuki GS500
Ex Yamaha YZF600R - Thundercat
Ex Yamaha R1
Suzuki GSX-R 750
Responder
#12

Quando entreguei a minha Daytona, Passei umas horas mal... :/ mas estava farto de gastar dinheiro nela, teve que ser...

...
Responder
#13

Isto da ligação sentimental à moto, passa muito também pelo que se fez com ela, aonde se foi, etc... por muito que se mude para outra (até provavelmente melhor), aquela que tanto tempo ficou connosco... bate uma certa nostalgia.

No caso que indiquei acima, foi (como calculam), a CB500. Primeiro, por ter sido a moto que tive durante mais tempo (9 anos).... depois pelos kms que fiz nela, as férias, as viagens, certos momentos que ficam para sempre, etc.... era quase uma (fiel) companheira.
Aliás, ela tinha sido comprada uns meses antes de começar a namorar com a minha actual mulher (1998).... e connosco ficou até 2007.

No dia em que foi vendida e que a vieram buscar, no momento em que a estavam a subir para cima do reboque, bateu um certo sentimento, quer comigo, quer com a minha mulher. Eu ainda, me fiz de "durão", para não parecer lamechas... mas a minha mulher largou assumidamente uma lágrimazita. smile
Não foi pelo que a moto valia ou deixava de valer... ou pelo facto de saber que outra se seguiria (pouco tempo depois fiquei com a CBR600F que era do meu irmão)... mas pelo que aquela moto significou num determinado período e circunstâncias da nossa vida, e pelo que com ela passámos.

[Imagem: zX4Kq81.png]

Responder
#14

Quando deixei a Fazer tirei uma fotografia com as duas. Uma a ficava e vinha a outra, novinha em folha. Mas sim, fica sempre uma certa "pena" de não dar para ficar com ela também.

As minhas máquinas (e ex):
Kawasaki Versys 1000 / KTM 1290 Super Duke GT
Yamaha FZS 600 Fazer

[Imagem: censorship2.jpg]

Responder
#15

confused
Tenho uma la em casa que em tanto valor sentimental que....
confused

I just don't run with the crowd!

www.loneriderendlessroad.com
Responder
#16

Eu bem quero vender a CB500...mas depois olho para ela e dá me pena de a ver ir embora...mas um dia tem de ser.

[Imagem: 7STkQ4B.jpg]
Responder
#17

(18-04-2016 às 13:00)michelfpinto Escreveu:  Quando deixei a Fazer tirei uma fotografia com as duas. Uma a ficava e vinha a outra, novinha em folha. Mas sim, fica sempre uma certa "pena" de não dar para ficar com ela também.

Também tenho uma com as 2...mas veio do tempo em que a outra ainda não era minha lol

Ex Suzuki GS500
Ex Yamaha YZF600R - Thundercat
Ex Yamaha R1
Suzuki GSX-R 750
Responder
#18

Quando troquei as duas que tinha pela MT, também me custou uma beca. Mas a 125 custou-me a mim, e aos meus pais, porque tinha sido uma prenda deles os dois. Ainda sinto falta, porque eram segmentos diferentes, mas não me arrependo nada da troca que fiz, e sei que a minha wr anda aqui na minha zona

Your opinion?! Shit i don't give a fuck
Responder




Utilizadores a ver este tópico: 1 Visitante(s)