Depois da XJ600N o que deverá vir?
#1

DONO

- Tipo de CARTA DE CONDUÇÃO: A
- Altura: 1.75
- Peso: 77
- Idade: 29
- Pendura (S/N): S
- Será 1ª moto (S/N): S

MOTO

- Estilo preferido: Adventure - Sports Touring
- Custo (em euro): n/a
- Nova/Usada: n/a

PERCURSO

- Regularidade (diario, semanal, mensal): O ideal seria diário
- Tipo de estrada: IC19, 2a Circular, A16, CREL, CRIL, Túnel do Grilo
- Numero aproximado de KM: 65KM's diários

RESUMO:

De momento tenho uma XJ 600 N de 97 e pouca experiência.

A ideia é conseguir uma mota equilibrada para principiante, Velocidade não é o objectivo prefiro a segurança e o conforto gostaria de ter alguma protecção aerodinâmica e ABS.

A mota irá ser usada para ganhar experiência e para fazer o trajecto casa trabalho e uns passeios.

Nesta altura a XJ necessita de ir à oficina e põe-se a questão se vale a pena investir na velhinha ou se devo encontrar uma mota mais recente e mais segura e evoluída.

Não tenho valores definidos esta ainda é uma ideia muito recente que surgiu perante outro tópico
Responder
#2

Compra uma Kawasaki Er-6f.

Não é cara. É leve. Boa para andar em cidade e para andar em estrada aberta. É moderna e divertida. Anda bem e gasta pouco. Não conheço problemas crónicos.
Responder
#3

Não sei quanto te poderá ficar essa dita reparação que a XJ precisa, mas ainda assim, não percebo o porquê de quereres trocar uma moto perfeitamente apta a um iniciado, como é a XJ600, e da qual dizes sentir medo, por outra, que quanto muito te pode dar algum toque de modernidade, com tudo o que de bom e de mau isso possa ter.

Pelo menos a XJ, como moto mais velha, não sentirás tanta pena se ela cair, e no fundo pensa que tudo quanto possas aprender nela, o que vier a seguir será sempre mais facilitado.

Segundo li no outro tópico, não acho que o problema seja tanto a moto, mas sim tu próprio.
Basta ver que as XJ600 são das motos mais escolhidas para as escolas de condução, juntamente com as CB500 e as GS500, por serem robustas, baratas, com potência q.b., fiáveis, manobráveis e fáceis de conduzir.

Numa moto mais recente, o que ganharás é mais em termos de consumos, gadgets / equipamento e eventualmente poderes gozar do ABS (que se na realidade precisares mesmo dele é mau sinal.... sinal que estás em "apuros"). No entanto, se a deixares ir ao chão (natural com a tua inexperiência), com a XJ não sentirás tanta pena e até não pesará tanto na tua carteira.

Como te disse, e a não ser que a reparação da XJ seja uma coisa brutal, deixava-me ficar com ela até ter mais "calo".

Se optares mesmo por uma moto mais recente, e sem dizeres quanto queres/podes gastar, tendo tu receio da espartana XJ600, a única coisa que vejo indicado será algo mais no patamar desta recente vaga de motos de 300 até 500cc. Daí que algo entre uma Z300 até uma CB500F, era indicado.

[Imagem: 15ER300B_44SGRNDRF2CG_C_003.png]

[Imagem: honda-cb500f-studio-04.jpg]

Se ainda assim, quiseres prezar uma coisa para umas tiradas, num conceito mais "touring", então podes pensar na CB500X.

[Imagem: 031213-2013-honda-cb400x.jpg]

E esquece muitos plásticos.... porque se ela cair, vais ter a factura agravada.

edit: Lembrei-me ainda de outra proposta.... a recém revitalizada histórica italiana Benelli, adquirida por capitais chineses, que tem uma interessante 300cc twin, a BN302, a uns aliciantes 4 mil euros nova....

[Imagem: benelli-bn-302-2_600x0w.jpg]

[Imagem: zX4Kq81.png]

Responder
#4

Eu voto na MT-07, parece-me ser uma excelente escola.
Responder
#5

(10-07-2015 às 17:34)OFFICER Escreveu:  Eu voto na MT-07, parece-me ser uma excelente escola.

O rapaz tem medo da XJ600.... uma MT-07, muito mais potente, mais brusca, com mais binário e mais rápida.... é meio caminho andado para ganhar medo total e decidir arredar as motos de vez.
Com a MT-07 será sempre um "pau de dois bicos"... sai a ganhar na maneabilidade, peso, equipamento, fica com uma moto de melhor ciclística e melhor travagem (com a opção do ABS). Mas depois tem também, o reverso da medalha, que é com tudo isto que oferece a mais.... intimidá-lo! disapointed

[Imagem: zX4Kq81.png]

Responder
#6

Já que aconselharam a z300, vê a Ninja 300 também.
Tens uma versão com ABS, são lindas e com um desempenho bastante bom apesar dos 300cc. Consomem pouco também (Não têm o mesmo motor da Z300?) e a posição de condução pareceu-me confortável (no test drive que fiz pelo menos).
Além disso, sempre tinha mais protecção aerodinâmica que a z300.

Mas dito isto.. Acho que o carlos.kb disse praticamente tudo.

[Imagem: RwtqB8G.gif]
Responder
#7

Tive uma XJ600N de 1998 durante 6 anos e pouco, e fiz-lhe 61.000kms...

É uma moto que não é perfeita em nada, mas é bastante honesta nas sensações que transmite.
Não dá para grandes aventuras a velocidades superiores, mas tambem não é para isso que a queres! blink

O que eu digo é que tens uma moto que é uma escola MUITO boa!!

O meu conselho é fazeres uma boa revisão à XJ, leva-a a um profissional para a afinares e verificares folgas, etc...

Verifica tambem se os pneus estão bons e não são eles os causadores da tua falta de confiança.

thumbsup

Ricardo - Honda CB500X
[Imagem: latest?cb=20150510093035]
Responder
#8

Bom falando no meu caso.

Como já te disse no outro tópico.

Uma mota pontente e moderna vai ser mais fácil de conduzir que a tua pontente mas com tecnologia já ultrapassada.


Eu, como tu, à coisa de meses tinha 0 experiência de motas.

Tirei carta A. Numa cb500 da escola.

Mota velhinha e algo potente ( o suficiente para me ter assustado em algumas ocasíões).

O que me fez pensar que todas as motas acima dos 500cc seriam algo assustadoras.

Tecnicamente é verdade.

Mas depois, para primeira mota, comprei a mt 07. E a teoria não é bem assim.

Já disseram acima que se te assustas na xj podes assustar-te ainda mais na mt.

Eu não concordo. Vou agora a velocidades bem superiores na mt do que ia na da escola, e sinto-me 3x mais seguro.

É simplesmente muito mais mota em todos os sentidos.

A potência e torque estão lá, mas não creio que não consigas controlar uma embraiagem ao ponto da mota te sair debaixo das pernas.

A quem recomendou a er6 da Kawa. Simplesmente não.

Dentro deste preço, a mt 07 é simplesmente a melhor escolha, simplesmente imbatível neste momento.

Tem a tecnologia, a potência, o torque, e o peso ideais ( e com abs claro ).

Não é por acaso que foi a mota do ano em 14.

Sinceramente para primeira mota, não consigo pensar numa tão adequada como a mt e que seja pelo menos tão divertida.
Responder
#9

Karlos-kb obrigado pela resposta.

Não me interpretem mal, eu adoro a xj600.

De momento não tenho nem budget nem a garantia que seria um bom investimento, a xj para as minhas voltinhas e evoluir chega perfeitamente gostava de ter um indicador de combustível e um motor a injecção mas para já chega.

Uma vez que foi sugerido a troca de mota gostava de saber opiniões e perceber por onde poderia ter ido e se for necessário dar um paço a trás para evoluir então onde meter o pé e quanto me pode custar.

As 300 poderiam ter sido sem dúvida uma melhor escolha e a benelli sem dúvida suscitou me algum interesse depois de ver alguns test drives.

Sinceramente a velocidade não me assusta na escola de condução andei com a kawasaki é sempre soube dosear o acelerador smile

Por vezes penso é se a ciclistica da xj é a melhor se os 200kg estão bem destribuidos ou se as motas mais recentes têm um centro de gravidade mais baixo ou são mais manobráveis, o facto de ver 125 com pneus da largura da minha 600 será um indicador de que os anos passaram?

Vejo pessoal com bmw 1200 a fazerem ângulos apertados no meio dos carros e até parece fácil será da Mota ou do condutor?

Por acaso uma Mota que gostava de experimentar era a nc700 supostamente o centro de gravidade é baixo tem mais plásticos que a minha e creio o mesmo peso.
Responder
#10

Mad a unica mota que eu te recomendaria era uma mota que te mamarrasse a ela e te obrigasse a andar.
Quanto mais andas melhor vais andar. Não sentes prazer? Não sentes confiança então o problema é teu e não da mota. Entende que a mota pode ter problemas mas é sempre fonte de emoções e pelo que contas tu reprimes essas emoções.
Tu ves o pessoal a fazer isto ou aquilo e tu não pensas "deixa cá ver como eles fazem" tu dizes "é muito perigoso, não sou capaz de o fazer".
Mudar de mota não muda nada, pois por mais confiança que te dê a mota tu não tens confiança em ti mesmo.

I just don't run with the crowd!

www.loneriderendlessroad.com
Responder




Utilizadores a ver este tópico: 1 Visitante(s)