Quais Pneus??

Yep! 120 preço final, com montagem e calibragem.... E ainda incluiria válvula, caso eu quisesse!


Mas não quero!!! lol

[Imagem: zX4Kq81.png]

Responder

Vasil é em Marinhais?

[Imagem: images?q=tbn%3AANd9GcT4XLIkYtQDw11iDiKFM...g&usqp=CAU]


Responder

(12-04-2017 às 16:54)hjjs Escreveu:  Vasil é em Marinhais?

Não só... mas também! A sede e um dos centros de montagem é em Marinhais. O outro centro de montagem é em Benavente. Se bem que motas, é recomendável irem a Marinhais.

[Imagem: zX4Kq81.png]

Responder

Vou pedir la preços. Tenho de ir almoçar um dia destes na zona de santarém e na volta ainda la passo.

[Imagem: images?q=tbn%3AANd9GcT4XLIkYtQDw11iDiKFM...g&usqp=CAU]


Responder

Sempre comprei e montei lá pneus, desde há mais de 20 anos, nos meus carros e motas. Em loja física, a nível nacional, nunca encontrei local com preços mais em conta. E o serviço é 5 estrelas.

A diferença muitas das vezes entre os sites de referência de venda on-line e a Vasil, é ínfima... e por vezes eles conseguem mesmo preços melhores (que já incluem a respectiva montagem e calibragem), e com a vantagem de te poderem aconselhar, veres antes o que haja em stock ou encomendares, etc.

Claro que nem para todos está "ali à mão" (de Lisboa a Marinhais ainda são uns 60 kms). É ver se a diferença de preço compensa a deslocação.

[Imagem: zX4Kq81.png]

Responder

Se estivesse nas beiras, há lá um gajo em Viseu que é imbativel em preços, a nivel nacional.

Mas está mto fora de mão  lol

[Imagem: images?q=tbn%3AANd9GcT4XLIkYtQDw11iDiKFM...g&usqp=CAU]


Responder

(09-05-2017 às 23:58)vindaloo Escreveu:  Eu vou a Marinhais trocar pneus
Queria ver se chegava sem goma a casa... shy
(e sem galinhas)

Se alguem quiser um pr4 traseiro 180/55 a 1/3 rasto (2500km +/-) apareca tambem lol que eu ofereco o pneu a troco de um deposito proud

Aproveitando o "ligeiro" off-topic que por aqui vai...  shy

Em poucos dias apanhei 2 cagaços à conta do pneu traseiro. Um T-30 EVO que ainda tem algum rasto embora mesmo no centro já comece a mostrar os avisadores. rolleyes

O primeiro susto, num arranque com zig-zag por entre 2 enlatados, ainda atribuo ao piso com aspecto algo vidrado e morno, a atirar para o quente, da Av. Luisa Todi, em Setúbal, no final da tarde do passado Domingo.

O segundo, que esse sim deu direito a troca de fraldas e garrafa de oxigénio, foi ontem logo após uma valente molha que apanhei quando vinha a subir o Monsanto.  dead

Piso de alcatrão razoavelmente abrasivo embora molhado "de fresco". A meio da subida enrolo punho e sinto a traseira a fugir pelo menos uns 10 cm para a direita. Não sei bem como mas lá consegui cortar gás imediatamente e a "sapatada" passa-se para o lado esquerdo com, mais ou menos a mesma amplitude da inicial. Quando eu já ditava mentalmente o meu testamento para a posteridade e a traseira me continuava para ali aos pulos com a mota toda a tremer que nem varas verdes eis que a instabilidade começa a amainar. Mais uns abanões "de réplica" embora de menor amplitude e lá consegui, por fim, voltar a respirar sem ter testado "in loco" a dureza do alcatrão.  wtf  shy  dead

Tendo em conta que houve definitivamente algum abuso da minha parte nestas 2 situações perante as condições do piso a pergunta que deixo é a seguinte:

É possível um pneu ainda com algum rasto, embora já não muito, estar "no fim"? Ou deverei atribuir estes 2 cagaços exclusivamente aos meus "abusos" perante as condições do piso, bem longe das ideais?

[Imagem: wrong-bike.jpg]
Responder

Só para meter mais achas à fogueira, eu não vi a croata, mas comi o pão de canela...ele existe e é muito bom.

Quanto aos pneus, Zé, faltou mencionares que deste uns toques na suspensão traseira. Como te disse, colocava nas configurações anteriores e experimentava novamente.
Responder

Noobie, não acredito na tua noobice.

Tenho por experiência que certos pneus a determinado momento da vida ainda com rasto perdem as características da noite para o dia.

Na minha suposição, pode ser alteraçao propriedades quimicas (temperatura) ou deformação mesmo que não aparente.

A minha mota por ex está literalmente inguiável por deformação no pneu da frente, que joga demasiado mal com o pneu de tras.

Nestas coisas... por muito que custe, prefiro deitar dinheiro à rua e fazer um 'reset' à borracha


Responder

(10-05-2017 às 09:14)Rod Escreveu:  Quanto aos pneus, Zé,  faltou mencionares que deste uns toques na suspensão traseira. Como te disse, colocava nas configurações anteriores e experimentava novamente.

Como te disse ontem, após essa tua dica sobre a suspensão liguei de imediato ao mecânico que me garantiu que essas alterações nada têm a ver com o assunto. E vindo esta garantia de quem vem, e para mais com o ênfase com que foi dada, só me resta acreditar.

(10-05-2017 às 09:17)vindaloo Escreveu:  Noobie, não acredito na tua noobice.

E no entanto ela é, infelizmente, real. E manifesta-se muito mais vezes do que o "recomendado". Não fosse o meu anjo da guarda andar a fazer horas extra de à uns anos para cá e já teria mais umas quantas cicatrizes para o atestar.

(10-05-2017 às 09:17)vindaloo Escreveu:  Tenho por experiência que certos pneus a determinado momento da vida ainda com rasto perdem as características da noite para o dia.

Na minha suposição, pode ser alteraçao propriedades quimicas (temperatura) ou deformação mesmo que não aparente.

A minha mota por ex está literalmente inguiável por deformação no pneu da frente, que joga demasiado mal com o pneu de tras.

Nestas coisas... por muito que custe, prefiro deitar dinheiro à rua e fazer um 'reset' à borracha

Realmente já ali anda alguma deformação embora não visível a olhómetro. Porque a mota já precisa de muito mais "ajuda" e algumas correcções intermédias para rolar as curvas o que contraria totalmente a tendência natural dela de curvar praticamente só com o pensamento. Tal como acontece de cada vez que é brindada com um par de pneus novos.

Obrigado aos 2  thumbsup

Off.topic out

[Imagem: wrong-bike.jpg]
Responder




Utilizadores a ver este tópico: 1 Visitante(s)