Suzuki GSX 600F - Ano 2001
#1

Boa tarde

Surgiu a possibilidade de adquirir uma Suzuki GSX-F, do ano 2001, motor de 600cc, em aparente muito bom estado.

A questão é que desconheço por completo aquela moto, na net ha bastante informação mas da irmã mais potente, a 750, pelo que vinha aqui pedir a v/ajuda, nomeadamente sobre a posição de condução, tenho 1,85m, tenho receio que a mota seja demasiado baixa, sobre os consumos da mota, fiabilidade ou eventuais problemas crónicos daquele motor (será o mesmo da bandit 600?), custo de manutenção, enfim, o que acharem relevante.

Antecipadamente agradeço.

Boas curvas
Responder
#2

Nelson chamado à receção.
Responder
#3

(08-01-2020 às 14:21)Marco Faria Escreveu:  Surgiu a possibilidade de adquirir uma Suzuki GSX-F, do ano 2001, motor de 600cc, em aparente muito bom estado.

A questão é que desconheço por completo aquela moto, na net ha bastante informação mas da irmã mais potente, a 750, pelo que vinha aqui pedir a v/ajuda, nomeadamente sobre a posição de condução, tenho 1,85m, tenho receio que a mota seja demasiado baixa, sobre os consumos da mota, fiabilidade ou eventuais problemas crónicos daquele motor (será o mesmo da bandit 600?), custo de manutenção, enfim, o que acharem relevante.

A GSXF era a porta-estandarte da gama sport-tourer das Suzettes, nessa época. Nessa geração em concreto, haviam em "3 cilindradas" (600cc / 750cc / 1200cc) e eram em tudo iguais, fazendo recurso dos célebres e robustos motores SACS (a ar/óleo), compartilhados com as GSF (Bandit).

Ficaram famosas pela sua fiabilidade, e (para mim) apenas pecavam no capítulo estético... ainda mais dessa geração, que são aquelas de óptica dupla "amendoada" e traseira em bico... que curiosamente em alguns países, receberam a mítica e quase "sagrada" (para a Suzuki) designação de Katana.

Para a tua ergonomia, embora a mota não seja pequena, nada como experimentares a mesma. Com 1,85m possivelmente sentirás uma maior desadequação mais ao nível do assento, que é baixo (como era comum naquele tipo de motos, naquela época).

Se gostares da mota, estiver em condições e tiver um preço apropriado, não vejo porque não possa ser uma excelente opção.

[Imagem: zX4Kq81.png]

Responder
#4

Boa tarde

Não gostei da posição na Suzuki ao nivel das pernas, pelo que a procura continua.

Reparei numa Honda VFR 800FI de 2001, em aparente bom estado (ainda não a vi pessoalmente), com cerca de 86000km (serão demasiados???), em bom preço.

Sei que é uma excelente mota, muito fiável, mas terá uma manutenção muito cara? Os consumos serão muito elevados (7 a 8lts/100km?)

O que acham?

Cpts
Responder
#5

(14-01-2020 às 17:16)Marco Faria Escreveu:  Reparei numa Honda VFR 800FI de 2001

Uma RC46 I. A última com distribuição em cascata de carretos. Tem um mecânica fiabilíssima. É considerada talvez a melhor VFR das 750/800.

Têm um valor elevado no mercado de usados e a manutenção, no geral, será tão igual a qualquer outra 4 cilindros (mesmo sendo um V4). O maior handicap é mesmo o que gastam (não são comedidas nos consumos)

Se estiver estimada e tiver sido bem mantida, essa quilometragem não será nada demais.

[Imagem: zX4Kq81.png]

Responder
#6

O preço parece-me razoável (1500€) mas está a precisar de 2 pneus e revisão completa, não faço ideia em quanto poderá ficar estas manutenções, além de que tem o IUC bem elevado 128€ (+/-).

A cor é que não me fascina (vermelho), terei de me deslocar ao Porto para ver e testar a moto.
Responder
#7

Por esse preço... compra... e ainda por cima na cor certa...
Responder
#8

Por 1500 euros? De 2001? Ao mesmo preço que se vêem as CB500 de meados de 90? É de estranhar. No entanto aparecem boas oportunidades. É que se a mota estiver em condições, por esse valor (ainda mais uma RC46), é um autêntico achado.

Vai ver a mota quanto antes. Porque se não houver "gato" nisso, não deve ficar muito tempo à venda.

[Imagem: zX4Kq81.png]

Responder
#9

Alguém me sabe dizer por quanto poderá ficar a revisão completa incluindo os 2 pneus? Já pedi orçamento aqui em Guimarães à Moto Fundador, mas ao fim de 48h ainda não me responderam
De facto está em muito bom preço, daí a minha desconfiança em relação à mota, não entendo nada de motos, (apenas as conduzo!!!) ela está no olx, se tiver algum problema facilmente sou "enganado".
Na proxima sexta-feira terei de ir ao Porto e vou aproveitar para espreitar a mota
Responder
#10

Numa mota de 2001 e para andar descansado com ela, além de pneus trocava oleo de motor e filtros, oleo da suspensão dianteira e retentores, oleo dos travões e tubos dos travões e pastilhas de travão frente e trás. Depois talvez corrente e cremalheira/pinhão mediante inspeção visual. Se a mota tiver histórico de revisões acaba por ser mais fácil, é pegares no manual e veres o que devia ter sido feito, o que é preciso fazer no futuro e se foi tudo devidamente feito.
Responder




Utilizadores a ver este tópico: 1 Visitante(s)