Suzuki Recursion/Katana
#1

smile
Pois é, parece que sempre o concept Recursion vai sair para produção. Não se sabe muitos pormenores, em principio será uma desportiva, se bem que eu espero uma naked. A noticia chama atenção porque este concept usa turbo, de maneira atingir as performances de uma mota de alta cilindrada, aliando com isso o baixo peso de uma 500/600cc de cilindrada, e mais importante, com consumos baixos (pessoalmente não acredito muito, talvez uns 5l/100Km, mas muitas já fazem esses consumos).
Deixo aqui a noticia da Motociclismo:

http://www.motociclismo.pt/index.php?option=com_content&task=view&id=7059&Itemid=51


Para quem quer se informar mais sobre este concept, deixo aqui:





Esperemos que saia daqui uma nova geração (super-fiável) de turbos. Porque um turbo avariar é muito chato lol.
Responder
#2

(06-01-2015 às 00:58)Lusitanian Escreveu:  ...em principio será uma desportiva, se bem que eu espero uma naked.

Olhando para a proposta, não é carne nem peixe. É uma semi-carenada.
O que faz todo o sentido, até porque segue as linhas da Katana original.

[Imagem: Suzuki-Turbo2_zpsd556a995.jpg]

Parece-me a resposta da Suzuki à H2 da Kawasaki.
Porém, mais coerente no recuperar do nome.

Gosto muito do look deste protótipo.
Estas abordagens minimalistas acabam por ser o melhor compromisso entre a elegância de uma naked e a protecção aerodinâmica mínima indispensável ao conforto do condutor.

Gosto do posicionamento dos espelhos.
Não sei serão muito funcionais ali, mas pelo menos é diferente.

(06-01-2015 às 00:58)Lusitanian Escreveu:  ...e mais importante, com consumos baixos (pessoalmente não acredito muito, talvez uns 5l/100Km, mas muitas já fazem esses consumos).

Acho que o complicado não será as motos fazerem estes consumos, mas sim os condutores se controlarem para as manterem em regimes de passeio.
Responder
#3

Comparativamente com a proposta da "Kawa" fazer motos com motores mais pequenos turbocomprimidos faz muito mais sentido, e certamente os consumos devem ser muito bons... mas acredito que a Kwasaki também tenha na manga alguma coisa para este segmento... vamos ver como o mercado vai receber estas motos... já há umas decadas todos os construtores japoneses tiveram motos turbocomprimidas, mas não tiveram grande aceitação.... pode ser que seja diferente desta vez.

Até que gosto do prototipo... mas infelizmente arealidade deve ser bem diferente deste modelo que nos mostram.

[Imagem: SM4eYt9.png]
Responder
#4

(06-01-2015 às 10:55)dfelix Escreveu:  Parece-me a resposta da Suzuki à H2 da Kawasaki.

Resposta? Quer-me parecer que a única coisa que poderão ter em comum, é recorrer à sobrealimentação do motor. Porque de resto, jogam totalmente em campeonatos diferentes!

A H2 busca recordes em números de ficha técnica e assume-se como uma hiper desportiva "estratosférica". Esta Suzuki assume-se como um "peso-médio", num conceito "all-rounder", racional e utilizável, reclamando uma mecânica mais espartana (600cc twin SOHC de 2 válvulas por cilindro) e que se traduz em números bem mais modestos (100cv ) e impressionando apenas pelo torque interessante que debita, para a cubicagem do motor (100Nm@4500rpm). E certamente que os consumos deverão também ter nota relevante.

dfelix Escreveu:Porém, mais coerente no recuperar do nome.

Coerente? Tendo em conta que a Suzuki chama Katana a tudo e mais alguma coisa.... desde isto...
[Imagem: 54_Suzuki_GSX_1100_S_Katana.jpg]

.... a isto....
[Imagem: 1999_GSX600F_Katana_640.jpg]

.... a isto....
[Imagem: 0908_sbkp_08_z+2010_suzuki_gsx1300_katan...t_view.jpg]

.... ou até a isto....
[Imagem: 1236530148ilfdfccbwv.jpg]

[Imagem: zX4Kq81.png]

Responder
#5

Isto é a moda agora nos carros... thumbsdown

1.0 turbo com 115cvs (OPEL)... 900cc com 90cvs (Renault).... 1.2 turbo com 105cvs (siva)... 1.4 turbo 180cvs (Fiat/Siva), etc....

Devem ser mais divertidos de conduzir, especialmente o 1.4 de 180 devil mas os problemas vão aparecer mais cedo...

Nos diesel mostrou que dos 500.000kms que qualquer carro a disel fazia com facilidade, com estes motores mais pequenos sobrealimentados e muito puxados (1.3 95cvs por exemplo), aos 300.000kms +/- já estão todos escafiados!!!! (O Astra 1.3 de um colega meu morreu bem antes....)

Vamos ver o que faz nas motos...

Ricardo - Honda CB500X
[Imagem: latest?cb=20150510093035]
Responder
#6

(07-01-2015 às 13:40)carlos-kb Escreveu:  Resposta? Quer-me parecer que a única coisa que poderão ter em comum, é recorrer à sobrealimentação do motor. Porque de resto, jogam totalmente em campeonatos diferentes!

Sim, refiro-me no aspecto do "nós também temos uma moto com turbo"!

Até porque na realidade a hype anda em torno disso.
Mesmo a H2 pouco mais serve do que gerar buzz em torno da marca, e o factor diferencial passou precisamente pela reintrudução do turbo em motos.

(07-01-2015 às 13:40)carlos-kb Escreveu:  Coerente? Tendo em conta que a Suzuki chama Katana a tudo e mais alguma coisa.... desde isto...

Coerente porque foi buscar o nome do modelo onde efectivamente aplicou um turbo numa moto de produção.
(a kawa optou por recuperar o nome duma 2 tempos, quando teve por exemplo a GPZ com turbo)

A SX1100 é efectivamente... a Katana!
Foi o modelo que popularizou o nome. E que muito sucesso teve sobretudo no mercado americano.

O nome foi reutilizado para a GSXF no mercado americano... porque ali gostam de nomes poposos como "fireblade" ou "interceptor".


Das fotos que colocas...
É injusto colocar um photoshop que sugere o que poderia ser (e duma altura em que os forums enchiam de montagens do Bezzi)...
E a scooter, sinceramente desconhecia.
Responder
#7

Essa GSXF só a chamavam de katana nos states.... nome dado pelo importador... precisamente pelo gosto de nomes pomposos.

[Imagem: SM4eYt9.png]
Responder
#8

(07-01-2015 às 18:53)dfelix Escreveu:  Coerente porque foi buscar o nome do modelo onde efectivamente aplicou um turbo numa moto de produção.
(a kawa optou por recuperar o nome duma 2 tempos, quando teve por exemplo a GPZ com turbo)

A SX1100 é efectivamente... a Katana!

Nos anos 80, a Katana 1100 era o "cognome" da GSX1100S....
[Imagem: 1981_GSX1100S_Katana_520.jpg]

Sendo lançada ainda uma variante de 1000 cc, cuja designação era GSX1000SZ...
[Imagem: GSX_1000_SZ_Katana_82_1.jpg]

.... uma outra "variante" de 750cc, de seu nome GSX750S...
[Imagem: Suzuki%20GSX%20750SD%20Katana%2084.jpg]

...e ainda uma 650cc / 500cc, com a designação de GS650G / GS550. Mas todas elas herdavam esse cognome de Katana.

[Imagem: gs650g_1983.jpg]

[Imagem: Suzuki-GS550-Katana-1982.jpg]

No entanto, a moto de serie que recebeu um turbo, embora com semelhanças notórias com a saga Katana, curiosa e efectivamente não era referenciada como Katana... esta era sim a XN85, com um motor de 675cc DOHC air-cooled. E a referência ao 85 era pela sua potência anunciada, de 85cv.

[Imagem: XN_85_Turbo_83-86_1.jpg]

[Imagem: zX4Kq81.png]

Responder
#9

(08-01-2015 às 01:40)carlos-kb Escreveu:  Nos anos 80, a Katana 1100 era o "cognome" da GSX1100S....

Sim... tal com Fireblade para as CBR (Hurricane para a CBR1000F), Interceptor pra as VFR, SuperHawk para as VTR, e de certa forma o Ninja para as desportivas da Kawa a partir da GPZ...
O mercado americano sempre teve um certo fetiche por estes nomes pomposos.

A XN85 ficou popularizada como katana turbo.

O "cognome" Katana tem um peso grande nesse mercado que daí surgir sempre à baila quando surgem novos modelos.
Ainda se especulava sobre a B-king e falava-se numa nova katana. Provavelmente devido à semelhanças da concept stratosphere que nunca chegou a entrar em produção.

A própria moto deste tópico é oficialmente desginada como Recursion... e posso estar enganado, mas a designação de "katana" é um novo piscar de olhos ao mercado americano.
Responder
#10

(08-01-2015 às 11:02)dfelix Escreveu:  A XN85 ficou popularizada como katana turbo.

Possivelmente pelas parecenças óbvias. Mas julgo que a Suzuki nunca a designou assumidamente como tal.

[Imagem: zX4Kq81.png]

Responder




Utilizadores a ver este tópico: 1 Visitante(s)