O que os portugueses pensam do Brasil?
#11

(01-08-2018 às 19:27)LucasTank Escreveu:  O início foi difícil, eu e minha família sofremos preconceito em Mirandela, por ser interior, então foi complicado. Mas com o tempo as coisas melhoraram e passei a amar esse país.

Do que conheço e que vejo das nossas gentes no interior do país, tenho a dizer-te que embora por vezes não pareça à primeira vista e no primeiro contacto, são quem melhor aceita quem vem de fora.

Vale mais viver numa zona rural onde alguém se mete contigo e te chama "brasileiro" ou "zuca" na brincadeira, mas te respeita e ajuda incondicionalmente quando precisares, se preciso for dividindo a comida que tem no prato, do que viver numa zona cosmopolita onde aparentemente todos são politicamente corretos contigo mas depois se estão nas tintas para ti.
Responder
#12

Eu concordo plenamente. Eu não cheguei a comentar, mas quando vivia lá em Mirandela fiz amigos inestimáveis. Passei maus bocados financeiramente de forma que não tive o que comer por uma semana que não fossem batatas e azeite. Então meus colegas de liceu na época juntaram dinheiro e me fizeram uma surpresa.. não preciso nem dizer que fiquei emocionado.


Enviado do meu iPhone usando Tapatalk
Responder
#13

O seguro contra roubo de motos em Portugal é caro? 

Aqui chega a ser muitoooo caro, uma cbr 1000 da honda 2016, chega a ser mais ou menos 3000 dolares, praticamente inviavel....

Poderia estar num hotel em Dubai, num barquinho no Caribe,
mas eu prefiro estar aqui, andando de motos com vocês !  bigsmile
Responder
#14

(06-08-2018 às 12:14)FabioBrasil Escreveu:  O seguro contra roubo de motos em Portugal é caro? 

Aqui chega a ser muitoooo caro, uma cbr 1000 da honda 2016, chega a ser mais ou menos 3000 dolares, praticamente inviavel....

Boas Fábio.

Em Portugal, por norma não existe só um seguro contra roubos. Geralmente a cobertura de furto ou roubo está incluída num pacote de seguro a que se dá o nome de "seguro de danos próprios" ou "seguro contra todos os riscos". E para além dessa cobertura de roubo, este tipo de seguro contempla estragos resultantes de acidentes com ou sem responsabilidade do condutor, choque, fenómenos naturais, incêndio raio ou explosão, etc.

Tem também por norma associada uma franquia em valor fixo ou em percentagem do valor da moto (6% / 8% / 10%), que é a parte que compete ao tomador do seguro pagar, de cada vez que acione o seguro. Ou seja, imagina que te roubam uma moto de 15 mil euros e o teu seguro de danos próprios contempla uma franquia de 10%. Acionas o seguro e serás indemnizado em 13,5 mil euros. Claro que quanto mais baixa for a franquia, mais caro será o valor da anuidade.

Por cá um seguro deste tipo, com franquia na casa dos 10%, para uma moto, custar-te-á entre 450 a 700 euros por ano. Mas nem todas as seguradoras o fazem (por vezes tens de já ter outros pacotes de seguro contratados nessa seguradora) e também depende muito do condutor (tempo de carta de condução e histórico anterior).

[Imagem: zX4Kq81.png]

Responder
#15

Como complemento da informação bem exposta pelo Carlos, posso comentar que a percepção que tenho é que se conseguem franquias 0% por perto de 650€ em algumas seguradoras.

Mas atenção que o valor de reembolso está sempre associado a uma tabela em que em meu ponto de vista sub-valoriza as motas.

Se comprares uma mota por 15.000€ e franquia zero, e deres uma perda total 3 anos depois o valor de reembolso pode chegar a ser metade (ou perto disso).

Dando o exemplo da minha mota: uma Z750, que em Portugal transacciona-se por 4000€ (mota com 10 anos), e o valor dela de tabela seguro anda nos 1800€ e qualquer coisa ainda com uma penalização qualquer de km.


Responder
#16

Isso ja se sabe que no caso de roubo, eles nunca iriam pagar o que a mota vale. Por alguma coisa sao companhias de seguros, para pagar esta sempre tudo bem, para receber é que é do crl. Ha casos ridiculos por exemplo de acidentes que se deu perda total e que sao feitas propostas quase menos de 50% do que o veiculo realmente vale.
Responder
#17

Tenho seguro de danos próprios num dos meus carros actuais, que comprei novo, há cerca de 1 ano e meio. Consegui negociar um seguro que com uma franquia fixa de 600 euros (o que corresponde a cerca de 2%, sendo o valor do carro de sensivelmente de 32 mil euros), umas das cláusulas é que o valor do veículo enquanto novo, se mantém pelos primeiros dois anos, em caso de perda total, independentemente da tabela de desvalorização.

[Imagem: zX4Kq81.png]

Responder
#18

(06-08-2018 às 15:05)carlos-kb Escreveu:  
(06-08-2018 às 12:14)FabioBrasil Escreveu:  O seguro contra roubo de motos em Portugal é caro? 

Aqui chega a ser muitoooo caro, uma cbr 1000 da honda 2016, chega a ser mais ou menos 3000 dolares, praticamente inviavel....

Boas Fábio.

Em Portugal, por norma não existe só um seguro contra roubos. Geralmente a cobertura de furto ou roubo está incluída num pacote de seguro a que se dá o nome de "seguro de danos próprios" ou "seguro contra todos os riscos". E para além dessa cobertura de roubo, este tipo de seguro contempla estragos resultantes de acidentes com ou sem responsabilidade do condutor, choque, fenómenos naturais, incêndio raio ou explosão, etc.

Tem também por norma associada uma franquia em valor fixo ou em percentagem do valor da moto (6% / 8% / 10%), que é a parte que compete ao tomador do seguro pagar, de cada vez que acione o seguro. Ou seja, imagina que te roubam uma moto de 15 mil euros e o teu seguro de danos próprios contempla uma franquia de 10%. Acionas o seguro e serás indemnizado em 13,5 mil euros. Claro que quanto mais baixa for a franquia, mais caro será o valor da anuidade.

Por cá um seguro deste tipo, com franquia na casa dos 10%, para uma moto, custar-te-á entre 450 a 700 euros por ano. Mas nem todas as seguradoras o fazem (por vezes tens de já ter outros pacotes de seguro contratados nessa seguradora) e também depende muito do condutor (tempo de carta de condução e histórico anterior).

Boas,

Por regra só contrato seguros com danos próprios, quer em carros ou em motas. No carro não tenho franquia, mas na mota nunca consegui que a franquia de roubo fosse inferior a 20%. Mas também não pago valores como esses que apresentam. Neste momento na Tracer tenho 20% em roubo e 8% nas restantes coberturas. Na Liberty pago 287,00 € ano. Em caso de roubo tenho um nadinha menos que 9.000 € durante os primeiros 3 anos de matricula.

...
Responder
#19

(06-08-2018 às 17:23)carlos-kb Escreveu:  Tenho seguro de danos próprios num dos meus carros actuais, que comprei novo, há cerca de 1 ano e meio. Consegui negociar um seguro que com uma franquia fixa de 600 euros (o que corresponde a cerca de 2%, sendo o valor do carro de sensivelmente de 32 mil euros), umas das cláusulas é que o valor do veículo enquanto novo, se mantém pelos primeiros dois anos, em caso de perda total, independentemente da tabela de desvalorização.

Esse é um bom seguro e um bom compromisso.

Mas não deve ser muito barato! (também depende do teu histórico) thumbsup


Responder
#20

É um histórico lento pá! devil

I just don't run with the crowd!

www.loneriderendlessroad.com
Responder




Utilizadores a ver este tópico: 1 Visitante(s)