BMW G310 RR
#1

[Imagem: 5LJnFKyujJqjfHJM1cjZu7NGWs4Qq3ifn4jwzwOR4ALQMYM=]

A cilindrada de 300cc começa a ter hoje em dia uma enorme expressão no mercado. Os fabricantes têm vindo a optar pela criação de um novo segmento de motos de cilindrada média, acima das 125, e os 300cc parecem ser o novo standard de mercado, realidade que aparece expressa também na competição com a nova classe de SuperSport 300 no Campeonato do Mundo de Superbikes e que fez furor na temporada de 2017. Tanto assim foi que a própria Federação de Motociclismo de Portugal decidiu também introduzir no calendário de Velocidade de 2018 esta mesma classe.

As primeiras marcas a aparecerem com motos neste novo segmento foram a Yamaha com a sua R3, a Kawasaki com a Ninja 300, seguidas da Honda e da KTM. É de esperar por isso que outras marcas venham a investir neste novo segmento e que venham muito em breve a apresentar os seus modelos ao mercado.

[Imagem: 300.jpg]

Considerando esta realidade e o facto da BMW produzir as suas unidades G310, naked e trail, na fábrica indiana TVS Motors com a qual celebrou um acordo para produção e desenvolvimento de novos modelos de baixa cilindrada e cujo primeiro resultado está expresso num novo modelo recentemente apresentado no mercado indiano, a Apache RR310, que criou uma enorme expectativa em termos da sua projecção comercial doméstica, é de pensar que a BMW poderá considerar vir a desenvolver um modelo desportivo a partir do mesmo.

[Imagem: screen-shot-2018-01-16-at-190002.png]

Aliás se colocarmos o novo modelo da TVR Motors lado a lado com a naked da BMW G310 R iremos constatar uma série de elementos comuns entre ambas a nível das suas ciclísticas. Suspensões, travões , jantes, quadro e até mesmo o escape, são absolutamente idênticos. O motor é também o mesmo mono-cilíndrico de 313cc, de arrefecimento líquido que debita 34CV às 9.500 rpm, que atinge o red-line às 10.500 com um binário máximo de 28 Nm às 7.500 rpm.

[Imagem: how-similar-is-the-n-8-800x0w.jpg]

Ambas motos montam ABS de origem e travões da marca ByBre, uma subsidiária indiana da Brembo. Discos de 300mm na frente com pinças de 4 pistons e disco de 240mm atrás com pinça de 2 pistons. As suspensões são KYB invertidas de 41mm na frente e monoshock atrás.

[Imagem: screen-shot-2018-01-16-at-185952.png]

Podemos por isso imaginar que muito em breve teremos uma G310RR que poderá ter por base a Apache lançada no mercado indiano na sua gama de 2018. O designer Oberdan Bezzi inspirado pela mesma ideia adiantou-se e propôs já um “look” para a nova Supersport 310RR da BMW.

[Imagem: bmw-hp1-sport-concept-by-obiboi-dbay1or.jpg]

O resultado é de tal forma surpreendente que tivemos que o partilhar convosco. Oberdan Bezzi propõe nos seus projectos a condição de que este projecto ganhe a designação HP1, conotando assim a sua proposta com o departamento de desenvolvimento de motos de competição da BMW.

A HP1 proposta por Bezzi tem inspiração não na Apache da TVR Motors mas sim na Superbike topo de gama da BMW a HP4. As suas linhas seguem as da sua irmã mais velha e a aerodinâmica é também semelhante. A decoração é totalmente inspirada nas BMW de competição.

[Imagem: bmw-hp4-race21.jpg]

Quer por sugestão de Oberdan Bezzi quer por coerência com o protocolo de desenvolvimento e produção com a TVR Motors, é de esperar que a BMW venha muito em breve a apresentar as suas Supersport 300, talvez até ter umas quantas unidades a rodar no Campeonato do Mundo de Supersport 300 antes de lançar uma versão comercial. Aguardamos com curiosidade novos desenvolvimentos sobre esta realidade.

Bezzi propõe ainda o desenvolvimento de novos modelos de acordo com conceitos actuais e que ilustra de forma sublime.

[Imagem: images?q=tbn%3AANd9GcT4XLIkYtQDw11iDiKFM...g&usqp=CAU]


Responder
#2

Eit...porra ...porque? fdx... porque? porque??? fear


Responder
#3

Sem ficha técnica nada....

I just don't run with the crowd!

www.loneriderendlessroad.com
Responder
#4

Sabia que o Vindaloo iria apreciar. lol

[Imagem: QKmafvp.png]
Responder
#5

(19-01-2018 às 11:48)LoneRider Escreveu:  Sem ficha técnica nada....

Nada ou não nada, não importa. Mandar tudo ao rio! Se não nadar, vai ao fundo...


Responder
#6

Elá! A BMW está a dar cartas! thumbsup
Responder
#7

Agora vou cometer um pecado...

Mas ter uma destas na garagem para ir para as curvas aqui ao pé não é uma ideia assim tão má...
(e também ia a andar mais devagar do que se fosse em cima de uma R6, e não tinha medo de estragar o meu sutiã)
Responder
#8

(19-01-2018 às 13:58)fdomingues Escreveu:  Agora vou cometer um pecado...

Mas ter uma destas na garagem para ir para as curvas aqui ao pé não é uma ideia assim tão má...
(e também ia a andar mais devagar do que se fosse em cima de uma R6, e não tinha medo de estragar o meu sutiã)

Aqui o problema não é tanto a proposta.
É de que é feita a proposta.
De que serve ter aspecto desportivo a pesar 180kg!?

Agora, 40cv, 120kg, suspensões top e tudo o que merece uma desportiva era o que tinha que ser!

I just don't run with the crowd!

www.loneriderendlessroad.com
Responder
#9

Sim, realmente tens razão, devia ser mais levezinha, mas o A2 não deixa.... Raio dos fabricantes a quererem fazer dinheiro xD

(em vez de fazer uma 300 levezinha para quem tem A)
Responder
#10

Podiam-nas fazer mesmo desportivas, mas o mercado não ia responder, mas sim, apenas um nicho...aos malucos que gostam mesmo de motos, os restantes querem consumos, punhos aquecidos, Transalpinas a cair aos bocados, scooters a desfazerem-se, NCoisas, XMax; Tmax, Xcitys...e mais uma bacorada de coisas com duas rodas.  


Calma...estava mesmo a brincar..ainda estou meio lixado por ter levado aquela multa! lol
Responder




Utilizadores a ver este tópico: 1 Visitante(s)