JPedrosa
#21

Mesmo não conhecendo o Pedrosa, esta notícia deixou-me triste. Relembrar desta forma o quão frágil é a vida é muito duro.

Os sinceros pêsames à família e amigos.


Se quem era próximo do Pedrosa achar por bem, em jeito de homenagem, poderíamos colocar uma foto dele no início do motonliners, no lugar da foto do mês.
Responder
#22

Ainda não consegui processar toda a mistura de sentimentos que vai dentro de mim.
Não conhecia o João há muito tempo, mas já tínhamos tido a oportunidade de rolar varias vezes e conviver outras tantas.
O Dia 19 de Julho foi um deles, e 20m antes tínhamos tirado esta foto, que ele alegremente colocou no seu Instagram, num dia que estava a ser espectacular...

[Imagem: YVN1Xwe.jpg]

Não consigo acrescentar muito mais ao que já foi dito.....apenas que estou e estarei disponível para o que a família e os amigos mais próximos precisarem.
Responder
#23

É sempre difícil ter as palavras certas para afrontar estes momentos.

Não conhecia pessoalmente o Pedrosa, mas tinha falado por telefone com ele um par de vezes.

É muito difícil viver o que companheiros que iam com ele estão a viver, são demasiados sentimentos, muitos deles contraditórios. Sei o que se sente, a busca interna de porquês e os sentimentos de perda que nos fazem fazer perguntas para as quais não vamos ter respostas.

Resta pedir que olhe por nós e que descanse em paz!

Até já!
Responder
#24

Amigo Pedrosa...

Foi apenas há pouco mais de meio ano que te conheci, mas logo desde o primeiro momento percebi que só podias ser um gajo 5 estrelas. Pelo menos assim o entendo, de alguém tão avariado como eu e mais uns quantos, ao ponto de alinhar na peregrina ideia de ir dar uma volta de mota à Serra da Estrela naquele que terá sido provavelmente o dia mais frio do ano. Essa foi a primeira de algumas oportunidades que tive de rolar contigo, e em todas elas foi com muito prazer que o fiz!

[Imagem: 14.jpg?raw=1]

Nas oportunidades que tive de partilhar kms de estrada contigo, uma boa refeição à mesa ou simplesmente um par de minis num café, sempre demonstraste possuir uma forma de ser e de estar na vida que respeito. Acessível, descomplicado, honesto, com sentido de humor, e pelo que várias pessoas poderão testemunhar, sempre pronto a ajudar o próximo. Assim o fizeste.

[Imagem: 2019-04-28%2019.42.04.jpg?raw=1]

Depois da aventura pela serra, destaco ainda a partilha de uma Rota Internacional (onde foste o "operador de câmara" de um certo episódio protagonizado por mim e por uma abelha com aversão a motociclistas, entre outros episódios que se proporcionaram nessa viagem pelos picos da Europa).

[Imagem: RIM2019.JPG?raw=1]

Houve também lugar a um passeio Norte-Sul, em que rolámos pela região centro do país (que sei que encaravas também como um dos melhores "recreios motociclistas" em território nacional), com boa estrada, boa mesa e boa companhia.

[Imagem: 2019-06-08%2014.48.23.jpg?raw=1]

E muitas outras voltas que partilhaste com outros companheiros que tenho a certeza absoluta agora sentem a tua falta. Com a tua partida, ficou o vazio e o sentimento de que ficaram muitos bons momentos e kms por partilhar. Tenho a certeza que os percorrerias com qualquer um de nós, com o imenso prazer e a alegria de viver que sempre demonstravas ter.

Partiste de forma trágica, mas a fazer algo de que gostavas. Não estavas só. Os amigos e companheiros de estrada que estavam lá (a quem quero reforçar também o meu apoio), encabeçam agora um grupo mais alargado de pessoas que - tal como eu - só por se terem cruzado contigo, não conseguem ainda conceber que já cá não estás. Simplesmente não parece real, e garantidamente não parece justo.

Não me costumam faltar as palavras, mas a cada linha que escrevo, sinto uma dificuldade crescente em continuar... pelo que te peço consideres este meu singelo adeus, repetindo apenas as palavras e pensamentos de muitos companheiros de duas rodas que te pedem agora que olhes por nós, até ao dia em que nos voltaremos a encontrar...

Um abraço.

V
Responder
#25

O meus pêsames à família e amigos
Responder
#26

Não conheci o companheiro mas estas noticias deixam-me sempre mal disposto. Ainda para mais quando parecia ser um dos bons, a julgar pelo que escreveram sobre ele.
Sentidos pesames à familia e amigos. Não consigo sequer imaginar o que sentiram os amigos que estavam a rolar com ele, mas deve ser muito dificil. Um abraço e força em particular para essses.
Responder
#27

Nestes momentos fico sem palavras... Que descanse em paz.
Responder
#28

Que descanse em Paz. Sentidas condolências à família e amigos.
Responder
#29

Os meus sentimentos à família e amigos
Responder
#30

O João já está no seu eterno descanso.

Família e amigos, todos sentiremos a sua ausência.

Algumas dezenas de motociclistas fizeram questão de em cortejo o levar até à última morada, numa sentida homenagem a este nosso camarada e companheiro.

Vai olhando por todos nós, João... até um dia.

ÉS E SERÁS SEMPRE ENORME! clap
Responder




Utilizadores a ver este tópico: 1 Visitante(s)