SUZUKI KATANA

Liquid Fire, esses conceitos são tão simples que permitem a um qualquer leigo olhar as as dimensões de uma mota e opinar cheio de confiança acerca do quão desiquilibrada a geometria da mota é smile portanto até devem ser relativamente simples.

Eu pessoalmente nem olho a esses pormenores técnicas. Apesar de ter formação em ciências exatas e umas ideias muiiiiitttooo vagas de física olho para isso é para mim não passa de chinês. Aliás, o meu irmão está no 5o ano de engenharia mecânica e ele próprio percebe o básico disto, porque só quem se especializa na área adquire conhecimento técnico suficiente para 1o compreender e 2o opinar criticamente.

Ditadura dos Flocos de Neve
Responder

(27-01-2019 às 21:27)dmanteigas Escreveu:  Liquid Fire, esses conceitos são tão simples que permitem a um qualquer leigo olhar as as dimensões de uma mota e opinar cheio de confiança acerca do quão desiquilibrada a geometria da mota é smile portanto até devem ser relativamente simples.

Eu pessoalmente nem olho a esses pormenores técnicas. Apesar de ter formação em ciências exatas e umas ideias muiiiiitttooo vagas de física olho para isso é para mim não passa de chinês. Aliás, o meu irmão está no 5o ano de engenharia mecânica e ele próprio percebe o básico disto, porque só quem se especializa na área adquire conhecimento técnico suficiente para 1o compreender e 2o opinar criticamente.
Corrige-me se estou enganado, mas engª mecânica mal tem a ver com motas? lol
É mais dinâmica de fluidos e assim?
Responder

(27-01-2019 às 21:45)pedromt07 Escreveu:  
(27-01-2019 às 21:27)dmanteigas Escreveu:  Liquid Fire, esses conceitos são tão simples que permitem a um qualquer leigo olhar as as dimensões de uma mota e opinar cheio de confiança acerca do quão desiquilibrada a geometria da mota é smile portanto até devem ser relativamente simples.

Eu pessoalmente nem olho a esses pormenores técnicas. Apesar de ter formação em ciências exatas e umas ideias muiiiiitttooo vagas de física olho para isso é para mim não passa de chinês. Aliás, o meu irmão está no 5o ano de engenharia mecânica e ele próprio percebe o básico disto, porque só quem se especializa na área adquire conhecimento técnico suficiente para 1o compreender e 2o opinar criticamente.
Corrige-me se estou enganado, mas engª mecânica mal tem a ver com motas? lol
É mais dinâmica de fluidos e assim?

Depende do que te especializares. Tens os 3 primeiros anos que são muito semelhantes a quase todas as engenharias com as físicas (aos pontapés), cálculo, álgebra, cadeiras de mecânica mais gerais. Só a partir do 3o ano e principalmente no 4 e 5 é que se especializam mais em mecânica propriamente dita e dentro disso têm várias opções (mecânica automóvel pura e dura, robótica, programação industrial, e todo um rol de coisas que não faço ideia). Mas do que vou percebendo, também varia de universidade para universidade. Tu és engenheiro de quê?

Ditadura dos Flocos de Neve
Responder

(27-01-2019 às 21:57)dmanteigas Escreveu:  
(27-01-2019 às 21:45)pedromt07 Escreveu:  
(27-01-2019 às 21:27)dmanteigas Escreveu:  Liquid Fire, esses conceitos são tão simples que permitem a um qualquer leigo olhar as as dimensões de uma mota e opinar cheio de confiança acerca do quão desiquilibrada a geometria da mota é smile portanto até devem ser relativamente simples.

Eu pessoalmente nem olho a esses pormenores técnicas. Apesar de ter formação em ciências exatas e umas ideias muiiiiitttooo vagas de física olho para isso é para mim não passa de chinês. Aliás, o meu irmão está no 5o ano de engenharia mecânica e ele próprio percebe o básico disto, porque só quem se especializa na área adquire conhecimento técnico suficiente para 1o compreender e 2o opinar criticamente.
Corrige-me se estou enganado, mas engª mecânica mal tem a ver com motas? lol
É mais dinâmica de fluidos e assim?

Depende do que te especializares. Tens os 3 primeiros anos que são muito semelhantes a quase todas as engenharias com as físicas (aos pontapés), cálculo, álgebra, cadeiras de mecânica mais gerais. Só a partir do 3o ano e principalmente no 4 e 5 é que se especializam mais em mecânica propriamente dita e dentro disso têm várias opções (mecânica automóvel pura e dura, robótica, programação industrial, e todo um rol de coisas que não faço ideia). Mas do que vou percebendo, também varia de universidade para universidade. Tu és engenheiro de quê?

Das obras feitas. lol

As minhas máquinas (e ex):
Kawasaki Versys 1000 / KTM 1290 Super Duke GT
Yamaha FZS 600 Fazer

[Imagem: censorship2.jpg]

Responder

Esta cena dos doutores e engenheiros parece um bocadinho datada... mas pronto.

Responder

Existe quem tenha lutado para acabar com essa visão de pequenês, mas infelizmente ainda existem muitos que a querem bem viva...

Se os títulos fizessem algo sozinhos este país era o melhor do mundo...

As minhas máquinas (e ex):
Kawasaki Versys 1000 / KTM 1290 Super Duke GT
Yamaha FZS 600 Fazer

[Imagem: censorship2.jpg]

Responder

Essa merda comigo não funcionava, se o senhor engenheiro, o senhor arquiteto ou o senhor doutor quiserem pagar estão à vontade lol

Eu não acredito que seja cultural mas sim geracional. Para todos os efeitos, Portugal era e é um país subdesenvolvido e é preciso ver que há 20/30 anos atrás eram muito poucos os que tinham formação superior. Hoje em dia qualquer marreco tira uma licenciatura e tomara ele que ao fim de 2 ou 3 anos já não esteja a servir cafés e a receber 700€/mês quanto mais que o tratem por doutor, engenheiro ou arquiteto...

Ditadura dos Flocos de Neve
Responder

(27-01-2019 às 20:17)pedromt07 Escreveu:  
(27-01-2019 às 18:56)pareias Escreveu:  
(27-01-2019 às 18:43)pedromt07 Escreveu:  Isso acontece quando não existe um força inicial aplicada (e mantida sempre) na mola. Isso muda o efeito de "ressonância" da mola. Por isso, sistema livre nunca é aplicada em motas, porque existe sempre pré-carga (de ajuste) e "pré-carga" do peso do condutor e etc.
O pessoal do IST que faz investigação disto nem é engenheiro quase. Areias o teu amigo do IST trabalhou no quê em motas, no motostudent? Dado que é o único programa de motas no técnico.. (eu sou/fui de lá)  


Há investigação na área, mas não vamos falar de nomes: https://www.springer.com/gp/book/9781402033926 . Não são "amigos" nem "pós-docs", são séniores.

Já agora, no caso particular já referi os integradores de Lie, que são utilizados na prática.  

Mal vi "computacional" caguei.
Mas já agora clarifica onde a teoria de Lie é implementada em motas
Liquid não digo que seja simples, sou Engº mas essa area está longe da que me especializei, mas qualquer engenheiro tem umas noções de física que são "básicas", mas longe de ser matéria para 12º ano.
O que disse e digo é que um mola num sistema livre é muito diferente das molas em motas, agora como elas funcionam em conjunto com todo o sistema da mota não sei dizer. Sei apenas como funciona uma mola simples. smiletroll
Essa foto parece ser apenas uns pontos/eixos de coordenadas, mas pela quantidade imagino as equações lol  


Vou responder apesar da tua linguagem impertinente a proclamar "caguei" para um livro de um professor (merecidíssimo catedrático do IST) que trabalha no tema há décadas.

Há muitos trabalhos com integradores de Lie aplicados a veículos, aqui vai um:
https://dl.acm.org/citation.cfm?id=1516527

Queres mais, procura no Web of Science ou no Google.
Responder

(27-01-2019 às 22:50)michelfpinto Escreveu:  Existe quem tenha lutado para acabar com essa visão de pequenês, mas infelizmente ainda existem muitos que a querem bem viva...

Se os títulos fizessem algo sozinhos este país era o melhor do mundo...

Absolutamente de acordo! Aliás por isso é que devemos conversar sobre ideias e conceitos!

Todos temos voto na matéria!

Agora há quem mereça! Conheço muitos que merecem o título.
Responder

(27-01-2019 às 15:59)Johnny_1056 Escreveu:  Tendo grande consideração pelas duas instituições acima referidas, fiquei francamente decepcionado com o contributo de forma institucional dum representante do IST num assunto bastante delicado relacionado com motos...

Referes-te aquele estudo sobre acidentes que há muitos anos atrás levou um responsável a inscrever-se no antigo motonline, mas que depois de confrontado com algumas observações que sugeriam que os resultados eram encomendados... abandonou o espaço revoltado e tentou meter um dos membros (penso que o japh) em tribunal?
smile

Muito provavelmente o que escrevi foi gerado automágicamente através do Moto Lero
Responder




Utilizadores a ver este tópico: 1 Visitante(s)