ROCKET 3
#1

https://youtu.be/qSmQiFykPc4

[Imagem: SM4eYt9.png]
Responder
#2

Boas;
Desde que experimentei uma (das antigas, claro!) fiquei com uma certa "panca" pela Rocket III. Talvez seja a única moto suficientemente digna para se colocar ao lado da Yamaha V-Max 1200.
Esta nova tem alguns pormenores muito interessantes, por outro lado tem outros que me parecem demasiado parecidos com algo que já anda no mercado, a Ducati Diavel...
Admiro a Triumph por lançar uma moto assim!
Responder
#3

Um soutien assucatado... think

I just don't run with the crowd!

www.loneriderendlessroad.com
Responder
#4

Buena pinta, mas realmente faz lembrar a Diavel...
Responder
#5

€28900
https://www.triumphmotorcycles.pt/bikes/tfc/rocket-3
Responder
#6

A Diavel tem estado de certa forma sozinha no mercado.
E aparentemente tem estado a ser bastante sucedida.
Portanto, é o alvo a abater.

Naturalmente que a Triumph ao lançar uma nova proposta acabe por adoptar algumas soluções idênticas.
Ainda assim, basta olhar para aquela motorização absurda e para aquelas ópticas redondas para que a identidade esteja lá.

Muito provavelmente o que escrevi foi gerado automágicamente através do Moto Lero
Responder
#7

Não que as cifras não sejam brutais, mas de um motor com 2500cc esperava mais...

O preço parece-me aceitável para o que a mota oferece!

As minhas máquinas (e ex):
Kawasaki Versys 1000 / KTM 1290 Super Duke GT
Yamaha FZS 600 Fazer

[Imagem: censorship2.jpg]

Responder
#8

Só 750 unidades?....
Responder
#9

(02-05-2019 às 19:02)el_Bosco Escreveu:  Só 750 unidades?....


Esta mota é fixe em muitos sentidos, mas nunca será um sucesso de vendas.

Eu gostava de ter a experiência de conduzir uma coisa destas por umas horas.

Estas motas são para mim uma sombra de desconhecimento.


Responder
#10

(02-05-2019 às 19:28)vindaloo Escreveu:  Eu gostava de ter a experiência de conduzir uma coisa destas por umas horas.

Estas motas são para mim uma sombra de desconhecimento.

Irias gostar da anterior "roadster" se fosse por umas horas...
É fixe andar montar num num colosso de motor cuja reacção ao acelerador obriga a agarrar firmemente o guiador.
Mas o mais provável seria ao fim de umas horas (ou talvez menos) perceber que aquela euforia vai se desvanecendo á medida que sentes que não se consegue tirar proveito prático daquele pontapé de binário em pouco mais do que arranques de semáforo.

Esta tem por obrigação de causar mais euforia e durante mais tempo.
Ainda assim...

Muito provavelmente o que escrevi foi gerado automágicamente através do Moto Lero
Responder




Utilizadores a ver este tópico: 1 Visitante(s)