Vision 110
#21

O óleo poderia não ser o indicado e ser "liquido" demais.

De qualquer forma quando eles abrirem vêm.
Responder
#22

Epah até podia não ser o óleo mais adequado do mundo mas as especificações mencionadas não são nenhum crime.

Mais... não sei quantas mudas foram feitas, mas pobre de um motor se em poucos milhares de km se rebenta com a troca de óleo referida.

Já quantidades...

Cheguei a distribuir na telepizza quando andava a estudar. Andava com uma cg125 e posso dizer que andei perto de 3 meses com o cárter ligeiramente rachado e a mota praticamente sem óleo. Até doía a ouvir trabalhar.

E não foi isso que a matou. Foi um opel corsa branco nas mãos de outro sujeito após a minha saída.


Responder
#23

Depois de falar com a Honda Portugal e dito por eles, como o oleo, tem especificações superiores ao recomendado no livro, o problema não foi do oleo, pode sim ser um defeito de fabrico.

O oleo que coloquei foi CEPSA Moto 4T R 5W40 , API SL e JASO MA.

No livro exige, que seja no mínimo SG, e JASO MB., e Não pode ser 0w20 ecofuel.


Características do que uso:

Lubrificante 100% sintético de elevado rendimento para motores 4 tempos de motos e scooters de elevada potência
em condução desportiva e na lubrificação conjunta do motor, transmissão e embraiagem.
Utilização do produto
o Para condições muito severas a baixas e altas temperaturas
o Todo o tipo de Motos de elevada cilindrada e prestações (Superbikes) com injecção electrónica, mantendo
altas velocidades prolongadas ou condução desportiva
o Especial para prolongamento dos períodos de mudança em manutenção
o Indicado para a lubrificação conjunta do motor, transmissão e embraiagem em banho de óleo.
Prestações do produto
o Superior Lubricidade – Pelas suas bases sintéticas e seu elevado índice de viscosidade proporciona uma
lubricidade superior a qualquer temperatura, especialmente no arranque a baixa temperatura.
o Controlo Superior dos resíduos – A sua especial formulação detergente e dispersante, reforçada com anti-
oxidantes de última geração, evita a formação de resíduos e os pistões e válvulas, prolongando amplamente
a vida do lubrificante.
o Superior Capacidade anti-desgaste – Os aditivos anti-desgaste proporcionam uma capa protectora face às
altas cargas, “choque” e à lubrificação limite que ocorre no trem de válvulas, caixa redutora e embraiagem.

1ª mota: Bandit 600 1996
2ª mota: Honda Cbr 600 F 1996
3ª Mota: HONDA VISION 110 2012
4ª Mota: YAMAHA FZX 750 1995
5º Mota actual: Honda Transalp 650 2001
Responder
#24

Então e agora? Já mandaste reparar?
Responder
#25

(13-07-2016 às 22:28)marco.clara Escreveu:  Então e agora? Já mandaste reparar?

Não.

Estou à espera que a Honda se pronuncie, até lá não mando fazer nada.

1ª mota: Bandit 600 1996
2ª mota: Honda Cbr 600 F 1996
3ª Mota: HONDA VISION 110 2012
4ª Mota: YAMAHA FZX 750 1995
5º Mota actual: Honda Transalp 650 2001
Responder
#26

(14-07-2016 às 12:40)RSANTANA Escreveu:  
(13-07-2016 às 22:28)marco.clara Escreveu:  Então e agora? Já mandaste reparar?

Não.

Estou à espera que a Honda se pronuncie, até lá não mando fazer nada.

Sendo a mota de 2012 e não estando portanto coberta pela garantia, mesmo que seja defeito de fabrico, existe a hipótese de assumirem o estrago?
Responder
#27

(15-07-2016 às 08:18)marco.clara Escreveu:  
(14-07-2016 às 12:40)RSANTANA Escreveu:  
(13-07-2016 às 22:28)marco.clara Escreveu:  Então e agora? Já mandaste reparar?

Não.

Estou à espera que a Honda se pronuncie, até lá não mando fazer nada.

Sendo a mota de 2012 e não estando portanto coberta pela garantia, mesmo que seja defeito de fabrico, existe a hipótese de assumirem o estrago?

Segundo a conversa que me fizeram na Honda Portugal, parece que existe a possibilidade de assumirem o "defeito", não é normal pifar com 2935 km.

1ª mota: Bandit 600 1996
2ª mota: Honda Cbr 600 F 1996
3ª Mota: HONDA VISION 110 2012
4ª Mota: YAMAHA FZX 750 1995
5º Mota actual: Honda Transalp 650 2001
Responder
#28

hoje fui ver a mota, então a cambota tem dois rolamentos, só um dos rolamentos é que gripou, para mim é defeito de fabrico.

1ª mota: Bandit 600 1996
2ª mota: Honda Cbr 600 F 1996
3ª Mota: HONDA VISION 110 2012
4ª Mota: YAMAHA FZX 750 1995
5º Mota actual: Honda Transalp 650 2001
Responder
#29

Ponto da situação.

Recebi um email a dizer isto da Honda Portugal:"

Exmo. Senhor,


Fazemos referência ao email que nos enviou no dia 16/09/2015 ( o quê?!!, o primeiro email que enviei foi a 7 de julho de 2016), e subsequentes contactos telefónicos, cujo conteúdo que mereceu a nossa melhor atenção, foi também enviado para o Concessionário XXXXXXXXX com quem estivemos a trocar informações inerentes ao veículo e o assunto que nos expôs.


No que diz respeito ao óleo de motor indicado para a sua moto, sugerimos a consulta ao mencionado no respectivo Manual de Proprietário.


No entanto, desde a intervenção que efectuou ao veículo em 23/08/2013 ( WHAT?!! A PRIMEIRA REVISÃO FOI EM MAIO DE 2013) com 1.742 km ( MAS NÃO ACERTÃO UMA, A MOTA TINHA 1145KM...), a qual deveria ter ocorrido aos 1.000 km, o concessionário XXXXXXX desconhece não só onde é que as seguintes 2 manutenções anuais preconizadas pelo fabricante foram efectuadas, bem como a especificação do óleo que nelas foi utilizado, pelo que agradecemos que nos envie os respectivos comprovativos. Por outro lado, gostaríamos de chamar a atenção de V. Exa. para o mencionado no Manual de Manutenção e Garantia que acompanha o veículo, quando na página 12 explica que, a garantia de fábrica não cobre quaisquer danos resultantes de métodos de operação diferentes dos indicados no Manual do Proprietário ou utilização para lá dos limites ou das especificações da Honda (carga máxima, lotação, rotação do motor e outros).


Relativamente à anomalia que ocorreu na moto em apreço, se do ponto de vista do cliente podemos compreender a insatisfação que V. Exa. nos manifestou relativamente à ocorrência desta anomalia, já como representantes do fabricante, somos compelidos a seguir as condições de garantia por ele preconizadas para o veículo de V. Exa., cuja vigência expirou no dia 31/10/2014 pelo que não poderá ser activada na presente situação.


No entanto, tendo em conta a importância de que se reveste para a Honda a fidelização de V. Exa. à nossa marca, foi concertada com o concessionário XXXXXXXX uma acção comercial de apoio ao Cliente, que consiste na atribuição de um desconto de 50% sobre o PVP dos componentes necessários à reparação do seu veículo. Caso esta acção obtenha a sua aprovação, agradecemos que contacte o concessionário XXXXXX, no sentido de o informar sobre a sua decisão.


Sem outro assunto de momento, subscrevemo-nos apresentando os nossos melhores cumprimentos,


XXXXXXXX

Apoio a Clientes
________________________
Honda Motor Europe Ltd.

Honda Portugal


Rua Fontes Pereira de Melo, 16 Abrunheira
2714-506 SINTRA PORTUGAL


Tel: 808 910 911

Fax: +351 219 258 887


www.honda.pt"


Como podem ver isto esta um bocadinho estranho, não só porque eu não entrei em contacto com eles em 2015, nem a data da revisão esta certa, nem os kilometros........sem comentários.

Resumindo, agora estou a discutir a qualidade do oleo colocado na mota, uma vez que quando fui fazer a revisão, mal sai de la notei logo que a mota não andava, fui la segunda vez, colocaram outro oleo e ficou na mesma, e paguei as duas mudas de oleo e esta na factura.

Pior ainda é que o oleo que o Concessionario usa não é o que esta no livro de revisões, que é o 10w30 MB, e eles colocaram numa primeira vez o 10w30 MA e depois um outro oleo qq 10w40.


Agora perguntam-me , então existe diferença entre o 10w30 MA que eles colocaram e o 10w30 MB? a resposta é sim, o nível de viscosidade, o MA é mais grosso que o MB.


Esperemos pelo resto da novela.

Vim a saber que existem mais motas iguais com o mesmo problema.

1ª mota: Bandit 600 1996
2ª mota: Honda Cbr 600 F 1996
3ª Mota: HONDA VISION 110 2012
4ª Mota: YAMAHA FZX 750 1995
5º Mota actual: Honda Transalp 650 2001
Responder
#30

Não querendo fazer de advogado do Diabo, se efectivamente fizeste 2 revisões fora do concessionário numa mota com 1000 e poucos km e dentro do período de garantia, eu não acrescentaria nem retiraria uma vírgula ao email da honda.


Responder




Utilizadores a ver este tópico: 1 Visitante(s)