Trail braking (desculpem o estrangeirismo)
#71

No fundo tudo acaba no "a minha é maior que a tua"! lol lol

As minhas máquinas (e ex):
Kawasaki Versys 1000 / KTM 1290 Super Duke GT
Yamaha FZS 600 Fazer

[Imagem: censorship2.jpg]

Responder
#72

(15-04-2016 às 09:49)LoneRider Escreveu:  Em mais de meio milhão de km em moto, mais de dois milhões e meio de km em camião, 4 tracks, 2 cursos, 5 manifestações (2 organizadas) e uns quantos relatórios de denuncia do estado das estradas; nunca ouvi uma barbaridade tão verdadeira com a que acabaste de escrever.

Responder
#73

(15-04-2016 às 09:49)LoneRider Escreveu:  Em mais de meio milhão de km em moto, mais de dois milhões e meio de km em camião, 4 tracks, 2 cursos, 5 manifestações (2 organizadas) e uns quantos relatórios de denuncia do estado das estradas; nunca ouvi uma barbaridade tão verdadeira com a que acabaste de escrever.

E ainda assim não aprendeste nada? disapointed disapointed
Responder
#74

(15-04-2016 às 04:33)Caroço Escreveu:  já agora , que é feito da tua ????

Da minha quê? Da minha bandit 400?
Vendi-a há 12 anos atrás!
Gostava de ter somando tantos quilómetros quanto tu... mas ela insistia em não deixar!  smile

Além disso, não tenho um índice de masculinidade tão elevado como o vosso!
Rapidamente me apercebi que isto das "motos de risco" não era uma cena para mim!

Até compreendo que parar à beira da estrada e desenrascar um qualquer problema dá um estilo do caralho...

[Imagem: b5fa94f4f4a1667cf4f3db9878c1d917.jpg]

...mas não é a minha cena!

Por isso curto motos recentes.
Dessas cheias de paneleirices e gadgets e cenas que me facilitam a vida ou me impedem de ir com o focinho ao chão.

Confesso que tenho saudades daquela sensação de ir com a moto a gritar e abanar como se fosse a uns 260... quando na realidade ela ia a 160.
Mas... acho que ainda assim prefiro me surpreender por ir a 160 numa moto que parece ir a 60. E se for com os punhos aquecidos numa noite fria de Novembro... melhor!

Vivo portanto aprisionado neste corpo de "motociclista higiénico"...   shy
Mas podemos ser amigos na mesma?


(15-04-2016 às 09:49)LoneRider Escreveu:  Em mais de meio milhão de km em moto,...

Estás a ser modesto...pá!

Há uma fase em que a malta descobre que afinal ainda estava a aprender a gatinhar e já fazia todo o terreno com a zundapp do avô... e que só meio milhão fez no tempo em que ia para o liceu de LC ou NSR 50!
E podes sempre meter mais duas ou três motos pelo meio das que já tiveste.

Não garante que passes a ter razão em tudo o que escreves.... mas... tentar não custa!  lol
Responder
#75

(15-04-2016 às 09:36)quatropiscas Escreveu:  Mas vocês ainda se ralam com isso?  lol  lol  lol

Acho piada a quem anda a puxar dos galões na net. "Já fiz x mil km." "Faço track-days." "Como três virgens loiras de 18 anos por dia."  lol  lol  lol

lol lol lol

Epa.... eu já tive de fazer uns quantos milhares de kms em moto, primeiramente porque a moto durante muito tempo era o meu único veículo... e depois disso, quando arranjei trabalho longe de casa (fazendo 110 Kms diários ao longo de 3 anos, para ir trabalhar) e me saia mais barato ir de moto.

Track-days nunca fiz.... mas até gostava de experimentar! O mais parecido que tive, foi poder entrar em cortejo na pista do Estoril....

Comer 3 virgens loiras de 18 anos por dia é que não!!!
Primeiro, porque prefiro morenas.... segundo, virgens com 18 anos deve ser algo mesmo difícil de encontrar nos dias de hoje.... em terceiro, porque também já passei dos 40 (p.d.i.).... e por fim, e apesar da quantidade agora ser menor, prefiro sexo de qualidade. proud lol

[Imagem: zX4Kq81.png]

Responder
#76

A cifra talvez não seja a correcta ou a exacta.
Contudo nas motas que tenho actualmente, a soma de todas passa os 180000km.
Fazendo um trabalho de memoria à Dulcinea meti-lhe 13000km, a Voyager 82000 em dois anos, a Jamaica (uma Macal M 83) que tive durante 3 anos perdi-lhe a conta, mas sei que devo andar perto dos 100000 simplesmente porque eu não parava.

Com a Blue Wheells e a RossiFumi tambem não sei cuantos fiz, mas pouco importa, admito que talvez tenha inflacionado a cifra final, porque os datos apresentados foram feitos depressa e correndo para provocar a QuatroPiscas.

I just don't run with the crowd!

www.loneriderendlessroad.com
Responder
#77

(15-04-2016 às 15:51)LoneRider Escreveu:  A cifra talvez não seja a correcta ou a exacta.
Contudo nas motas que tenho actualmente,  a soma de todas passa os 180000km.
Fazendo um trabalho de memoria à Dulcinea meti-lhe 13000km, a Voyager 82000 em dois anos, a Jamaica (uma Macal M 83) que tive durante 3 anos perdi-lhe a conta,  mas sei que devo andar perto dos 100000 simplesmente porque eu não parava.

Com a Blue Wheells e a RossiFumi tambem não sei cuantos fiz, mas pouco importa,  admito que talvez tenha inflacionado a cifra final, porque os datos apresentados foram feitos depressa e correndo para provocar a QuatroPiscas.

A tua pegada ecológica está uma nódoa! bigsmile

Boas curvas! 
Responder
#78

Sim sim!

Sou muito poluente.

A Maria é uma Euro II.

Dorothy e Artax ambas Euro IV.

Havalina, de longe a mais poluente, uma Euro VI.

I just don't run with the crowd!

www.loneriderendlessroad.com
Responder
#79

A minha Cagiva Prima tinha norma O e era um gozo do camandro... lol
Responder
#80

(15-04-2016 às 17:16)Rod Escreveu:  A minha Cagiva Prima tinha norma O e era um gozo do camandro... lol

Este pessoal de agora nem sonha o que era o belo cheirinho de uma fumarenta! bigsmile

Para muitos agora, "autolube" é o nome de um lubrificante para usar em momentos de intimidade! cool

[Imagem: zX4Kq81.png]

Responder




Utilizadores a ver este tópico: 2 Visitante(s)