Lit Motors C-1 (Self Balancing)
#1
A mota que vai mudar o mundo: não cai nem que a empurrem

As motas são veículos ágeis, divertidos e ideais para o trânsito, mas também instáveis e mais expostos a acidentes. Mas não esta C1. Nunca cai, nem que a empurrem. É uma maravilha da tecnologia.





Em 2010, e sem que ninguém o conseguisse prever, Daniel Kim fundou a Lit Motors, em São Francisco. O objectivo da nova empresa era criar um veículo de duas rodas suportado por sofisticadas tecnologias, destinadas a torná-lo mais seguro e fácil de utilizar, mesmo por condutores que não tenham o necessário equilíbrio.

Denominada AEV (auto-balancing electric vehicle), mas conhecida apenas por C1, a mota criada por Kim é eléctrica, como a sua designação indica, mas está equipada com dois giroscópios, que garantem que não cai e se tenta equilibrar, mesmo que a empurrem, ou durante um embate.

Com a capacidade de transportar duas pessoas, condutor e passageiro, a C1 possui dois motores eléctricos, um por roda, não só para serem mais pequenos, como para ultrapassar perdas de tracção e poder contribuir para equilibrar a mota em determinadas situações. O veículo da Lit Motors é alimentado por uma bateria de 13 kWh (que carrega em 4 a 6 horas, consoante a potência da rede a que está ligada) e assegura uma velocidade máxima de 160 km/h e uma autonomia de 270 km, a uma velocidade média de 90 km/h.

Daniel Kim afirma ter mais de 1.000 encomendas para a C1, mas a verdade é que apesar de ter como financiadores indivíduos como Larry Page, fundador da Google e CEO da Alphabet, e Mark Pincus, fundador e CEO da Zynga (criador de jogos online e para telemóvel, como FarmVille), este projecto ainda está em fase de desenvolvimento e aperfeiçoamento dos protótipos, antes de passar à produção em série. Quando tal acontecer, Kim espera que inicialmente o preço ronde os 24 mil dólares, com o valor a cair rapidamente, à medida que a produção aumente, para cerca de metade. E, caso seja produzida na China ou na Índia, onde os veículos de duas rodas são mais populares, o menor custo de mão-de-obra (e uma maior produção) pode baixar o preço para apenas 5.000 dólares, nesses mercados.

Mas Kim e a Lit Motors podem ter de se preparar, em breve, para uma surpresa desagradável. Os chineses, que copiam tudo e mais alguma coisa, com um descaramento total, apresentaram no último Salão Automóvel de Pequim um veículo similar, ou seja eléctrico, com duas rodas e dois giroscópios para se equilibrar. E, num acesso de criatividade, a startup chinesa registou como nome da companhia “Lit” (de Lingyun Intelligent Technology). Curiosamente, o nome da empresa originalmente criadora do conceito – que coincidência!

Fonte: Observador
Imagem
BMW F800R * ex-Kawasaki ZZR 1100 * ex-Honda Hornet 600 * ex-Honda CBF 125 * ex-Yamaha DT 50 LC (x2)
Responder
#2
Pergunta nº 1 - Mas já não havia uma C1?
Pergunta nº 2 - Mas isso é uma moto?
Pergunta nº 3 - Vão deixar de haver os tradicionais 2 grupos de motards (os que já caíram e os que ainda vão cair)?
Imagem
Responder
#3
Curiosamente, (quase) todas as tuas perguntas estão respondidas na FAQ do site da Lit Motors...

(07-01-2018 às 22:13)carlos-kb Escreveu: Pergunta nº 1 - Mas já não havia uma C1?

Didn't BMW already use the name 'C-1'?
Yep, they did (as did Chevrolet, Citroën, and a variety of others). “C-1″ is just a working name for our vehicle as we continue to prototype; it will change as we near production. On the other hand, “AEV” is our vehicle category name which stands for Auto-balancing Electric Vehicle ( ex: Prius is an electric vehicle or EV).

(07-01-2018 às 22:13)carlos-kb Escreveu: Pergunta nº 2 - Mas isso é uma moto?

Is the C-1 street legal? What kind of license do I need?
The C-1 will be appropriately certified at the time of production. We are working to make sure that only a standard driver’s license will be needed, with no motorcycle endorsement required. We’ll share updates on our progress with that as we near production.

(07-01-2018 às 22:13)carlos-kb Escreveu: Pergunta nº 3 - Vão deixar de haver os tradicionais 2 grupos de motards (os que já caíram e os que ainda vão cair)?

Considerando a resposta ao ponto anterior, será uma mota que na realidade não o é, portanto diria que os grupos se mantém. smile
Imagem
BMW F800R * ex-Kawasaki ZZR 1100 * ex-Honda Hornet 600 * ex-Honda CBF 125 * ex-Yamaha DT 50 LC (x2)
Responder
#4
Se levar com outro veículo lateralmente não cai?
Responder
#5
Uma ideia vinda de um idiota.
Que as curvas nunca acabem....



http://www.loneriderendlessroad.com
Responder
#6
(07-01-2018 às 22:49)Rod Escreveu: Se levar com outro veículo lateralmente não cai?

De acordo com a explicação do conceito, não.

Mas a meu ver dependerá tudo do veículo em questão e da dimensão da sarda que levar... lol
Imagem
BMW F800R * ex-Kawasaki ZZR 1100 * ex-Honda Hornet 600 * ex-Honda CBF 125 * ex-Yamaha DT 50 LC (x2)
Responder
#7
Imagem
Imagem
Responder
#8
(08-01-2018 às 00:20)carlos-kb Escreveu: Imagem

Estás a preparar-te para algo? blink
Responder
#9
(08-01-2018 às 00:29)Rod Escreveu:
(08-01-2018 às 00:20)carlos-kb Escreveu: Imagem

Estás a preparar-te para algo? blink

Imagem
Responder
#10
(07-01-2018 às 22:19)marco.clara Escreveu:
(07-01-2018 às 22:13)carlos-kb Escreveu: Pergunta nº 3 - Vão deixar de haver os tradicionais 2 grupos de motards (os que já caíram e os que ainda vão cair)?

Considerando a resposta ao ponto anterior, será uma mota que na realidade não o é, portanto diria que os grupos se mantém. smile


Quer-me parecer que vai continuar. Claramente isto é para o pessoal que até agora bebia menos qualquer coisa com medo de cair para o lado ao montar-se na mota. Agora vão beber na mesma, e depois montam-se na C-1 e vão todos contentes até casa sem cair! Acabam por cair quando chegam ao destino e tentam sair da mota!
Responder
  




Utilizadores a ver este tópico:
1 Visitante(s)