Vision 110
#41

Quantos anos de garantia teve a moto? É que cuidado que as revisões são por km ou por tempo. Basicamente fizeste 1 revisão dentro da garantia quando lhe devias ter feito 3 ou 4.. O meu carro também anda pouco, tem neste momento pouco mais de 20.000 km e vai fazer 4 anos, mas fez todas as revisões anuais. Pela lógica dos km também só tinha feito uma revisão aos 15.000, e daqui a praí 2 anos é que fazia a segunda revisão, mas não é assim que as coisas funcionam e aqui na oficina já se recusaram a responsabilidades a pessoas que fizeram apenas a primeira revisão e nunca mais apareceram, não constando mais nenhuma revisão no livro..

Não estou a dizer que não terás razão, apenas para te agarrares bem à primeira revisão que não estou a ver outra forma de eles te darem razão.

E claro, falando agora, é fácil chegar à conclusão que teria sido tudo mais fácil se tudo isto tivesse sido reclamado imediatamente após a primeira revisão.
Responder
#42

(27-07-2016 às 21:46)vindaloo Escreveu:  Entendo.

Não tenho como te tirar a razão completamente, ou sequer criticar-te.  Também sei que falar agora é facil, mas penso que a mota nunca devia ter saído da oficina se não estava em condições, nem devias ter feito revisões em casa em período garantia.


Atenção NUNCA fiz revisões em casa em período de garantia.

1ª mota: Bandit 600 1996
2ª mota: Honda Cbr 600 F 1996
3ª Mota: HONDA VISION 110 2012
4ª Mota: YAMAHA FZX 750 1995
5º Mota actual: Honda Transalp 650 2001
Responder
#43

(28-07-2016 às 09:50)Cloud Escreveu:  Quantos anos de garantia teve a moto? É que cuidado que as revisões são por km ou por tempo. Basicamente fizeste 1 revisão dentro da garantia quando lhe devias ter feito 3 ou 4.. O meu carro também anda pouco, tem neste momento pouco mais de 20.000 km e vai fazer 4 anos, mas fez todas as revisões anuais. Pela lógica dos km também só tinha feito uma revisão aos 15.000, e daqui a praí 2 anos é que fazia a segunda revisão, mas não é assim que as coisas funcionam e aqui na oficina já se recusaram a responsabilidades a pessoas que fizeram apenas a primeira revisão e nunca mais apareceram, não constando mais nenhuma revisão no livro..

Não estou a dizer que não terás razão, apenas para te agarrares bem à primeira revisão que não estou a ver outra forma de eles te darem razão.

E claro, falando agora, é fácil chegar à conclusão que teria sido tudo mais fácil se tudo isto tivesse sido reclamado imediatamente após a primeira revisão.

A garantia são de dois anos, penso que sem limite de kilometros, pelo menos no livro não me lembro de ter lido os kilometros.

Fiz uma revisão, a primeira, dentro da garantia, a outra muda de oleo foi feita em casa ja fora da garantia. A mota é de 10/2012, fez a primeira revisão em 05/2013 ( garantia acabou em 10/2014) e depois mudei o oleo em casa em 2015, que foi quando peguei nela.

1ª mota: Bandit 600 1996
2ª mota: Honda Cbr 600 F 1996
3ª Mota: HONDA VISION 110 2012
4ª Mota: YAMAHA FZX 750 1995
5º Mota actual: Honda Transalp 650 2001
Responder
#44

Mas é como te digo, há regras para isso. Nos carros por exemplo podes ter uma revisão aos 15.000km, e a seguinte aos 30.000km. Mas se fizeres 15.000km num ano, e depois demorares 5 anos a fazer 30.000km, não podes ficar esses 5 anos sem fazer revisões. Nas motos é igual. A mim por exemplo quando acabo uma revisão e pergunto quando é a próxima eles dizem-me a quantos km é, ou daqui a quantos meses tenho que lá ir. E sim, chega ao cúmulo de termos carros aqui na oficina que de ano para ano quase não têm diferença de km, mas é mesmo assim. Se eles começarem a perceber que tu em 2 anos de garantia só fizeste 1 revisão podem perfeitamente pegar por aí para dizer que foi descuido teu.
Responder
#45

(29-07-2016 às 09:43)Cloud Escreveu:  Mas é como te digo, há regras para isso. Nos carros por exemplo podes ter uma revisão aos 15.000km, e a seguinte aos 30.000km. Mas se fizeres 15.000km num ano, e depois demorares 5 anos a fazer 30.000km, não podes ficar esses 5 anos sem fazer revisões. Nas motos é igual. A mim por exemplo quando acabo uma revisão e pergunto quando é a próxima eles dizem-me a quantos km é, ou daqui a quantos meses tenho que lá ir. E sim, chega ao cúmulo de termos carros aqui na oficina que de ano para ano quase não têm diferença de km, mas é mesmo assim. Se eles começarem a perceber que tu em 2 anos de garantia só fizeste 1 revisão podem perfeitamente pegar por aí para dizer que foi descuido teu.

Eu não estou ja a discutir isso, o que eu ando a discutir é que na revisao que me fizeram colocaram um oleo não adquado para a mota, ou seja, a marca recomenda X e o concessionario colocou Y. O que levou á avaria da mota. E a diferença é grande em termos de viscosidade de um oleo para o outro.

1ª mota: Bandit 600 1996
2ª mota: Honda Cbr 600 F 1996
3ª Mota: HONDA VISION 110 2012
4ª Mota: YAMAHA FZX 750 1995
5º Mota actual: Honda Transalp 650 2001
Responder
#46

(29-07-2016 às 10:02)RSANTANA Escreveu:  Eu não estou ja a discutir isso, o que eu ando a discutir é que na revisao que me fizeram colocaram um oleo não adquado para a mota, ou seja, a marca recomenda X e o concessionario colocou Y. O que levou á avaria da mota. E a diferença é grande em termos de viscosidade de um oleo para o outro.

E o que a malta aqui te está a dizer, sem deixar de estar solidária contigo e com a tua situação, é que não tendo a manutenção sido feita de acordo com o planeado, a marca pode sempre alegar que não foi por causa do óleo que o motor avariou (ainda que possa efetivamente ter sido o caso).

Repito que os 50% na reparação não me parecem uma má oferta...
Responder
#47

Soube hoje que o meu processo esta em analise na Honda Espanha.

1ª mota: Bandit 600 1996
2ª mota: Honda Cbr 600 F 1996
3ª Mota: HONDA VISION 110 2012
4ª Mota: YAMAHA FZX 750 1995
5º Mota actual: Honda Transalp 650 2001
Responder
#48

Proxima mota a caminho Honda Transalp 650......hihihihihihi

1ª mota: Bandit 600 1996
2ª mota: Honda Cbr 600 F 1996
3ª Mota: HONDA VISION 110 2012
4ª Mota: YAMAHA FZX 750 1995
5º Mota actual: Honda Transalp 650 2001
Responder
#49

Meus amigos, cumpre-me informar que se colocarem oleo fula, mijarem para o motor ou simplesmente não colocarem oleo, o tratamento da Honda Portugal, é dizer que não conseguem comprovar que o motor gripou por causa do oleo usado.

Ou seja, um concessionário, faça a m@rda que fizer a culpa é sempre do cliente e nunca do concessionário.

O concessionário colocou 10w30 MA e depois colocou 10w40 da RPMOTO sintético.

O Oleo deveria ter sido 10w30 MB

1ª mota: Bandit 600 1996
2ª mota: Honda Cbr 600 F 1996
3ª Mota: HONDA VISION 110 2012
4ª Mota: YAMAHA FZX 750 1995
5º Mota actual: Honda Transalp 650 2001
Responder
#50

Para quem gosta de Hondas aqui fica o registo da resposta da Honda Portugal, tipico do genero quero posso e mando.

"Exmo. Senhor,

No seguimento dos contactos que tem vindo a efectuar junto do nosso Centro de Atendimento, vimos por este meio remeter a nossa resposta para o conteúdo do email que lhe foi enviado no dia 22/07/2016, uma vez que a nossa Direcção Pós-venda entendeu nada mais ter para acrescentar sobre este assunto, para além do conteúdo do referido email.

Ainda assim, aproveitamos esta oportunidade para esclarecer que o facto de o concessionário Beiramoto ter utilizado óleos diferentes não tem necessariamente relação com a avaria que ocorreu na moto de V. Exa., pois apesar de indicada a utilização do óleo 10W30MB, o óleo 10W30MA também poderá ser utilizado. A diferença entre ambos apenas se encontra nas propriedades de fricção para as embraiagens. Se fosse o contrário aí sim, poderia configurar problemas ao nível da embraiagem de uma moto com caixa de velocidades.

O óleo a utilizar na sua moto deverá cumprir a norma API SG ou superior excepto óleos com uma circular "energy conserving" na embalagem e com o Standard JASO T 903 MB ou MA. Relativamente à viscosidade SAE a indicada no manual é a 10W30 mas em situações de climas mais quentes (como o nosso) também é possível utilizar o 10W40, dado que a única diferença é a viscosidade do óleo em temperaturas mais altas, e nunca afecta negativamente as propriedades de lubrificação.

Deste modo, reiteramos que é essencial efectuar as substituições de óleo dentro das quilometragens e prazos estipulados, dado que o óleo do motor se degrada, quer com a utilização, quer com a passagem do tempo. Alertamos V. Exa. para o facto de que o não cumprimento do calendário de manutenções pode ter como consequência o surgimento de avarias no motor, como a presente.

Mais informamos que, não obstante as condições de garantia anteriormente referidas, mas tendo em conta a importância que a satisfação dos Clientes se reveste para a Honda, a acção comercial que lhe foi proposta a V. Exa. no nosso email de 22/07/2016, se mantém, mas apenas no caso de V. Exa. decidir efectuar a reparação em apreço até ao final da próxima semana.

Esperando que esta acção comercial possa ir ao encontro da sua satisfação, obtendo a sua aprovação, apresentamos os nossos cumprimentos,

Com os nossos melhores cumprimentos,
XXXXXXXX



Apoio a Clientes
________________________
Honda Motor Europe Ltd.

Honda Portugal


Rua Fontes Pereira de Melo, 16 Abrunheira
2714-506 SINTRA PORTUGAL


Tel: 808 910 911

Fax: +351 219 258 887"


Resumindo Se colocar oleo Fula é a mesma coisa e tenho ate ao final da proxima semana para usufruir de 50% de desconto nas peças, para quem não sabe o desconto normal são 35%.

1ª mota: Bandit 600 1996
2ª mota: Honda Cbr 600 F 1996
3ª Mota: HONDA VISION 110 2012
4ª Mota: YAMAHA FZX 750 1995
5º Mota actual: Honda Transalp 650 2001
Responder




Utilizadores a ver este tópico: 1 Visitante(s)