Topicos???
#1

Pessoal as Superbike já vão em Assen.......

E ninguem abre tópicos a falar disso???

Deixem se lá de facebook.....
Responder
#2

Boas;
Eu tenho visto as corridas, mas como não costuma aparecer ninguém para as discutir... confused
Responder
#3

Realmente...  confused

Onde andam o/s gajos "das Honda" que abriam sempre os tópicos?  lol

Live After Death...

Os Ferros...

In life, nothing happens by chance...
Responder
#4

Epah estamos cá nós!!!

E quando acharem que ninguem abre tópicos abram-no vocês mesmo, há sempre alguém a participar!!!



Eu acho que este ano o amigo Jonny Rea vai ser campão, creio que poucos terão opinião contrária.

Faz falta a Yamaha andar lá metida, e a Suzuki desenvolver um pouco......

A Honda é o que se sabe, basta olhar para o campão do mundo e ver o gajo a afundar-se, ou então olhamos para o Haslam que andava afundado e agora parece que bebeu red bull!!!
Responder
#5

Boas;
Continuo a ter uma admiração muito especial pelas SBK. Continuam com ser aquelas motos que nos fazem pensar e sonhar que conseguimos ter uma quase "igual" para andar na rua e os pilotos são mais "à antiga", não tanta garotada pelo meio.

O Jonathan Rea é sem dúvida o gajo que está a impor a sua lei. Confirma-se que o que lhe faltava era moto e está inclusivamente melhor que o companheiro de equipa. A Kawasaki apesar de velha continua um canhão.
O Leon Haslam com a Aprilia também ganhou nova vida.
É curioso como duas motos "velhas" continuam a dar cartas.
Tenho pena do Guintoli, é bom tipo, foi campeão do mundo, acho que saiu da Aprilia sem o devido reconhecimento e a Honda está a afundá-lo.
A Ducati também parece estar a levantar-se depois da travessia do deserto que foram os últimos 2 anos. O Gigi Dall' Igna parece ter conseguido arrumar a Ducati Corse.
Infelizmente o Giugliano escavacou-se todo na véspera de começar o campeonato. Espero que já apareça em Imola. Estava confiante que este fosse finalmente o seu ano.
Na Suzuki, continuam com uma moto velha, apostaram em MotoGP e Endurance e desconfio que pouco mais sobre para dedicar às SBK, contudo espero que consiga dar um ar da sua graça, nem que seja para compensar o empenho dos seus pilotos.
Fica a faltar a chegada da Yamaha e confirmar o seu potencial. Pelo que se sabe, as coisas estão a correr bem, o Coghlan já fez um pódio em Superstock e a moto está a andar bem nos States e na Inglaterra.

Supersport 600, continuo a não gostar de 600 supersport "à civil", mas tenho que admitir que as motos são uns canhões e as corridas são brutais. O Sofluogu continua a mandar, mas gosto de ver o Cluzel com a MV a dar luta. Também aqui faz falta a Yamaha, mas desconfio que só apareça no fim de pôr a R1 a andar.

Em Junho estou a pensar dar um salto a Portimão.
Responder
#6

Epah o Sofluogu dá me um certo nojo, anda em supersport tantos anos, já ganhou mais que uma vez, tentou superbike 2 vezes ( foram 2 vezes nao foram? ou só 1?) e nao deu em nada, já o vi dizer que queria tentar superbike mais uma vez....

Assim não mete graça, putos como o Lowes aparecem ganham e vão embora para superbike ou moto2 e o Sofluogu tá lá sempre....

É bom piloto sim sr, agressivo.. gosto de o ver a andar de mota mas tem de tentar superbike outra vez
Responder
#7

Boas;
Admito que possa ser um bocado "irritante", mas tenho uma grande admiração pelo Sofluogu. Quando foi recrutado para Moto2 deu nas vistas, mas nem assim conseguiu ter um lugar numa estrutura que lhe permitisse ter bons resultados regularmente. Ainda passou pelas SBK, só que com um charuto duma Honda pouco se podia esperar.
As Supersport continuam a ser onde se sente bem e consegue obter bons resultados, é a classe em que consegue reunir condições para vencer e continuar a ganhar dinheiro. Prefere ganhar em WSS do que andar a fazer sacrifícios e pagar para andar noutras classes sem grandes garantias de sucesso. Não sei até que ponto se pode criticar isso nos tempos que correm.
Depois ainda há a questão pessoal, o gajo é um turco que no fim de vencer o campeonato do seu país conseguiu ir correr para a Alemanha, passou para o Europeu e consegue chegar ao Mundial, sempre com sucesso!! No meio disto tudo ainda perde os 2 irmãos, pilotos como ele e consegue continuar a correr sem perder ânimo.
É um piloto duro sem dúvida, mas no fim de passar pelo que já passou é impossível não o ser. Prefiro de longe pilotos como o Sofluogu do que a cambada de "Amélias" que cada vez mais povoam os diversos campeonatos.
Responder
#8

Em relação ás Supersport creio que se a MV meter a mão na consciência e parar os problemas mecânicos/electrónicos a meio das corridas o Sufoglu não tem hipótese e ele sabe disso, dai a manobra estúpida que ia atirando o Cluzel para fora. Condições normais o Sufoglu vai estar a discutir o segundo lugar a partir de meio da season.

Superbikes, estou a adorar o nivel do Davies (que já começou a mostrar o que vale, tanto ele como a moto), do Haslam e do Jonny Rea. Acho que a moto vai dar o campeonato ao Rea, mas os outros estão muuuuuito bem também...
Responder
#9

Boas.

As corridas do passado fim-de-semana foram espectaculares.

A começar por WSS, o Sufuoglu continua a mostrar o seu valor e a sua experiência.
As MV estão bem mas, por pouco, o Cluzel não ia tendo um amargo de boca com o miúdo de 17 anos wild-card. Faltou mesmo pouco. Para ser sincero, tinha gostado de ver. O rapaz deve conhecer bem a pista, dado que é dali, mas mesmo assim, não deixou de ser impressionante ver a pilotagem dele, em especial, quando me lembrava da idade que tem.

Em SBK, já se percebeu que dificilmente não será a Kawasaki a levar o título este ano (ainda que falte muito campeonato). Tanto mota como pilotos estão num grande nível. O Rea já se sabe que é um grande piloto. Já o mostrava como podia na Honda. Agora, depois de uma boa adaptação à Kawasaki, não tem dado grandes hipóteses.
Neste fim-de-semana, tivemos o Sykes ao nível daquele que vimos ser campeão há 2 anos e, quando assim é, torna-se muito difícil de o bater. Ele fez uma grande primeira manga, mas na 2ª, e sem o Rea para o incomodar, esteve simplesmente intocável.

Na 1ª manga passou a imagem de que a mota do Sykes estava mais equilibrada que a do Rea, e tal devia mesmo ser, visto que ele ganhou ambas as mangas.

Epá, desculpem-me os fãs, mas não posso com o Haslam. Aliás, é até um pouco surpreendente para mim olhar para a equipa da Aprilia e ver os pilotos que estão lá. o Jordi Torres é a primeira vez que acompanho e pode até mostrar resultados de futuro, não sei... mas penso que a Aprilia poderia ter uma dupla bastante mais forte e de renome actualmente. Até porque a mota é reconhecidamente muito boa, sendo inclusivamente campeã do mundo. Aliás, de notar que este modelo já foi campeão 3 vezes, que me lembre, mas tem sido muitíssimo competitiva desde o seu aparecimento.

Cumprimentos a todos.

________________________________________________________________________________________

Aprilia RSV4 Factory '09 (Aprilia Racing theme)
Yamaha YZF-R6 '07 (Captain America theme)
---
Yamaha FZ8 '10 (White/Gold)
Kawasaki ZX-6R Ninja '08 (Orange)
Responder
#10

A jogada da Aprilia foi totalmente em direcção de investir na mota que estão a desenvolver em MotoGP, e deixaram um pouco de lado as superbike, visto que "oficialmente" não estão lá, a equipa que lá está é supostamente privada, mas obvio que há ali algum apoio official.

O Melandri não queria ir para MotoGP para se andar a arrastar em ultimo, mas a Aprilia não lhe deu grande escolha, ele simplesmente não tinha para onde ir, eles não queriam perder um piloto o Melandri e fizeram tudo para que ele fosse para motogp com eles.

O Guintolli quando ouviu que a equipa não ia ser official não quis ficar com uma Aprilia, pensando talvez que a prestação da mota fosse ser identica á da BMW quando estes se foram embora oficialmente, e além disso temos os custos..... para a Aprilia seria BEM MAIS barato dar uma mota ao Haslam e outra ao Torres e ver o que eles fazem do que ter de ficar com o "campeão do mundo" !!!!!

Acho que se a Aprilia tivesse tido vontade, teria ficado com os 2 pilotos do ano passado e este ano lutvam pelo titulo sem problemas, mas a estratégia deles foi outra.....

AGORA..... podemos é concluir que a mota é tão boa.... mas tão boa que mesmo com outros pilotos consegue andar na frente fazer podiums e mesmo até ganhar corridas, nas mãos do Leon Camier a historia era outra.


As Kawasaki estão a dominar, o Rea sera campeão e o Sykes fica em 2º.

A Honda tambem mostra melhorias mas está ainda a anos luz de andar na frente.

A Suzuki confunde-me..... ás vezes dão sinais de vida, outras vezes afundam-se ....... o De Puniet já não tem andamento, isso é notório!!!

As Ducati estão melhorzinhas, mas não estão ao nivel das melhores, de momento só o Chaz consegue andar na frente, o Juliano ainda tá dorido..... não é facil!

As BMW...... lá andam e tal.... de vez em quando aparecem na televisão, longe daquilo que foram á 2 ou 3 anos, e quando assim é faz me lembrar a estratégia da Yamaha, uma mota/equipa/constructor que andou na frente a ganhar corridas, titulos, pole positions, podiums.... durante algum tempo, de repente ser vista a afundar na tabela dá uma imagem muito má ao constructor, e nesse aspecto concordo com a estratégia da Yamaha, ou se anda lá para tentar ganhar e competir ou mais vale ir embora e deixar saudades, porque os fãs vão recordar-se da Yamaha em SBK com o Ben Spies a ganhar corridas e a fazer podiums e grandes batalhas e tal... sempre na frente!!!
Agora a BMW andar com o Badovinni a fazer numero...... muitos perdem o orgulho em ter uma BMW na garagem e vão trocar por uma aprilia ou Kawasaki, mesmo sendo usada.


A Yamaha não deve demorar a regressar, pelo que leio estão á espera que as regras em motogp se tornem mais estaveis, o que permite controlar a quantia de dinheiro gasta em motogp e ajuda a gerir as coisas, actualmente as regras em motogp mudam com o vento..... e assim ninguém se governa!
Qualquer constructor que tenha sucesso actualmente em MotoGP seguramente não é capaz de o fazer nas superbike.
Responder




Utilizadores a ver este tópico: 1 Visitante(s)