[Personalidades do Motociclismo] Paulo Gonçalves (a.k.a. Speedy)
#1

Faz precisamente hoje um ano que faleceu Paulo Gonçalves, no decorrer da primeira edição do Dakar na Arábia Saudita. É por isso mais que justo que tenha o seu lugar na lista de personalidades relevantes da história do motociclismo. Deixo aqui um tópico sobre o Speedy, que é também um tributo a este aventureiro das duas rodas.

[Imagem: Paulo-Gon%C3%A7alves-2020.jpg]



Citar:[Imagem: 375px-Dakar_2016_-_Conf%C3%A9rence_de_pr..._-_061.jpg]

Paulo da Silva Gonçalves (Gemeses, Esposende, 5 de Fevereiro de 1979 - Layla, Arábia Saudita, 12 de Janeiro de 2020) foi um piloto de rally português, que morreu durante a prova de 2020 do Rally Dakar.

Biografia

Nascimento

Nasceu em 5 de Fevereiro de 1979, na localidade de Gemeses, no concelho de Esposende.

Carreira

Destacou-se como motociclista de rally, tendo acumulado 23 títulos nas modalidades de motocross, supercross e enduro, e sido campeão do mundo de ralis todo-o-terreno em 2013 e vice-campeão em 2014. Começou a participar no Rally Dakar em 2006, tendo feito parte daquela competição durante treze edições. Em quatro ocasiões terminou no Top-10, tendo sido o segundo na geral em 2015, apenas abaixo do vencedor, Marc Coma. Durante o Rally Dakar esteve em quatro equipas, KTM, Honda, Husqvarna e Hero, esta última em 2020. Durante a edição de 2020, partiu o motor na terceira etapa, tendo sido chegado a ser anunciada a sua desistência, notícia que foi corrigida cerca de três horas depois, uma vez que Paulo Gonçalves estava a tentar reparar o seu veículo ao mesmo tempo que aguardava que chegasse a assistência da sua equipa. Devido ao seu gosto por velocidades elevadas, recebeu a alcunha de speedy, em alusão ao personagem animado Speedy González.

Falecimento

Faleceu após um acidente ao quilómetro 276 da sétima etapa do Rali Dakar 2020, na Arábia Saudita. As equipas de salvamento encontraram-no já inconsciente, tendo tentado a reanimação no local. Foi depois transportado de helicóptero para o hospital de Layla, onde foi confirmado o óbito. Faleceu aos 40 anos de idade.

Homenagens

Após o seu falecimento, a autarquia de Esposende emitiu uma nota de pesar, onde destacou sua carreira como piloto, e o considerou como um embaixador de Esposende no mundo. A sua morte também foi lamentada pelo presidente da república portuguesa, Marcelo Rebelo de Sousa, que afirmou que «Paulo Gonçalves morreu a tentar alcançar o sonho de vencer uma das mais duras e perigosas provas de rally do mundo, na qual foi sempre um digníssimo representante de Portugal, chegando a alcançar o segundo lugar em 2015».

No dia 29 de Janeiro de 2020, foi condecorado, a título póstumo, com o Colar de Honra ao Mérito Desportivo, a mais alta distinção que o Governo pode entregar no campo desportivo.

Foi distinguido com a Medalha de Honra do Município de Esposende.

[Imagem: 330px-Dakar_Rally_Paulo_Gon%C3%A7alves_Tucuman.JPG]
Paulo Gonçalves a conduzir uma BMW G 450 X durante a edição de 2011 do Rali Dakar.

Fonte: Wikipedia
Responder
#2

clap
Responder
#3

Forever Speedy! V
Responder
#4

Capacete que o Toby Price usou na etapa 9 (dia que fez 1 ano da morte do Paulo Gonçalves)...
...curiosamente correu muito mal esta etapa, que colocou Toby Price fora do Dakar com a clavicula partida.
[Imagem: 131167490_3785501718169300_6298901252124...e=60254129]

Benavides que ganhou esta 9 etapa, dedicou a vitoria ao Speedy (restantes pilotos Honda tambem prestaram homenagem)
[Imagem: 1024.jpg]

O capacete de Joaquim Rodrigues, cunhado de Paulo Gonçalves, tambem tinha pintura com homenagem a Paulo Gonçalves com “Speedy” escrito e com a mensagem “Vamos sempre andar juntos”.
[Imagem: 282b0b92-42a1-4ae6-abce-8db082a5b13c.jpeg]

De facto grande piloto que nos deixou cedo demais...

Ricardo - Honda CB500X
[Imagem: latest?cb=20150510093035]
Responder
#5

[Imagem: exrVvjE.jpg]

O fato diz tudo!

HERO!!!
Responder




Utilizadores a ver este tópico: 1 Visitante(s)