CP3 - R9
#1

Como já tinha comentado por aí, o Euro5 vem trazer movos modelos e muito provavelmente novas motorizações.

Aqui está mais uma derivação do CP3 que muito provavelmente preencherá uma lacuna nas cilindradas médias e que pode por fim aos tetras de mcilindrda média da marca dos diapasoes.

https://www.motosan.es/motos/yamaha-r9-u...a-trx-850/

Para já são especulações, mas onde há fumo...

I just don't run with the crowd!

www.loneriderendlessroad.com
Responder
#2

Isso quer dizer o quê? Que vem aí uma superdesportiva mais potente e mais barata que actual R6? É que o preço da R6 é simplesmente absurdo. Ainda ontem foi apresentada a R6 comemoração dos 20 anos da R6 e o preço manda-se para cima das 20.000 libras no mercado britânico, lol.
Responder
#3

(28-05-2020 às 13:36)Almareado Escreveu:  Isso quer dizer o quê? Que vem aí uma superdesportiva mais potente e mais barata que actual R6? É que o preço da R6 é simplesmente absurdo. Ainda ontem foi apresentada a R6 comemoração dos 20 anos da R6 e o preço manda-se para cima das 20.000 libras no mercado britânico, lol.

superdesportiva não pode ser..115cv não chegam para os padrões atuais...isso quer dar a aprilia com a rs660 bicilindrica...por isso o CP3 tem de ser mais puxadinho...

E claro são os franceses da moto station que têm info previlegiada de um fabricante japonês...está certo...
Se fosse tipo Honda em que surgem primeiro os registos de patente e tal...
Responder
#4

Já se fala nisto desde que saiu a 09 e o mesmo para uma R07 (Que já "existe" de forma custom nos EUA) e nunca vai existir. É fácil perceber porquê.
Responder
#5

(28-05-2020 às 14:27)pedromt07 Escreveu:  Já se fala nisto desde que saiu a 09

Muito antes ainda! Quando o novo triple CP3 foi apresentado em 2012 na Intermot, e ainda estava este (literalmente) preso por arames, já se conjecturava que o seu destino seria especialmente destinado a uma substituta da R6 (e não só).

[Imagem: k9Wa5Bj.jpg]

«
10/19/2012
Debuting a “crossplane” three-cylinder engine at the INTERMOT show, Yamaha has gotten the word out that it intends on making more inspiring motorcycles, and part of that plan includes the use of triples in its upcoming bikes. Knowing that at least one, if not several future Yamahas will use the hinted-at three-cylinder lump, the Brits over at Visordown have gotten word from their sources within Yamaha Japan that in the coming future, the Yamaha YZF-R6 & Yamaha YZF-R1 will be two of the bikes to receive such modifications

Expected to come in 675cc and 1,100cc, the Yamaha R6 & Yamaha R1, respectively, would be a stark contrast the bevy of inline-four machines that dominate supersport and superbike racing. While many supersport rules already accommodate a 675cc triple (thank you Triumph), Yamaha is said to be lobbying World Superbike for a 1,100cc displacement dispensation for three-cylinder engines in premier production racing class. Under current rules, a triple would have to be 1,000cc, just like the four-cylinder machines.


https://www.asphaltandrubber.com/news/ya...ne-triple/

A 09 só seria formalizada e apresentada oficialmente como a 1ª portadora desde triple, 1 ano depois, para começar a ser comercializada no ano seguinte... enquanto que o plano para meter esta motorização em desportivas ia sendo sempre relegado.

(28-05-2020 às 14:27)pedromt07 Escreveu:  e o mesmo para uma R07 (Que já "existe" de forma custom nos EUA) e nunca vai existir. É fácil perceber porquê.

Efectivamente já existiu uma R7, de produção limitada a 500 unidades... a OW02. Só não era Crossplane (concepção Genesis derivado da YZF750-SP).

[Imagem: DqgCGNo.jpg]

Podes ver uma no Caramulo e não há muito, >>andou por aí a rolar<<.

[Imagem: QKmafvp.png]
Responder
#6

Não acho de todo que seja o motor adequado para uma superdesportiva. Não me faz sentido nenhum, quando por apenas mais 150cc e uma configuração igualmente simples há uma R1 a debitar quase 200cv de potência. Só se a ideia for fazer uma superdesportiva low cost para competir com a CBR650R
Responder
#7

(28-05-2020 às 15:41)dmanteigas Escreveu:  Não acho de todo que seja o motor adequado para uma superdesportiva. Não me faz sentido nenhum, quando por apenas mais 150cc e uma configuração igualmente simples há uma R1 a debitar quase 200cv de potência. Só se a ideia for fazer uma superdesportiva low cost para competir com a CBR650R

Possivelmente com a configuração actual (que conheces) e existido uma R1... não! Mas situa-te no tempo e repara que quando foi apresentado em 2012, era apenas o conceito do motor, e ainda nem sequer se sabia ao certo a(s) cilindrada(s) com que poderia vir a ser "trabalhado". Até porque o CP4 já existia de um pouco antes e o conceito dos crossplane já vinha até dos anos 90, das TRX850/TDM850.

Falava-se até de um 675 triple, para colmatar a grande lacuna das 600cc desportivas de 4 canecos (R6 especificamente), que é o imensamente pontudo que aquele motor consegue ser, para ser espremido até à potência que declara.

Um 675 triple, mais redondo ao longo do espectro de rotações, poderia dar uma alma diferente à R6, sem prejudicar grandemente as prestações (nada que já não houvesse nas Daytona ou nas F3). E hipoteticamente até um triple de 1100cc, precisamente destinado à R1. Mas algo que obrigaria a mexer nos regulamentos desportivos das WSBK (nas WSSP já são admitidas triples de 675 e twins até 750cc). Talvez até tenha sido (eventualmente, digo eu) este o motivo para essa intenção de o incluir numa futura R1 ser relegada.

De qualquer forma, uma R9 com o actual CP3 (tal como conhecemos), vai acabar assim a não ser ser nem carne nem peixe... é um facto!

[Imagem: QKmafvp.png]
Responder
#8

Depende um bocado da intenção.

Eu acho que existe um nicho de mercado com potencial de crescimento que a R6 não consegue cubrir.

Se admitirmos que as F3 estão muito sós, oferecem 140cv e uns kg a menos que uma mil, ganhando algo em agilidade, uma R9 com 125cv, ou 130 CV, a custar 3000 euros menos é gaja para vender-se bem como trampolim para a R1 (por exemplo).
Responder
#9

(28-05-2020 às 15:31)carlos-kb Escreveu:  
(28-05-2020 às 14:27)pedromt07 Escreveu:  Já se fala nisto desde que saiu a 09

Muito antes ainda! Quando o novo triple CP3 foi apresentado em 2012 na Intermot, e ainda estava este (literalmente) preso por arames, já se conjecturava que o seu destino seria especialmente destinado a uma substituta da R6 (e não só).

[Imagem: k9Wa5Bj.jpg]

«
10/19/2012
Debuting a “crossplane” three-cylinder engine at the INTERMOT show, Yamaha has gotten the word out that it intends on making more inspiring motorcycles, and part of that plan includes the use of triples in its upcoming bikes. Knowing that at least one, if not several future Yamahas will use the hinted-at three-cylinder lump, the Brits over at Visordown have gotten word from their sources within Yamaha Japan that in the coming future, the Yamaha YZF-R6 & Yamaha YZF-R1 will be two of the bikes to receive such modifications

Expected to come in 675cc and 1,100cc, the Yamaha R6 & Yamaha R1, respectively, would be a stark contrast the bevy of inline-four machines that dominate supersport and superbike racing. While many supersport rules already accommodate a 675cc triple (thank you Triumph), Yamaha is said to be lobbying World Superbike for a 1,100cc displacement dispensation for three-cylinder engines in premier production racing class. Under current rules, a triple would have to be 1,000cc, just like the four-cylinder machines.


https://www.asphaltandrubber.com/news/ya...ne-triple/

A 09 só seria formalizada e apresentada oficialmente como a 1ª portadora desde triple, 1 ano depois, para começar a ser comercializada no ano seguinte... enquanto que o plano para meter esta motorização em desportivas ia sendo sempre relegado.

(28-05-2020 às 14:27)pedromt07 Escreveu:  e o mesmo para uma R07 (Que já "existe" de forma custom nos EUA) e nunca vai existir. É fácil perceber porquê.

Efectivamente já existiu uma R7, de produção limitada a 500 unidades... a OW02. Só não era Crossplane (concepção Genesis derivado da YZF750-SP).

[Imagem: DqgCGNo.jpg]

Podes ver uma no Caramulo e não há muito, >>andou por aí a rolar<<.
Deves ter reparado no 0 antes do 7. Não me referia a uma R7, daí o dito 0 blink
Mencionei a "R07" ou "FZ07R" porque surgiram os mesmos comentários e rumores sobre o CP2 quando ele saiu, que surgiram quando saiu o CP3.
.
.
Uma R6 com um CP3 seria apenas uma R6 com mais binário e um pouco menos ponta, mas um CP3 um pouco mexido, como já se vê o seu potencial com "repros", até daria uma "boa" desportiva, podendo até ser equivalente/concorrente à daytona 765. Mas é óbvio que o CP3 como se encontra, não tem muito a ver com uma desportiva.

V
Responder
#10

Gostava de ver e acho que até faz sentido.

Até uma 07 RR ficava engraçada. Sem dúvida que teria a sua utilidade em serra onde é difícil usar 200cv, e onde se precisa de torque.
Responder




Utilizadores a ver este tópico: 1 Visitante(s)