Petição pela inclusão de dístico identificador de País nas matrículas de motociclos
#31

Eu não discordo de quem diz que as matriculas já são grandes demais e até acredito que se os nosso "queridos legisladores" mudassem alguma coisa fizessem (como muitas vezes fazem) "m*rda" e complicassem.

Mas lá está isso é porque cá tudo tem a mania de complicar. Digam-me lá quão difícil era sair uma coisa do tipo: motas a partir da data x já virem com o "P azul" no cantinho (como os carros) sem aumentar nada (que ele cabe lá perfeitamente, até cabiam dois um de cada lado).

Que nas matriculas anteriores, quem quisesse poderia manter inalterado (como os carros, que ainda os há com matriculas pretas e letras brancas que é coisa do tempo da pedra), quem fosse além fronteiras poderia livremente comprar uma nova do modelo novo (oficial), ou em alternativa comprar um pequeno autocolante azul e colar num cantinho (como na "montagem" do carlos) sem ter de andar ilegal cá.
Qual é a dificuldade disto?

Eu ainda só passei a fronteira 1 vez em viagem, mas digo que só não passei mais quando andava lá perto, precisamente para não andar a colar um P. Quando fui, imprimi um homemade e depois tirei-o.
Algumas das motas que foram comigo tinham, outras não (ninguém foi multado ou mandado parar, alias nem me lembro de ver policia na estrada durante os 3 dias).
Outra coisa chata do P oval (principalmente para pôr e tirar) é que aquilo não é assim tão facil de encontrar e ainda são caros (tenho ai dois que vieram da Europa de leste lol ), para mandar fazer só compensa com "group-buy".
Para estas pessoas um autocolantezinho azul em vinil para colar na matricula num cantinho e poder andar por cá sem problemas era muito bem vindo e não era preciso complicar mais.

Blog com fotos de passeios de mota em: http://naosougajodefazerblogs.blogspot.pt/
Cumprimentos "V"!
--Cláudio A. B. Silva--
Responder
#32

(20-04-2015 às 12:08)Cloud Escreveu:  Sério? Portanto porque tu não queres parecer 'carro de emigrante', achas mais simples alterar uma lei inteira e obrigar os restantes 90% dos motociclistas a alterarem a sua matrícula? Não me parece muito lógico, mas é a minha opinião.

Há aqui qualquer coisa que te deve estar a escapar.... senão vejamos:

1º - Eu não sou autor da petição, apenas concordo com ela.
2º - Não sou eu que quero alterar a lei a meu belo prazer e vontade. Existe uma coisa que se chama "uniformização" de matrículas no espaço da UE,  regida por uma normativa, e que Portugal cumpre apenas em parte, no caso dos automóveis, e deixando que exista uma incongruência no que se refere às chapas para os motociclos. E por esse incumprimento da nossa lei, leva a que muitos motociclistas acabem multados "lá fora".
3º - O que se propõe é uma simples medida, para cumprir essa uniformização, de modo a que o português motociclista não tenha de andar a "desenrascar" com autocolantes quando queira sair além fronteiras.
4º -  As matrículas a partir de certa data (caso fosse alterada a lei respectiva), incluiriam o P, tal como acontece nos automóveis. Quem quisesse continuar com a matrícula actual, continuaria, e se quisesse optar pela solução do dístico autocolante ou pelas novas matrículas com P, também o poderia fazer.
5º - E agora referente ao meu caso, o único local aonde poderia meter o P é nas malas (e mesmo assim é díficil pois a mala é arredondada). Mas nenhum de nós é obrigado a comprar ou a usar malas, ou top cases ou outras superficies aonde porverntura desse para colar o dístico autocolante.
6º - Por fim, queres que faça um desenho de modo à coisa ser entendível? Já fiz.... aquela fotomontagem que elaborei com a minha moto é elucidativa, a meu ver.


(20-04-2015 às 12:08)Cloud Escreveu:  E honestamente acho que fica bem pior o P e o amarelo que eventualmente fica sem cor por causa do Sol na matrícula, do que o P casual em qualquer sítio da moto durante um tempo limitado.

(E agora vou meter o "Cloud mode")
E achas porque fica bem pior, e o sol pode "comer" a cor do amarelo (mas aonde é que se falou aqui ou na petição em faixa amarela, que acaba até por ser um "preciosismo"(*) de Portugal e de poucos mais) de ter o ano e mês de matrícula), é motivo para Portugal não cumprir com a uniformização fixada pela UE?
E o "P casual" (parafraseando-te), durante um tempo limitado, só o poderás meter caso tenhas espaço para ele, right (o que já se provou ser inviável nas motos actuais, desde que não estejam "emaladas")? E não é "em qualquer sítio" (como referes), tem que ser mesmo na traseira, de forma visível e com as dimensões regulamentares!

(*) Ninguém é multado lá fora por não ter a faixa amarela com a data de matrícula.... São-no por falta da indicação do país de origem.
É isso que se está a tentar colmatar, de modo fácil, geral, tal como acontece com os automóveis. Ou vocês também se chateiam por os vossos carros terem a faixa azul com as estrelas da UE e o P?

[Imagem: zX4Kq81.png]

Responder
#33

(20-04-2015 às 10:39)carlos-kb Escreveu:  
(20-04-2015 às 10:34)quatropiscas Escreveu:  Tu tens uma solução: voltas a pôr o fiel amigo, mas já com um "P".  tong E logo na tua, que fica tão linda.  lol

http://f.tqn.com/y/motorcycles/1/S/G/F/-...Closed.jpg

....................

http://image1.masterfile.com/em_w/00/90/...09508w.jpg

Não arranjas um igual mas em maior? lol
Responder
#34

(20-04-2015 às 13:51)quatropiscas Escreveu:  
(20-04-2015 às 10:39)carlos-kb Escreveu:  
(20-04-2015 às 10:34)quatropiscas Escreveu:  Tu tens uma solução: voltas a pôr o fiel amigo, mas já com um "P".  tong E logo na tua, que fica tão linda.  lol

http://f.tqn.com/y/motorcycles/1/S/G/F/-...Closed.jpg

....................

http://image1.masterfile.com/em_w/00/90/...09508w.jpg

Não arranjas um igual mas em maior?  lol

A Blu veio com aquele horrível "bacalhau graúdo" como esse (que é o de origem).

[Imagem: Fotos-0089.jpg]

Entretanto, como achava que ela, com bacalhau, era como a Gisele Bundchen com cuecas de avó, meti mãos à obra e alterei-o...
Ficou assim...

[Imagem: PB240168.jpg]

Ao final de dois ou três dias tirei porque continuava a não gostar de a ver!

Entretanto, como ela é de 2007, e foi abrangida rectro-activamente pelo DL112/2009, tive de lhe alterar a matricula de chapa de alumínio, para uma de acrílico com as novas dimensões (apesar de ela trazer de origem a mais pequena em alumínio).

Gosto como ela anda a agora.... de "fio dental!"  lol
[Imagem: 35X3l5S.jpg]

[Imagem: zX4Kq81.png]

Responder
#35

(20-04-2015 às 12:28)cabs Escreveu:  Eu não discordo de quem diz que as matriculas já são grandes demais e até acredito que se os nosso "queridos legisladores" mudassem alguma coisa fizessem (como muitas vezes fazem) "m*rda" e complicassem.

Mas lá está isso é porque cá tudo tem a mania de complicar. Digam-me lá quão difícil era sair uma coisa do tipo: motas a partir da data x já virem com o "P azul" no cantinho (como os carros) sem aumentar nada (que ele cabe lá perfeitamente, até cabiam dois um de cada lado).

Que nas matriculas anteriores, quem quisesse poderia manter inalterado (como os carros, que ainda os há com matriculas pretas e letras brancas que é coisa do tempo da pedra), quem fosse além fronteiras poderia livremente comprar uma nova do modelo novo (oficial), ou em alternativa comprar um pequeno autocolante azul e colar num cantinho (como na "montagem" do carlos) sem ter de andar ilegal cá.
Qual é a dificuldade disto?

Eu ainda só passei a fronteira 1 vez em viagem, mas digo que só não passei mais quando andava lá perto, precisamente para não andar a colar um P. Quando fui, imprimi um homemade e depois tirei-o.
Algumas das motas que foram comigo tinham, outras não (ninguém foi multado ou mandado parar, alias nem me lembro de ver policia na estrada durante os 3 dias).
Outra coisa chata do P oval (principalmente para pôr e tirar) é que aquilo não é assim tão facil de encontrar e ainda são caros (tenho ai dois que vieram da Europa de leste  lol ), para mandar fazer só compensa com "group-buy".
Para estas pessoas um autocolantezinho azul em vinil para colar na matricula num cantinho e poder andar por cá sem problemas era muito bem vindo e não era preciso complicar mais.

Esta para mim seria a melhor solução thumbsup

Ex Suzuki GS500
Ex Yamaha YZF600R - Thundercat
Ex Yamaha R1
Suzuki GSX-R 750
Responder
#36

epá vocezes gastam letras como u caneco, sabem a quanto está o kilo da tinta das impressssorasss???

Load ""
Responder
#37

(20-04-2015 às 12:28)cabs Escreveu:  Mas lá está isso é porque cá tudo tem a mania de complicar. Digam-me lá quão difícil era sair uma coisa do tipo: motas a partir da data x já virem com o "P azul" no cantinho (como os carros) sem aumentar nada (que ele cabe lá perfeitamente, até cabiam dois um de cada lado).

My point of view!  thumbsup

(20-04-2015 às 12:28)cabs Escreveu:  Que nas matriculas anteriores, quem quisesse poderia manter inalterado (como os carros, que ainda os há com matriculas pretas e letras brancas que é coisa do tempo da pedra)

My point of view again!  thumbsup  thumbsup (só trocaria quem quisesse.... ainda que as novas, a partir daquela eventual data de alteração, já viriam com a faixa azul)

(20-04-2015 às 12:28)cabs Escreveu:  ou em alternativa comprar um pequeno autocolante azul e colar num cantinho (como na "montagem" do carlos) sem ter de andar ilegal cá.

Há modelos (ou pelo menos havia, e lembro-me de as ver) de chapas (não legais) que se podem ver nas casas de matrículas que contemplam o "P" sobre a faixa azul. Houve outros, que manualmente fizeram a faixa com o P e a aplicaram nas suas matrículas.
No entanto, em qualquer um dos casos, dentro de Portugal, dá direito a contra-ordenação. Não pode haver nada mais nas chapas, para além dos caracteres da inscrição da matrícula (tal como o grafismo apresentado no anexo ao DL112/2009).
Havia inclusivé stands que tinham pequenos autocolantes publicitários que aplicavam sobre o fundo branco (tipo "powered by xixó"), e tudo isso incorre em auto de contra-ordenação.

Lembro aqui há uns anos, ir a Faro, e haver na feira da concentração, stands que gravavam chapas de matrícula com a faixa azul e o "P", com a dimensão das da época ou até mais pequenas, de formato horizontal... e recordo ainda ter falado com o Nelson no interesse de mandarmos gravar uma para cada um de nós (desconhecendo na altura que tal era proíbido). Ainda bem que não passou de intenção.  blink

(20-04-2015 às 12:28)cabs Escreveu:  Qual é a dificuldade disto?

Ali atrás comentei o facto de haver pessoal a levantar problemas aonde não os havia! Vá-se lá perceber porquê!?
E até questionei se também levantam essa problemática com a matricula dos respectivos carros que deverão eventualmente ter?!


(20-04-2015 às 12:28)cabs Escreveu:  Eu ainda só passei a fronteira 1 vez em viagem, mas digo que só não passei mais quando andava lá perto, precisamente para não andar a colar um P. Quando fui, imprimi um homemade e depois tirei-o.
Algumas das motas que foram comigo tinham, outras não (ninguém foi multado ou mandado parar, alias nem me lembro de ver policia na estrada durante os 3 dias).

Também já passei umas quantas vezes para o "lado de lá", de moto, e sem identificação do país de origem. Nunca me chatearam... questão de sorte! Mas, sabendo o que se sabe agora, de haverem vários casos comuns, é algo a que incautamente, qualquer um de nós pode estar sujeito.
E não é agradável ter de desembolsar uns euritos a mais, pagos na hora, pelo facto.

(20-04-2015 às 14:58)7pires Escreveu:  epá vocezes gastam letras como u caneco, sabem a quanto está o kilo da tinta das impressssorasss???

Quer-me parecer que para além de preguiçoso para escrever.... também és preguiçoso para ler, não?  lol

[Imagem: zX4Kq81.png]

Responder
#38

falta de tempo, catano

Load ""
Responder
#39

Carlos, eu também concordo completamente com o cabs. Só me dirigi a ti porque estavas quase quase a convencer, mas depois lembraste-te de dizer que não tinhas que meter o P porque ficava mal, e aí tive que reclamar xD Faz parte do meu ser, eu culpo os meus pais, para me descartar de responsabilidades hehe

De resto, o pessoal só levanta os 'problemas' exactamente pelo que o cabs disse, porque o pessoal já sabe o que a casa gasta, e tu mais do que ninguém o sabe porque sofreu na pele. Também faz sentido que tenha saído uma lei a uniformizar as matrículas, colocando-as em acrílico e com tamanho de forma a ser legível. E o que custava ter saído a lei a dizer 'a partir de agora as matrículas são assim'? Lá está, não custava nada, era o lógico, mas não, alguém se lembrou de meter a lei a agir retroactivamente, que é ilegal, mas enfim, é o que temos. Por isso é que o pessoal levanta as dúvidas, mais nada. Porque de resto é óbvio que dava mais jeito a todos, e era um P pequenino ali num canto que não tem problema nenhum. Mas um gajo como já está mesmo a ver, começa logo a imaginar 'bem, vão mexer com a matrícula, aproveitam metem também o amarelo, metendo o amarelo têm que aumentar o tamanho, às tantas ainda aproveitam e metem igual à dos carros, depois aproveitam que estão a mexer na lei e metem também a lei das IPOs e tá feito'.

Infelizmente o passado serve de referência para o futuro, e não faltam situações destas que de algo bem simples o legislador tornou em mais que complicado..
Responder
#40

Cloud.... já disse lá atrás o porquê de as matrículas terem aumentado de tamanho e passarem a ser obrigatoriamente em acrílico, nas motos pós 2007.

Por haver alguns de nós, que metiam a matrícula na cava da roda de trás (para a esconder), ou em posição quase horizontal, e e haver também quem a dobrasse! Já para não falar de haver quem tapasse as inscrições com mistelas à base de oleo queimado, etc...

Os únicos responsáveis por tal, foram alguns de nós, que pelos seus comportamentos desviantes, fizeram todos "comerem por tabela"! Então tomem lá com umas chapinhas mais difíceis de esconder e de dobrar, como são estas actuais. E muita sorte tivémos por abranger as motos só a partir de 01/01/2007. Muitos aind acontinuam com motos anteriores e matrícula de alumínio, a andar com ela escondida / dobrada / ilegível!

Quanto ao facto hipotético de as dimensões das actuais chapas aumentarem (ainda) mais, como também já se disse, não é realidade que esteja dependente da inclusão da faixa azul com o "P", mas é apenas mera suposição.

Só assina quem quer.... e concorde com a petição!

[Imagem: zX4Kq81.png]

Responder




Utilizadores a ver este tópico: 1 Visitante(s)