Aldeia da roupa branca

(15-09-2019 às 13:29)pareias Escreveu:  
(15-09-2019 às 13:19)marco.clara Escreveu:  
(13-09-2019 às 23:10)pareias Escreveu:  É um poço de contradições... e quando souber pelo noticiário que estou no top 3 (três) da Universidade de Lisboa pelo ISI, então vai trepar pelas paredes....

Oh Areias... Tu que és professor há umas décadas... Sabes o que se costuma dizer acerca dos professores...?

Se não sabes fazer... Ensina!
Se não sabes ensinar... Vai para professor de educação física!

O Técnico vai abrir algum curso de desporto, em breve?

devil


Aí dou-te 100% de razão. Quem não sabe ensina.

Eu desenvolvo software no dia-a-dia e é isso que me interessa. Por acaso tenho emprego no estado a fazer outras coisas.

Repara que quem anda a "ensinar" é o Carlos-KB (e o LoneRider)... ele é que se põe a escrever de forma agressiva. Eu respondi.

Se fores ver o tema do avanço da ignição vês que apenas o PedroMt07 deu uma resposta em condições, mas ninguém ligou nenhuma.

Na realidade nenhum de nós percebe nada, caso contrário estaríamos a trabalhar na indústria dos motociclos (não, Carlos-KB, trabalhar num Stand aos 18 anos não conta, não são eles a fazer as motas).

Já que comentas o tema da idade do kb quando trabalhava com motas e tal...

Explica lá como é que um gajo nascido em 1973 ganha um prémio de "jovem investigador" em 2013, portanto com a respeitável idade de 40 primaveras feitas?

E já que estamos na onda temporal... Porque é que o kb ou quem fosse havia de assistir a uma notícia no telejornal, a reportar o facto de o ISI (tive de ir pesquisar o que era) te ter galardoado com um "prémio" de autor "muito citado"... Em novembro do ano passado? Essas notícias chegam sequer a dar na televisão?
Estás na 16/600 páginas de autores galardoados, mas creio que por uma mera questão de ordenação alfabética... devil

Quanto ao desenvolvimento de software... C++...?

Isto dos "galões" tem muito que se lhe diga. Para evitar achincalhos de maior, o melhor é optar por não puxar por eles.
Responder

(15-09-2019 às 15:03)marco.clara Escreveu:  
(15-09-2019 às 13:29)pareias Escreveu:  
(15-09-2019 às 13:19)marco.clara Escreveu:  Oh Areias... Tu que és professor há umas décadas... Sabes o que se costuma dizer acerca dos professores...?

Se não sabes fazer... Ensina!
Se não sabes ensinar... Vai para professor de educação física!

O Técnico vai abrir algum curso de desporto, em breve?

devil


Aí dou-te 100% de razão. Quem não sabe ensina.

Eu desenvolvo software no dia-a-dia e é isso que me interessa. Por acaso tenho emprego no estado a fazer outras coisas.

Repara que quem anda a "ensinar" é o Carlos-KB (e o LoneRider)... ele é que se põe a escrever de forma agressiva. Eu respondi.

Se fores ver o tema do avanço da ignição vês que apenas o PedroMt07 deu uma resposta em condições, mas ninguém ligou nenhuma.

Na realidade nenhum de nós percebe nada, caso contrário estaríamos a trabalhar na indústria dos motociclos (não, Carlos-KB, trabalhar num Stand aos 18 anos não conta, não são eles a fazer as motas).

Já que comentas o tema da idade do kb quando trabalhava com motas e tal...

Explica lá como é que um gajo nascido em 1973 ganha um prémio de "jovem investigador" em 2013, portanto com a respeitável idade de 40 primaveras feitas?

E já que estamos na onda temporal... Porque é que o kb ou quem fosse havia de assistir a uma notícia no telejornal, a reportar o facto de o ISI (tive de ir pesquisar o que era) te ter galardoado com um "prémio" de autor "muito citado"... Em novembro do ano passado? Essas notícias chegam sequer a dar na televisão?
Estás na 16/600 páginas de autores galardoados, mas creio que por uma mera questão de ordenação alfabética... devil

Quanto ao desenvolvimento de software... C++...?

Isto dos "galões" tem muito que se lhe diga. Para evitar achincalhos de maior, o melhor é optar por não puxar por eles.


O ano passado (2018) foi outro prémio. Este ano ainda não é público.

600 galardoados? De que é que estás a falar? Em Portugal somos 6 em 2019. Em 2018 não fui procurar, mas penso que foram 10, salvo erro.

Em todas as áreas Científicas.

As notícias apareceram na Televisão, sim. Este ano ainda não sei, mas provavelmente vão publicitar.

Não achincalhas nada, até porque andaste a procurar sem cautela. 1 em 6 não é o mesmo que 1 em 600.

Um colega já inseriu a lista num fórum (a que não pertenço): https://forum.bolseiros.org/viewtopic.php?f=8&p=43567

O que me espanta é o tempo que andaste a perder com isso. Eu não o faria.

Só o facto de mencionares "C++"... se souberes alguma coisa sobre o tema, terei todo o gosto em ouvi-la.

Já agora, envia-me um link para um prémio Internacional que tenhas ganho.

Falar é fácil.

Knowing a man well never leads to hate
Responder

Quando tinha 12 anos ganhei a prova do Kanguru de matemática na minha escola, também conta?
Responder

(15-09-2019 às 17:05)dmanteigas Escreveu:  Quando tinha 12 anos ganhei a prova do Kanguru de matemática na minha escola, também conta?

Pelo menos eras novo. Para o Marco já conta.

Só abaixo dos 13.

Esqueci-me: prémio da 4ª classe, também conta?

Knowing a man well never leads to hate
Responder

(15-09-2019 às 15:59)pareias Escreveu:  As notícias apareceram na Televisão, sim. Este ano ainda não sei, mas provavelmente vão publicitar.

Não achincalhas nada, até porque andaste a procurar sem cautela. 1 em 6 não é o mesmo que 1 em 600.

Um colega já inseriu a lista num fórum (a que não pertenço): https://forum.bolseiros.org/viewtopic.php?f=8&p=43567

O que me espanta é o tempo que andaste a perder com isso. Eu não o faria.

Homem... tem calma pá! De repente ficaste bué nervoso! Pensei que estávamos aqui todos na reinação e tal, mas parece que o tom jocoso contigo só funciona num sentido... troll

Relativamente à pesquisa "exaustiva" que fiz, terá sido algo como escrever no google "pedro areias isi research awards" (não tenho a certeza se me falta alguma palavra chave). Admito que possa ter referido uma qualquer lista que me tenha aparecido, mas para a próxima posso tentar ser mais exaustivo e incluir a citação de fontes, qual artigo científico se tratasse. Ou não.

(15-09-2019 às 15:59)pareias Escreveu:  Só o facto de mencionares "C++"... se souberes alguma coisa sobre o tema, terei todo o gosto em ouvi-la.

Aqui atirei o barro à parede. Se tivesses dito "programar" em vez de "desenvolver software" teria apostado em Mathlab. bigsmile

(15-09-2019 às 15:59)pareias Escreveu:  Já agora, envia-me um link para um prémio Internacional que tenhas ganho.

Eu sou um bardamerdas pá... nem a tese de mestrado acabei, por isso mesmo que quisesse puxar galões, não os tinha para o fazer. Quanto a prémios, uma vez ganhei 150 paus numa raspadinha, mas penso que aquilo é gerido pela Santa Casa da Misericórdia, pelo que não contará como prémio internacional. Ainda assim, deixo aqui o link a quem interessar.


PS: já aceitei o teu convite de ligação no LinkedIn. Mas sinceramente espanta-me o tempo que andaste a perder com isso. Eu não o faria.
Responder

(15-09-2019 às 18:28)marco.clara Escreveu:  
(15-09-2019 às 15:59)pareias Escreveu:  As notícias apareceram na Televisão, sim. Este ano ainda não sei, mas provavelmente vão publicitar.

Não achincalhas nada, até porque andaste a procurar sem cautela. 1 em 6 não é o mesmo que 1 em 600.

Um colega já inseriu a lista num fórum (a que não pertenço): https://forum.bolseiros.org/viewtopic.php?f=8&p=43567

O que me espanta é o tempo que andaste a perder com isso. Eu não o faria.

Homem... tem calma pá! De repente ficaste bué nervoso! Pensei que estávamos aqui todos na reinação e tal, mas parece que o tom jocoso contigo só funciona num sentido... troll

Relativamente à pesquisa "exaustiva" que fiz, terá sido algo como escrever no google "pedro areias isi research awards" (não tenho a certeza se me falta alguma palavra chave). Admito que possa ter referido uma qualquer lista que me tenha aparecido, mas para a próxima posso tentar ser mais exaustivo e incluir a citação de fontes, qual artigo científico se tratasse. Ou não.
(15-09-2019 às 15:59)pareias Escreveu:  Só o facto de mencionares "C++"... se souberes alguma coisa sobre o tema, terei todo o gosto em ouvi-la.

Aqui atirei o barro à parede. Se tivesses dito "programar" em vez de "desenvolver software" teria apostado em Mathlab. bigsmile
(15-09-2019 às 15:59)pareias Escreveu:  Já agora, envia-me um link para um prémio Internacional que tenhas ganho.

Eu sou um bardamerdas pá... nem a tese de mestrado acabei, por isso mesmo que quisesse puxar galões, não os tinha para o fazer. Quanto a prémios, uma vez ganhei 150 paus numa raspadinha, mas penso que aquilo é gerido pela Santa Casa da Misericórdia, pelo que não contará como prémio internacional. Ainda assim, deixo aqui o link a quem interessar.


PS: já aceitei o teu convite de ligação no LinkedIn. Mas sinceramente espanta-me o tempo que andaste a perder com isso. Eu não o faria.


(Completely Off-Topic)

Não há problema nenhum, repara como começou.

Como é óbvio não sou especialista como tu em programação (nem lá vou com esta idade), mas programo todos os dias em C++ e também Fortran 03 por um único motivo.

Esse motivo é performance, a Intel assegura-se disso e o compilador da Intel (com duas front-ends, C++ e Fortran) é universalmente adoptado para tirar proveito até à última gota dos cpus e gpus:
https://software.intel.com/en-us/compilers

Já usei Ruby entre outras linguagens interpretadas e apesar de serem facílimas de utilizar, a performance não está lá. Enfim, há o Julia, mas também não chega lá.

Para alguém da "Computer Science" como tu pode parecer bizarro, mas para a malta da Engenharia grossa acaba por fazer sentido.

Knowing a man well never leads to hate
Responder

Houve um tempo em que os tópicos deste fórum descabavam em assuntos relacionados com as motas. Os picansos era extensos e imensos apesar de didáticos.
Como já alguém disse, aqui onde a igualdade de circunstancias outrora foi respeitada, já tudo vale para ser-se mais algo que o outro.
Tenho pena que assim seja, pois ao menos, nesses tempos idos, um gajo ria-se.
Hoje só tenho vontade de chorar. sad
Responder

O engraçado é como agora, qualquer puta de tópico neste forúm, descamba neste tipo de merdas. É completamente surreal.

Nem sei como de um tópico em que até se estavam a sugerir e discutir modelos de motos e respectivas características, dentro de uma determinada opção do user que o abriu, de repente escancara portas a uma troca de galhardetes estapafúrdio, em torno do que cada um é, faz ou o que ganhou, no seu desempenho académico, profissional ou pessoal... e como se isso servisse de alguma coisa para aqui.

Há pessoas que deverão interiorizar que isso é totalmente irrelevante (pois já nem é a primeira vez)... e a tentativa de obter protagonismo ou sobre-valência sobre os demais por essa via, só passa simplesmente por ser patético.

E tudo porque mandei uma piadola sobre um user que entrou em tempos aqui a querer uma Rocket III, abriu um tópico disso que deu páginas e páginas de discussão, e no final acabou com uma Superlight 125 (user esse que já nem sequer está aqui no forúm)... de repente os eternos ódios de estimação de alguns (que possivelmente até estavam nos antípodas de entender essa piada), afloraram à pele.

Não deixo de concordar com o Lone. Em tempos as picardias, que também existiam, eram saudáveis e pedagógicas. E sobretudo, eram uma excepção, enquanto se discutiam especificamente motos e assuntos em torno delas.
Agora temos que a excepção se tornou na única regra. Há pessoas que aqui pouco ou nada falam de motos, mas a todo o momento, numa plena atitude persecutória, estão em busca de permanente confronto, conflito e escárnio. E já nem falo de quando as coisas extravasam daqui para outros âmbitos. Mas também grande parte terá plena consciência do que estou a falar.

Este fórum teve uma razão de nascer (que possivelmente a maioria dos actuais users desconhece), e surgiu da carolice de uns quantos. E chegaram-se a fazer coisas muito engraçadas, dentro e fora do forúm.
Infelizmente e à conta do actual estado de coisas, grande parte desses, foram abandonando o forúm, por mera falta de interesse. Poucos (desses) são os que cá continuam. Mas muitos desses, que eram efectivamente os que discutiam motos, traziam novos assuntos sobre elas, organizavam eventos e davam dinâmica a isto.
Até mesmo o Officer, "dono" do forúm, virou costas... e o certo é que a continuar assim, isto terá um destino mais que certo.

Cada um que enfie agora a carapuça tanto quanto possa. Não há só culpados e só inocentes. Que fique à consciência de cada um, a forma e postura que aqui tem. E que tenham também ao menos dois dedos de testa, para conseguir medir causas e consequências.

Por aqui me fico!
Responder

Engraçado como mudam as marés e os marinheiros...

Ao clicar nos ultimos tópicos não lidos reparo que desses 10 apresentados, 8 efectivamente teem uma discussão saudável ou uma cadência que se desenrola on topic.
Por isso, hoje, não percebo a lanterna vermelha, quando desde há algum tempo para cá que uns deixaram o forum porque deixaram de andar de mota, outros porque o coiso dá as boas vindas cozido e assado, outros porque simplesmente deixaram de ter interesse.
Mesmo tendo muita pena que alguns membros que considero verdadeiros amigos deixaram de estar ou apenas veem muito de vez em quando...eu também gostaria que eles partivcipassem...mas é uma decisão deles...não minha.

Quem quer estar, está. É o meu ponto de vista. Agora apontar dedos quando temos telhados de vidro é que não me parece correcto, porque também os devo ter, e tu Kb, achas que não os tens? É que na verdade, o facto de apontar os dedos a dizer que "tu é que começaste", e depois seja aqui ou noutro sitio agir completamente ao contrário...é bonito de se ver. Isso na minha terra tem um nome, mas guardo-o para mim.

Apenas digo, vamos é andar de mota...desanuviar, viver a vida que são dois dias, em vez de andarmos aqui a fazer disto um muro das lamentações... V

Só gostaria de saber que consequencias ou causas falas. E se puderes ser sincero, agradecia.
Responder

(15-09-2019 às 23:04)LoneRider Escreveu:  Houve um tempo em que os tópicos deste fórum descabavam em assuntos relacionados com as motas. Os picansos era extensos e imensos apesar de didáticos.
Como já alguém disse, aqui onde a igualdade de circunstancias outrora foi respeitada, já tudo vale para ser-se mais algo que o outro.
Tenho pena que assim seja, pois ao menos, nesses tempos idos, um gajo ria-se.
Hoje só tenho vontade de chorar. sad

Um bom exemplo disso é os vários tópicos sobre a Tracer 900 GT, dos mais extensos e didáticos deste forum.

Ditadura dos Flocos de Neve
Responder




Utilizadores a ver este tópico: 3 Visitante(s)