Que moto queres hoje ?
#41

(22-05-2017 às 11:34)LoneRider Escreveu:  
(22-05-2017 às 09:26)joao.pretopaulo Escreveu:  
(21-05-2017 às 16:31)LoneRider Escreveu:  Salvo que tenhas uma limitação fisica muito grande/grave, experimenta uma qque possas comprar/ter/andar.
Nem tudo o que luz é ouro....
Quando era puto sonhava com a CBR1000F e despois de passados 20 anos, continuo sem a CBR, mas essa foi a energia qque me levou (em parte) a percorrer o caminho que percorri. E posso-te garantir uma coisa. A maior parte do tempo considerei-me muito feliz! blink


Infelizmente é mais ou menos isso: limitação física, embora temporária, espero eu.

Tenho uma cervicalgia provocada por uma hérnia cervical e estou neste momento a fazer fisioterapia a ver se evito ter de fazer uma cirurgia.

O ano passado, faz no final deste mês 1 ano, troquei a minha primeira , uma NC750X, por uma GS1200, e parece que quando uma pessoa é mais feliz e sente o seu sonho realizado algo tem de estragar a nossa felicidade.


Enviado do meu iPhone usando o Tapatalk

Haverá uns quantos por aqui a esfregar as mãos de contente... troll

Tem entendido que eu ódio o pessoal que anda de tanqueta e se a tanqueta for uma ventoinha, pior ainda.
E sabes que mais?
Eles têm razão! devil

Mas não te preocupes, os meus ódios são apenas para o pessoal se rir um bocadinho.
Assim que, se algum dia leres que a tua mota não vale nadinha, deita fumo pelo escape e tem como amante os mecânicos, podes ter a certeza que eu tenho razão, mas não leves a mal, é tudo na brincadeira. blink
É que a brincar, a brincar.... troll

Agora a sério.
Espero que entendas que, para pessoal como eu, que tem um passado cheio de máquinas que nos fizeram viver o céu e o inferno, que conhecemos bué de pessoas e vivemos tantas experiências pelo caminho, resulta um quanto snob as ascensões meteoriticas ao sonhos de toda uma vida e tal....
Ainda para mais porque tenho sérias dúvidas de que tenhas pensada uma utilização de acordo com aquilo a que essa mota se propõe.
E isto é só o meu ponto de vista, que não te conheço e posso estar completamente enganado. Mesmo assim, podes ter a certeza que, aconteça o que acontecer, estando tu na minha companhia, jamais te abandonaria à tua sorte.
Pergunta lá ao Feiteira se é verdade ou mentira?

Desejo-te, para já, que te cuides e que trates das tuas cervicais, e uma vez que não podes andar de mota, vai participando no fórum com a tua experiência ou deixando dúvidas para que o pessoal te possa chamar tenrinho e tal! thumbsup


Deixa ver se percebo.

Tu que tens um passado cheio de máquinas que te levaram ao céu tens um direito diferente do meu de chegar à moto de sonho? Quem disse que não ter tido motas antes não foi uma questão de opção, e que tenho aptidão para poder ter uma GS1200 antes de ter passado de outras tantas máquinas? Só para não ter de ouvir dizer que fiz ascensão meteórica?

Faz lembrar quando era puto e o pessoal da minha rua deixava de estudar para começar a trabalhar para poder comprar carro (normalmente usados já velhinhos) e eu preferi manter um rumo que me permitiria no futuro ambicionar algo mais.
Se fosse comprar o meu primeiro carro também teria de começar primeiro por um Fiat Punto (não desfazendo) antes de ter um carro que melhor se adequasse às minhas necessidades?

Grande lógica.

Folgo ao menos em saber que algo me acontecesse ao teu lado não me abandonavas à minha sorte. Nem tudo está perdido, e ainda me faz ter alguma esperança no meu semelhante smile



Enviado do meu iPhone usando o Tapatalk
Responder
#42

Não percebeste nada... está visto...

[Imagem: SM4eYt9.png]
Responder
#43

Não percebeste, mas não é culpa tua, visto que estás pouco "enturmado" aqui com o nosso cantinho. blink

Lê mais uns tópicos que vais perceber melhor do que se trata.
Responder
#44

É da igual as vezes que lhe tentes explicar....
Nunca vai entender....

I just don't run with the crowd!

www.loneriderendlessroad.com
Responder
#45

Então peço desculpa. Acho que entretanto percebi mas custa-me entender que exista pessoal como o LoneRider estava a descrever.


Enviado do meu iPhone usando o Tapatalk
Responder
#46

(22-05-2017 às 15:01)joao.pretopaulo Escreveu:  Então peço desculpa. Acho que entretanto percebi mas custa-me entender que exista pessoal como o LoneRider estava a descrever.


Enviado do meu iPhone usando o Tapatalk

Nunca ouviste dizer "De Espanha nem bons ventos nem bons..."??
Responder
#47

Existe existe!

E mais do que pensas.

Eu conheço um Motard pela sua atitude e não pela sua mota.
Existe aqui pessoal que nunca precisou de ter mota para ser Motard.

Tu ascendeste assim porque escolheste esse caminho e é perfeitamente respeitável.
Mas nunca saberás como é o cheiro do TTS ou a textura de um cilindro depois de agarrar. Nunca vais ter que te desenmerdar com uma aranha podre e partida para amarrar a mochila de Viagem, nem detectar quando o teu depósito está a fazer vácuo, ou fazer centenas de km com um furo na roda traseira.
Jamais vais utilizar uma Molin para anular uma bomba de combustível fodida ou mandar umas marteladas higiénicas num motor de arranque.
Isso não vai acontecer porque o dinheiro pode comprar tudo.
E um dia passas por um companheiro enrascado e não paras porque pensas que te vão pedir dinheiro em vez de uma lâmpada ou um fuzivel.

É isso que falta por aí...
Espírito, entreajuda, solidariedade, companheirismo.

I just don't run with the crowd!

www.loneriderendlessroad.com
Responder
#48

Amigo Rui, estas decididamente descontemplado pela graça divina...

Todos vemos que o cliché NC-GS esta la, neste caso sem a habitual PCX, mas todos temos direito a escolha das nossas motas e concordo que a experiência de uns nao tem obrigatoriamente de seguir as dos outros.

Dessa forma... era simples. Bastava escrever um livro ou um guiao com vários capítulos, e ate podíamos discutir em que 'nivel' cada um estava... e sabíamos exactamente o que viria a seguir. Ate soa mal a escrever.... confused

Nao nos cumpre fazer juizos de valor, sem conhecermos a pessoa.

Um dia que nos cruzemos seja na estrada, seja a uma mesa, seja numa bomba gasolina etc... ai sim, podemos carregar! devil 

joao.pretopaulo, desfruta da tua mota, aproveita pois e uma excelente maquina e nao ligues aqui ao veneno dos jarretas...  cool

[url=http://motonliners.pt/membro-joao-pretopaulo][/url]


Responder
#49

Voltando ao tópico, hoje apetecia-me esta, talvez alguns não a conheçam ou a história que trás por trás da sua aparição:

Yamaha R7

[Imagem: MqTmR7B.jpg]

[Imagem: qnheTja.png]
Responder
#50

Embora me considere um tipo com boa capacidade de desenrasque no que se trata de coisas mecânicas sem dúvida falta-me muita experiência e conhecimento em lidar com as situações que relataste.

Se tivesse espaço na garagem adorava ter umas motas antigas independentemente dos problemas que pudessem dar.

Mas como disse em "discussões" com companheiros de 2 rodas, quando se usa a mota como meio de transporte não nos podemos dar ao luxo de ter motas com muita personalidade e que por exemplo só peguem quando querem, ou com outros problemas que nos deixem enrascados a meio caminho.



Enviado do meu iPhone usando o Tapatalk
Responder




Utilizadores a ver este tópico: 1 Visitante(s)