Desabafo / pedido opinião
#21

Ricky já tive algo muito parecido ao que dizes umas duas vezes, também comecei a fritar, fui a um especialista de ouvidos e era nada mais nada menos que uma bola de cera a tocar no tímpano, isto por culpa minha. ( má limpeza dos ouvidos, culpa dos cotonetes)
O meu pai já teve também algo assim, mas fica de cama sem se conseguir levantar, devido ainda a sentir uma grande sensação de desorientação, o médico disselhe que era o stress. Ve um especialista, e não te preocupes muito, muitas vezes não é nada de mais, e tudo tem uma solução

Your opinion?! Shit i don't give a fuck
Responder
#22

Olha que ás vezes não ouvir tem os seus benefícios...

[Imagem: SM4eYt9.png]
Responder
#23

(22-04-2016 às 19:44)nelsonajm Escreveu:  Olha que ás vezes não ouvir tem os seus benefícios...

Só quando é por opção... Nunca por condição.

Não tenho experiência própria, mas convivo com ela frequentemente.

O meu pai sofre do mesmo, sendo que é completamente surdo de um ouvido (aparelho já não resulta) e do outro, só com aparelho consegue ouvir.
De um, tem o problema desde criança, e do outro desde o inicio da vida adulta (sequelas da recruta).
Mas resumindo, mesmo que tire o aparelho, ou seja, ficando sem ouvir, o tal zumbido está sempre presente, só desaparecendo qdo adormece.

Há também a possibilidade de degeneração de certos tecidos do ouvido, que  podem acontecer devido a constante exposição a ruídos de alto volume.

Cada caso é um caso e o melhor conselho já foi dado, e o meu conselho vai mais além: consulta mais do que um especialista (particular ou não), por motivos óbvios.

Tenta não sofrer por antecipação (é bem mais fácil dizê-lo do que o fazer) e boa sorte com isso.

[Imagem: zD43YvL.jpg]
Responder
#24

(22-04-2016 às 20:02)Mr_Kok Escreveu:  
(22-04-2016 às 19:44)nelsonajm Escreveu:  Olha que ás vezes não ouvir tem os seus benefícios...

Só quando é por opção... Nunca por condição.

Não tenho experiência própria, mas convivo com ela frequentemente.

O meu pai sofre do mesmo, sendo que é completamente surdo de um ouvido (aparelho já não resulta) e do outro, só com aparelho consegue ouvir.
De um, tem o problema desde criança, e do outro desde o inicio da vida adulta (sequelas da recruta).
Mas resumindo, mesmo que tire o aparelho, ou seja, ficando sem ouvir, o tal zumbido está sempre presente, só desaparecendo qdo adormece.

Há também a possibilidade de degeneração de certos tecidos do ouvido, que  podem acontecer devido a constante exposição a ruídos de alto volume.

Cada caso é um caso e o melhor conselho já foi dado, e o meu conselho vai mais além: consulta mais do que um especialista (particular ou não), por motivos óbvios.

Tenta não sofrer por antecipação (é bem mais fácil dizê-lo do que o fazer) e boa sorte com isso.

Tenho usado esta técnica ultimamente... faço de conta que sou surdo... e que vejo mal... e a coisa tem corrido bem... então cá em casa.... é espectacular... quando estou no R/C e me chamam do piso2 para ir ver qualquer coisa... como todos pensam que estou a ficar surdo... já nem me ligam.... bigsmile

[Imagem: SM4eYt9.png]
Responder
#25

(22-04-2016 às 18:20)Mr.Ricky Escreveu:  a C1 é fixe! Ou esta!  lol
[Imagem: Crossbow-Electric-Motorcycle.jpg]

Por acaso.... também "simpatizo" com ela (C1).... e já fui das vozes mais críticas em relação à mesma (mas a medida que amadurecemos ideias, também se mudam opiniões).

Apesar do pouco sucesso que teve por cá, ainda o ano passado, em Milão, pudémos vê-la com abundância. Algumas até andam com uns "extras" aftermarket, para incrementar conforto (e também diminuir o ruído).

[Imagem: 253537_6459_kit_de_luxe.jpg]

Entretanto, com um pouco de arte e engenho, e uns conhecimentos deste tipo, podes sempre alterar a tua Hornet e criar a tua "own C1".... (brincadeirinha)  lol

[Imagem: jQwn8CN.jpg]

[Imagem: 9Iw0Lsl.jpg]

[Imagem: zX4Kq81.png]

Responder
#26

(22-04-2016 às 16:23)carlos-kb Escreveu:  
(22-04-2016 às 16:03)Mr.Ricky Escreveu:  Tenho um Schuberth C3, e uns tampões da 3M...  sad

Pois.... o C3 é um modular, o que prejudica bastante no capítulo da insonorização... na mesma linha deverias ter optado por um integral. Já experimentaste ao menos? E se sim, como te sentiste?

(22-04-2016 às 16:03)Mr.Ricky Escreveu:  Pelo pouco que conheço, penso não ser reversível...
Mas pode piorar continuando a andar de moto?

(22-04-2016 às 16:03)Mr.Ricky Escreveu:  Eu falei numa "maxi-scooter" porque são motos com boa protecção, andam devagar, e estão dentro do meu orçam€nto...

Consegues dentro do universo das motos (que não scooters) opções com índices decibélicos semelhantes ou até menores.
Se ainda assim, um motor Otto for realmente prejudicial, por mais silencioso que seja, ressalvo a sugestão da eléctrica, cujo funcionamento é muito mais soft no capítulo sonoro, tendo depois a agravante do preço... mas que acabas por amortizar, pelos consumos brutalmente menores (não obstante das outras limitações no que concerne a autonomia e tempo de recarga).

(22-04-2016 às 18:00)carlos-kb Escreveu:  Xiko... era trocar O C3 pelA C1?  lol
É que na C1 até o capacete é dispensado!   bigsmile

[Imagem: Gebrauchtmobil-BMW-C1-729x486-db505d956d7e39de.jpg]

Mas depois mete-se é novamente a questão do vento.  blink

E sim.... motos com enormes marquises à frente, sejam de origem, como aftermarket, é o que não faltam....

Mas levava o capacete à mesma...DUPLA protecção!!! lol

Ex Suzuki GS500
Ex Yamaha YZF600R - Thundercat
Ex Yamaha R1
Suzuki GSX-R 750
Responder
#27

E uma destas?

https://www.youtube.com/watch?v=PGg0urjezl8

Ex Suzuki GS500
Ex Yamaha YZF600R - Thundercat
Ex Yamaha R1
Suzuki GSX-R 750
Responder
#28

Ricky..... Agora falando um pouco mais a sério (como já estou em casa, mais à vontade e com tempo), vou-te contar algo semelhante, que aconteceu comigo....

Eu também já tive um problema chato que na sua fase final, antes de ser finalmente solucionado por intervenção medica, me causava um transtorno enorme, a fazer algumas tarefas, e especialmente a conduzir moto.

Há coisa de pouco mais de uns 8 a 10 anos, comecei a ter sintomas mais sérios de "síndrome do túnel cárpico", que é uma patologia que aparece derivado de se fazerem tarefas repetitivas usando as mãos (e não.... não tem que ver com nada disso que já estão agora a pensar  tong ).
Possivelmente, por vários anos consecutivos de desenho manual, bem como de muitas e muitas horas a trabalhar em computador, dá-se um estreitamento numa cavidade óssea chamada de túnel cárpico, que temos nos pulsos. Ora nesta cavidade passam uma serie de nervos que divergem depois para cada um dos dedos da mão. Ao haver este "atrofiamento" desse túnel cárpico, derivado da realização dessas mesmas tarefas repetitivas e continuadas, começa a haver uma pressão acentuada nesses nervos, que começa por se fazer sentir em dormências regulares fortes que vão piorando, e em casos mais agudos, acabam na própria perda de sensibilidade e controlo muscular da mão e dedos (por exemplo, não conseguir uma coisa tão simples que é agarrar um objecto ou deixa-lo cair involuntariamente estando a agarrá-lo).

No meu caso, o que me começou a acontecer e a evoluir negativamente, ao desempenhar certas tarefas (por exemplo estar a trabalhar com o rato de computador ou a escrever ao teclado), e especialmente a conduzir, fosse de carro, como moto (e no caso desta última, ainda pior).... era ao final de algum tempo me adormecerem completamente ambas as mãos, que para além do mau estar que causava, também influenciava negativamente o domínio da condução. Piorava no tempo húmido ou frio (derivado de haver menor vasodilatação), obrigando-me a algumas vezes a ter mesmo de parar, e fazer movimentos ou sacudir as mãos, até recuperar a sensibilidade e diminuir a dormência.
Havia alturas em que evitei mesmo a moto por saber que me iria acontecer isto.

Entretanto procurei um especialista, neste caso de neurologia, que me encaminhou para fazer um exame chamado de eletroneuromiografia, que no fundo são aplicarem-te uns eléctrodos nas pontas de cada dedo, com sensores, e através de choques eléctricos dados por esses eléctrodos, registar as reacções nervosas e musculares em certos pontos chave. E o diagnóstico comprovou-se.... eu padecia mesmo do tal síndrome do túnel cárpico, com maior ênfase na mão esquerda.

Deste modo, e embora hajam outros tratamentos, essencialmente à base de fisioterapia, o neurologista preferiu optar pelo mais rápido e que mais bases de sucesso oferecia, que era a intervenção cirúrgica a ambas as mãos.
A primeira foi assim logo à esquerda. A cirurgia não é complicada e até é rápida (cerca de 20 minutos), em que fazem uma incisão na mão um pouco mais acima na zona do pulso (atenção, não abras este link se és facilmente susceptível), de modo a abrir o dito túnel cárpico e alargá-lo através de instrumentos próprios. Um dia apenas de internamento e depois são cerca de 3 a 4 semanas, para retirar os pontos, fazer pensos e consultas de acompanhamento até se recuperar os movimentos normais... em cerca 3 meses estava totalmente a 100%.
Passado cerca de 9 meses da primeira operação, fui chamado para a segunda intervenção, à mão direita... e todo o mesmo procedimento!

Claro que durante o tempo de recuperação, não convém conduzir (então moto é para esquecer, mesmo).... coisa que (my bad) não cumpri, da última vez, dado que estava tão ansioso para poder voltar a conduzir, que ainda com a mão ligada e com pontos, ainda algumas dores e limitação de movimentos, peguei na moto ao final de cerca de duas semanas de pós operatório, e fiz os 15 kms que distam da minha casa à casa do Nelson, para irmos beber umas imperiais e degustar um queijinho á Marisqueira da Torre, no Porto Alto.  lol   shy

Posso-te dizer que findo o período de recuperação, nunca mais senti qualquer tipo de dormência ou perdas de sensibilidade, derivadas disto, em ambas as mãos. E conduzir moto voltou a ser todo e só um prazer.

Pelo que vais ver que no teu caso, embora totalmente diferente, se procurares a ajuda especializada certa, terás certamente uma solução viável, para que nunca deixes de fazer uma das coisas que quer tu, como todos nós aqui, mais gostamos, que é andar de moto.

Boa sorte.... e força nisso!  thumbsup

[Imagem: zX4Kq81.png]

Responder
#29

kb, isto é um fórum! A escreveres testamentos desses rebentas com isto tudo! lol

Ex Suzuki GS500
Ex Yamaha YZF600R - Thundercat
Ex Yamaha R1
Suzuki GSX-R 750
Responder
#30

O engraçado foi a conversa que ele inventou como desculpa! lol lol E foi logo as duas mãos! devil devil

PS: Mas deixa-me estar calado que ainda me acontece o mesmo e depois sou gozado também... shy

As minhas máquinas (e ex):
Kawasaki Versys 1000 / KTM 1290 Super Duke GT
Yamaha FZS 600 Fazer

[Imagem: censorship2.jpg]

Responder




Utilizadores a ver este tópico: 1 Visitante(s)