akrapovic vs sc project yamaha mt 07
#71

(06-12-2018 às 22:34)Johnny_1056 Escreveu:  Boas;
Mas há alguém que se preocupe em averbar um escape after-market??!! censored

Pelos vistos... e cada vez mais... no espaço de um par de semanas já é o segundo.
Responder
#72

O que é que vocês querem dizer com "averbar" um Arrow? (ou similar)

Fazem o quê?
Pagam uma batelada por uma inspecção B e depois o IMTT emite um livrete que indica que ela pode circular com aquilo?

Não percebo...

Qualquer corneta que lá enfiem que não fuja muito ás dimensões do oem e cumpra as emissões e os dB's que estão indicadas no livrete ... está legal.
É por isso que quando se abre um catálogo, alguns aparecem como "street legal" e outros não.
Pois alguns cumprem esse requisitos. Outros não.

A bófia não vos pode multar só porque o escape é de outra marca que não a da moto...
Não há nada na lei que indique que o escape tem de ser oem.
A bófia pode vos multar se andar com os aparelhos de medir atrás... e aquilo não bater certo. Mas um aftermarket que seja "street legal" é suposto bater certo.
A não ser que tenham se "esquecido" naquele dia dos dbKillers e do catalizador em casa.

"ó shor guarda.. bem achei estranho ao montar isto ter sobrado peças..."

Mas... reza a lenda que a moina nem anda com os aparelhometros atrás...
Se decidirem implicar mandam-vos logo chamar o reboque direitinhos a uma inspecção B.

Muito provavelmente o que escrevi foi gerado automágicamente através do Moto Lero
Responder
#73

(06-12-2018 às 22:34)Johnny_1056 Escreveu:  Boas;
Mas há alguém que se preocupe em averbar um escape after-market??!! censored

Eu penso o mesmo Jonhy...perde de dinheiro...e de tempo

Velasquez87
Responder
#74

(07-12-2018 às 02:28)dfelix Escreveu:  O que é que vocês querem dizer com "averbar" um Arrow? (ou similar)

Fazem o quê?
Pagam uma batelada por uma inspecção B e depois o IMTT emite um livrete que indica que ela pode circular com aquilo?

Não percebo...

Qualquer corneta que lá enfiem que não fuja muito ás dimensões do oem e cumpra as emissões e os dB's que estão indicadas no livrete ... está legal.
É por isso que quando se abre um catálogo, alguns aparecem como "street legal" e outros não.
Pois alguns cumprem esse requisitos. Outros não.

A bófia não vos pode multar só porque o escape é de outra marca que não a da moto...
Não há nada na lei que indique que o escape tem de ser oem.
A bófia pode vos multar se andar com os aparelhos de medir atrás... e aquilo não bater certo. Mas um aftermarket que seja "street legal" é suposto bater certo.
A não ser que tenham se "esquecido" naquele dia dos dbKillers e do catalizador em casa.

"ó shor guarda.. bem achei estranho ao montar isto ter sobrado peças..."

Mas... reza a lenda que a moina nem anda com os aparelhometros atrás...
Se decidirem implicar mandam-vos logo chamar o reboque direitinhos a uma inspecção B.

[Imagem: W4AnDHl.png]

[Imagem: 5O5T1my.png]

Velasquez87
Responder
#75

Felix, para teres noção do ridiculo o meu pai teve de pagar 30€ para averbar as peliculas que tem nos vidros do BMW há anos porque na inspeção deste ano chumbou por as mesmas não estarem averbadas no livrete, mesmo cumprindo os limites legais de % de visibilidade smile

Portanto se é assim com peliculas de vidros... com escapes mais sentido faz que eles caso queiram implicar te obrigam a gastar o equivalente ao valor do escape em averbar o mesmo no livrete, mesmo sendo street legal.

Ditadura dos Flocos de Neve
Responder
#76

Eu apenas presumo que seja uma boa maneira de convencer os papás que ofereceram a mota, a oferecer também o escape... devil


Responder
#77

Tanta merda para a mota andar a mesma coisa???? Mas valia juntar o dinheiro e comprar uma mota de jeito! devil

As minhas máquinas (e ex):
Kawasaki Versys 1000 / KTM 1290 Super Duke GT
Yamaha FZS 600 Fazer

[Imagem: censorship2.jpg]

Responder
#78

(07-12-2018 às 10:37)dmanteigas Escreveu:  ... com escapes mais sentido faz que eles caso queiram implicar te obrigam a gastar o equivalente ao valor do escape em averbar o mesmo no livrete...

Os carros que de origem trazem vidros escurecidos têm essa indicação nas observações do DUA.
Logo, instalar películas ou vidros escuros é uma alteração ás características do veículo.
Daí ser necessário "averbar" a alteração.

Relativamente aos escapes está bastante explicito no DUA quais os dB's e gramas de CO que é suposto emitirem.
Substituir por um escape que mantenha esses valores e não afecte as dimensões do veículo não se pode considerar uma alteração de características.

Além de que as autoridades têm equipamento para medir o som e certamente também podem ter para as emissões. E vale o que vale...
Já fui multado por excesso de ruído numa moto com apenas 3/4 meses e que ainda tinha o escape de origem.

Muito provavelmente o que escrevi foi gerado automágicamente através do Moto Lero
Responder
#79

(07-12-2018 às 16:14)dfelix Escreveu:  Já fui multado por excesso de ruído numa moto com apenas 3/4 meses e que ainda tinha o escape de origem.

Que arruaça...
Responder
#80

(07-12-2018 às 02:28)dfelix Escreveu:  O que é que vocês querem dizer com "averbar" um Arrow? (ou similar)

Fazem o quê?
Pagam uma batelada por uma inspecção B e depois o IMTT emite um livrete que indica que ela pode circular com aquilo?

Não percebo...

Qualquer corneta que lá enfiem que não fuja muito ás dimensões do oem e cumpra as emissões e os dB's que estão indicadas no livrete ... está legal.
É por isso que quando se abre um catálogo, alguns aparecem como "street legal" e outros não.
Pois alguns cumprem esse requisitos. Outros não.

A bófia não vos pode multar só porque o escape é de outra marca que não a da moto...
Não há nada na lei que indique que o escape tem de ser oem.
A bófia pode vos multar se andar com os aparelhos de medir atrás... e aquilo não bater certo. Mas um aftermarket que seja "street legal" é suposto bater certo.
A não ser que tenham se "esquecido" naquele dia dos dbKillers e do catalizador em casa.

"ó shor guarda.. bem achei estranho ao montar isto ter sobrado peças..."

Mas... reza a lenda que a moina nem anda com os aparelhometros atrás...
Se decidirem implicar mandam-vos logo chamar o reboque direitinhos a uma inspecção B.


Desculpa mas dá me vontade de rir e lamento que comentários como o teu incentivem e induzam em erro os restantes membros, quando nao sabemos nao devemos inventar, está completamente errado o que dizes.


Basta sim trocar qualquer componente para estar em infraçao, artigo 114 do codigo da estrada e não nao é necessário usar o aparelho de mediçao, tdos acessórios que sejam colocados teem obrigatoriamente estar averbadados no certificado matricula e nao confundam com estar homologado, tem de estar asduas coisas, se alguem quiser mais inf por Pm
Responder




Utilizadores a ver este tópico: 1 Visitante(s)